Jump to content
Arquitectura.pt


engpsilva

Membros
  • Content Count

    5
  • Joined

  • Last visited

  1. Boas. Por acaso sei do que estão a falar. Pois bem, esse sistema de fixar pladur directamente ao tijolo com "batatas" de gesso é um erro. E porquê?? Porque o comportamento da parede de tijolo vai se soliedarizar com as placas de pladur, o que pode provocar microfissura nas uniões da placas, e até descolagem do pladur ao tijolo. O correcto é sem dúvida promover a tal estrutura que o Pedro disse. Para divisórias, o melhor é mesmo construí-la totalmente em pladur, com calhas de 7cm de largura, com placa dupla em cada face, e lã de rocha com 40 kg/m2. E desta forma, resulta um conforto térmi
  2. Boas. Eu penso que a altura máxima para industrias e armazens vem definida nos Regulamento de PDM local, ou até mesmo nos Regulamento Municipais de Urbanização e Edificação (RMUE). Ou até mesmo em Alvara de Loteamento, mediante representação dos perfis. Fiquem Bem Psilva
  3. Boas. Vocês têm razão. Ás vezes, a irra toma posse de nós.... O facto é que, de cabeça quente, olhámos muitas vezes pró nosso umbigo... e refazer todo um conjunto e projectos só porque uma câmara tem uma interpretação errada e sungular, tira o sério a qualquer um... Quanto á questão da França e Alemanha, só me basiei em comentários feitos com familiares meus, habitantes naqueles países, integrados no domínio da aqruitectura, engenharia e construção, e foram eles próprios que me disseram que, em termos legislativos, as coisas não são tão incisivas... se é ou não, não sei??? confesso e con
  4. Boas. É obvio que nao tenho qualquer intenção de interpor junto do Trib. Admin. Pois só uma força de expressão. Mas irrita-me tamanha propotência e teimosia. Também é preciso fazer-se notar que o está aqui em causa são projectos que foram cozinhados em função daquilo que o diploma prevê, e não com base em interpretações dúbias, sem justificação e singulares. O que está aqui em jogo são trabalhos que foram pensados durante meses, mesmo antes de entrar em vigor as Normas, a pensar no caracter transitório e agora, só porque a câmara "acha" que não há transição para ninguém, lá vai todo um projec
  5. Boas. E o que fazer quando uma câmara exige a aplicação imediada para o interior dos fogos?? Move-se um processo junto do Tribunal Administrativo?? É que, aquela gente é cabeça dura... Cumps
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.