Jump to content
Arquitectura.pt


mind_moz

Membros
  • Posts

    44
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by mind_moz

  1. bem eu acho que as áreas de construção, no caso da varanda que se é contemplada ou não, creio que isso depende de município para município, digo creio porque sou estudante, mas quando trabalhei num atelier, lembro-me do "boss" dizer-me que isso dependia da câmara municipal, umas contemplam, outras não. em relação a distancia, acho que as varandas também estão incluídas. desculpa mas ter a certeza não tenho, mas eu confirmava na câmara municipal
  2. Boa noite. Tenho estado a procura de algumas revistas em pdf pois não tenho dinheiro o suficiente para comprar tudo aquilo que quero. Já vi algumas pessoas com pdf's da el croquis, porém é sempre dificil encontrar na internet. Neste caso procurava mais revistas da A+T, mas alguem sabe onde poderei encontrar na internet???
  3. Bem isto nao é para nenhum trabalho da faculdade ou coisa parecida, é so mesmo uma duvida. dizem k o arquitecto pode contribuir para evitar a especulação imobiliaria, mas eu queria saber como, pois nao entendo muito disso, e sempre pensei k isso era algo k tinha mais a haver com politicas de certas areas. Sei k o departamento de urbanismo das camaras, pode planificar areas de forma a evitar, mas nao sei como eu (futuro arquitecto) posso evitar com um projecto só....
  4. epa ja tou farto desta historia nao andar, aprovem logo ou desaprovem, mas é k demoramos sempre tempo para resolver estas coisitas pá percebo k isto é um assunto serio e que deve ser discutido, mas ficamos sempre com burocracias e coisitas, enquanto noutros sitios vao construindo e deixando-nos para tras
  5. epa nao acho que o problema seja o arquitecto ser brasileiro, chines, etc... nao quero saber da nacionalidade do arquitecto, mas sim do facto de nao ter havido um concurso para uma obra publica, se bem que muitos desses concursos ja sabe quem é o vencedor logo a partida, mas enfim, o mundo da arquitectura também têm destas vergonhas que toda a gente vê e nao se muda
  6. epa eu nao sei onde podes apanhar informação na net, mas na biblioteca da FAUTL apanhas, e isso eu sei pk ja vi livros disso. Mesmo nao sendo da fautl, podes vir cá consultar, pk ninguem te vai impedir de entrares por nao seres da faculdade, tenho amigos meus que veem cá consultar pois temos uma boa biblioteca
  7. bem, 1º tu nao explicas qual é o teu problema, deverias ser mais concreto na tua questao, pois tu nem as expões. 2º esse é o trabalho do 1 ano da fautl lol
  8. bem esquilo nao vi nada desculpa heheeh :D
  9. boas tardes, eu estou a fazer um projecto em k a cobertura é algo parecido com o projecto do peter eisenman na cidade da cultura na galiza, e gostava de ver uns detalhes a niveis estruturais de como aquilo funciona, mas nao encontro nada de especial na net, nem na biblioteca da FA-UTL, so encontrei uma ARQ/A que nao vem nada a nivel do detalhe. Alguem sabe onde posso encontrar os detalhes deste projecto ou de um projecto parecido??? obrigado pela atenção
  10. epa desculpa mas se vais a camara, so te dão as plantas quando tiveres entregue o projecto lol, parece estupido mas ja me aconteceu isso, e ja vi que nao podemos contar com eles. O professor nao te consegue arranjar????visto que foi ele que lançou o projecto nesse espaço, ele devia arranjar-te, porque o proprio Manuel Salgado ou o Gregotti nao te arranjam quase de certeza. p.s: tenta ver com os teus colegas, que as vezes ha sempre um que la faz o milagre de conseguir essas plantas que todos pensamos que sao miragens lol
  11. Bom dia, estou a procura de um tipo de pavimento "moldavél" aos percursos feitos pelas pessoas, explico melhor, estou a fazer um projecto para a faculdade, em que tenho um exemplo semelhante, em que para se definir os percursos de um jardim, primeiro plantou-se relva em todo o espaço, e depois conforme as pessoas iam passando por lá, moldavam a relva e assim depois o arquitecto poderia ver os percursos feitos pelas pessoas, e assim definir o espaço de acordo com os usuarios. A questão é que não queria utilizar um material como relva ou areia, queria algo mais "duro", pois tenciono por bancos que se arrastam de um lado para o outro, e isso torna-se dificil em pavimentos como estes. Alguem tem uma ideia que tipo de pavimento poderia utilizar de forma a ser duro o suficiente para se deslocar os bancos, e ao mesmo tempo "moldável"????
  12. boas, bem eu estava a procura e nao encontrei, por isso era uma sugestao, de talvez criar uma secçao com blocos de autocad, principalmente com detalhes construtivos, podia ser algo parecido com isto por exemplo http://building.dow.com/europe/pt/resource/details.htm
  13. oh gostei muita dessa do jardim, que deixaram as pessoas definirem os caminhos e só depois é k decidiram como ocupa-lo, eram bom saber onde foi concretamente, mas vou ver isso na net. Bem vejo k vcs entenderam bem o "espirito da pesquisa", tenho que pensar em mais espaços assim, com esse conceito que o utilizador é k que o faz, tipo fazer com que as pessoas participem na decoraçao do espaço ou algo assim, tenho que apresentar umas propostas deste genero, mas ainda tou aqui a pensar nas melhores, pk o professor é critico (como deveria ser lol) e as ideias tem que ser inovadoras, nao muito usadas ou inexistentes mesmo. (se bem que isso ja é mais dificil lol)
