Jump to content
Arquitectura.pt


Sanne

Membros
  • Posts

    27
  • Joined

  • Last visited

Posts posted by Sanne

  1. ohh yah eu keria dizer turma A... eu tb sou da turma da professora Cláudia! já sei kem és :s olha, apercebeste-t, ou sabes, se ela contabilizou as tão comentadas apresentações dos arquitectos, quando deu as notas?! é k eu n sei cm akilo funcionou, mas axo k akilo foi tudo para o tecto! :foto: andámos a perder tempo para nada! enfim... também estou para ver cm va ser o segundo semestre, e principalmente, kem será o professor k nos vai sair na rifa, visto k so temos mais uma semana com a prof Cláudia... só espero k n seja o Queirós! loool

  2. espera lá! Pittral e Sérgio Vilas Boas da lusiada porto 2º ano?! lol mais dois condenados das ideias do prof estima lol! bem vindos ao grupo se for esse o caso! tb tenho andado a pensar no tema do próximo semestre e devo dizer k fiquei com 9 de 1º semestre... :foto: tenho mesmo de subir isto no próximo, mas penso k com as ratoeiras do professor não será fácil. mas também já ouvi dizer k afinal era para continuar o projecto do 1º semestre... já não percebo nada!!! sérgio vilas boas, por acaso n és da turma C, da professora Cláudia?!?!?! boa sorte para os exames a todos!!!

  3. Ontem fui com uns amigos visitar este museu em Bragança. Achei-o simplesmente espectacular!!! Estão lá presentes imensos conceitos arquitectónicos, os tão falados jogos de cheio/vazio, de interior/exterior, as vistas, a luz, a dinâmica dos espaços. Tudo fez com que ficássemos todos fascinados por aquele espaço e com que no final da visita ainda quisessemos mais, porque quem está no piso de cima, que é dedicado À obra de Graça Morais, vê no exterior o pátio de entrada e vê mais um pátio (onde nós também quisemos aceder), mas que se destina a áreas privadas. A única coisa que tenho a apontar no edifício é a distinção extremamente marcada que o arquitecto fez entre o piso inferior (onde está o bengaleiro, cafetaria, esplanada e uma zona de exposições e que na minha opinião está 7 estrelas a nível arquitectónico, e parte do piso superior, onde está exposta a obra de Graça Morais, já que neste último, o Souto Moura tentou retratar um edifício antigo, provavelmente uma tentativa de restauro do que antes havia naquele edifício. eu pessoalmente não achei muita "piada" a essa zona, mas entendo que ele tenha optado por fazer isso para demarcar aquela zona das restantes, por ser aí que se encontra a obra da pessoa k deu nome ao museu, e porque a pintora é transmontana e aquele espaço lembra as típicas construções antigas da região. aconselho-vos a visitarem esta obra, eu gostei bastante. ainda n consegui que quem foi comigo me fornecesse as fotografias da visita, mas espero quando as tiver, poder coloca-las aqui.

  4. olá malta! estou a fazer um trabalho para Desenho sobre "Cadernos de Viagem", ou seja, desenhos de viagem, cadernos de registo gráfico, etc. Já tenho alguma informação, mas de qualquer modo, isto ainda está mt insosso... s souberem de alguma informação que me possa ajudar, agradeço! :)

  5. pois eu tb axo, isto ainda vai dar muito que falar... ainda s vai descobrir k ele andou em medicina na lusiada e em economia na faculdade de letras :) se eu já axava k ha coisas aki k n batem certo, entao agora ainda axo mais!!! mas como ja referi anteriormente e como tb ha alguem aki no topiko k tb concorda cmg, é assim, eu axo k n interessa a ninguem em que, onde, quando e como o primeiro ministro se formou, o facto aki é k começa cada vex mais a surgir a duvida se ele se formou mesmo, no sentido de FORMAR, ESTUDAR (e nao no sentido de formar/cunha), pois dá-me a sensação que andou foi a albrabar os "portugueses" a quem ele fez questao de tentar esclarecer... :s

  6. Currículo académico
    Sócrates esteve matriculado três anos em Direito
    Por Helena Pereira
    Primeiro-ministro inscreveu-se na Universidade Lusíada no final da década de 80, mas desistiu da licenciatura em Direito

