Jump to content
Arquitectura.pt


Legrias

Membros
  • Posts

    231
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    2

Everything posted by Legrias

  1. Quanto é se paga actualmente/Contribuição mensal á segurança social por um salário médio de 800/850euros por ex?
  2. é em jpeg que procuras? Vê se alguma destas serve... http://img41.imageshack.us/i/pedra67.jpg/ http://img8.imageshack.us/i/pedra68.jpg/
  3. Há poucos dias o presidente da Câmara de Viana do Castelo disse, no final de uma reunião do executivo camarário, que a suspensão da obra do Coliseu poderia ser uma possibilidade, mas que não estava em cima da mesa. Ontem, um comunicado oficial anunciou o que era previsível: a obra foi suspensa com mútuo acordo com o consórcio que está a construir o edifíco. A razão: Não há financiamento para completar a empreitada. "Em Fevereiro de 2011, a Câmara Municipal e o consórcio assinaram o Auto de Suspensão Temporário por Mútuo Acordo pelo período de quatro meses", anunciou a autarquia vianense em comunicado. No mesmo lê-se ainda que "reconhece este acordo que a Câmara Municipal tem envidado todos os esforços possíveis em ordem a obter o necessário financiamento para a obra através da sua candidatura a programas comunitários quer nacionais quer regionais, sem que o tenha conseguido até ao momento" e considera que "a obtenção de tal financiamento é absolutamente necessária à normal execução financeira da obra e sua conclusão". "A decisão de suspensão assenta nas dificuldades económicas sentidas pelo Município, associadas aos cortes das transferências de verbas do Estado e pretende não colocar em causa a estabilidade financeira da autarquia, nomeadamente no cumprimento de compromissos na educação, no apoio às áreas sociais, na reabilitação da rede viária e nas obras de infra-estruturas de água e saneamento necessárias", salienta ainda o comunicado. O Coliseu de Viana do Castelo, desenhado pelo Arquitecto Eduardo Souto Moura. Fonte JN http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Viana%20do%20Castelo&Concelho=Viana%20do%20Castelo&Option=Interior&content_id=1776174
  4. Era para ser entregue juntamente com o aditamento ao projecto.
  5. Eu calculo a area de implantação pelo limite exterior da base do rés-do-chão / piso 0. Isto é, tudo o que está em contacto com o solo. Nada de volumes projectantes, consolas ou varandas de pisos superiores. Até hoje não tenho tido problemas, mas corrijam-me se estou a faze-lo mal...
  6. Perfeito, parabens!!! :s
  7. Queria pedir-vos um esclarecimento, que é o seguinte, exigiram-me numa Camara Municipal um termo de responsabilidade do quadro sinotico. A minha duvida vem neste sentido, é legitimo exigirem este termo ou podemos considerar o quadro sinoptico como uma peça/parte integrante do projecto de arquitectura, e se existe um termo de responsabilidade do proj. de arquitectura este deixa de fazer sentido ?!??!? É preciso ter uma paciência para aturar estes técnicos municipais, pela 40ª vez que vou á camara exigem sempre alguma coisa nova. Seria muito dificil dizerem tudo que está em falta de uma só vez?!?? haja paciência...
  8. Aqui ficam algumas fotos que documentam o ponto de situação da obra neste momento. Peço desculpa pela fraca qualidade das mesmas, mas foi o possivel arranjar foram tiradas a partir de telemovel, todas a partir do exterior e pendurado em cima da vedação. Vou tentar passar lá durante a semana para apanhar a obra aberta.
  9. Já se encontra numa fase bastante adiantada... já se vê a estrutura toda e dá para perceber a relação da volumetria, eu se poder este proximo fim de semana tiro umas fotos para colocar aqui.
  10. É reencaminhar estes elementos todos para o nós por cá!!!
  11. Obrigado pelas respostas atempadas, em relação ao Floorplanner parece interessante o programa aparentemente é bastante facil de trabalhar embora bastante básico, tem no site uma versão experimental para "particulares" planos pessoais. A partir do autocad, sinceramente acho dificil para não dizer mesmo impossivel obter resultados idênticos, se bem que não estou muito bem por dentro de como funciona a parte dos blocos, mas até á data nunca vi blocos deste genero para cad. Em relação ao Corel Draw e Adobe Suite existem já blocos feitos com este tipo de apresentação? Importamos o desenho do cad e depois inserimos o blocos?
  12. Bom dia ... Sabem me dizer com que tipo de software é possivel fazer um trabalho que tenha este tipo de apresentação gráfica?
