Jump to content
Arquitectura.pt


abacus

Membros
  • Content Count

    5
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by abacus

  1. Caro XXXXX 1. Você até pode estar assistido pela razão, mas se a CM em questão, resolver, por mera mesquinhez embirrar consigo, (sim consigo) você está tramado, não tenha ilusões nenhumas, não basta ter razão, não basta que a Ordem dos Arquitectos lhe confira razão, este País é mesmo assim, pequeno e mesquinho. Relativamente à suposta perseguição sugerida, infelizmente não o é. Antes fosse, porque a luta seria mais fácil e objectiva, mas facto e que não estou sozinho neste barco, mas com todos os outros arquitectos. Não sou caso único. Isso queria eu ;). P.S. Os psiquiatras
  2. Email enviado à Ordem dos Arquitectos em 21.03.2011: Boa tarde, O seu e-mail foi devidamente recepcionado e encaminhado, pelo que deverá aguardar a nossa resposta, tão breve quanto nos seja possível. Com os melhores cumprimentos, Nelson Tavares Departamento Organizacional | Secretaria Tv. do Carvalho 23, 1249-003 Lisboa, Portugal Tel: 213241140/1 | Fax: 213241169 secretaria1@oasrs.org www.oasrs.org -----Mensagem original-----De: João Paulino Enviada: segunda-feira, 21 de Março de 2011 16:05 Para: Questão para Apoio à Prática Assunto: Formulário da secção Ajude-nos Formulário resu
  3. Caro Colega Fadadolar, Antes de mais quero agradecer a sua disponibilidade e interesse sobre este assunto que me preocupa bastante e penso que à maioria dos arquitectos que exercem a sua profissão. Realmente sinto-me um pouco confuso e tenho alguma dificuldade em interpretar as leis, dai este post, para eventuais esclarecimentos que tanto agradeço. Posto isto, passo a comentar algumas das suas opiniões: “Aquilo que as alíneas d) e e) do ponto 1 do artigo 13º da portaria 1379/2009 afirmam é que a direcção de obras de edifícios incumbe a arquitectos com o mínimo de cinco anos de experiência,
  4. Sugiro uma leitura ao post http://www.arquitectura.pt/forum/f124/compet-ncias-profissionais-arquitectos-a-desordem-da-ordem-arquitectos-15458/ sobre a direcção, fiscalização de obras e coordenação de projectos. Cumprimentos João Paulino
  5. Sou arquitecto e esta semana deparei-me com a triste realidade que passo a descrever: É entendimento da Câmara de Lagos que o Artigo 13º da Lei 31/2009 de 3/7 e a alinea f) do Artigo 13º da Portaria nº 1379/2009 de 30/10 com a excepção da alinea d) inibem os arquitectos de poder fazer qualquer direcção ou fiscalização de obras , bem como coordenação de projectos (esta descrição consta nas próprias declarações da Ordem dos Arquitectos). A alinea f) do Artigo 13º da Portaria nº 1379/2009 de 30/10 , coloca as excepções da alinea d) do mesmo Artigo - que reporta para as alineas g) e h) do nº 4
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.