Jump to content
Arquitectura.pt


Peter

Membros
  • Posts

    926
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Everything posted by Peter

  1. boas AUC22... decorar um atelier é sempre interessante, uma vez que é o nosso local de trabalho e claro temos que nos sentir bem... se tens uma montra, aproveita, é sempre bom existir um franco contacto visual para o exterior em relação ao mobiliário a adoptar, na minha modesta opinião, deve ser o mais simples e funcional possível, cores suaves e claro sem cantos e recantos infindáveis!!! se tiveres essa oportunidade, é sempre bom sermos nós a desenhar o nosso próprio mobiliário!!! cump. e bom trabalho
  2. boas... quando a prf. Graça nos mostrou esses paineis, eu andava no 3.º... sei que agora ela está no 5.º ano, mas não é minha prof. ufa ufa!!! a tua prof é a Paula Pinheiro, :nervos: hehehe... ou vou ver no pessoal da minha turma se alguêm tem essa informação... depois digo alguma coisa... fica bem e bom trabalho
  3. eu não digo o contrario, sei perfeitamente que as cidades vivem de investimento privado, e não, não vivo de utopias, embora existam muitos que assim vivem, mas não são tantos quanto isso! a própria escola começa a ter isso em cuidado, pelo menos falo por experência própria... mas uma coisa tens que estar de acordo... os grandes concursos são ganhos com utopias, tens o recente expemplo do edifício de congressos que o Mansilla e Tuñón ganharam para Madrid... o edifício funciona, não digo o contrario mas que é utopico, isso é!!!!
  4. concordo plenamente com as tuas palavras... quando no post falo dos promotores, esses têm muitas vezes palavra a dizer.. alguns são conscientes e têm presente a qualidade das suas obras, mas outros nem por isso. nós não temos que ser os justiceiros, mas podemos e temos a obrigação de contribuir par uma melhor qualidade de vida das cidades, fazendo-os ver que muitas vezes estão errados e que sempre existe solução para tudo.
  5. ok... mas se em vez do hotel com estas características, fosse um edifício multifamiliar igual a tantos outros, aí sim, já estaria enquadrado... não podemos ser assim tão radicais!! Por que é que este edifício não pode ser a excepção? não o podemos assumir como tal?? ou para o ser tem que ter assinatura de renome!
  6. acho que depois de dizeres isto, vais me ter que desculpar... mas não conheces bem a cidade! toda esta zona tem quarteirões perfeitamente definidos. agora estou em perfeito desacordo...
  7. bem vindo Júlio... força com os teus posts... fica bem
  8. mais uma vez... somos sempre a mesma coisa :icon13:
  9. é capaz de aparecer alguêm que leve a sério :D só fazia uma alteração... cobria tudo com um tolde....
  10. bom dia a todos... um objectivo da arquitectura é criar sensações, sensações estas que podem ser diferentes entre nós. acho sinceramente que este edifício provoca tantas e variadas sensações, cumprindo esse objectivo. nesta fase, depois de alguns comentários na vossa parte, cabe-me a mim, expor a minha opinião sobre o mesmo. nos meus posts anteriores tentei descrever o contexto urbano do local por forma a quem não conhece bem, ficar um pouco esclarecido. em relação ao projecto em si, não sei se foi intenção do arq. ter aqueles "cuidados" como referi, de controlar as cérceas, mas mesmo que não o tenha tido, foi de encontro a ele inconscientemente. agora a questão fundamental, será que realmente existe alguma relação urbana, tanto da malha como da volumetria? na minha opinião, (não me estou a tentar desculpar pelos posts anteriores, não retirando nada do que disse), no que concerne à malha, essa foi mantida, já em relação à volumetria, essa deixa a desejar! penso que inserido num outro local, em outro contexto, até poderia ser um edifício com algum interesse, mas neste local não. penso que mais uma vez o arq. se deixou levar pelo promotor, e isso meus amigos é um problema, problema esse que é cada vez mais sentido, levando os arquitectos a quase venderem-se para conseguir fazer obra. depois temos estes resultados! mas esse é um problema que temos que ter consciência, tentando no futuro impor os nosso princípios, sempre conscientes que tudo o que fazemos, marca o território, território esse que é de todos e não só nosso. abraço... :icon14:
  11. penso que nesta fotografia já é possivel ter uma visão global da envolvente...
  12. boas! eu não estou aqui a defender o projecto, apenas tento expor opinião! tentando ser claro nas minhas palavras, estes 3ds não mostram todo o complexo... posso dizer que o volume que falas, é apenas a zona de quartos... todo o restante programa esta disperso pelo piso térreo, sala de conferências, auditório, SPA, restaurante, serviços varios do hotel... em relação a cérceas, posso dizer que a 100 metros existe um edifício com 12 pisos e a 200 outro com 10 pisos... este afinal só tem 4! sei bem que a morfologia do terreno é diferente, mas mesmo assim não ultrapassa os edifícios contiguos. por fim e em relação à casa da musica, são opiniões... mas uma vez friso asimplemind que são opiniões, respeitando a tua e esperando que respeites a minha :)
