Jump to content
Arquitectura.pt


ileso

Membros
  • Content Count

    3
  • Joined

  • Last visited

  1. hmmm, deixo-te com um dos paragrafos que mais me marcaram como estudante para arquitecto... I would suggest that you pay close attention to what we regard as untutored people and how they approach their problems, how they approached them in the past, and how they still approach them. Of course, I mean vernacular architecture. I think quite often people naturally do things when left to their devices, do things very well, and solve an awful lot of problems that architects tend to forget. In Perspecta 4, Paul Rudolph, 1957 e tambem cito outro gajo... se não querem que os donos mudifiquem
  2. mais. isso de 'direito de autor' é a maior treta que se pode imaginar. agora se os produtores ou 'designers' de automóveis se lembrassem de tal coisa? lá se iam os farois de nevoeiro, os 'kits' e as aparelhagens... os pneus especiais e jantes especias, tubos de escape de alto competição, as cores persoanlizadas... enfim a liberdade á criatividade do individuo e DONO do objecto. não. eles criam e constroem a melhor base possível. procuram qualidade e conforto etc etc. o resto é com o dono. mas a essência das suas criações contua lá. isto é uma paranoia recente. até ao aparecimento desta es
  3. n vejo qual o problema c as marquises... isso de fechar ou não varandas é do direito dos donos. sinceramente. não haverá nada mais importante para discutir? não temos mais onde enfiar os nossos narizes colectivos sem ser na vida das outras pessoas? pensem bem. somos arquitectos. temos o poder de esculpir tendencias e educar atravez de aquilo que fazemos.mas não somos ditadores. nem deviamos querer ser.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.