Jump to content
Arquitectura.pt


Porto | Alameda 25 de Abril - UOPG 20 | José Pulido Valente


Recommended Posts

Preparem-se leitores e leitoras. Se acham o Sesimbra Hotel, o Novo Estoril Sol e Hotel de Viana do Castelo feio entao ainda nao viram tudo. Agarrem-se aos vossos teclados porque isto vai doer.:p

http-~~-//www.porto.taf.net/jpv_ficheiros/image001.jpg
http-~~-//www.porto.taf.net/jpv_ficheiros/image002.jpg
http-~~-//www.porto.taf.net/20040520-alameda1.jpg
http-~~-//www.porto.taf.net/jpv_ficheiros/image004.jpg
http-~~-//www.porto.taf.net/jpv_ficheiros/image005.jpg
http-~~-//www.porto.taf.net/jpv_ficheiros/image006.jpg
http-~~-//www.porto.taf.net/jpv_ficheiros/image007.jpg
http-~~-//www.porto.taf.net/jpv_ficheiros/image008.jpg
http-~~-//www.porto.taf.net/jpv_ficheiros/image009.jpg
http-~~-//www.porto.taf.net/jpv_ficheiros/image010.jpg
http-~~-//www.porto.taf.net/jpv_ficheiros/image012.jpg

O trabalho que se mostra é o resultado de uma vida na qual se pretendeu dar continuidade a arquitectura deste país (Inquérito à arquitectura popular, Távora dos anos gloriosos, encontro com o Minho e o Norte). Digo que a minha arquitectura é telúrica.

Mas aqui não se trata, ainda, de arquitectura embora não saiba onde está a fronteira entre esta e o urbanismo. Diga-se que é uma proposta para resolver o espaço criado pela construção da Alameda Vinte e Cinco de Abril e a consequente devastação do tecido urbano. UOPG 20.

Respeitando os preconceitos do Presidente da Câmara quanto à percentagem de solo a impermeabilizar e à densidade de construção fui-me ao espaço central da alameda e implantei, numa área de 20.000 m2 aprx., bandas perpendiculares às vias com 5.000m2. Deixei permeável tudo o resto com a excepção da parte ocupada pelo estacionamento enterrado. Quanto à densidade da construção: a do estudo prévio ronda os 4m3/m2.

O projecto pretende dar razão de ser ao miolo da alameda criando espaços descobertos e cobertos para os moradores e vizinhança. Pretende propor um modelo, para já, de habitação em que as pessoas não estejam encaixotadas: cada habitação tem um terraço com sete metros de profundidade em toda a frente. As habitações têm dois pisos, floreiras e pérgolas sobre os terraços com trepadeiras.

Os espaços exteriores cobertos são ventilados e iluminados por aberturas entre cada duas ordens de habitação e pelos topos dos arcos estruturais.

Muito trabalho está por fazer para tornar esta ideia mais madura e consistente. É necessário passar à fase de projecto dos edifícios. Que certamente trará alterações profundas a este esquema.

in http://www.porto.taf.net/jpv.htm
Link to post
Share on other sites
  • Replies 54
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

que coisa mais absurda! que parolada... Ou isto é uma provocação por parte dos arquitectos ou então é um tremendo desperdício de tempo para resultar nestas imagens... Antes de mais hão-de me dizer onde é que aquelas casas se enquadram na arquitectura da cidade do Porto ou pelo menos na arquitectura da região norte. Segundo, que coisa mais feia (mas isso é o meu olhar). terceiro, resolver? como é que resolve? eu só vejo problemas... O que existe hoje são terrenos expectantes, a proposta nem sequer questiona o local, a pertinência do que se poderá construir. Limita-se a ziguezaguear como se tivessem dado uma caixa de legos a uma criança e ela decidisse brincar às alamedas (se calhar sairia algo bem mais interessante). Se querem partir para estes extremos então que estudem antes de mais os paradigmas extremos! Os Team 10...OMA...PLOT... etc Agora são tão extremos na ideia e fazem-me casinhas caiadas de branco aos socalcos?!