  13. pois bem... era objectivo meu criar uma "discussão" acerca deste Hotel... parece que está a resultar! não posso deixar de concordar com as opiniões de todos, porque todos somos livres de o fazer... agora e seguindo este raciocínio, sei que ou se gosta ou se detesta deste edifício. na minha opinião não sou assim tão radical ao ponto de chamar aberração, uma vez que está inserido num local onde predomina construção em altura, e nesse aspecto o arq. teve isso em consideração, dado que implantou a zona de quartos do lado onde predomina este tipo de cércea. respondendo um pouco a algumas dúvidas, o lote possui uma dimensão considerável (antiga central de camionagem) estando ocupado em toda a totalidade. ouve a meu ver cuidado de desenvolver todo programa de serviços precisamente do lado do casario onde predomina cérceas de piso térreo + 2/3 pisos, acho assim que não foi descurada essa questão! mas são opiniões e como tal temos todos que respeitar! faz parte desta arte a meu ver teve mais impacto a Casa da Musica no Porto, no entanto é maravilhada por muitos e detestada por outros tantos. cump. a todos:icon14:
  14. Este é um novo hotel que esta em fase de construção em Viana do Castelo. Aqui fica a descrição: "Com um investimento que ascende a 12 milhões de euros, o mais recente projecto do Grupo Turilima/Empofir revolucionará a oferta de negócios e lazer da cidade de Viana do Castelo. Trata-se de um empreendimento composto por uma unidade hoteleira de quatro estrelas, um centro de negócios e uma área de bem-estar, entre outras valências. A data de abertura ao público está agendada para o segundo semestre de 2007. Com um volume total de construção de 19 478 metros quadrados, o empreendimento está localizado no terreno da antiga Central de Camionagem, no gaveto da Rua da Bandeira com a Av. Capitão Gaspar de Castro, beneficiando da proximidade ao IC1 (com ligações ao Porto, Espanha e Braga) e à EN 202 (Ponte de Lima). O projecto de arquitectura, da autoria de Jorge Albuquerque, da empresa portuense VHM, aposta numa linguagem contemporânea, em termos de exterior e de interiores, sublinhada pela selecção de materiais como o vidro, o alumínio e a pedra, enquanto a paleta exterior de cores passa pelos tons escuros em mate. O mobiliário privilegiará as linhas arrojadas patentes na intervenção arquitectónica, respeitando, todavia, um ambiente requintado e confortável. A nova unidade hoteleira, que ocupa 6 639 metros quadrados da área total, dispõe de 88 quartos, entre os quais nove suites e quatro quartos preparados para deficientes motores. De referir ainda a existência de um piso para executivos. O mais recente hotel do Grupo Turilima/Empofir está também dotado de um restaurante, dois bares e uma esplanada com espelho de água. A pensar nas manifestações de vitalidade do tecido económico e social do norte do país, a unidade hoteleira terá ligação directa ao Centro de Negócios. Com uma área de cerca de 993 metros quadrados, as salas do Business Centre estão dotadas de todas as infra-estruturas necessárias para a realização de eventos, nomeadamente congressos, seminários e reuniões empresariais. Outra das novidades do empreendimento é a criação daquele que é já considerado o primeiro SPA de toda a região a norte do Porto. Ao longo de 2265 metros quadrados, serão disponibilizadas soluções de bem-estar direccionadas a mulheres e a homens, num SPA que apostará nas mais avançadas tecnologias e numa vasta gama de serviços e tratamentos de beleza e relaxamento. Registe-se ainda a edificação de um parque de estacionamento, com uma área de 5500 metros quadrados." Fonte: www.centraldeinformacao.pt
  15. boas... joão, logo envio toda a informação que tenho mais umas fotos... tenho isso em casa e estou fora... só logo é que vou para casa... abraço
  16. boas... conheço o projecto Alcântara Rio! tive que fazer um plano de pormenor da zona e abrangia esse projecto. em relação a ir lá... estou no Porto e nesta altura não me é fácil lá ir... mas fico a espera das fotos posso então enviar a informação que tenho... basta me forneceres um mail para que possa enviar... :icon14:
  17. boas... uma vez que estudas na Lusíada do Porto, não sei se foste aluna da Graça Correia. digo isto porque ela mostrou varios paineis e na minha opinião estavam bem feitos... recordo de na altura ela dizer para nós irmos ver a Europan! tem lá bastantes paineis do mais variado tipo de concursos e projectos. fica bem
  18. ora viva.. desde já agradeço a ajuda de todos... tentando responder um pouco a todos, a minha curiosidade acerca deste aço era mesmo a aplicação em edifícios, se alguém tinha conhecimento de algum edifício aqui em Portugal. em relação a aspectos técnicos, consegui através de uma empresa espanhola alguma informação, com a curiosidade de eles utilizarem aço corten desde caixilharias, painéis sandwich e mobiliário urbano. esta busca de informação surge após ter decidido aplicar este aço num edifício que estou a propor (académico) na marina de Alcântara. achei interessante o aspecto que o corten tem em todo aquele ambiente marítimo, como também o edifício é bastante rectilíneo indo de encontro com os contentores dos navios, penso que será bastante interessante no resultado final. joaoneves, se tiveres interessado em alguma troca de ideias acerca do aço uma vez que também estás a aplicar... posso mandar a informação que tenho. cump. a todos
  19. obrigado Dreamer... este tipo de aço não é muito vulgar! normalmente é aplicado em esculturas, embora já exista alguns edifícios revestidos com este aço. o aço corten tem um aspecto ferrugento... se por exemplo tiveres ou possas ver a revista +arquitectura, tem no número 12 um pequeno edifício revestido com este aço. thanks
  20. como é!!! pessoal... ninguem diz nada isto existe....
  21. boas... alguêm aqui no forum já aplicou aço corten em algum projecto? que tipo de informação podem fornecer? desde já agradeço... cump.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.