Jump to content
Arquitectura.pt


Libertad

Membros
  • Content Count

    31
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Posts posted by Libertad

  1. Na minha metodologia projectual é de dentro para fora e de fora para dentro ao mesmo tempo! E do geral para o particular mas tambem do particular para o geral, simultaneamente! O importante é visualizar claramente o resultado final que se pretende...e sempre em 3d!



    Voilá!!!
    :margarida_beer:
  2. Grande ponto de vista!!! Felicito-o por isso Sr. Kwhil!!! Concordo plenamente com o último parágrafo porque se trata de um conceito que eu já defendo desde que comecei a aprender arquitectura, -Humanizar a Arquitectura. Por isto é que eu falei num post atrás que devrão ser pensadas outras soluções para varandas...

  3. Eu também não concordo nada com marquises e gaiolinhas que compoêm algumas fachadas urbanas mas a lei ainda o permite e só mesmo mudando essa lei é que se poderá pensar quais as soluções para varandas. De outro ponto de vista nota-se que na arquitectura contemporãnea existem ideias e soluções de um outro tipo de marquises- que não passam disso- onde se pode observar um volume saliente na facahada do edificio onde um vidro e a côr sejam vistos como um "in" de arquitectura virada para o futuro... Digo eu...

  4. Epah, Acreditem que tive um professor no ano passado que disse o seguinte acerca de professores de arquitectura italianos e alunos que vieram a portugal por uns tempos, para um género de colóquio ou coisa parecida: "Os italianos não sabiam ler projecto nem projectar com traços como nós portugueses..." A minha turma ficou boquiaberta e ele lá foi dando exemplos de coisas banais em arquitectura, as quais, os italianos emperravam e não faziam coisa de geito... Se calhar, até tem razão no disse!?! Acabaste de me dar uma prova disso... Quanto ao que fizeste (despedi-la).... já foi tarde!!!

  5. Olá a todos, Quero informar o pessoal estudante e trabalhador que poderá existir um curso de iniciação em Revit no IPJ em Braga. Para isso acontecer terão de haver pelo menos 6 ou 7 pessoas interessadas. O curso decorrerá durante o mês de Agosto em horário pós laboral e o custo para estudantes anda nos 112€ o que não parece mau preço, para não estudante é mais 20%... Para isso terei que reunir o minimo de alunos(6) para o curso arrancar até ao próximo dia 15 deste mês (Julho). Os interessados contactem-me por MP ou digam aqui como poderão se inscrever no local (IPJ) (Braga). Eu quero aprender tal como muita gente a trabalhar em Revit mas para isso terei de reunir algumas pessoas para que esse curso possa avançar.... Obrigado.

  6. Muito bem, Sr. Arquitecto!!! Com coisas destas é que me dá gosto passar cá no forum, quero com isto dizer, que aprendemos e esclaressemos dúvidas e técnicas que são importantes para a nossa profissão (embora eu seja estudante). Bom, vai dando depois noticias do andamento da obra e explica também as virtudes desse novo material isolante...:D Bons e muitos trabalhos!!!

  7. Parabéns pela exposição do teu trabalho e do teu blog!!!:D Em vez de tijolo termo/acústico não quererias dizer "bloco de cimento termo/acústico" ??? Força e empenho nessa construção e bom estudo nos materiais a utilizar!!! Abraço!





  8. Nem mais X2....isso era desvalorizar por completo quem estudou antes!!!Não fazia sentido nenhum!!! :p (off tópic: se bem que tb não faz sentido nenhum quem tiver mais de 23anos ou lá quanto é, entrar para o ensino superior sem fazer exames nacionais, tb é desvalorizar quem se matou e esforçou a estudar pra eles, mas isso é só mais uma das coisas que não fazem sentido nenhum neste pais :() on tópic: mas pela lógica um "mestre" devia de ser valorizado pelo que se esforçou para fazer seu mestrado "pela lógica", e está visto que o mestrado não é peace off cake (vejo pelo numero de mestrados já efectuados lá na minha universidade!!!) :D mas isso era pela lógica, o que ia gerar uma enorme discução entre antes e pós Bolonha!!! :foto:


