Jump to content
Arquitectura.pt


PMMR

Membros
  • Posts

    7
  • Joined

  • Last visited

PMMR's Achievements

Newbie

Newbie (1/14)

0

Reputation

  1. Pela análise do projecto (patente nos paineis expostos na ordem dos arquitectos), considero inteligente o tratamento formal, espacial e funcional proposto. Articulação entre espaços (divisões em torno de sala central), articulação exterior-interior, criação de "acontecimentos", "tensões" espaciais/ funcionais. Este projecto é mais do que o estrito tratamento de um programa habitacional (pede-se isso aos arquitectos). A apresentação exclusiva de imagens 3D dos projectos tem os seus perigos, desviam da leitura do projecto e apelam a uma avaliação imediatista. Julgo que este é um dos projectos em que o apelo da imagem tem correspondência com o tratamento do programa e de outros atributos que valorizam o todo.
  2. Parabéns à arquitectura.pt pela iniciativa, tema e formato apelativo do concurso, que julgo ter a capacidade de proporcionar debates estimulantes.
  3. PMMR

    3+2

    Título da proposta: 3+2 Autor: Pedro Manuel Martins Rodrigues Descrição do projecto: “3+2” corresponde a um protótipo definidor de habitações temporárias para uma “cidade desejada”. A habitação proposta é modular, adaptável e suficientemente auto-suficiente. A proposta é inspirada na ideia de cápsula, assumindo uma estética pop, de ficção científica clássica e ainda de estrutura biológica, com filiação ao legado dos Archigram e à arquitectura metabólica japonesa dos anos 70. A habitação temporária proposta posiciona-se num hiato entre as possibilidades de ocupação temporária tradicional – entre o campismo e a estadia em hotel. Reflecte o uso temporário (indivíduo) e a ocupação temporária (edifício) para novos desejos e possibilidades da cidade contemporânea. “3+2” funciona como uma estrutura composta de 3 módulos funcionais e 2 módulos de distribuição. 3 módulos funcionais com 7,1 m3: dormir (D), alimentação (A) e higiene (H). 2 módulos de distribuição: planta quadrada (Q) com 5,4 m3 ou triangular (T) com 2,7 m3. A agregação dos módulos possibilita a definição de diferentes habitações temporárias ao desejo do seu utilizador: por exemplo, “D+A+H+Q” com 26,7m3 define uma habitação temporária com módulos de dormir, alimentação e higiene conectados por um módulo de distribuição quadrado. Cada módulo funcional assume um determinado grau de auto-suficiência, através da utilização de painéis fotovoltaicos para produção de electricidade, reservatórios de água e painéis solares para águas quentes e utilização de reservatórios amovíveis de drenagem de águas residuais. As cápsulas constituem-se como um kit-of-parts definidas por uma estrutura em aço galvanizado e invólucro em painéis sandwich com isolamento, sendo definidas aberturas circulares para iluminação e ventilação natural. A ocupação proposta estabelece-se numa “cidade desejada” tradicionalmente não habitável, correspondendo aos grandes parques urbanos e às vastas áreas ribeirinhas. A proposta visa afectar determinadas áreas na cidade para ocupações temporárias, promovendo a concentração dos módulos propostos, definindo núcleos a serem ocupados por 50 a 100 pessoas. A proposta direcciona-se a um público-alvo de turistas jovens (dos 8 aos 80 anos), à ocupação por artistas ou atletas durante eventos culturais ou desportivos e a outros interessados. A implementação dos módulos seria realizada em áreas seleccionadas da cidade (zonas ribeirinhas, parques urbanos e outros) e gerida por uma empresa responsável pela exploração e manutenção das habitações temporárias (recolha de resíduos, abastecimento dos reservatórios de água, etc.). Os utilizadores da habitação temporária escolheriam a tipologia desejada, sendo os módulos transportados e montados no local pela empresa gestora. “3+2” propõe um modo alternativo de habitação temporária, praticamente não intrusiva, garantindo um sentido de privacidade e conforto superior a uma tenda de campismo, caravana ou autocaravana, e com possibilidade de adoptar diversos modos de agrupamento. “3+2”, habitação temporária para uma “cidade desejada” urbana, criativa e cosmopolita.
  4. Parabéns pela proposta. Criativa, provocante, útil e com capacidade gerar discussão.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.