Jump to content
Arquitectura.pt


marco1

Membros
  • Content Count

    533
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by marco1

  1. gibag o meu post anterior claro que era para o vasco.
  2. Mas que fino e elegante, tipico...mas como já tenho cabelos brancos digo-lhe de caras que isso é só basófia, o tempo da censura já acabou. Se não concorda com alguma coisa diga e argumente pois até aqui ninguêm o tinha ofendido. inutil foi certamente o seu post.
  3. Gupyna Um dia, isto é se viver sempre da sua profissão, há-de chegar ao meio entre aquilo que pensa e do que é contra. Concordo que arquitectura deveria ser algo mais, mais alto, mas vejamos, a construção corrente pressiona no sentido de ser apenas corrente e ai não há arquitectura que dê a volta a determinados parametros. Numa outra forma de pensar minha, ponho até a solução de se restringir mais os cursos superiores de arquitectura e o seu acesso e não mexer na legislação, permitindo que essa construção possa existir "assinada" por profissionais não arquitectos, no fundo defendendo um certo elitismo.
  4. Penso que poderá ser assim: entrega um projecto de alterações conjuntamente com as telas finais e pede a licença de utilização.
  5. Não é que tenha uma opinião definitiva em relação a isto mas Joãopedrosilva, para já não deve ser para a cidade e falo por experiência propria, é uma resposta e uma adaptação a uma realidade bem entranhada na provincia. Em todo o caso devia considerar que essa sua visão da arquitectura é apenas sectária, pois hoje em dia tem que se considerar uma face menos elitista desta profissão sob pena de só se trabalhar em termos de arquitectura para certos nichos de mercado, grandes intervenções e clientes endinheirados.
  6. Neste caso especifico, plágio de quem?? No fundo um cliente terá uma casa igual a outro a 20 metros ou 20 km.
  7. Para reflexão: o que se pode dizer de um promotor que adjudica num lotamento uma série de moradias quase iguais a um arquitecto e as constroi e vende??? Será que não vai dar ao mesmo?? Ou quase.
  8. E espero que vá nesse sentido de ser uma peça sanitária apenas opcional. Bidetsense é como o Pedro diz, enquanto estiver assim na legislação tem que ser uma peça aparte nos casos em que é obrigatório a sua instalação.
  9. Gupyna Não sei a sua idade mas em vez de absorver de uma forma construtiva aquilo que lê, prefere ser caustico e acabando mesmo por recorrer a um lugar comum completamente desnecessário para aqui e demonstrando uma arrogância gratuita. Em todo o caso deixo aqui uma frase minha que penso que traduz de uma forma economica o que no fundo muitos pensam: Na minha opinião uma obra de arquitectura bem "desenhada" não tem a ver com estilos.
  10. Liliana faço-lhe um apelo para não generalizar e assim como muitos de nós a compreenderam, tente compreender também o sentimento profissional de outros que penso não foram propriamente mal educados. E profissionais c..g...emproados, existem outros, noutras profissões, que até me dá um nó no estomago. temos de encarar tudo como um processo de construção de nós próprios. Na minha opinião uma obra de arquitectura bem "desenhada" não tem a ver com estilos.
  11. No entanto há que saber desenhar mesmo que seja uma casa de cobertura inclinada, ou seja com telha e mais de duas águas, pois é um sistema construtivo perfeitamente legitimo em muitos aspectos.
  12. gibag Realmente era isso que eu queria dizer. Embora concorde com tudo o que foi dito, acho fundamental esse passo, pois uma das razões para a má qualidade de alguma arquitectura feita por arquitectos, provem muito da pouca dignificação do exercicio da profissão neste momento face á tal concorrência. Portanto embora tendo em consideração outros aspectos, não se deve "tirar" força ao processo de revisão do 73/73.
  13. Kwhyl concordo com essas observações mas ... isso parece-me muita resignação e tira força a um facto indiscutivel : a arquitectura ( construção ) assinada ( desenhada) só por arquitectos iria concerteza melhorar muito o panorama actual.
  14. botto experimente fazer o seguinte: abra o ficheiro e um novo desenho qualquer e de seguida selecione tudo o que está desenhado e faça ctrl c e depois no novo desenho faça paste ou ctrl v, pode ser que resulte. já agora Argos, fazer tb audit.
  15. pois... regular a prática e intervir nas entidades licenciadoras para uma harmonização dos processos instrutórios, normas e regulamentos camarários, por exemplo... em vez de tabela de honrários, antes sim definições mais precisas sobre a prestação de serviços para esclarecimento quer dos arquitectos quer dos clientes em si.
  16. ponho a hipotese para mim claro, que o interesse dos coches está ligado ao espaço histórico que os alberga neste momento. quando era muito novo lembro-me do fascinio que foi entrar naquele espaço "antigo" como se fosse a garagem própria daquelas "carroças".
  17. nature18 Como deve poder constatar não me referi a si sobre isso mas apenas a responder ao post. Compreendi agora pelas suas palavras que trabalha em licenciamento ou seja numa camara e já agora peço atenção ao que escrevo "...há quem se aproveite..." nunca disse todos. Portanto de forma alguma quis desrespeitar o seu trabalho. Devo dizer que tambem ainda não tive más experiências pois aplico o decreto na integra e sem ambiguidades.
  18. Acho que ser insistente é que não é lógico ehehe, penso que a "lógica" até é continuar-se a falar em bidé porque ainda não houve "oportunidade" de "tirar" a obrigatoriedade do bidé no RGEU.
  19. nature18 não é verdade, é claro sim senhor, o bidé não tem que ter "espaços livres" laterais e frontais tais como a sanita, agora há que se aproveite de muita coisa para criar dificuldades a uns e fecham os olhos a outros.
  20. galfarro Sem ofender mas acredita que se analizarmos com mais abrangência ( com mais profundeza) certas ideias ou pensamentos, eles podem abrir outros campos de visão sobre as coisas. Um agricultor lá por ter duas enxadas e produzir mais do que um com apenas uma não deixa de merecer o produto do seu trabalho, agora as circunstâncias de isso acontecer é outra coisa e como pessoa não quer dizer que seja superior ao que tem apenas uma enxada.
  21. POLÉMICA... Apôs anos e anos de civilização, ainda há pessoas que efectivamente acham que são superiores, eheehh, como se não fossem mais um produto das circunstancias e outras coisas. Todos merecem aquilo que conseguem mas penso que se deve sempre respeitar os outros independentemente das suas insuficiências e dificuldades. A verdadeira riqueza virá sempre do rico ser humano que conseguiremos ser nas nossas vidas, no balanço final quando partirmos esse será sempre o melhor objectivo penso eu.
  22. galfarro Embora isto possa ser um tema, para mim neste momento o mais importante é reflectir sobre a seguinte questão: O curso de arquitectura é oficial e uma licenciatura em escolas públicas e privadas e são suportadas pelo orçamento de estado e como tal pagas por todos nós. Daí é preciso perguntar para que serve formar esses profissionais se o mercado não está regulamentado ou seja na medicina está convencionado que só pode ser exercida legalmente por médicos licenciados e a arquitectura? Então andamos a gastar dinheiro dos contribuintes para quê? se "qualquer um" pode fazer um projecto de arquitectura. revogação do 73/73 eternamente na gaveta.
  23. ok Embora não tenha muita informação sobre o assunto deixo aqui a minha modesta opinião que é : gosto do museu dos coches onde está e não gosto do novo projecto.
  24. argos era interessante da sua parte argumentar e rebater pois essas tiradas pouco acrescentam ao assunto.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.