Jump to content
Arquitectura.pt


[3DStudio MAX8] Importar objectos do AutoCAD


Recommended Posts

Boas

Com este 4º tutorial, vou explicar os princípios básicos de exportar linhas 2D e objectos 3D no AutoCAD, e importá-los no 3D Studio MAX 8. Os mesmos princípios servirão para versões anteriores do programa. Para começar, é bom que tenham algum conhecimento das operações básicas no AutoCAD (editar linhas, sólidos, etc.), pois este será um tutorial de dificuldade intermédia.

Os pontos-chave neste tutorial serão:
1. Exportar/importar objectos de diversas formas
2. Seleccionar opções de importação
3. Corrigir falhas na importação
4. Editar as linhas 2D e criar objectos com elas
5. Aplicar modificadores e opções mais avançadas.

Vou usar um ficheiro de AutoCAD que criei para o efeito; vocês poderão usar qualquer ficheiro que tenham para exportar para o 3D Studio, ou poderão fazer o download do meu ficheiro no seguinte link: castelo_dwg.zip (18 KB, formato 2004)

Para terem uma ideia do aspecto do ficheiro no AutoCAD, aqui fica uma axonometria e 3 vistas ortogonais:

Imagem colocada
Verde: linha composta por várias linhas simples (segmentada)
Azul: linha única fechada (polyline fechada)
Laranja: geometria simples
Vermelho: geometria complexa

Existem essencialmente 2 formas de passar um ficheiro do AutoCAD para o 3D Studio MAX:

1. No 3D Studio, usamos o menu File > Import, e seleccionamos o ficheiro DWG. Escolhemos algumas opções, e o ficheiro é importado. Os ficheiros DWG 2007 não são abertos pelo 3D Studio MAX 8; terão de ser gravados como uma versão anterior, 2004 por exemplo (File > Save As > File of type = 2004)
2. No AutoCAD, abrimos o ficheiro, e usamos o menu File > Export e seleccionamos 3ds na lista. Depois no 3D Studio, usamos o mesmo método para importar, mas seleccionamos o ficheiro 3ds. Este método resulta até à versão 2006 inclusive do AutoCAD; a versão 2007 não exporta para 3ds (ridículo?).

Como estou a usar o AutoCAD 2007, terei de usar o método 1.

Após importar o ficheiro DWG, surge um quadro com opções. Não vou mexer muito nelas por agora, apenas vou seleccionar os elementos a importar, por Layer:

Imagem colocada

E surgem depois no viewport como estavam no AutoCAD:

Imagem colocada

A partir deste passo, o único limite é a imaginação; mas como se se trata de um projecto fictício, vamos tentar encaminhá-lo nesse sentido. O castelo simplista precisa de um piso onde assentar, por isso é o que vamos fazer. Contudo, como eu já disse, a forma verde exterior, é uma linha aberta e como tal, não vai permitir grandes operações a gerar objectos aparentemente sólidos, ou de geometria fechada. Podia facilmente fechá-la no AutoCAD com o comando pedit, mas para evitar a chatisse de importar novamente (o que seria num ficheiro de proporções maiores), vou fechar a linha no 3D Studio. O método consiste em unir os diversos vértices que se encontram isolados uns dos outros, apesar de estarem coincidentes. Na lista de Modificadores, aplicamos o Edit Spline (pode ser usado o próprio Modificador natural do objecto Editable Spline porém, podemos querer desfazer ou corrigir alguma alteração, pelo que convém sempre adicionar um Modificador nestes casos).

Após adicionarmos o Modificador, seleccionamos os vértices todos, e carregamos no botão Weld, na secção do Modificador.

Imagem colocada

Agora posso aplicar o Modificador Extrude à linha verde. Seguidamente, apliquei outro Modificador Extrude à linha interior azul, com um valor superior ao da extrusão verde. Pretendo com isto gerar um vazio no interior da muralha. Seleccionamos a forma verde, e no separador Create > Geometry > Compound Objects, escolhemos o botão Boolean. Depois carregamos no botão Pick Operand B, e seleccionamos a forma azul.

Imagem colocada

O resultado deve ser algo parecido com isto:

Imagem colocada

Não se esqueçam de gravar o ficheiro de vez em quando... :)

Agora resolvi mover para trás o conjunto das formas no interior, pois a rampa estava demasiado próxima da muralha. E vou usar agora um pequeno exercício de edição de malha. Seleccionamos os 2 objectos, a rampa laranja e a forma vermelha, e aplicamos o Modificador Edit Mesh. O 3D Studio vai aplicar em simultâneo o mesmo modificador aos 2 objectos; quer isto dizer que, para alterarmos as definições do modificador num dos objectos, basta seleccionarmos um qualquer objecto que tenha o mesmo Modificador partilhado, como neste caso. as alterações serão reflectidas em todas as formas que tiverem esse Modificador.

Para esta operação, usei a vista lateral (a vista frontal também serviria perfeitamente) para seleccionar os vértices a mover para baixo; depois de seleccionados, movem-se como qualquer objecto no viewport.

Imagem colocadaImagem colocada

Depois desta alteração, vou agora criar uma abertura na parede frontal, para criar um portão. Na perspectiva, criei uma Box cujo único factor importante são as divisões que se situam normais (perpendiculares) à parede. Coloquei 16, não serão necessárias muitas mais. Seguidamente, fiz uma Instance desse objecto (Shift + Arrastar, escolher Instance na caixa que aparece). Neste caso restringi o arrastar ao eixo Y para que as duas formas fiquem alinhadas.

Imagem colocada

Apliquei depois o Modificador FFD 4x4x4, para editar a forma global do portão, e dar-lhe uma curvatura no topo. Seleccionei na vista frontal, os 2 grupos de vértices superiores direitos e esquerdos, e movi-os para baixo. Isto apenas com a selecção Control Points no Modificador, e não com os vértices do objecto.

Imagem colocada

Novamente na perspectiva, movi um dos objectos alterados para o meio da parede, até a englobar de um lado ao outro (pode-se confirmar na vista de cima). Criei outro objecto Boolean, a partir da mesma forma verde, e indiquei o Operand B como a forma que centrei com a parede. O resultado é óbvio:

Imagem colocadaImagem colocada

Agora, não poderei usar o objecto que ficou, pois pretendo um portão mais fino que o buraco feito na parede; se editar a forma que ficou e faze-la mais fina, quer pelo Modificador FFD 4x4x4, quer pelo Edit Mesh (no histórico de modificadores), a cópia embutida na parede vai emagrecer também; então, faz-se nova cópia da forma que sobrou, mas escolhendo a opção Copy. Esta coloca-se no centro da parede, e fica o portão feito, ainda que uma peça só. Já não será mais precisa a forma que serviu para criar a cópia do portão, por isso pode ser apagada.

Imagem colocada

Adicionei um plano para fazer de base, como inicialmente tinha previsto:

Imagem colocada

Para terminar este tutorial, apliquei umas cores básicas nos materiais, adicionei uma Skylight, activei o filtro Light Tracer (Rendering > Render > Advanced Lightning, ou tecla 9).

Imagem colocada

No próximo tutorial, usarei este mesmo ficheiro para adicionar alguns objectos mais complexos, aplicar materiais, e definir algumas propriedades avançadas de texturas :(

Ficheiro MAX do castelo castelo_max.zip (25.8 KB )

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.