Jump to content
Arquitectura.pt


ruivenda

Membros
  • Content Count

    285
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    3

ruivenda last won the day on April 28 2009

ruivenda had the most liked content!

About ruivenda

  • Rank
    Expert
  • Birthday 02/15/1982

Redes Sociais

  • Website
    http://www.revitpt.com

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. "Sledgehammer is a private Beta and it is a violation of the NDA to post comments, screenshots, videos, etc., in the public domain." Pelos vistos foi... Não foi caso único é um facto e é a verdade, mas...
  2. Connecty... Todas as informações referentes ao Autocad para MAc estão sob um NDA que impede a divulgação de informações referentes a este produto que estando ainda em beta 1 não deverá ser do conhecimento geral. Devido a esta informação ter escapado antes de tempo, não havendo cumprimento do NDA como nos restantes softwares tem acontecido, a Autodesk deverá bloquear os beta testers de futuros beta desta release.... Fica apenas o reparo...
  3. o modo mais simples é: desenhar a folha em layout em milimetros. Nas definições de impressão usar 1un - 1000mm. Quando se cria uma viewport e se selecciona nas opções escolhe-se simplesmente a escala desejada 1/100, 1/200, o que for... Mais simples e directo é impossivel. Para que as escalas de linha estejam iguais em todas as viewports, mesmo quando estão em escalas diferentes deve usar-se o comando PSLTSCALE 0. Desta forma a escala do tracejado mantém-se constante em todas as janelas e todas as vistas. Deve ainda usar-se o LTSCALE para definir a escala dos tracejados no model para que fi
  4. Não é por acaso que o DWG é universal, o DWF é um novo standart e todos ou quase todos os softwares o suportam e o PDF é um formato universal, e o DXF é um formato universal... Todos estes formatos são suportados pelo AutoCAD (o mais utilizado) e para os que não querem sequer usar o AutoCAD ou outro CAD qualquer têm o Acrobat ou o DWF viewer que permite ver os desenhos, cotar e medir os desenhos, e todas as tarefas que o tal serralheiro precisa. Perante isto penso que ninguém tem de se adaptar a ninguém. Basta usar os standarts e saber utilizá-los e depois saber ter procedimentos correctos...
  5. Sem qualquer problema, seja exportado do archicad seja exportado do revit. Agora é preciso é saber trabalhar com eles e saber exportar as coisas como deve ser. E depois é preciso a engenharia aprender a criar as suas próprias layers, a não mexer na arquitectura e usar o ficheiro da arquitectura como xref e não como um desenho normal. Tudo isto é um conjunto de erros que juntos dão em asneira, por isso reforço o que disse atrás. Nunca tive problemas com as engenharias nem com nenhuma das especialidades com ficheiros exportados, claro que as pessoas entendem-se e usam os procedimentos adequado
  6. Excelente diagrama Miguel... Quanto à mensagem anterior, se houve erros em obra devido a incompatibilidades de arquitectura e engenharia é por incompetência de parte a parte e não por culpa do software... (minha opinião)
  7. Não sujas nada as botas... Porque deverias??? Tens razão, mas eu também não disse que Mac e Mac OS X eram a mesma coisa... Simplesmente não podes dissociar um do outro. Comparar hardware vs hardware não é tudo. Porque hardware sozinho não funciona e software sem hardware não serve de nada. Perante isto, desprezando as piratarias, se somarmos um bom hardware a um conjunto de software obrigatório e respectivas actualizações, a coisa começa a ficar bem mais equilibrada, senão mesmo mais vantajosa para o lado do mac. E para os que acham que o Mac é simplesmente bonitinho e olham apenas para
  8. Sistema depurado e caro o MAC OS X??? Compara lá com o windows e depois falamos... Ora só existe uma versão do MAC OS que custa cerca de 150euros. Já o windows tens 7 se não estou em erro. A mais cara custa cerca de 800euros... Afinal o sistema operativo caro é o da microsoft. Se comparares os office da microsoft e da apple chegas às mesmas conclusões. Portanto por aí vitória esmagadora da apple e dos seus softwares. Já tive 3 pens em simultâneo com um disco externo ligado ao meu mac sem apertos e sem falhas... Não percebo onde queres chegar com essas afirmações... Mas não são verdadeiras...
  9. simplesmente o MODO da luxology... Excelente modelador, excelente e rapidissimo renderizador, full-feature e a um preço não proibitivo...
  10. Qual software?... O que pretendes objectivamente? O que te está a fazer ficar perdido. Se usas MAC e queres fazer 3D não tens muito por onde escolher... Tens o MAYA, o Cinema 4D e o MODO. Existirão outros, mas que pouco interessaram penso eu. O Maya está a ficar sub-desenvolvido. A Autodesk está a investir mais no MAX. O Cinema 4D e o MODO são excelentes opções. Não deves esperar que tomem uma decisão por ti. Já te apresentaram soluções. Agora é instalar um e outro e analizar com qual te sentes mais à vontade ao fim de um ou dois exercícios. Depois da escolha feita colocas as dúvidas que te
  11. Isso aconteceu comigo com a passagem do MAX para o MODO. Mas agora... Espetáculo...
  12. Se queres 3D tens duas boas ferramentas, uma das quais uso como substituto do 3ds MAX, visto ser também user MAC. Por um lado tens o Cinema 4D. Um excelente programa de 3d já com provas dadas, com muitos anos de mercado, com representação em portugal e muito utilizado, principalmente na indústria cinematográfica. Ainda assim é um software com um workflow simples e intuitivo, sendo dos softwares de modelação 3d com curva de aprendizagem mais curta. Pelo outro lado tens o MODO 401 (da Luxology) que com apenas 4 anos de mercado tem vindo a conquistar cada vez mais adeptos principalmente pela su
  13. Usa uma area light e configura-a para um valor constante... Já me desliguei do MAX, mas assim deve dar...
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.