Link to post
Share on other sites

E digo-te ainda mais... conheço muito da obra do Pulido valente, inclusive conheço-o pessoalmente, conheço também a casa particular dele em Carreço e outras tantas que lá fez, e vens me agora tu dizer para beijar o chão por onde ele passa??? tenho-o em melhor consideração, mas este projecto não se coaduna com ele... vê lá se para a proxima não sobes tão alto no teu pedestral...

Link to post
Share on other sites

Muito trabalho está por fazer para tornar esta ideia mais madura e consistente. É necessário passar à fase de projecto dos edifícios. Que certamente trará alterações profundas a este esquema.


Não sei muito bem o que dzer sobre esta proposta, nem sequer percebo as palavras do Clive, mas será esta a esperança?...

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites

Bem, não sendo arquitecto, vou deixar a minha opinião: Mau, demasiado mau! Isto faz-me lembrar a arquitectura anti-social que se teve nos anos 50 (pelo menos na minha visão de arquitectura e urbanismo da época). Então fazem-se casas aos socalcos sem nada por baixo? Sem nenhuma actividade aí prevista? Desculpem-me estar a dizer isto, mas se for para a frente... quem ganhará são os traficantes de droga e os "gunas" que podem ter uma perfeita base para as suas actividades. Vergonhoso.

Link to post
Share on other sites

A meu ver, a ideologia aplicada no desenho dos prédios em forma de pirâmide, caso seja bem planeada poderá ser uma solução boa e diferente. Se me disserem que é mau para o contesto em que esta a ser estudado, ainda posso perceber, mas se olhar com uma ideia a ser aplicada em algum local, desde que seja bem trabalhada, ate deverá ficar algo interessante... Esta é apenas a minha opinião.

Josué Jacinto - Mais Fácil
My web: maisfacil.com | soimprimir.com | guialojasonline.maisfacil.com

Link to post
Share on other sites

Putos....
vocês deviam era beijar o chão onde passa o Pulido Valente (e ler uns dos seus livros, já agora).


Mesmo depois de ter comido a gravilha calcada pelo Pulido Valente continuaria a achar feio este projecto. Tu não achas? Se consegues ver aí as qualidades de Pulido Valente ou pelo menos se consegues denotar as qualidades deste projecto então elucida-nos! Faz-nos entender porque estamos tão errados. Faz-nos crer que é tão genial que nós, meros mortais, não conseguimos entender esta arquitectura e em vez disso devíamos andar de lingua de fora a lamber a areia pisada pelo arquitecto!

explica-nos
Link to post
Share on other sites

Putos....
vocês deviam era beijar o chão onde passa o Pulido Valente (e ler uns dos seus livros, já agora).


Ó amigo estás confundido, já sabemos que essa posição de lamber botas e beijar o chão te agrada muito, mas alto lá...
isto é um espaço para se discutir arquitectura, vamos bater palminhas:clap::clap: a tudo o que se faz ???
Que pobreza de alma...

Quanto ao projecto agrada-me, pois a solução deve ter sido o resultado de uma longa noite de copos... :vomit1:De facto gostava de perceber um bocadinho mais disto...
Link to post
Share on other sites

O conceito por detrás desta proposta até me parece interessante...no entanto necessita de ser bastante mais desenvolvido


Concordo...

asimplemind... a ideia ate pode ter 100 anos, desde que seja bem desenvolvida, é boa. A Sagrada Família ainda esta em construção, já tem mais de 100 anos e ainda continua a impressionar...

Josué Jacinto - Mais Fácil
My web: maisfacil.com | soimprimir.com | guialojasonline.maisfacil.com

Link to post
Share on other sites

Concordo...

asimplemind... a ideia ate pode ter 100 anos, desde que seja bem desenvolvida, é boa. A Sagrada Família ainda esta em construção, já tem mais de 100 anos e ainda continua a impressionar...


