Jump to content
Arquitectura.pt


[Dúvida] Ideia em si...


Recommended Posts

Para ficar mais claro... para mim ou ate mesmo para outros membros... O cenario é: Um individo, chega a uma cidade pela primeira vez, e não tem onde ficar a dormir na primeira noite. Então existe um determinado espaço para esse fim. Aqui não se coloca o tamanho... simplesmente um pequeno espaço para um determinado individo poder descansar um pouco... É isto?

Josué Jacinto - Mais Fácil
My web: maisfacil.com | soimprimir.com | guialojasonline.maisfacil.com

Link to post
Share on other sites
  • Replies 101
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Não sou possuidor de uma longa experiência nesta área que se chama de arquitectura, mas , a meu ver, um espaço habitável, é um espaço de permanência. Não é um espaço que implique a prática de necessidades fisiológicas ou banais, mas sim um espaço que se possa evidenciar a atitude do arquitecto. Que se possa viver esse espaço segundo uma ideia, segundo uma intenção. Essa intenção tem que estar implícita na intervenção tomada. Esse espaço, será um espaço que resolva um determinado problema, assim como é dito que é essa a verdadeira função da arquitectura. É solucionar a questão do "habitar" um espaço. vive-lo, independentemente do que se possa fazer com ele. Um espaço multifacetado que promova uma panoplia de emoções e intelectualizações por parte do habitante. É um pouco redundante o que estou a referir, mas desde já, é o que é proposto ao estudante de arquitectura, nos seus primeiros passos do que é o caminho para atingir o estatuto de arquitecto. Habitar um espaço, é antes de mais, a principal função que um espaço deve proporcionar.

Link to post
Share on other sites

Creio que cabe á imaginação de cada um definir um local habitável. É um tema (felizmente) bastante subjectivo. É claro que podemos imaginar centenas de espaços habitáveis, como já foi referido: "Habita-se... num quarto apenas... sem wc. Habita-se... debaixo de uma ponte...". Cabe agora a cada um de nós questionar os prós e contras de um determinado tipo de habitação e, de entre todos aqueles que pensamos, escolher aquele que melhor consegue definir o conceito "habitável". Na verdade, penso que o concurso tem um elevado sentido teórico e reflectivo. Não percebo de arquitectura. Não sou arquitecta, não sei se um dia virei a ser, mas posso tentar entender o tema deste concurso e, mesmo não sabendo a ciência, tentar inexprientemente projectar algo em que reflecti, porque acho que o pensamento e a organização das ideias também será levado em conta. Boa sorte para todos!

Link to post
Share on other sites

claro.
até uma simples placa que diz. sitio de descanso poderá ser um local habitavel...ou não?
é uma forma de questionares o que é habitar um espaço...ou qual a própria definição de espaço e habitavel na sociedade actual...


a placa até podia dizer que o local que estava ao pé da placa era um sitio para sentar e comer...isso não interessa...o que interessa é a configuração do vazio existente em espaço, seja ele adaptado para tal ou não. até podemos construir um WC e ter 1 placa a dizer "sitio para cozinhar". Primeiro um local só se denomina por "espaço" quando for estruturado para tal, isto é, quando tiver determinadas características que o "delimitam virtualmente ou não" do envolvente. assim, podemos dizer que o Terreiro do Paço em Lisboa é um espaço, ... um lote na marina de Vilamoura também é um espaço. Está qualificado para tal. A partir do momento em que determinado local é um espaço, podemos "molda-lo" para que se torne um espaço habitavel. Daí, por exemplo, termos como título da 1ª Trienal de Arquitectura Portuguesa .."Vazios Urbanos": Locais que não estão qualificados. Desta forma, a partir do momento que escavamos determinado espaço, acrescentamos matéria laminar ou macissa, ...passamos a configurar um espaço num local habitável, ...não necessita de ter tecto. Não necessita de ter placas indicativas.É por si só um espaço, vive-se por ele próprio e confere "utilidade" ao Homem, seja ela mais específica ou não. Exemplo, o palácio onde fica a residência do Presidente da república, antes era um convento... e , no entanto, não deixa de estar perfeitamente adaptado às necessidades que lhe estão atribuidas.
Pode ser algo ambíguo, mas o habitar é aquilo que fazemos todos os dias, inconscientemente, que volta e meia nos emociona, e nos faz pensar.
Link to post
Share on other sites

