Jump to content
Arquitectura.pt


Os grandes Portugueses


Recommended Posts

Roberto Leal?... pouco conhecido?... o homem move multidões... só mostrei a minha admiração porque não acho nada que ele deva ser considerado uma pessoa importante, no mesmo nível que outras de que se tem falado... PS: :hmm: move multidões... mas eu fico bem quietinho... :whistle:

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites

a. então ta explicado..

só citei o tal porque quando penso em Portugal penso no vira.. e quando penso no vira penso em Roberto Leal.. :(

tirado da wikipedia...

Roberto Leal é frequentemente citado pela imprensa e por pesquisas como o mais conhecido português no Brasil, acima de nomes como Mário Soares, José Saramago, Fernando Pessoa e possivelmente até mesmo Pedro Álvares Cabral.

Ainda hoje é aclamado como cult por brasileiros de todas as idades, embora em Portugal não seja considerado como representativo da cultura portuguesa - nem a erudita, nem a popular (especialmente entre portugueses com menos de quarenta anos).

:??:


o povão gosta..

eu particulamente também fico beeem quieto enquanto a multidão se move, só acho curioso :)

Link to post
Share on other sites

É Brasileiro... mas até lhe convém ter a dupla nacionalidade... e diga-se de passagem, à nossa selecção também faz falta... mas nada disso invalida as principais razões que o levaram a querer ser Português... o resto é tudo muito bonito de se dizer... Não estou com isto a querer demosntrar qualquer espécie de racismo para com a comunidade brasileira no nosso país, e muito menos querer contestar as leis de imigração/nacionalização do nosso país... Como em tudo, há casos e casos, uns serão válidos, outros não...

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites

eu acho bem que o Deco se tenha naturalizado, ainda que com o objectivo de jogar na selecção. Há uma lei, dizia que ele precisava viver em Portugal não sei qts anos para se naturalizar, ele viveu-os, tudo bem. Para além do mais é um grande jogador, e faz uma falta enorme à nossa selecção. Não tenho esse tipo de preconceitos contra colocar naturalizados a jogar. Se não era obrigado a indagar da completa "portugalidade" da carla sacramento, do obikwelu (outro polémico), etc etc... Acho é que foi um erro estratégico do Brasil nunca lhe ter dado a chance de jogar enquanto era só brasileiro e relembro o comentário do Mário Zagallo a propósito dele: "como ele tenho dezenas". Se calhar hoje não dizia isso. Aliás é de realçar que neste momento o novo seleccionador brasileiro, o Dunga (grande jogador o tempo dele e acho que ainda vai ter sucesso como seleccionador) convoca todos os jogos menos importantes do Brasil jogadores que nunca tinha convocados que podem ou não vir a ser realmente bons mas que não vão jogar por outra selecção que não o Brasil.

Link to post
Share on other sites

Infante D.Henrique , provavelmente a minha escolha. O tipo que no seu contexto, no seu tempo, tendo em conta tudo o que se sabia e principalmente o que não se sabia, estava provavelmente mais à frente, em Portugal (claro) e no mundo inteiro. Para mim o primeiro europeu pós-medieval, ou moderno, se se quiser, da história. No debate sobre os bichinhos que comiam barcos e marinheiros e uma terra que supostamente era um disco, e um Deus tirano que comia bruxas ou hereges, ele estava muito para além de tudo isso. Definiu tão marcantemente que ainda hoje perdura a ideia de "ser português". O português que todos olhamos como ideal é o português que D.Henrique foi. Não foi sozinho pai das descobertas, mas foi o motor essencial. Provavelmente sabia muito mais do que quis contar, mas a verdade é que o que fez não se iguala em Portugal ou em qq parte do mundo. Disse à Europa que a globalização era o que vinha a seguir, e ensinou os europeus a conhecerem o que vai para além das muralhas de uma cidade. Dos descobrimentos portugueses e do renascimento italiano nasce o pensamento europeu moderno. Por tudo isso, tudo pesado globalmente, seria provavelmente nele que eu votaria. Não quer dizer que seja o melhor, porque isso de "O" melhor não existe, mas é talvez o que mais próximo disso anda.

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.