Jump to content
Arquitectura.pt


XXXXX

Membros
  • Posts

    361
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    19

Everything posted by XXXXX

  1. Já existem integrados nos vidros, embora nada saiba da sua eficácia real.
  2. Nunca conheci nenhum Arq.to. recém licenciado a ganhar de 9 Euros para cima... mas existem sempre excepções.
  3. Pode ser em chapa galvanizada, desde que o tal limite de 3 metros seja cumprido, com maiores dimensões, terá que fazer um padrão de chapa galvanizada que encaixe, ou se sobreponha, de forma a obstar a entrada de água, as coberturas em zinco, para este efeito estão já padronizadas com os encaixes, mas são mais caras e duráveis que as chapas de aço galvanizado. Se quiser pormenores, procure as de chapa zincada, ou em zinco, tem muito por onde escolher, para poder aplicar o mesmo pormenor em galvanizado.
  4. Revestimento - Chapa de aço galvanizada ou "aço preto" (sem tratamento) metalizado e pintado, com uma espessura de 1mm ou menos, pode ser cortada e quinada de forma a efectuar os recantos, geralmente peças até 3 metros podem ser quinadas. Do "aço preto" para o galvanizado a diferença de preço acho que compensa optar por galvanizado Pavimento - Uma betonilha afagada, simples, durável e barata. Geralmente num simples quiosque, aplicar pladur talvez seja um material demasiado nobre, para uma coisa sem exigências especiais, como é este o caso. Eu deixava a estrutura patente, sem pladur. Bem, mas há quiosques e quiosques.
  5. Fonte: Worldarchitecturenews
  6. Os empreiteiros não gostam dos Arquitectos, consideram que os Arquitectos são potencialmente a futura competição... e tem razão, qualquer Arquitecto é livre, se quiser, de exercer a sua actividade como construtor. Nada o impede! Lembra aquelas marionetas com voz monocórdica, com os fios para gesticular os braços e uma boca de madeira... sabe quem é o tipo que segura nos fios, é um cobarde!
  7. Se um estúpido qualquer pode facilmente ser o Director de Obra, (não estou a referir Engenheiros Civis) porque razão devemos deixar um Arquitecto fazê-lo? Eu já nem discuto a lei, ela é apenas selectiva....
  8. Não ligando à lei, a questão é tão simples quanto isto, há pessoas com menos competências a fazer Direcção e Fiscalização em simultâneo... está a perceber o ridículo da questão? São pessoas que não passaram 5 anos a estudar e mais não sei quantos estágios. O parecer jurídico da Ordem serve para as tipos da CM, ficarem contente com a dose de estupidez que os colocou a frente do cargo que ocupam, experiência própria, não resolvem nada em relação ao processo. Um folha de papel a dizer que você tem razão? Fique lá com a razão, (dizem eles) mas nós estamos aqui para atrapalhar a sua vida e são muito bons no que fazem! Eu sou da zona de Torres Vedras, passei logo por isso no 1º e último (espero eu) processo de licenciamento que lá coloquei. Mesquinhez de espírito, gente pequena, tacanha, corrupção pura, favores, tão somente, isso! Isto é a esquerda em Torres Vedras. Para pontificar como conclusão: É TUDO UMA BELA *****!
  9. Nem vale a pena, anos a estudar Física, Estruturas, Materiais, Tecnologias da Construção, depois estágio para entrar para a Ordem, acções de formação, blá, blá, blá!!! Se há pessoas com menos habilitações que podem fazer a Direcção de Obra, por que motivo, deve à CM de lagos, deixar este Arquitecto fazer a Direcção de obra? ;) Nada disto soa estúpido, injusto e mesquinho.
  10. 1. Você até pode estar assistido pela razão, mas se a CM em questão, resolver, por mera mesquinhez embirrar consigo, (sim consigo) você está tramado, não tenha ilusões nenhumas, não basta ter razão, não basta que a Ordem dos Arquitectos lhe confira razão, este País é mesmo assim, pequeno e mesquinho. 2. Aliás, você quer trabalhar, mas obviamente, que não o deixam, percebeu? Esteja descansado, que o lugar vai ser ocupado por outro... 3. Conheci agentes técnicos que não sabem escrever, roçam a ***** no Inglês e no entanto assinam Fiscalização e a Direcção, na mesma obra, ridículo? Não, estamos em Portugal, perfeitamente normal, a lei é selectiva! 4. Eu à cerca de uma ano, tentei aprender o novo acordo ortográfico, mas como olhei para o lado e vi a pura e reiterada promoção da estupidez, disse a mim próprio, não vale o esforço! 5. Moinhos de vento, levar com as pás na cara, bater com a cabeça na parede... consulte um psiquiatra, deve ser este o objectivo final, desta treta toda. P.S. Os psiquiatras também precisam de dinheiro não é? O os Advogados, idem...
  11. Eles passam muito esta ideia, o estado somos todos nós, jornais, televisões, conversas da treta, etc...
  12. Ainda dizem que o estado somos todos nós... que cinismo! Mas não, temos aqui um conjunto de pessoas designado de terceiro estado, na antiga terminologia, que por outras palavras, está aqui para ser chulado.
  13. Expressões como... CHEIRA A PALHA! você não aprende na escola! Só depois de 20 anos a estudar (faça as contas, contando com 2 estágios pelo meio), você chega a brilhante conclusão, que este País, não vale o esforço, dedique o seu esforço a outra coisa qualquer, mas não a este País. Eu faço as contas por si: 4 + 5 + 3 + 5 + 1 +1 +1 = 20 anos a estudar! Portanto eu se tivesse escolhido o caminho: 4 = 4 anos a estudar! Trabalharia, como serralheiro, pedreiro ou numa outra coisa qualquer, provavelmente ganharia muito mais do que ganho agora, teria expectativas de futuro e nem sequer tinha que despender cerca de 190 euros anuais em quotas. O País precisa de si, fique por cá, aqui existe sempre espaço para ser chulado...
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.