    José Sócrates esteve matriculado no curso de Direito da Universidade Lusíada nos anos lectivos de 1987-88, 1988-89 e 1989-90.
    O gabinete do primeiro-ministro confirmou ao SOL essa informação, adiantando apenas que Sócrates desistiu daquele curso por razões pessoais, não tendo nunca chegado a fazer qualquer exame.
    Sócrates foi eleito, pela primeira vez, deputado em 1987. Na altura, o socialista tinha como habilitações académicas o bacheralato em Engenharia Civil pelo Instituto Superior de Engenharia de Coimbra.
    Depois da passagem pela Lusíada, Sócrates viria anos mais tarde a inscrever-se no Instituto Superior de Engenharia de Lisboa e depois na Universidade Independente para concluir a licenciatura em Engenharia Civil.


    @ Sol


    e já agora, porque é que também não o tratam por advogado "por cortesia"?!

  7. pois mondrian, ele a nós também dizia isso... mas como é que é possível alguem ter tudo completamente definido semanas antes da entrega, sem precisar de ajustes finais e tal e tal?! nem que ele fosse um génio!!! eu falo por mim, depois das entregas penso smp que poderia ter feito melhor do k akilo k fiz... como é possivel que ele conseguisse estagnar o trabalho tanto tempo antes de o entregar?! é MUITOO estranho! eu axo que nem sequer tem a ver com os tempos terem mudado... axo k o problema nasce mesmo no prof!!! loool (epá desculpem lá, mas ja se devem ter apetcebido que eu n gosto mesmo nada do homem!!! :) )

  8. pois... mas já charles de gaulle e o de frankfurt são bem dentro da cidade!


    tenho ideia de que não é bem assim, mas também já não sei lol... axo que o charles de gaulle não fica assim tão no centro, e nem o de frankfurt! mas estou a dizer do que me lembro e do que já se falou aki, mas também já não vou pra esses lados há algum tempo lol :) é normal que esteja confundida... se assim for, desculpa!
  9. sim, embora axando que ainda há coisas k n batem mt certo umas com as outras, axo k o importante agora não é questionar as habilitações do senhor, mas sim permitir e esperar que ele faça o seu trabalho enkuanto primeiro ministro, e k cumpra o k prometeu aquando das eleiçoes, ou seja, os tais ene postos de trabalho, entre outras coisas!

  10. ele foi meu prof no ano passado a arquitectura teorica, era regente da cadeira. entao logo na 1ª aula do ano, contou-nos uma história para nos alertar, ups... enganei-m... assustar é a palavra correcta, sobre o k é ser estudante de arquitectura. entao contou-nos que esteve a estudar em lx e a dada altura teve uma noitada com amigos nas vesperas de uma entrega. la se divertiu e no dia seguinte estavam os amigos todos a dormir, e o "menino fernandinho" foi beber uma garrafinha d agua das pedras para s aguentar bem enkuanto acabava o tal trabalho enkuanto os outros estavam a xonar. resultado?! é obvio k ele diss k teve melhor nota do k os outros!!! e volta e meia durante o ano repetia a mesma história. no entanto, ja me xegou aos ouvidos que esse grande nome da lusiada n teve um percurso academiko assim tao linear (já parece o socrates :) ) mas como o próprio primeiro ministro diz, devem ser "insinuações maldosas" looooool ainda bem que este ano tenho o prof joao rapagão, é k nao tem comparação possivel!!! podia ser smp o meu prof d arquitectura e d projecto teoriko até eu acabar o curso k eu n m importava mesmo nada!!!