  13. Tambem me agrada bastante este projecto, acho o conceito muito bom. Parece nascer de um gesto simples e consegue resolver aparentemente bem o espaço a nivel funcional. Essa ideia abusiva do betão é um factor relevante de facto, parece trazer algum desconforto ao espaço mas ao mesmo tempo a relação dos ambientes é bastante acolhedora. Gosto bastante da relação / transição da cozinha para a sala, com a banca da cozinha á cota do piso da sala. Já o tubo de exaustão de fumos a passar pelo meio das instalações sanitárias.. :p Gostava de ver as plantas para perceber melhor o projecto. É por este tipo de obras que vale a pena levantar todas as manhãs! XD
  14. Olá Ricardo, De facto o Curso de Arquitectura é muito trabalhoso, e no teu caso, caso realmente decidas avançar a opção seria um curso pós laboral (para te manteres, como tu dizes) o que faz com que deixes de ter tempo para ti próprio e para a família É certo que quando tomares a decisão deves estar decidamente convicto e determinado do que queres, porque só consegue realmente atingir os objectivos que goste a ame a arquitectura, costuma-se dizer que quem corre por gosto não cansa, e só assim se consegue. No meu caso também tirei o curso em pós-laboral, porque era a única solução que tinha para me puder sustentar e pagar os estudos, e confesso que é muito duro saia de casa ás 8.30 da manha entrava ás 23.30 / 00.30 e muito desses dias ainda tinha que trabalhar alguma coisa para poder apresentar no dia seguinte. Muitos dos fins de semana fechado em casa a trabalhar. Depois existem trabalhos e trabalhos, ou melhor trabalhos e empregos, se vires que o teu trabalho te permite e te dá alguma flexibilidade para que durante o dia possas fazer alguma coisa, consultar elementos ou organizar coisas pendentes. é sem dúvida uma mais-valia, ganhas por certo muito tempo e sobretudo "consegues respirar". Em relação ás perspectivas actuais no que toca à empregabilidade, é que o panorama actual pode não ser o mais encorajador e no meu ponto de vista o teu maior problema vai ser na altura que terminares a tese e tiveres que tomar opções. ai sim, estarás sujeito a realizar o estágio de admissão á ordem não remunerado ou estarás disposto a ir trabalhar para um gabinete em situações muitos precárias a recibos verdes.. ou a trabalhar no escuro.. enfim .. existe de tudo um bocadinho por este país fora, mas de facto não é nada fácil entrar no mercado/vida profissional e mesmo conseguindo a probabilidade de ser em condições precárias é muito elevada. O dia do Arquitecto, este considero que seja bem mais activo e interessante do que a de um programador, a arquitectura aglutina muitas actividades e especialidades, é bem provável que grande parte do teu dia (como arquitecto) passes a falar com fornecedores, técnicos das respectivas especialidades, técnicos das autarquias, clientes, empreiteiros... enfim.. uma série de pessoas. Se realmente gostas de arquitectura, investir na nossa formação nunca será tempo perdido, se conseguires compatibilizar todos os factores, acho que deves arriscar. Um ultima nota importante: A maior parte do tempo (70 a 80%) que te irá ser exigido é p para os trabalhos práticos, o restante para as disciplinas teóricas, penso que será suficiente ir ás aulas e estudas uns dias antes para as frequências/exames.
  15. o Windows corre no Mac? Ouvi falar que existe um plugin (pirata) que fazer correr o autocad em mac... alguem sabe se é verdade?
  16. Pois não, nós pelos vistos é que andamos a dormir e a ser "comidos" á tanto tempo e vamos consentir que continuemos a ser e a ordem não faz nada. Ainda vou ver muitos certificados passados pela Universidade Moderna serem emitidos aos domingos e feriados, daqueles que dão direitos a jantares e outros afins...
  17. Disseram-me estes dias que o bastonário da ordem do engenheiros, disse numa entrevista a uma rádio que vai ser possivel todos os engenheiros tirarem a licenciatura em arquitectura na Universidade Moderna em apenas 3 semestres, alguem sabe mais pormenores a este respeito? Se realmente for verdade estamos perante uma possiblidade do meu ponto de vista GRAVISSIMA, a ser assim dentro de pouco tempo vai voltar a ser tudo igual!!! Cheira-me que quando o decreto de lei foi revogado já teriam alguma na "manga" e este será o primeiro passo para voltarem tudo na mão para obterem a licença na mão para assinarem Arquitectura. Existem muitos engenheiros em protugal a ganharem milhares de euros á custa da arquitectura, certamente que seria um duro golpe retirarem-lhe esta fonte de rendimento extra e pelos vistos querem continuar...
