Jump to content
Arquitectura.pt


Rita

Membros
  • Posts

    59
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by Rita

  1. Dreamer, Tens toda a razão, a despenalização só nos dá o direito básico, da escolha. Não obriga ninguém a nada. E acredito sinceramente que dos que defendem ferverosamente o não, já houve certamente mulheres que já fizeram um aborto, já houve homens que pagaram um aborto... é a hipócrisia do ser humano, no seu melhor. ( Sabes, conheço o caso de um homem, que no ultimo refrendo defendia o não... mas defendia com garra. No dia em a filha lhe apareceu grávida me casa... deu-lhe dinheiro e disse para ela resolver o assunto.)
  2. Ginsoakedboy, O crime de que falas, não pode estar no mesmo patamar que os crimes própriamente ditos.... Num temos seres humanos, que estão cá, que vivem, tem um lugar na sociedade, fazem parte do censos, têm impostos e vida fiscal! E noutro, seres humanos em fase de o vir a ser.... ainda não estão totalmente formados. As 10 semanas têm como base o nível de evolução do feto, sei que tem a ver com o facto de todos os aparelhos, digestivo, respiratório, sensitivo, etc, estarem ou não formados.... quando estão, temos um feto, antes disso, um embrião. É aí que reside a diferença, e por isso não podemos pôr tudo no mesmo pé de igualdade. Insistindo no crime e na mulher como criminosa.... julguem-se e condenem-se também os homens que as engravidaram. Aí a lei mudava rapidamente...
  3. Essa vida ainda não anda por cá, ainda não está completo no que respeita a orgãos, ou seja, sem a mãe, não sobrevive... o que não acontece com alguns meses de gravidez, em que por vezes a mãe morre mas em que se consegue salvar o feto. Sendo o acto do nascimento, tido como a vinda para este mundo.... e falando nos que por cá andam... Proibir e julgar alguém pelo simples facto de não querer ser mãe, é injusto. A adopção não é solução para tudo.... até lá existem 9 meses de gravidez e todas as implicações e alterações que eles trazem... infelizmente, algumas vezes, e não tão poucas quanto isso, implicam a perda de empregos, entre outros variadissimos factores. Para defender um suposto direito à vida de um ser que ainda não está formado.... retira-se esse mesmo direito a uma mulher. O direito à vida não é assim tão básico.... e o direito à liberdade, à escolha, o direito ao próprio corpo? Afinal, os direitos das mulheres estão a voltar à estaca zero, em que 1º e têm de ser mães... e depois, nos tempos livres podem ter lá a vida que quiserem.... desde que isso nunca interfira com o seu papel de mãe... mesmo que à força. Nunca irei apoiar uma maternidade forçada, nunca irei pôr sequer a hipótese, que a mulher não tenha direito à sua sexualidade. Os problemas pós traumáticos que possam vir com o aborto, do ponto de vista psicológico, podem vir com qualquer contrariedade da vida... as depressões não se singem ao aborto. Muitos perguntam.....se custa tanto, porquê fazer a primeira vez? Sim custa, essa pergunta nem se devia pôr. Porquê fazer? Nunca fizeram nada que vos custasse muito, mas que tinha de ser? ( sortudos) Uma mulher não pode dizer não a uma gravidez.... mas uma lei pode dizer não a uma mulher, dizer que não tem direito a escolher a vida que quer ter.... O mundo não é côr-de-rosa, uma gravidez muda tudo, e sendo não desejada, muda muito mais e de forma drástica. Legalizar o aborto, não obriga niguém a fazê-lo, só não incrimina quem o faz, não fica com cadastro para o resto da vida, só por não querer ser mãe.
  4. «Pois... mas tambem ninguem a obrigou a fazer sexo» Este comentário nunca esperei.... Então e o direito à sexualidade? Ora toma.... não querem engravidar, não façam sexo! Bonita democracia... ( no caso de seres homem.... se todas as mulheres seguirem este teu conselho.... tás feito.)
  5. Ena... parece que irritei muita gente.... O que é bom... falem bem ou falem mal, mas falem! Pelo menos isso obriga as pessoas a pensar no assunto. O meu Sim, vai sempre manter-se. Porque a materinidade é um direito e não uma obrigação. A quem em perguntou... Não, felizmente ainda não sou mãe. Ainda não é a altura certa. Mas isso não muda o facto de ser mulher, conheço muitas mães que aprovam o aborto... alías, não conheço nenhuma mulher que não aprove a despenalização do aborto. A quem não sabe.... garanto-lhes que um aborto é muito doloroso do ponto de vista físico... não é uma experiência que se queira repetir... mas por vezes é a única saída. Não julguem os problemas de centenas de mulheres neste país, não julguem as vidas dessas mulheres.... ninguém tem esse direito. Quanto ao matar, como o Não tanto gosta de dizer.... Bom, até às 10 semanas, o que temos é um embrião, ainda nem feto é. E se, correr tudo bem, se não houver complicações na gravidez, se a mulher não sofrer nenhuma doença que a obrigue a abortar.... se, se e se, poderá nascer uma criança.... São ses e mais e uma unica certeza, há uma mulher que não quer essa gravidez, e há pessoas que se julgam no direito de a obrigar a ser mãe.
  6. Como mulher, só posso votar SIM. Sim, por uma gravidez desejada e planeada. Sim pelo direito de escolha. Sim, porque ninguém tem o direito de obrigar uma mulher a levar até ao fim uma gravidez que não deseja. Quando ao argumento que diz que as mulheres irão poder fazer um aborto sem sequer dar uma justificação.... sejamos realistas, até para tirar um raio-x tem de se dar uma justificação... os nossos hospitais e clinicas funcionam com profissionais competentes. Decerto isso nunca acontecerá. Também ninguém usará o aborto como técnica anticonceptiva... deixa marcas a todos os niveis, nenhuma mulher que faça um aborto, tenciona voltar a ter de passar pelo mesmo. Mas acima de tudo... SIM pela liberdade de escolha.
  7. Deixa-me só dar-te uma dica... Terminei o curso à 4 anos e embora esteja a ser muito complicado, vou-me safando. Mas eu já andei por todo o lado e garanto-te, o interior do país tem falta de arquitectos. Além dos malfadaos estágios a custo zero, o problema tb passa pelo facto de ninguém querer sair das grandes cidades. Boa sorte e não desistas.
  8. Olá a todos, chamo-me Rita, sou arquitecta e espero encontrar assuntos e temas interessantes por aqui. :p
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.