Jump to content
Arquitectura.pt


archimodels

Membros
  • Content Count

    9
  • Joined

  • Last visited

About archimodels

  • Rank
    Turista

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. sem comentários: http://www.arquitectos.pt/?no=2020492945%2C154
  2. Na minha opinião não é uma realidade próxima.. é uma realidade desde o inicio da década, que se tem vindo a acentuar cada vez mais. A estratégia de formar arquitectos "ao kilo" em prol de alguns interesses instalados aliado à crise q se sente e sentirá nos próximos anos não deixa outra solução.
  3. pois eu tive exactamente o mesmo problema.. ainda n consegui instalar. a solução foi usar as families do revit 2010..
  4. Se foi aprovado é um projecto VÁLIDO. Mas com o meu dinheiro aquilo não era construído... ;)
  5. Tens toda a razão João, o pior é convencer o cliente e por sua vez o resto dos arquitectos, pois se tu não aceitas e outro arquitecto aceita bebes água.. o mercado, quer queiras quer não dita as leis, infelizmente não há volta a dar. Na Suiça (por acaso ando a pensar dar aí uma volta ;) talvez seja diferente porque possivelmente há outra mentalidade e capacidade económica. Em portugal esquece.
  6. elite teórica talvez ;) mas na prática... que raio de elite ganha menos q a senhora da limpeza? então esses 45 mil engenheiros divididos por toda a panóplia de engenharias: civil, mecânica, electromecânica, electrotécnica, informática, química, fisica, aeroespacial, etc, etc dá um numero bastante abaixo desses 20 mil ( por enquanto, o numero vai subindo todos os meses XD
  7. Só engenheiros civis ou de várias áreas? e não se esqueçam que o mercado dos engenheiros civis é mais alargado: para além da dita engenharia, há os projectos de arquitectura ;), estaleiro de obras, politica XD etc. Para além disto o investimento massivo de portugal nas auto-estradas deu de comer a muita gente também. Quanto aos advogados, os recém licenciados actualmente não ganham prá buxa, nem numa época de crise onde naturalmente deverá haver processos atrás de processos. O q seria de nós se vivêssemos numa Coreia do norte ou Cuba e se tivéssemos de trabalhar todos cá? a sorte disto é a invasão de arquitectos portugueses por tudo o q é vila ou cidade deste mundo, já nem sequer é só na Europa.
  8. Gostava de saber para que se vai aumentar o tempo de estágio. mistério ...
  9. Com mais procura do que oferta qualquer tentativa de legislar o mercado dos estágios é artificial. Se um estagiário não alinhar num esquema para contornar essa questão haverá um que aceita. O cerne do problema não são os estágios sem remuneração, o cerne do problema está na quantidade de c"ursos" de arquitectura que pululam pelo nosso portugal, isto sim cria os problemas.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.