  11. Bem eu sou Touro.... mas um Touro Ageminado... Faço dia 21, fica mesmo na fronteira...:)


    loool eu nasci a 22 d maio... sou uma gémeo a puxar para o touro :s estes dias assim d inicio ou fim d um signo são smp um bocado estranhos... loool e dizem k th ascendente escorpião (um dos tais "signos temidos")
  12. concordo!!!! eu tenho este ano o prof. joão rapagão a arquitectura teórica, bem eu axo-o um óptimo professor! a comparar com o prof e arquitecto fernando mariz k foi o k tive no ano passado. o rapagão te uma visão diferente das coisas e da própria arquitectura e transmite isso para os alunos... o gosto, a técnica, os pequenos pormenores... eu por acaso fikei colocada na ESAP, mas preferi a lusiada, ker por kestões de proximidade de casa, ker por kestoes de acreditação à ordem dos arquitectos. na altura fui mesmo informar-me à ordem (ao pé da sé do porto) e depois disseram-me que apesar de ambas serem acreditadas pela ordem, a lusiada neste momento seria a melhor escolha. no entanto conheço pessoas k mudaram da ESAP para a Lusiada e vice-versa e têm as suas versões dos factos.... eu propria n sei kual terá melhor ambiente, mas n me keixo da minha univ, mt pelo contrario!!! e a nivel de ensino, a comparar com a malta k cnheço na esap, penso que por muito k s marre na lusiada, é um esforço k vale a pena!

  13. eu também ainda n uso óculos (para ver), mas já me recomendaram óculos para usar kndestou no computador, devido ao cansaço da vista. e problemas d costas isso já tinha, então agora.... se estiver a trbalhar até tarde com maketas ou isso, nem na cama estou bem! :) já para não falar da kuantidade de pessoas k já m disseram "andas a exagerar na sombra dos olhos...ups, afinal são olheiras..." realmente ser arkitecto custa um bokadinho, tanto a nivel fisico, como psicologiko (sim, pk por vezes n é facil...) e concordo com a mondrian knd fala da vida social ke deixou de ter, eu tb sinto o mesmo! e não é so com os amigos, eu noto muito a nível da família... as vezes a malta cá d casa combina d ir dar uma voltinha ao fim de semana e kem é k tem d fikar smp em casa a trabalhar?!?!?! .....axo k já todos sabem a resposta! :s ....... mas kem corre por gosto, não se importa com o cansaço!!!:p

  14. nop... por acaso foi o prof. pedro francisco. foi na ultima aula do semestre, ja fora d hora da aula, em k andavam uns aflitos como eu para que ele nos visse o trabalho. entao fikamos meia duzia de alunos na sala com ele, e enkuanto ele via o projecto de um colega meu, surgiu essa questão, e ele numa conversa descontraída disse que a sua opinião é k realmente a ciencia faz parte da arquitectura... :) e eu até concordo, apesar de preferir dizer k a arquitectura é arte!!!

  15. por acaso ainda ha dias, tb numa aula d projecto, mas de 1º ano, pratica, surgiu esa kestão. para mim a arquitectura vive por si propria e tem a ciencia ao seu dispor. (nós, arquitectos criamos, e com a ajuda da engenharia e de outras ciencias, os projectos tornam-se reais). o meu prof já vai por outra perspectiva, diz que a arquitectura é arte na fase do esquisso, da ideia... mas que quando se passa à materialização da ideia, ao rigoroso, à definição de materiais, se torna, alias, se conjuga com a ciencia, porque não seríamos capazes de materializar tudo isso sem conhecimentos da ciencia, logo praticamos a ciencia numa fase da arquitectura, e a arte numa fase mais inicial. axo que esta perspectiva do meu prof tb n está longe da verdade... :)

  16. eu n viajo muito, mas os meus pais, por motivos d trabalho viajam varias vezes por ano. recordo-me de uma vez, praí há uns 7 ou 8 anos fui com a minha mae para Milão, e tivemos d fazer voo Porto-Malpenza, pois os voos internacionais n tinham uma ligação mais directa. e de Malpenza a Milão são também cerca de 50 e tal km. do que me lembro, torna-se chato xegar a um pais estrangeiro, após uma viagem, e ter d fazer mais n sei knts km, mais n sei knt tempo de taxi, k foi o meu caso... no entanto, concordo com quem diz k é preferível criar um aeroporto num espaço amplo, para que mais tarde n aconteça o que aconteceu com a Portela. axo coerente que exista um aeroporto de grande capacidade fora do centro, e outro mais pekeno mais junto do centro, como já vai acontecendo em alguns países...

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.