Jump to content
Arquitectura.pt


1ª Trienal de Arquitectura de Lisboa - 2007


Recommended Posts

Imagem colocada

Trienal de Arquitectura de Lisboa
2007

Vazios Urbanos

Os “Vazios Urbanos” constituem o tema central da primeira Trienal de Lisboa 2007.

São espaços expectantes, mais ou menos abandonados, mais ou menos delimitados no coração da cidade tradicional, ou mais ou menos indefinidos nas periferias difusas. São manchas de “não-cidade”, espaços ausentes, ignorados ou caídos em desuso, alheios ou sobreviventes a quaisquer sistemas estruturantes do território.

Para estes “Vazios Urbanos”, em muitas cidades do mundo, equacionam-se, debatem-se e concretizam-se novos conceitos e estratégias de intervenção, modelos de sustentabilidade e gestão, bem como plataformas de interação público/privado.

Também os “Vazios Urbanos” de Lisboa, quase sempre de origem pública, estão na ordem do dia e colocam inúmeras questões: Parque Mayer, Feira Popular, Vale de Alcântara, Vale de Chelas, Matinha, Quimiparque e Siderurgia. Ou ainda, na orla difusa, da Amadora à Falagueira, de Queluz à Portela de Sintra. Aliás, em toda a região metropolitana, os “Vazios Urbanos” são hoje notícia a pretexto de grandes projectos imobiliários que alteram profundamente a paisagem da cidade e território lisboetas.

Com este pano de fundo, a Trienal de Lisboa propõe-se reflectir, debater e equacionar soluções, propostas, meios e instrumentos de intervenção. Nos palcos do fórum será dada voz a todos os actores: arquitectos, urbanistas, paisagistas, e outros autores e pensadores. Como, também, a entidades administrativas, investidores, promotores e construtores envolvidos nas transformações em perspectiva para a metrópole lisboeta.
O futuro das principais cidades e territórios urbanos do planeta depende, em muito, do destino destes “Vazios Urbanos”. E com estes, também, está chegada a altura de pensar e equacionar a Lisboa do século XXI.


Exposições:

Exposição Portugal
Exposição Países
Exposição Arquitectos Convidados
Exposição Paisagem
Exposição Universidades
Intervenções na Cidade
Exposição AMLXXI/AMPXXI
Exposição 10 Promotores
Exposição Cascais XXI

Conferências:
_Redifinir o centro - Sessão 1 - 31 Maio (Manhã)
Mod: Luis Fernández-Galiano
Richard Sennett
Eduardo Souto de Moura
Jean Nouvel

_Realidade e Cenografia - Sessão 2 - 31 Maio (Tarde)
Mod: Paulo Martins Barata (Promontório)
Peter Märkli
Mark Wigley
Steven Holl

_Formas de Cosmopolitanismo - Sessão 3 - 1 Junho (Manhã)
Mod: Kenneth Frampton
Elizabeth Diller (Diller and Scofidio)
Alejandro Zaera-Polo (FOA)
João Pedro Serôdio

_Fluxo e Permanência - Sessão 4 - 1 Junho (Tarde)
Mod: Nuno Grande
Françoise Choay
Zaha M. Hadid
Francisco Mangado

_O Centro da Periferia - Sessão 5 - 2 Junho (Manhã)
Mod: Kurt W. Forster
Bjarke Ingels (BIG)
Manuel Graça Dias
Emilio Tuñón

_Cidades Instantâneas, Centros Instantâneos? - Sessão 6 - 2 Junho (Tarde)
Mod: Diogo Lopes
Saskia Sassen
Kazuyo Sejima
Jacques Herzog

Programa das Conferências - Clique Aqui [PDF]


Concursos em Exposição:
Projecto Expositivo
Intervenções na Cidade
Núcleo Universidades
Concurso de Ideias para requalificação do Estaleiro do Ouro e Zona Envolvente