  14. boas, estava a estudar mutaçoes na cidade criadas pelo cidadao e formas de proporcionar tal coisa ex: uma jardim acaba por ter certos caminhos definidos, mas as pessoas que o utilizam, acabam por criar outros caminhos também, e criam essas mutaçoes na cidade em geral, no caso do jardim, porque o proprio material (relva e arbustos) nao sao barreiras fisicas, e a propria relva é moldavel ao ponto de depois criar o tal caminho. Procurava mais exemplos assim e gostava de saber se alguem mais tinha algum exemplo parecido, em que o cidadao acaba por definir o espaço. obrigado pela atenção
  15. ok obrigadão, eu agora estou em espanha por isso nao posso consultar, mas em fevereiro devo voltar para lisboa e ai consulto o livro, é so mais porque o meu professor de urbanismo pediu a cada aluno pa levar a planta de um espaço publico que considera "bom" e a expo (apesar dos problemas que la tem) axo um espaço agradavel, e nao gostava de levar uma coisa pa aula sem antes saber algo mais sobre o espaço
  16. boas pessoal, bem esta duvida até tenho um pouco de vergonha em perguntar, mas cá vai, sabem como posso saber quais os arquitectos responsaveis pelos edificios no parque da naçoes?? tipo sei que lá tem alguma colecção de suposto "bons arquitectos" e gostava de saber quais os são e que sao os arquitectos responsaveis. obrigado pela atenção p.s: bem a gare do oriente do calatrava e o pavilhao de portugal do siza esses ja sei lol
  17. epa eu axo k a casa idela que queres fazer é em termos tecnicos nao? tipo entrada de luz, isolamentos acusticos, impermeabilizaçoes, etc...nao é?pk se é isso, epa aconselho-te é a ver livros de detalhes e talvez o neufert
  18. nao tens imagens do teu projecto e da area onde queres por o acesso vertical, pk so assim falando nao se vai la
  19. ah ja agora gostava de saber, em que ranking da europa se encontra a fa-utl, pk eu sendo estudante desse estabelecimento, nao considero que estou mal servido, e nem me sinto em inferioridade em relaçao aos estudantes de outras escolas como em madrid,zurique,bauhaus,etc... embora sei que essas escolas tem mais condiçoes claro
  20. epa eu tou a fazer erasmus na escola politecnica da universidade de alicante, e sinceramente, mesmo que nao seja uma escola muito falada a nivel internacional, nao acho que estou aqui a perder o meu tempo e em algumas coisas te acho k eles sao bons....pa kem nao sabe, alicante é em espanha lol
  21. muito boas as fotos, meus parabens e espero que continues a postar mais fotos
  22. boas, estou a estudar o metodo de planear um bairro ou uma cidade (embora acho que uma cidade neste metodo nao funciona muito bem) de forma a que se forme de uma maneira espontanea, ou melhor, de maneira a que cada cidadão possa tomar algumas decisões/intervir/actuar/ de maneira semi-espontanea e que represente/afecte na forma da cidade/bairro. Com isto posso dizer que é maneira de nos arq. intervimos so na estipulaçao de uma especie de RGEU em que estipulamos umas regras basicas de forma a que cada edificio/casa/bairro construido, seja conforme "a vontande" dos usuarios, assim a cidade se adapta melhor as pessoas ( querendo com isto ir contra os projectos em que tudo é estipulado como o caso do plano de Cerdà) Entao tenho que ver os pontos positivos e negativos deste tipo de crescimento/formação de cidade de forma semi-espontanea gostava de saber se alguem esta interessado em debater isto comigo, e se sim, posso enumerar aqui os pontos negativos e positivos que penso serem continuo a pesquisar na net, mas esta porcaria so é facil encontrar o que queres quando é pornografia fdx, porcaria de net
  23. epa infelizmente o consumidor comum nao esta interessado nas casas que nos consideramos fantasticas e vcs bem o sabem, quantas vezes vcs mostraram aos amigos as casas que consideramos exemplo de boa arquitectura e que nos fascinam, e eles nao entenderam o fascinio e perguntaram o k tem a casa de especial.......casa fascinante para os arquitectos, é diferente de casa fascinante para o comum mortal, mas entendo o k a susana lucio quer e aqui dou alguma sugestoes de casas que todos os arquitectos conhecem ( e metade admira) e que possa encher o olho aos consumidores casa malaparte -----arq Adalberto Libera falling water ---------arq Frank Wright Casa Farnsworth----arq Mies van der Rohe
  24. pois, entendi, claro que tanbem penso que este caso nao se pode aplicar a uma cidade inteira, mas sim a um bairro, ou casa, e é justamente no caso do bairro que eu quero pegar, gostaria de ver exemplos bons e maus que se aplicam a este caso, caso de bairros que se tornaram caoticos, e casos de bairros que se tornaram um exemplo a seguir. Depois com isso, queria estudar que regras foram estipuladas e ver como elas podem gerar o caos ou a "organizaçao" (nao gosto muito da palavra organização mas acho k percebes o k quero dizer). hã e claro que tb acredito que o proprio povo que vive nesse bairro pode gerar ou nao esse caos (ex: temos o caso dos suburbios de lisboa em que os edificios sempre contornaram o nosso "querido" RGEU, tanto por subornos como por as camaras estarem-se a cagar pa isso) Alguma pagina na web ou livro que me possa ajudar nisto??? p.s: nao te preocupes que eu nao escrevo isto tudo para depois me responderes e eu fazer copy paste po trabalho, te pk isto aki em alicante nao é assim k funciona a entrega de trabalho, e tb nao papo tudo o k oiço, se concordo, oiço e depois modifico para uma maneira que concorde mais ainda
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.