  18. Vejam o que a Drª Rauni Kilde, pensa sobre isto...
  19. Eu não concordo que o silêncio na arquitectura, seja ausência... um vazio na concepção, tambem depende como caracterizamos esse "vazio" mas considero que uma obra conceptualmente tranquila, equilibrada e limpa nos transmita esse tal silêncio. Faz-me lembrar uma frase que me agrada especialmente "Belo, é tudo quanto agrada desinteressadamente"
  20. Não, penso que não, . Artigo 42.° dos estatutos da ordem diz, " Só os arquitectos inscritos na Ordem podem, no território nacional, usar o título profissional de arquitecto e praticar os actos próprios da profissão." ... ao exerceres a profissão no estrangeiro não faz sentido estares inscrito, só se for por capricho. E mesmo o colega que teve a iniciativa de enviar o mail acima referido, do meu ponto de vista, uma vez que trabalha por conta de outrem e não teve que assumir a resposanbilidade, autoria, ou co-autoria sobre qualquer projecto, penso que não tem necessáriamente que estar inscrito na ordem. Daí eu descordar com alguns pontos e este é um deles.
  21. Chegou-me através de mail por intermédio de outro colega. A verdadeira fonte, desconheço.
  22. Eu pessoalmente não concordo com alguns pontos acima referidos, mas não deixa de ser curioso e de ter certa razão em muitos outros, por isso, decidi partilhar este desabafo.
  23. Boa tarde exmo. Colegas e demais funcionários da OA Venho por este meio apresentar o meu descontentamento face aos seguintes pontos: 1º Pago 190 euros de cotas anuais (a dos engenheiros cobra menos de metade!!!). Em 2008 apenas trabalhei para outros arquitectos, não tive nenhum projecto da minha autoria. NÃO PRECISEI da OA, mas tive que pagar! 2º Trabalho há mais de 10 anos a recibos verdes para outros arquitectos (alguns fizeram/fazem ainda parte da direcção da OA). Que é que foi feito pela organização profssional que me deveria defender para por fim a esta questão de falsos recibos verdes, e para a qual pago 190 euros anuais? NADA! 3º Por receber menos de 1000 euros e ter família para sustentar e casa para pagar, e dando prioridades dos bens essenciais, as cotas da OA ficaram em dívida 3 meses. Recebi em casa uma circular a ameaçar de tribunal, se entretanto não saldasse a minha dívida de 47,5 euros (duma Ordem que deveria defender os meus interesses...) 4º Já que cobram assim tanto anualmente, ao menos as formações deveriam ser em maior número, e a preços bem mais acessíveis, senão mesmo gratuitas. 5º Acham justo cobrar 190 euros anuais a arquitectos que fazem pelo menos 20 projectos por ano, e cobrar o mesmo valor a quem não faz nenhum da sua autoria, trabalhando para eles ou para outros? (e que como todos sabemos, pagam mal e a Recibos Verdes...) 6º Já que cobram o mesmo a TODOS os membros da OA, porquê a promoção de apenas meia dúzia? Os mais novos não têm oportunidade? Ou os outros mais velhos, que não têm amigos nem na OA nem nas revistas? Não terão direito a promoção por parte da OA, nomeadamente nos banners do site ou no JA?? 7º Gostaria de saber porque razão acabaram com o Cartão de Arquitecto, que servia de cédula profissional (criaram uma espécie de "Cartão Modelo" para descontos, que na realidade não serve para nada!) 8º Penso que ao cobrar 190 euros anuais, o mínimo que poderiam fazer por nós é atender os telefones, uma vez que já por várias vezes, passei manhãs inteiras à espera que tal sucedesse! Podiamos também ser recebidos com um sorriso e boa educação à chegada à OA... 9º Apesar de não obrigarem a um estágio remunerado, cobraram-me 300 euros (!!!) para ingressar na OA ( a ordem dos Eng. cobra apenas 1/10 do que a OA cobra) 10º Gostaria de saber porque não usam o JA para promover arquitectos que não apareçam noutras revistas, apesar da qualidade do seu trabalho! Quando promovem exposições, concursos ou outras baboseiras, convidam sempre os mesmos arquitectos (ao ponto de já se conhecerem algumas obras melhor que quem a projectou!) Com a perspectiva de trabalho que tenho, e visto que a OA não tem a mínima capacidade ou competância para me defender profissionalmente, informo que de ora em diante cancelarei os meus pagamentos. Mais informo que será formada uma Sociedade Recreativa dos Arquitectos, apenas para esbanjar as cotas dos nossos associados a promover apenas os nossos amigos mais importantes (ou aqueles que mais gostámos), a promover concursos com vencedor já previamente decidido, a promover acções de formação sem interesse e pagas a peso de ouro e a perder tempo com discussões "Pseudo Intelectuais" filosóficas de cultura, história e teorias da superioridade da mente do Arquitecto (o Arquitecto como um DEUS, no centro do mundo, que gira à sua volta). Promoveremos partidas de golf para os nossos importantes e milionários associados! O show Off da nossa superioridade intelectual, cultural e económica estará sempre presente, quer nas nossas formações, acções e cobrança de cotas! Peço desculpa se a nossa futura Sociedade tem alguma semelhança com as acções levadas a cabo pela OA, mas apenas somos uma Sociedade Recreativa! Sem outro assunto de momento,
