Jump to content
Arquitectura.pt


Vampir0

Peter Zumthor: Edifícios e Projectos 1986/2007

Recommended Posts

eu tenho a minha opinião no meu blog... (assinatura) quem quiser pode passar lá e ler... mas aviso que é a minha opinião e qualquer comentário deve ser deixado lá e não aqui no forum... para isso aguardaremos a tal reportagem no fim de termos reunido as fotos de todos os que foram :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem, voltei da minha pausa, com a visita à conferência e exposição pelo meio. A conferência foi esclarecedora sobre muitos aspectos, ainda que tenha sido, na minha opinião, talvez um pouco descritiva de mais. O Peter Zumthor acabou por se rerpetir várias vezes a aparentemente por instantes perder o fio à meada. Convém aqui dizer que a organização, ao nível da projecção das imagens e em relação à qualidade do som não convenceu, mas o pior foi mesmo o calor dentro da sala... A exposição visitei-a nessa mesma noite. Não tinhamos bilhetes, mas também não foi necessário. Como é óbvio e à português, abriu com algum atraso e estava lá muita gente, mas ainda assim deu para ver tudo com algum detalhe, apenas foi necessária alguma paciência. Como conclusão, como "warm up" da experimentadesign09, foi positivo, principalmente em relação à temática escolhida, o tempo. Agora é esperar pelo próximo ano para ver o desenvolvimento deste evento.


Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Como é óbvio e à português, abriu com algum atraso


LOL... o tema era o tempo... hmm.. então, pelo menos o início da exposição, não foi nada de inovador :rolleyes:

A conferência do senhor Zumthor, na minha opinião, foi inspiradora. As imagens, que estão disponíveis aqui no fórum graças ao nunomiguelneto, falam por si. Muitas das palavras do arquitecto descreviam o óbvio que se interpretava das imagens, não deixando isso de ser algo completamente fantástico.

Pelo menos para mim, o discurso do arquitecto, relativamente ao seu processo de intervenção, foi extremamente inspirador. Boas interpretações do local, resultando em boas intenções de intervenção. Talvez um pouco "follower" à luz das palavras de Bjarke Ingels (que por sua vez segue os ensinamentos do "Kem Rolhas", será um paradoxo na ideologia dos BIG?!?), mas o resultado nos projectos que apresentou demonstrou grande sensibilidade em todo o processo arquitectónico, hmm... ou seja, pareceu-me que a percepção e, porque não, a apropriação do espaço pelo homem foi a preocupação principal ( e não é assim que deve ser?) ao contrário de uma procura por um conceito iconográfico, como está na moda.

Aquilo que eu conhecia melhor da sua obra eram as termas na suíça. Confesso que fiquei contente por ver que o tipo não é arquitecto famoso devido a uma obra só.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vampiro gostei particularmente do nick name do Rem koolhas .....(kem Rolhas)XDXD Assim até o quim roscas tem ar de arquitecto!!:rolleyes: Embora não conheça bem a "obra do PZT, gostei muito do conceito do pavilhão da Suíça na Expo em Hanover .

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoalmente conhecia melhor umas e pior algumas das suas outras obras, mas realmente foi relevante o facto de as termas de Vals não ter sido focada, abrindo espaço para aprofundar alguns dos seus outros projectos. O João Sousa referiu que numa conferência em Bruxelas que o Zumthor focou muito o projecto da sua casa/gabinete, o que também aconteceu, ainda que talvez menos nesta conferência.


Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Arquitectura: Exposição sobre Peter Zumthor vista por 10.874 pessoas em mês e meio Lisboa, 20 Out (Lusa) - A exposição retrospectiva sobre o trabalho do arquitecto suíço Peter Zumthor foi visitada por 10.874 pessoas desde a inauguração, a 06 de Setembro, na LXFactory, em Lisboa, organizada pela Bienal ExperimentaDesign. De acordo com a organização, a exposição "Peter Zumthor: Edifícios e Projectos 1986-2007", que irá encerrar dentro duas semanas, a 02 de Novembro, recebeu em mês e meio uma média de 247 pessoas por dia. A retrospectiva - que está a ser acompanhada por visitas guiadas - ocupa cerca de 3.000 metros quadrados com o percurso de um dos mais importantes arquitectos da actualidade, mostrando a sua relação com o tempo, os lugares, os ambientes e os habitantes dos seus projectos. Primeira grande exposição retrospectiva do arquitecto - estreada em 2007 no centro de arte Kunsthaus Bregenz (KUB), na Áustria, edifício concebido pelo criador em 1997 - entra pela primeira vez, por Lisboa, no circuito internacional, numa itinerância que inclui também Moscovo e Texas. Até 02 de Novembro o público poderá conhecer 29 projectos criados por Peter Zumthor, 12 deles apresentados através de instalações com filmes que replicam em tempo e escala real a experiência física de percorrer os espaços por ele desenhados. O arquitecto e curador Diogo Seixas Lopes será uma das personalidades da área a realizar uma visita-guiada na quarta-feira, 22 de Outubro, abordando o processo criativo de Peter Zumthor, enquanto que o arquitecto Gonçalo Byrne fechará estas visitas a 29 de Outubro. Esta exposição marca o relançamento da Bienal ExperimentaDesign em Lisboa em 2009, "It´s About Time", depois de um ano de interrupção por falta de apoio financeiro. Suspensa em 2007 por falta de apoios de um dos parceiros, a Câmara Municipal de Lisboa (CML), que entretanto voltou a financiar o projecto, a ExperimentaDesign, organizada por Guta Moura Guedes, passou a realizar-se alternadamente em Lisboa e Amesterdão, estando a presente edição 2008 a decorrer na capital holandesa até 02 de Novembro. AG. Lusa/Fim © 2008 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A. 2008-10-20 17:00:09

Share this post


Link to post
Share on other sites

Arquitectura: Exposição sobre Peter Zumthor encerrou com 16.100 visitantes
2008-11-06 13:44:55
Lisboa, 06 Nov (Lusa) - A exposição retrospectiva sobre o trabalho do arquitecto suíço Peter Zumthor foi visitada por 16.100 pessoas desde a inauguração, a 06 de Setembro, na LXFactory, em Lisboa, organizada pela Bienal ExperimentaDesign.
De acordo com a organização, a exposição "Peter Zumthor: Edifícios e Projectos 1986-2007", que encerrou a 02 de Novembro, recebeu uma média de 277 pessoas por dia.
Esta primeira grande retrospectiva do arquitecto suíço - que teve estreia internacional em Lisboa - ocupou cerca de 3.000 metros quadrados com um percurso criativo desde os anos 80 até à actualidade, mostrando a relação de Peter Zumthor com o tempo, os lugares, os ambientes e os habitantes dos seus projectos.
Estreada em 2007 no centro de arte Kunsthaus Bregenz (KUB), na Áustria (edifício concebido pelo criador em 1997) entrou pela primeira vez, por Lisboa, no circuito internacional, numa itinerância que inclui futuramente também Moscovo e Texas.
A exposição foi visitada na LXFactory por 1540 alunos, de 35 escolas diferentes de vários pontos do país, sobretudo de Lisboa e Porto, além de visitas de turmas de faculdades de arquitectura que puderam conhecer em pormenor 29 projectos criados por Peter Zumthor, 12 deles apresentados através de instalações com filmes que replicam em tempo e escala real.
Esta exposição marcou o relançamento da Bienal ExperimentaDesign Lisboa, "It´s About Time", que decorrerá em 2009, depois de uma interrupção por falta de apoio financeiro.
Suspensa em 2007 por falta de apoios de um dos parceiros, a Câmara Municipal de Lisboa (CML), que entretanto voltou a financiar o projecto, a ExperimentaDesign, organizada por Guta Moura Guedes, passou a realizar-se alternadamente em Lisboa e Amesterdão, onde se realizou a edição de 2008.
AG.
Lusa/Fim

in http://aeiou.visao.pt/Pages/Lusa.aspx?News=200811068979241

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.