Jump to content
Arquitectura.pt


XXXXX

Membros
  • Content Count

    360
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    19

Everything posted by XXXXX

  1. De forma a atestar o que digo sobre a excelência (?) invariavelmente plasmada no Concelho de Torres Vedras, veiculada por jornais locais, elogios inflamados das notas dos filhos, feitos dignos de quadros de honra nas escolas secundárias, constato, para minha surpresa, que os Torrienses apenas são bons entre pares, quando se submetem ao escrutínio nacional, onde o vício de resultados é menor, os burros são descobertos! Com os católicos à frente, a chamada classe dos fuinhas, a vergonha é patente, como é que almas tão dedicadas não passam do 11.74. Até eu que andei a passear livros com enfado f
  2. O setor da construção em Torres Vedras, está num regime de salutar cordialidade, franco crescimento, larga expansão....os Arquitetos, não tem mãos a medir com tanto trabalho, por conseguinte, tem que partilhar os clientes, tout court com os seus colegas de profissão, aqui, há espaço para todos, não é apenas o comum idiota com os seus amigos da CM que se safa, aqui também há lugar para pessoas sérias, que se pautam pela lei, ética, cordialidade, sociabilidade e salutar concorrência. É um orgulho pertencer a este gente, simples, trabalhadora, séria...e...e... e quem fala com orgulho não pode ser
  3. A ignorância que jaz aqui, obriga-me e intervir... (cof, cof), o aço não tratado, é comummente categorizado como Galvanizado, Inox 304 ou Inox 316... entre estes todos os elencados o Galvanizado, é de sobremaneira o mais caro, 4 vezes mais caro que o Inox 304 e 316, além de mais bonito o galvanizado tem aquele espeto brilhante, espelhado e polido, pelo contrário o Inox tem aquele aspeto mais baço, resultante do banho de imersão em corrente galvânica, no essencial sobre os aços não tratados, estamos explicados. A aço tratado, comummente conhecido entre os serralheiros como "aço carbono", aço "n
  4. Será injusto, uma malograda injustiça, se nenhum dos eleitos dos prémios municipais da Arquitetura de Torres Vedras, não for elegível..
  5. Eu quero é gamar-te as ideias dos teus projetos JVS.
  6. JVS, fui eu... (só agora me declaro) simplesmente tinhas as portas TCP/UDP mal configuradas e eu com o nmap, lá descobri o teu host, consegui colocar um auto executável na pasta do arranque do teu windows, que tinha um timer que despoletou em determinada altura, aquela de estares a fazer um download de um antivírus foi apenas e só uma ironia do destino (he, he, he)... se queres estar no anonimato, larga o PC, não há linux, windows, mac os que te protega... e já agora usa uma rede VPN para a malta não saber as porcarias que vês na internet. PORCARIAS! Eu chamo a este tristes acontecimentos, rev
  7. Nunca ouvi falar deste material, se disserem que oxida, não acredito... um caso disparatado não? Oxida e forma uma camada auto protetora, não sei que lógica preside a este vosso white paper sobre o aço corten, mas informem-se antes de carregar no reply, para evitar fazer figuras ridículas... eu sou uma pessoa formada, faço questão de ver TV e ler o CM todos os dias, portanto, sei do que falo, conhecimento de causa, domínio da matéria, experiência in loco e nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha, nha. P.S. Nha, nha, nha,
  8. Um gajo até pode ser burro, não saber distinguir um perfil de "aço preto" de um galvanizado, ou de um "aço inox" (muitos não sabem, principalmente as mulheres), mas se for simpático, adequado, consentâneo, não fazer muitas ondas, sorrir no momento adequado, dizer uma piadinha no momento adequado, ter aquilo a que se chama de "um bocadinho de vida", este tipo, tem sucesso garantido. Agora, se o tipo é carrancudo, não muito simpático, recusa sorrir, por qualquer piadinha farsolas, não tem o último carro topo de gama, pago em não sei quantos anos a crédito e mostra uns laivos de personalidade, es
  9. Queres um conselho? Trabalhas que nem um cão, para fazer projetos de merda e recebes 800 Euros a recibos? Declaras-te Arquiteto e gozam-te pelo simples fato de "isto não dá nada"? O serralheiro/pedreiro/pintor da esquina, não sabe nem sequer escrever e fatura mais do que tu? Solução: Perito Avaliador ou Perito Qualificado, ou melhor, tirar o curso de ambos, registo na CMVM/entrada na ADENE e começar por conta própria. As pessoas confundem ganhar dinheiro, com ter uma profissão difícil, as coisas não estão relacionadas... vender casas dá dinheiro, dá trabalho, mas não é difícil.. cortar ferro é
  10. Se ainda fosse o "Valmor" de Torres Vedras, agora um prémio internacional... quem é que da valor a isso...
  11. E repor as 35 horas? Mas ainda querem fazer menos? E isto é que ser de Esquerda, dar mais aos mais privilegiados? Eu nem digo quanto horas tenho trabalhado nos últimos anos. Não tenhas dúvidas, construir pelo mesmo preço e vender por preços astronómicos, é um bom negócio, o problema é que o Turcifal (Torres Vedras), não tem qualidade para ter este coeficiente, existem zonas na Ericeira (Mafra), com coeficiente de 1.15 e centrais, incomparavelmente melhores. E por que é que, em menos de 100m, a diferença é de 30%... isto passa-se no resto do País, não é só aqui. E quando se faz a comparação ent