Palestras
Palestras por definir

Prémios a Atribuir:
Prémio Trienal
Prémio Trienal Universidades


Ciclo Arquitectura e Música

Auditório 2 da Fundação Calouste Gulbenkian
-Formas
-Processos
-Ambiências

Links:
www.trienaldelisboa.com
http://trienaldelisboa.wordpress.com

:)
Link to post
Share on other sites
  • Replies 82
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Pelo menos vou tentar participar nos primeiros dias... :) as conferências :icon_blahblah: o programa parece ser bom, agora falta ver os contéudos... É sem dúvida um evento que fazia falta a Portugal, só é pena o sr. Carmona ter acabado com os apoios à Experimenta Design, que deveria acontecer em Setembro, mas que pelos vistos já não vai...

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites

Carmona Rodrigues estará presente no discurso de encerramento da Trienal de Arquitectura. Esperemos que esta trienal não seja também vitima dos cortes orçamentais. Aguardo a venda de bilhetes. Espero que não sejam quantias muito avultadas. :)

Link to post
Share on other sites

Sem dúvida que este é um dos grandes eventos no âmbito da arquitectura, dete ano.

Aguardo que o Kan me ofereça um bilhete:icon_chick: Òviste ?

:)...sem dúvida que vou estar presente.


Veremos se conseguimos comprar os bilhetes... vai ser uma corrida ao ouro...
:p
Link to post
Share on other sites

à partida já deve haver "n" bilhetes reservados para amigos, compinchas, directores disto, e administradores daquilo, que nestas coias, já se sabe...há sempre um monte de convidados. ainda assim, tenho esperança de arranjar um bilhete para mim :) e sim, se muita gente do fórum conseguir ir, era bonito combinarmos qualquer coisa para irmos todos juntos.

Link to post
Share on other sites

Trienal expõe os projectos da AMP


A Área Metropolitana do Porto mostrará os mais relevantes projectos públicos da última década, já realizados ou por executar, na primeira Trienal de Arquitectura de Lisboa. O Pavilhão de Portugal, concebido pelo arquitecto Álvaro Siza, acolhe a iniciativa entre 31 de Maio e 31 de Julho.

A secção regional do Sul da Ordem dos Arquitectos é a promotora da Trienal e, ontem, garantiu a presença da Câmara de Gaia, depois de já ter celebrado protocolos com as autarquias de Matosinhos e de Santo Tirso. Os comissários da AMP, Ana Vieira e Nuno Sampaio, acreditam que se seguirão as câmaras do Porto, Gondomar e S. João da Madeira. A Administração do Portos do Douro e Leixões também participará com as propostas premiadas no concurso de ideias para a área do estaleiro do Ouro (Porto).

"Gaia entendeu que não podia ficar de fora desta iniciativa, porque temos muito a mostrar entre os projectos que foram concretizados nos últimos 10 anos", afirmou o vice-presidente da Câmara de Gaia, Marco António Costa, na cerimónia de assinatura do acordo com a secção regional Sul da Ordem dos Arquitectos.

A Autarquia compromete-se a contribuir com 20 mil euros, além de seleccionar os melhores projectos. Por indicação do presidente Luís Filipe Menezes, o comissário de Gaia (e responsável pela escolha das propostas públicas a expor) será o vereador do PS e arquitecto, Jorge Patrício Martins. "Sendo de Gaia e vereador da Câmara, foi o primeiro que convidámos para desempenhar estas funções, embora não tenha sido eleito pela actual maioria", esclareceu Luís Filipe Menezes, com críticas ao planeamento a "retalho" dos territórios municipais (ler notícia nesta página).

A exposição dos projectos públicos das áreas metropolitanas do Porto e de Lisboa integrará o pólo 2 da Trienal e só será inaugurada no dia 8 de Junho. Nuno Sampaio espera levar, também, o desenvolvimento da rede do Metro no Porto à capital. CSL


Link:
http://jn.sapo.pt/2007/02/13/porto/trienal_expoe_projectos_amp.html

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.