Jump to content
Arquitectura.pt


shakilrahim

Membros
  • Content Count

    10
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

shakilrahim last won the day on August 4 2008

shakilrahim had the most liked content!

About shakilrahim

  • Rank
    Turista

Meio Profissional

  • Instituição/empresa onde trabalha
    IADE
  1. estive a ler partes do livro e numa primeira analise pareceu-me bastante superficial e pouco operativo.
  2. não é só uma abordagem geográfica, histórica, social ou economica, mas a suas consequências na actividade projectual. comprei-o na fnac a coisa de um ano
  3. Este livro é realmente obrigatório como alguém aqui disse. Tem prefácio de Jaime Lerner (Curitiba) Fica aqui o índice: Introducción: Nuevos horizontes del urbanismo 1. Los Orígenes del Urbanismo Moderno 2. La Ciudad Bela 3. Utopías Urbanas del siglo XX 4. La Cuidad Funcional 5. La Respuesta de las Nuevas Ciudades 6. Urbanismo e Participación 7. El Renacimiento del Centro de las Cuidades 8. Planes Estratégicos de Cuidades 9. La Cuidad Región 10. La Cuidad Sostenible 11. La Cuidad Digital 12. Territorios Inteligentes Sim, é em espanhol e tem mais de 300 pági
  4. x( O Dilbert é fantabulástico :)
  5. Os teóricos das ciências da organização do espaço urbano têm vindo a distinguir de forma clara, aquilo a que hoje chamamos de Megacidades das normalmente designadas cidades globais. O acesso em banda larga, a globalização da economia, os serviços de outsourcing, a força das praças financeiras, as sociedades de informação e do conhecimento constituiem a face visivel das novas políticas estratégicas das cidades em rede. Fortemente competitivas e com niveis de conecção distintas, as cidades globais apresentam-se no ranking mundial como a nova forma de dinâmica urbana, onde
  6. Eu quero... que quero ir Vou já comprar antes que esgote :)
  7. Título: Territorios Inteligentes Autores: Alfonso Vegara y Juan Luis de las Rivas Editoria: Fundación Metrópoli Ano: 2005 Uma referência sobre a construção da cidade, da paisagem e do território e as suas principais transformações no último século. O livro apresenta um conjunto de capítulos desde a cidade moderna até à e-cidade global, numa edição rigorosa, completa e bem ilustrada. Muito fácil de ler, sem perder a densidade das questões estudadas. E com conteúdos bastante operativos.
  8. Por que motivo a arquitectura do Dubai tem de ter este ar pseudo-oci-oriental. Os modelos são completamente importados da arquitectura anglo-saxónica, mas com desenhos de plantas que fazem lembrar motivos decorativos de azulejos de mesquitas. Ah! e porque é que tem de ser tudo azul, verde ou dourado? Será que a face visivel da democracia islâmica do Dubai (que não existe) é a migração do modelo ocidental mascarado de burka? kasbahs em arranha-céus? É essa a ideia?
  9. O Veiga da Cunha é uma boa referência sim, onde também podes encontrar na bibliografia outros livros de referência sobre códigos e procedimentos de representação. Mas é consensual que a planta (que também é um corte) deva ser feita de forma a representar os vãos, tomando estas como referência para estabelecer a altura da secção.
  10. O que precisas concretamente? Uma planta para um centro de estudos? estudos de quê? e é uma planta!! ou será um esquema de distribuição dos espaços?
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.