  12. Mas agora perguntam assim? Nada... apenas um é sintomático de outro, embora não diretamente relacionados!
  13. Ainda tens dúvidas que o sector público (salvo algumas exceções), em rigor as CM´s, são um acumular de idiotas, sem escrúpulos, escolhidos por concursos públicos na sua maioria viciados? Dá um salto a Torres Vedras, aqui é igual, a malta ajuda-se mutuamente na viciação dos resultados... até falo dos idiotas que ganham prémios municipais de Arquitetura, simplesmente existe um prémio, ele tem que ser dado, independentemente da qualidade existir ou não... rigor, igualdade de oportunidades, promoção do mérito? Isto não existe, ninguém premeia casas de 100M Euros, nos concursos... é tudo casas de o
  14. Boa Tarde Com alguma indignação, tenho vindo a assistir a relatórios de avaliação de Peritos Avaliadores, dos quais eu faço parte, elaborados por economistas, arquitetos, engenheiros e outras especialistas, que reiteradamente acham possível, construir (preço de custo) garagens com três metros de altura, algumas em cave (tem que ter em consideração os custos com o desaterro e a contenção periférica) por meros 200 Euros/m², eu acho que por 200 Euros/m² constrói-se uma varanda, um alpendre, não uma garagem em cave, eu próprio já fiz alguns orçamentos onde acho possível construir por 350 Euros/m²,
  15. http://www.mobiliariodeescritorio.com/ Recebi um representante deles em 2005 (já lá vão 10 anos)... mas nunca trabalhei com eles.
  16. Não te preocupes com a originalidade, faz uma coisas em forma de cubo, duas ou três cores, janelas amplas, palas saídas por cima das janelas, seja a sul ou a norte (o que é que importa?), se for demasiado branco passas por intelectualoide, portanto tem cuidado... mas o que deves definitivamente fazer é o chamada "casa sobre o precipício" ou "casa sobre uma pendente", (case study) metes assim uma varanda saída, ou metade da casa projectada sobre um pendente, ou enfiada numa pendente... e esta façanha (por mais estúpida que seja) garante-te logo o prémio dos paços do concelho lá do local. Import
  17. Nem perguntes porque é que este País é assim, porque subitamente irrompe um Palhaço qualquer que te diz:
  18. E se depois do estágio, conseguires angariar clientes... então nem penses em trabalhar por conta de outrém, dado que isto é meio caminho andado para acabar no psi.
  19. Não te preocupes muito com a qualidade do trabalho desenvolvido, infelizmente isto é secundário neste País, o segredo para o sucesso está num cinismo básico... sorrir muito e dar umas gargalhadas de vez em quando, se conseguires fingir este comportamento, é meio caminho andado para o sucesso, lembra-te que és julgado não pelo que fazes ou és, mas pelo que aparentas, se não tiveres paciência para ser assim, então, outro sonhador que provavelmente, dando ou não lucro à empresa, é o primeiro na linha para ser dispensado... só por isso é necessário cultivar um rede de amigos nas empresas, para te
  20. A primeira coisa que fiz, quando terminei o estágio foi andar de porta em porta, não deu em nada... depois abriram uma vagas na internet e lá consegui trabalho, mas isso foi no ido ano de 2006, onde a construção já estava em baixo, mas nada comparado com o que aconteceu em 2008 e anos seguintes... agora, está ainda mais difícil, mesmo com a derrogação cabal do 73/73 as coisas tanto para Arquitetos como para Engenheiros estão más. O peixe miúdo, aqui, neste País, não se safa... e qual é a novidade?
  21. Manda para todos ou procura mesmo na lista de patronos disponibilizado no site da Ordem.
  22. O Corian apesar de estar registado pala EPA, é caro e tem criado algum burburinho em volta do seu processo de criação, pelo facto de ser 100 reciclável (como eles o dizem) não podemos negar as suas origem, em parte da Bauxite (de onde é extraído o alumínio), é um processo que exausta os recursos. Da Wiki DuPont O cerâmico e o metálico (banheiras) já é por demais utilizado, procuro outras soluções, que sejam mais baratas, igualmente duradouras e ambient friendly.
  23. Estou à procura de uma material, para desenhar uma peças sanitárias, já tenho uma opinião formada acerca do qual irei escolher, mas gostava de saber outras opiniões, tendo em conta estes parâmetros: -Resistência à temperatura sem deformação. -Estanque à água. -Boa resitência à roptura, pelo menos o suficiente para suportar o peso de um utilizador, com uma estrutura independente. -Higiénico e sem problemas de emissão de gases e afins. -Reciclável. -Com um baixo custo tendo em conta ciclo de vida, desde a produção do material, custos associados, transporte da matéria prima e durabilidad
  24. Nos Gabinetes grandes, não há espaço para pensar em ti, eles querem é lucro ao fim do mês com prazos impossíveis de cumprir, pressão constante e mau ambiente e se pensas em desistir, para eles ainda melhor, menos um para fazer concorrência e roda as cadeiras, sai um estagiário e entra outro. Já tive esta experiência, não gostei, não recomendo. Ateliês de média dimensão, com cerca de 10 pessoas são um bom sítio para começar, a experiência é a mesma que num gabinete maior, mas, por existir menos especialização no trabalho, tens hipótese de participar em mais coisas do que simples desenho téc
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.