Jump to content
Arquitectura.pt


Estoril | Novo Hotel Estoril Sol | Gonçalo Byrne


Recommended Posts

  • Replies 171
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Já tinha estado a analisar algumas plantas e tinha visto que algumas foram metidas com muita pressão no volume do edifício, mas como há tanta coisa para criticar sobre o edifício até nos esquecemos disso...

Infelizmente pareçe que estamos perante a bela técnica de "encher chouriços"
Link to post
Share on other sites

Em primeiro é de louvar o complexo hoteleiro, devido á sua beleza inerte. É claro que é necessário uma mudança de atitude das pessoas, e dos poderosos, que controlam o que se vai fazendo no nosso pais. entendo que seja difícil mudar as mentalidades, para que se possa então mudar para melhor, e evoluir, em relação á arquitectura portuguesa.

Link to post
Share on other sites

Ola ,eu Penso Que Se Tem Que Ser Feito , Porque Por Mim Não Se Fazia , Nem A 50 M , Esta Da Praia , Mas Enfim . Porque Não Fazer Uma Coisa Que Se Interligue Com A Terra E A Agua , Bonita , Pratica , Amiga Do Ambiemte , E Com Um Orçamento Interresante . Acho Que Temos Em Portugal Pessoas Capazes Disso E De Muito Mais . A Discordia Que Ha E Em Relação Ao Dinheiro , Coisa Que Eu Acho Estupida Demais , Porque Depois As Coisas Fazem.se I Ficam Feias E Com O Dobro De Orcamento . Se For Preciso Alguma Ideia Para Este Caso E So Dizer,,.. Comprimentos , João Miranda

Link to post
Share on other sites

ola, novamemte, sº ENG., o projecto ate que não esta nada mal , gostei .! Mas sera que não e possivel aproveitar os contornos do terreno e em vez de ser em altura , e em larg, compr, eu acho que o mesmo mumero de quartos e possivel se todas as partes derem a sua cota parte na area do ambiete , . Pensem , nisso , Um Abbraço , JOÃO MIRANDA ,

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Parece-me mal que arquitectos ou aspirantes a arquitectos tenham que se refugiar atrás da imagem dos "gato fedorento" para expor uma crítica que é válida e bastante séria (isto pelo menos no que respeita a regras básicas da organização dos fogos). Até porque os "gato fedorento" têm piada mas são inconsequentes, ou têm sido, em todas as suas criticas (mesmo nas suas intervenções mais mediáticas). Lamento que os nossos teóricos e críticos, que tanto gostam de divagar, percorrendo as nossas bases e antepassados, assim como a boa prática, nada escrevam sobre o assunto (nas revistas da especialidade). Esperam serenamente que o facto esteja consumado para que se possa falar sobre a "obra". Sim, porque se de outro se tratasse, talvez os "anticorpos" estivessem accionados. A única relação que vejo entre este tema e os "gato fedorento" é a repetição da nossa cómica realidade nacional, tão bem retratada, por vezes, por estes "experts" da sátira.

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.