Este tópico é perfeitamente a imagem do objectivo do concurso, uma discussão de ideias sobre o que para cada um de nós é um espaço habitável... O pensar nesse espaço como uma teorização do conceito de habitar, ir ao essencial, buscar o básico, satisfazer as necessidades... ou então não... Puxem pela cabeça e bons pensamentos... nada é de deitar fora...

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites

Pode-se dizer que se conseguir-se dar um bom conceito sobre a proposta apresentada, poderá ganhar. O que se pode concluir é a criação de um espaço, mesmo simples, em que se possa estar por alguns momentos... Ou um elevador não é um espaço habitavel!?

Josué Jacinto - Mais Fácil
My web: maisfacil.com | soimprimir.com | guialojasonline.maisfacil.com

Link to post
Share on other sites

Olá JAG. Quando se fala em "habitável", acho que é um sítio onde se pode permanecer durante algum tempo comodamente. Um elevador pode ser um espaço de passagem para algo habitável, mas acho que não se pode habitar num elevador... A não ser que seja um elevador de dimensões consideráveis e criado para habitação, o que acho que não existe...Mas é apenas a minha opinião!

Link to post
Share on other sites

Exactamente...pode ser ou não um ESPAÇO para se permanecer defenida ou indefenidamente...vamos puxar pela cabeça e ver o que sai para este tópico interessantíssimo sobre o "Habitar" que no fundo sabemos o que é mas que nos baralha imenso se nos focarmos apenas am algo estructural defenido para a habitação...vamos a isso!

Link to post
Share on other sites

Um elevador pode ser um espaço de passagem para algo habitável, mas acho que não se pode habitar num elevador... A não ser que seja um elevador de dimensões consideráveis e criado para habitação, o que acho que não existe...Mas é apenas a minha opinião!


Ana,
Olha que deve de haver bastantes elevadores com 27m3...

Josué Jacinto - Mais Fácil
My web: maisfacil.com | soimprimir.com | guialojasonline.maisfacil.com

Link to post
Share on other sites

AnaS ficarias surpreendida com os sitios onde é possivel habitar, sem a tipica salinha, quarto com cama e cozinha :) habitar pode ser habitar MESMO...no sentido da palavra que todos conhecemos..pode ser pernoitar, estar... tal como já foi aqui falado. houve um professor que tive no 3º ano a construções que dizia que a habitação requer um piso, tecto e a pele

margarida duarte

Link to post
Share on other sites

Exacto. Desde que existam condições habitacionais. Eu relacionei o conceito "habitar" não a "estar por momentos", mas a "permanecer". Daí a não ter conseguido entender como é que certas situações enunciadas poderiam constituir um "espaço habitável". O que pensei foi: eu posso viver num elevador se esse elevador não tiver sido pensado para o efeito que conhecemos como um elevador tradicional: um único espaço, de maior ou pequenas divisões, com pessoas a circular... Gostaria que me esclarecessem. Afinal... Habitar é permanecer durante algum tempo ou estar durante momentos? Ou cada um interpreta o termo à sua maneira? :)

Link to post
Share on other sites

Antes de mais a noção de Habitar implica a sua sustentabilidade ou seja que seja viável uma permanência curta ou longa em determinado espaço. A forma como essa habitabilidade será tratada é da responsabilidade de cada um e valerá pela originalidade e fundamento da proposta. Há uma infinidade de espaços passíveis de serem habitados é necessário é serem pensados como tal e terem realmente interesse em termos urbanos.

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.