  24. Eu não tomaria a vacina H1N1 pelo simples risco do síndroma GBS" -- Neurologista Britânico Um dos possíveis efeitos secundários da vacina H1N1 é o síndroma de Guillian-Barre, o síndroma que matou e incapacitou centenas da Americanos na campanha de vacinação H1N1 em 1979 com 500 casos confirmados deste síndroma, a vacina foi retirada do mercado 10 dias depois após vacinarem 48 milhoes de pessoas, tendo feito mais vitimas que o vírus H1N1. Este síndroma ataca directamente o sistema nervoso causando problemas de respiração, paralisia e até a morte. Esta gripe é comparada à gripe Espanhola de 1919 que matou mais de 20 milhões de pessoas. A gripe Espanhola é falada referindo o numero de mortes e não o numero de contaminados. A percentagem de morte foi de 2,5% o que significa que 97,5% dos contaminados recuperaram. A actual gripe A tem uma mortalidade de 0,05, o que significa que 99,95% dos contaminados recuperam. Isto significa que não há necessidade de arriscar os efeitos secundários de uma vacinação. Sabiam que a gripe Espanhola apareceu nos EUA após um programa de vacinação e que os únicos países não afectados foram os que não usaram essa vacina(info)? Sabiam que o primeiro efeito da vacina da gripe sazonal é apanhar uma ligeira gripe? Qual será o efeito da nova vacina H1N1? Sabiam que a primeira vacina há 150 anos para combater o Sarampo, desencadeou uma epidemia de Sarampo que matou centenas de milhares de pessoas? Sabiam que a organização mundial de saúde pode depor governos de 194 países do mundo por forma a impor uma vacinação pela força em caso de recusa popular? Os testes da vacina H1N1 já começaram nos EUA, mas não são testes em laboratórios, são testes em humanos onde as crianças estão a ser vacinas em casos específicos: 1- Com conhecimento dos pais: Quando os pais dão os filhos como voluntários para vacinação. 2- Sem o conhecimento dos pais: Quando autorizam a entrada dos filhos em desportos escolares, assinando autorizações sem as ler. Essas autorizações referem a vacinação teste como obrigatória. Inglaterra recebeu já 200,000 doses para começarem a testar na população e nos humanos não há sociedades que nos protejam de testes médicos, como fazem aos animais. Apesar de a gripe Suína em Inglaterra ter morto unicamente 5% em relação às que morrem de gripe normal, a vacina contra a gripe suína será obrigatória, a vacina normal não! Ora se fosse para nos ajudar, tornariam a vacina normal obrigatória e não a Suína. Nos EUA a loucura começou... Em alguns estados como Maryland, a vacina é obrigatória a todas as crianças, qualquer criança não vacinada não poderá frequentar a escola. Qualquer pai que se recuse a vacinar os seus filho, poderá ser preso por atentado contra a saúde pública. Mas em Massachusetts, quem recusar a vacina irá ser multado até 1.000 dólares por dia e em desobediência continuada será detido por 30 dias e vacinado compulsivamente. Vocês podem recusar a vacina, mesmo que o estado a torne obrigatória. O Estado tal como a policia existem e actuam por consentimento, a população tem de consentir por forma a dar-lhe o poder. Não consintam, pacificamente digam NÃO se acham que o devem dizer. Não há perigo, hoje afirmo-o. Se houvesse perigo da mistura entre o vírus da gripe suína e o vírus da gripe normal, teriam morrido milhões no hemisfério sul, sim pois o inverno está a acabar lá. Liguem a TV, alguém fala disso? Alguém vos diz que não existiram mortes fora do normal? No hemisfério sul nada aconteceu, tal como nada acontecerá aqui, mas a vacina tem efeitos secundários que podem até matar. O inverno deles tem os mesmos efeitos que o nosso e os dados vindos de lá, apontam para um numero normal de mortes quer da gripe sazonal quer da gripe suína. Vale a pena arriscar a saúde e a vida por causa de 0,05% de chances de contaminação mortal por H1N1? Façam as vossas contas!
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.