Jump to content
Arquitectura.pt


Viana do Castelo | Hotel Axis | Jorge Albuquerque


Recommended Posts

`
Essa é para mim? Deves andar muito enganadinho na vida... se julgas que me atinges com comentarios patéticos! A mim ninguem me precisa de defender, sei tomar bem conta de mim e ser responsavel pelo que escrevo. Por favor não me venhas dar liçoes de arquitectura. Quanto a não esperar por atentados urbanistico dos amalias rodrigues... espera mais uns dias que talvez tenhas novidades (pena não as poder dar aqui).

PS: não te preocupes com os pontos negativos... as torradeiras não acabam. E além disso eu já dei uns pontinhos positivos.


defender a donzela não é uma ofensa pá, é uma frase feita. pensei que apartir dos 20 anos toda a gente conhecia. e não diz que não te sabes defender, diz que ele entrou numa conversa a meio. realmente tens que ter calma.

obrigado pelos pontos, depois tens é que me arranjar o catálogo deste ano. ainda há destes à escala 1/2? ---> :):s

Lab, eles também têm Culas à esc. 1/5000! ---> :koolhas:
não têm é Óles :(
Link to post
Share on other sites
  • Replies 334
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Olá! A todos os que estiveram presentes na visita e que viram a construção de todas as perspectivas aki vai uma que provavelmente só as gaivotas conhecem. Desculpem enviar só uma foto, mas amanha no f

e engracado porque nesses aspecto este topico tem sido mantido provavelmente mais pelas pessoas que veem aqui para falar mal, do que pelas pessoas que realmente estao interessadas no mesmo. tanta dis

com certeza não estás à espera que eu diga que nesse caso já gostava.. e apesar de não acreditar muito que fosse possível, se alguma vez o fizessem a minha opinião mantinha-se com uma agravante, é

defender a donzela não é uma ofensa ,


Não és meu irmão, nem meu amigo, nem te conheço apenas tenho pena de pertencer à mesma classe que tu. Por isso agredecia que tivesse um pouco de tento na lingua.

Nem sequer vou perder mais tempo a aturar putos graudos do teu nivel.

Acaba o off topic.
Link to post
Share on other sites

Também não me parece que os putos lá do atelier tenham essa liberdade projectual... afinal de contas tem uma imagem a manter!


o byrne está velho, quando se diz putos, diz-se braços direitos com grandes ideias a amadurecer durante anos à espera de sair da sombra. há uma frase famosa dele em reunião escaldante lá no atelier, pré-entrega de licenciamento na câmara dessa peça "Só nos resta esperar que eles chumbem isto."
Link to post
Share on other sites

Não és meu irmão, nem meu amigo, nem te conheço apenas tenho pena de pertencer à mesma classe que tu. Por isso agredecia que tivesse um pouco de tento na lingua.

Nem sequer vou perder mais tempo a aturar putos graudos do teu nivel.

Acaba o off topic.


ofende-te o pá também? tens que sair mais à rua colega.

és a primeira pessoa a raiar a ofensa a alguém aqui com essa de teres pena de pertencer à minha classe. mas precisamente por não ser um puto, não me ofendo pela internet. só desisto de conversar com seres humanos tão sensíveis.

as minhas sinceras e humildes desculpas. não queria magoar-te.
Link to post
Share on other sites

o byrne está velho, quando se diz putos, diz-se braços direitos com grandes ideias a amadurecer durante anos à espera de sair da sombra. há uma frase famosa dele em reunião escaldante lá no atelier, pré-entrega de licenciamento na câmara dessa peça "Só nos resta esperar que eles chumbem isto."


Provavelmente estariam a falar dos edifícos em Cascais a construir no antigo estoril sol.
Link to post
Share on other sites

ofende-te o pá também? tens que sair mais à rua colega.

és a primeira pessoa a raiar a ofensa a alguém aqui com essa de teres pena de pertencer à minha classe. mas precisamente por não ser um puto, não me ofendo pela internet. só desisto de conversar com seres humanos tão sensíveis.

as minhas sinceras e humildes desculpas. não queria magoar-te.


Não tens que pedir desculpas porque não me sinto ofendido, não te preocupes. Também não me parece que tenha sido a primeira pessoa a raiar a ofensa.

Muito siceramente só te tenho a agradecer porque aprendi muito neste bocadinho, cresci mais um pouco.

E da proxima vez que venhas até Viana, irei lá com muito gosto e terei muito prazer em conversar pessoalmente para podermos esclarecer as nossas ideias bastantes divergentes. Só a falar é que s pessoas se entendem, certo? Afinal de contas foi assim que este topico cresceu e tanto deu que falar.

Não te preocupes que também não ganho rancor a ninguem.

Continuação de boas participações por cá.
Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

show off são muitos dos comentários que se leem por aqui, de pessoas que poucos argumentos válidos escrevem para fundamentar as suas criticas. Comentários gratuitos que exprimidos nada dizem ou acrescentam ao tema principal do tópico, levantar questões e tentar perceber as condicionantes que levaram o arquitecto a apresentar esta proposta, que para o bem ou para o mal está construida.

Subscrevo na integra o que o Dreamer acaba de dizer.

boas.para perceber as condicionantes que levaram o arquitecto a optar por várias soluções neste projecto era importante comparar este projecto com os vários (se é que eles existem) projectos anteriores elaborados pelo arquitecto do Hotel.Alguém imparcial no forum que possa elucidar todos os intervenientes acerca dos eventuais projectos nos quais este arquitecto participou????? fica a pergunta.........fiquem
Link to post
Share on other sites

Ambientes minimalistas! ??? será que alguem me pode explicar o porquê da utilização abusiva do conceito minimalista, porque o minimalismo enquanto parte integrante da decoração nunca é confortável. Para perceber o que é o minimalismo de interiores convem investigar primeiro os verdadeiros minimalistas, para quem conhece o arquitecto mais famoso é John Pawson, que se inspirou na arquitectura minimal japonesa e na Minimal Arte dos artistas como Carl Andre, Donald Judd, Robert Smithson e Anne Truitt. Minimalismo - .........................

Link to post
Share on other sites

Eu não percebo o minimal, como a propria palavra indica (a menor quantidade de uma coisa), como tal os arquitectos tais como o Jonh pawson entre outros projectam coisas que não são minimas, são apenas uma ilusão, arranjam-se artificios para "esconder minimizar", eu penso que minimo é uma parede inacabada sem reboco. Aconselho a quem não conhece, ver a obra do artista Pedro Cabrita Reis e até olhar com alguma atenção para algumas das coisas do Arq. Ricardo Bak Gordon.



Link to post
Share on other sites

Depois de tanta conversa chego a uma conclusão: o projecto desperta curiosidades, animosidades, controvérsias, discussões,... e isto é bom, quanto à obra, e vista no local, parece-me uma peça imponente, dinâmica, claramente moderna, que reclama atenções, são atributos mais que adequados para a publicidade que um hotel precisa. Quanto à integração e relação do mesmo com a envolvente, embora haja uma "bolsa" entre o centro mais densificado de Viana e o local de implantação do hotel, parece-me um pouco pretensioso, mas sinceramente acho que com o tempo esse impacte diluir-se-á entre as futuras construções que virão. Inicialmente, quando vi os renders, pensei que a coisa fosse mais grave,... por outro lado se estivesse na pele das pessoas que vivem naqueles edificios vizinhos de dois ou três pisos não gostava de levar com aquele volume à frente das minhas janelinhas,... :rolleyes:

Link to post
Share on other sites
  • 1 month later...

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.