Jump to content
Arquitectura.pt


pintor

Membros
  • Content Count

    55
  • Joined

  • Last visited

3 Followers

About pintor

  • Rank
    Frequentador

Meio Profissional

  • Instituição/empresa onde trabalha
    WS ATKINS
  1. Finalmente com a aplicação do novo Decreto-Lei 66/2011, os estagiários passarão a ser remunerados. Falta ainda a Ordem dos Arquitectos decidir quanto ao tempo de duração. Segundo este novo DL, não poderá ultrapassar os 18 meses. A ver vamos ...
  2. Poderá criar uns paineis de correr que possam encerrar o espaço da cozinha. Posso dar-lhe o exemplo que depois de toda a gente estar satisfeita com a refeição, ninguém se levanta para arrumar a loiça. Sabe bem estar um pouco relaxado na conversa. Entretanto já nem podemos olhar para aqueles pratos cheios de restos de comida, etc, etc. Cmps
  3. O projectista não pode ser a Fiscalização da obra que projectou, senão haverá conflito de interesses. Imagine que há erros e omissões pelos quais o projectista é responsável. Se a fiscalização for efectuada pelo mesmo arranjará maneira de o desresponsabilizar. Cmps
  4. Boas Olhando para o corte C-D, fico com a sensação que no ultimo lance de escada se bate com a cabeça no tecto.
  5. Um Urbanista, como? Uma pessoa formada em Planeamento Urbano? Um arquitecto não serve? No meu curso tive 2 anos de urbanismo. Isso não serve para nada? Cumprimentos
  6. Embora as imagens não sejam muito perceptiveis, olhando com uma visão macro, na minha opinião isto não corresponde a alvenaria de pedra, mas sim a uma composição em que se inclui pedra de calcário, resíduos cerâmicos e argila. Sobre esta, tem uma camada de argamassa constituida por cal e saibro.
  7. Talvez aqui os caros colegas não saibam mas apesar de gostarmos mais da solução de Adalberto Dias, a construção da ponte foi sujeita a um concurso em que englobou a concepção e construção. O projecto de arquitectura só por si não é suficiente para que seja uma proposta vencedora. Há outros factores a ponderar. Se não me engano, a solução de Adalberto Dias fazia parte da proposta apresentada pelo consórcio liderado pela construtora Soares da Costa.
  8. FDionisio Talvez te consiga arranjar. A minha empresa dispõe de uma base de dados com legislação e normas. É questão de procurar. Envia-me o teu email
  9. "Compilação técnica" Na minha opinião a compilação técnica deverá ser elaborada pelo director de obra, logo após a conclusão desta. Entendo este documento como um manual de instruções, isto é, a edificação tem componentes que carecem de futura manutenção. Quem melhor para elaborar o documento senão o executante da obra? Devem constar todos os elementos electromecânicos, bombas, quadros, etc. Na minha experiência profissional como elemento de uma empresa de fiscalização, exigimos sempre este documento no final da obra ao empreiteiro que a executou. Obrigado
  10. Mo meu entender, na função pública, só existe exclusividade se o funcionário estiver a exercer a mesma função, isto é, se for arquitecto e não tiver essa categoria profissional, não é justo limitar o direito a assinar projectos para a autarquia. Conheço alguns casos de colegas que se formaram como arquitectos, mas entretanto ainda não lhes foi dada a reclassificação. Continuam como desenhadores. Isto é um processo moroso que está sujeito à abertura de vagas, concursos, etc. Atenção que o que estou para aqui a dizer é sem grande convicção, não tenho certeza de coisa alguma. As autarquias protegem-se porque o funcionário tem informação privilegiada, face aos concorrentes cá de fora. Inclusivé estão no local ideal para a angariação de clientes. Façam como outro colega sugeriu, troquem assinaturas com outros que trabalhem noutras câmaras. Deontologicamente não é correcto mas concerteza que há muita gente a fazer isso. Foi só uma opinião
  11. "a lusofóna ou a lusíada no Porto". Pelo que conheço, não te recomendo a lusófona. Além de ter péssimas instalações, a biblioteca de arquitectura práticamente não existe, impressões de desenhos nem pensar. O curso de arquitectura na ULP, só existe à 5 anos. Ainda não tiveram tempo para criar as condições necessárias para uma boa qualidade.
  12. Joagin Desculpa, não entendi o teu comentário. A nova geração de alunos tem de elaborar uma dissertação para concluir o curso. Isto é um facto incontornável.
  13. Olá Sobre a Tese que irás desenvolver, aconselho-te a pensar num tema que consigas realizar em tempo útil. Isto é, não sei se na tua faculdade esta é desenvolvida durante um ou dois semestres. Se o tema não for limitado, sujeitas-te a não o concluires em menos de dois anos. O que pensam os possíveis orientadores? Uma dica. Não escolhas temas já muito explorados, mas um tema "único", com possibildade de o continuar numa fase de doutoramento??? Saudações
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.