Jump to content
Arquitectura.pt


Del70

Membros
  • Content Count

    5
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Reputation Activity

  1. Downvote
    Del70 got a reaction from Spa_arquitectos in Dois anos de estágio e três sem assinar?!   
    Eu já não passava por aqui há muito tempo. Dei uma vista de olhos para ver se havia alguma novidade sobre o assunto. Devo dizer que estou estupefacto com algumas das posições e opiniões que por aqui vi. Compreendo que hajam aqui algumas pessoas que, quer pelas suas idades (juventude), quer por estarem já relativamente bem orientados, possam achar tudo isto muito correcto e pacífico. Ou então, “… eu já passei por isso… é essa a realidade… conformem-se!” Exigir-se a alguém que esteja 2 anos a trabalhar por conta de outrem de graça ou muito mal remunerado, “porque se está a aprender”!!!??? É absolutamente incrível e abominável! Participei desta discussão, não por esta situação me afectar pessoalmente. Mas, como tenho imensos colegas que, tal como eu, fizeram o curso a trabalhar 8 a 9 horas dias, pagando com o seu trabalho as suas propinas, dormindo 3/4h para poder cumprir com os trabalhos académicos, sacrificando os seus fins-de-semana e todos os tempos livres, ausentes das famílias (e filhos!) para poder cumprir com a imensa carga de trabalho que nos era exigido, agora se vêm na iminência de cumprir 2 anos de trabalho não remunerado porque “não aprenderam o suficiente na faculdade!!!???” MAS O QUE É ISTO??? Brincamos ou quê? Vários aqui o disseram: aqueles que escrevem esta opinião não tiveram que passar por isto. Os arquitectos que agora acham bem os 2 anos de estágio (e ainda + 3 anos sem poder assinar) fizeram a sua formação em apenas 5 anos. Será que era melhor do que a actual??? Duvido, e MUITO! Meus caros, isto é o mesmo que dizer a um pedreiro, carpinteiro, electricista, ou qualquer outro profissional de qualquer outra área: “Vais trabalhar para mim. Mas como ainda sabes pouco (só 5 anos??), estás aqui 2 anos sem ganhar. Depois, com o que aprendeste podes ir procurar emprego remunerado onde quiseres… Tens família, contas para pagar, queres comprar um carro? Opá, tem paciência, daqui a 2 anos podes começar a pensar nisso…” Ah! Mas os ateliers (os srs. Arquitectos muito conceituados) despendem o seu tempo a formar estes recém-licenciados! Certo. E por acaso não ganham nada com o seu trabalho??? (de novo) BRINCAMOS OU QUÊ!!! Como o Mark e outros referiram, trabalho gratuito, em qualquer parte do mundo civilizado é ESCRAVATURA! O tema em debate era os 2 anos de estágio. Sejam humanos! Não faz nenhum sentido! NENHUM! Se alguém sai verde e precisa de ganhar experiência, esse alguém tem que ter essa noção e procurar essa experiência, trabalhando por conta de outrem, onde a possa adquirir, mas – sem qualquer sobra de dúvida - REMUNDERADO!! Se é a recibos verdes, se é a contrato, se é como estagiário - trabalha! Tem direito a remuneração e todos os restantes direitos de um qualquer trabalhador deste estado de direito. Nunca abaixo de um salário mínimo nacional. E a “nossa” ordem tem apenas e só a obrigação de fazer com que os seus associados cumpram com esse dever do estado de direito em que vivemos. Sobre esta matéria nada mais direi, porque penso, que como cidadão português e de um mundo supostamente civilizado, é completamente inquestionável há mais de 100 anos aquilo que acabo de opinar. Lamento e muito que haja quem, estando ou conhecendo esta triste realidade, ainda consiga aceitar e concordar com as razões de quem a criou. Estágios sim, mas integrado na formação e que não a prolongue. Fora dela, só remunerados e sem serem impeditivas dos plenos direitos de exercer a profissão. A Ordem nem tem razão de existir, se não defender com humanismo os direitos cívicos de todos aqueles que fazendo uma formação específica para exercer esta profissão queiram de pleno direito pertencer à sua associação pública de natureza profissional. Peço desculpa por me ter alongado, mas seria difícil perceber esta minha posição de forma mais resumida. De qualquer forma, não pretendo alongar mais esta discussão, porque o que pretendi, desde o início, foi que a minha participação resultasse em acção. Não sei se foi esse o resultado obtido… Mas enfim, tentei.
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.