    Explica bem esta parte que sublinhei a vermelho se faz favor porque eu não entendi bem..?
  9. Caro, este forum têm a virtude de ser comentado por arquitectos dos dois lados do atlantico, que têm visões diferentes, assim como expressões e maneiras de escrever diferêntes.
    Neste projecto e do pouco que se pode vêr ( falta logicamente o principal , plantas )

    De facto , existe alguns materiais a mais, maneirismos que são de evitar. Deverás reduzir materias e uniformizar muros , embasamentos numa linguagem unica.
    As floreias de cada lado da escada não funcionam. A piscina com a parede en evinel ( pastilha ) e a cascatazinha tb não se enquadram numa arquitectura contèmporanea e sóbria. O mesmo para os muros a tardós.
    A porta de entrada tb pode ser melhorada. O tecto falso no alçado tardós deve se integrar nos tectos ( serem brancos ).
    Falta alguma maturidade, o que é normal.
    O 3d por si só não faz um projecto, ajuda somente a vender a ideia.
    No entanto é sempre louvar o trabalho.

    vamos falando

    Mestris


    Fazendo uma crítica construtiva ao teu trabalho,

    Concordo com o que o mestris disse no que sublinhei a azul.

    Abraço!:D
  10. Prezado Argos,

    Não pude deixar de observar seus comentários em outros posts neste fórum, e notei que tens um grande censo crítico. Observei também entre outros colegas que a pesar da língua ser a mesma, os costumes de nossos países são em alguns pontos diferentes e diante deste fato, gostaria muito de apreciar um trabalho de sua autoria, entretando não o encontrei aqui no fórum!
    Agradeço mais uma vez a sua atenção e crítica, gosto das críticas pois elas favorecem o esclarecimento de detalhes do projeto que muitas das vezes não são passados em imagens.

    Grande Abraço,
    Arq. EROSJUNIORB)


    :D:palmas::(
    :foto::devil:XDXDXDXDXDXDXDXDXDXDXDXD
  11. ...ora bem, Se o tijolo é para ser revestido com materiais termo/acústico, tanto faz ser 7 como de 11, é mesmo uma questão espacial... Aconselho-te a pesquisares sobre tijolo e blocos acústicos, assim até pode ser que te resolva de uma vez as dúvidas mas não te esqueças que a questão da acústica é delicada. É sempre melhor nos nossos projectos académicos metermos um bocadinho a mais do que um bocadinho a menos...:D Força nisso!

  12. Ora bem, eu vou tentar ajudar com o que sei: As divisórias poderão ser construídas em placas de gesso cartonado, isto é, estrutura metálica revestida com placas,isolamento acústico e uma segunda placa aparafusada por cima da primeira sendo esta num material chamado STO da Knauf... Poderá também ser construida em tijolo e depois revestida essa mesma parede com isolamento acústico e em seguida para o acabamento dessas paredes em diversos materiais e de diferentes texturas. Não te podes é esquecer que tanto no pavimento onde arranca essa divisória e onde acaba (tecto) terá de levar uma tela (anti-vibratória) (banda Vitolene)... O barramento das placas poderá ser feito á cor desejada da parede sendo este tipo de massa de juntas com características acústicas... Espero ter ajudado alguma coisa...:D

  13. Pois, tens razão! ..mas tinha que desabafar de uma forma directa ou frontal... Certamente era melhor continuar na minha porque nem eu tiro nada a ninguêm e ninguém me tira nada a mim... Desculpem-me a sensatez e siga para bingo!!!

  14. Eucostumo visitar (quase) diariamente este forum e o que pude constatar foi que muitos dos tópicos são de ataques a uns e outros... mais isto do que uma discussão construtiva para ajudarem os estudantes a melhorar a sua forma de trabalhar e de apresentação. Agora quanto a dúvidas; posso dizer que existem 3 ou 4 pessoas neste forum sempre prontas a ajudar e ajudam equanto outros preferem destabilizar... enfim.. Depois aparecem por cá uns paraquedistas, que vendo o estado da coisa, aproveitam para colocarem as perguntas mais estúpidas e descabidas porque deve ser uma granda galhofa lendo depois as respostas... Eu também gostaria de ver este forum mais activo e mais instrutivo, digo isto na qualidade de estudante do 3º ano de arquitectura. Cumprimentos.

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.