JAG, concordas que são obras completamente diferentes, com uma importância e significado completamente diferentes... contudo compreendo o teu raciocínio!
Link to post
Share on other sites

Creio que estamos todos à espera das justificações do sr Clive...


Melhor ainda: como se gabou de conhecer pessoalmente o Arq. Pulido Valente, porque não o convida a inscrever-se no fórum para participar nesta discussão? Acho que o Zé aceitaria o desafio com o maior agrado; e quem melhor do seu autor para explicar um projecto tão parolo e bacoco?
Até lá...
Link to post
Share on other sites

Melhor ainda: como se gabou de conhecer pessoalmente o Arq. Pulido Valente, porque não o convida a inscrever-se no fórum para participar nesta discussão? Acho que o Zé aceitaria o desafio com o maior agrado; e quem melhor do seu autor para explicar um projecto tão parolo e bacoco?
Até lá...


Gabar? oh amigo... eu não sou de me gabar... se calhar até podia, tenho o privilegio de conhecer muitos arquitectos chamados de top! mas não faço uso disso... não beijo o chão por onde eles passam nem tão pouco os venero como deuses! Respeito as suas ideias, mas não sou obrigado a concordar com elas! Quanto ao Zé se inscrever no fórum? é um caso a ver... se já teve paciência para ver alguns tópicos abertos por mim na secção arquitectura nacional, facilmente constatará que estão lá inscritos os autores dos projectos! acharam interessante a discussão gerada em torno das suas obras. Mas também lhe digo, não é com comentários mesquinhos como o seu que o "Zé" se vai interessar...
Link to post
Share on other sites

Melhor ainda: como se gabou de conhecer pessoalmente o Arq. Pulido Valente, porque não o convida a inscrever-se no fórum para participar nesta discussão? Acho que o Zé aceitaria o desafio com o maior agrado; e quem melhor do seu autor para explicar um projecto tão parolo e bacoco?
Até lá...


Clive, realmente parece-me é que andas beijar demasiado o chão pisado pelo "Zé" e nem deves ter reparado neste projecto. Ou então foste tu que passaste dias a fio a fazer estas belas imagens e por isso é que te queixas. Já agora gostava de uma opinião tua já que condenas todas as nossas opiniões apenas pelo projecto ser do Zé.

Se calhar se fosse um Zé da esquina tavas a dizer o contrário.
Link to post
Share on other sites

QUE GENTE É ESTA ? EM QUE PAÍS VIVEMOS ?? BEIJAR O CHÃO ?? MAS QUE É ISTO ?? ISTO É PERMITIDO NO FORUM ?? NÃO SEI SE ESTE PSEUDO DITADOR É ARQUITECTO MAS SE É TEM UM DISCURSO UM POUCO BÁSICO ! "O trabalho que se mostra é o resultado de uma vida na qual se pretendeu dar continuidade a arquitectura deste país (Inquérito à arquitectura popular, Távora dos anos gloriosos, encontro com o Minho e o Norte)." ISTO É DE BRAVAR AOS CÉUS ! QUERO SABER COMO É QUE CRESCEM ARVORES E RELVA À SOMBRA ? OU AQUELE VERDE TODO É SO PARA OS RENDERS FICAREM BONITOS ?? EM PAÍSES MAIS EVOLUIDOS TODAS AS OBRAS ESTÃO SUJEITAS À OPINIÃO E ESCRUTINIO PÚBLICO PARA QUE BARBARIDADES DESTAS NÃO ACONTECAM ! SÃO DESTAS OBRAS QUE DESACREDITAM A EXISTÊNCIA DE UMA ORDEM E EU PROPONHO QUE SE PASSE DAS PALAVRAS À ACÇÃO.

Link to post
Share on other sites

R|L:

Nao grite.

R|L... tem calma pá... isso ainda te faz mal ao coração! Depois teremos que ligar para o INEM e nos dias que se correm, é preciso pensar duas vezes para ligar ao 112...


Epah!!! Nunca pensei que uma descoberta minha pudesse causar tanto aparato...:p
Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.