Jump to content
Arquitectura.pt


Certificado Energético - o que virá mais? viva o ridiculo...


Recommended Posts

JOAGIN Houve um post em que dizes: "Agora expliquem-me, porquê que a Ordem dos arquitectos só permite que um arquitecto se qualifique como perito qualificado nestas andanças após 5 anos de experiência?! É esta a nossa área de competência!" É realmente uma excelente questão. A nossa Ordem só permite que um Arquitecto se qualifique como perito após cinco anos, mesmo que, após estar inscrito como membro (já arquitecto portanto) trabalhe única e exclusivamente como empregado de balcão, por exemplo. Quando eventualmente esses colegas que não têm trabalho de projecto (por variadas razões) poderiam ganhar algum e manterem-se no mercado a emitir certificados até "a coisa" melhorar. Curso de cinco anos+estágios+exame da Ordem, não chega? É mesmo preciso gostar de Arquitectura. Abraço

Link to post
Share on other sites

Carissimo amigo. Bem sei que foi uma determinação do governo como dizes, que ficou protocolizado com as organizações profissionais. Penso no entanto, que as Ordens profissionais, não devem "comer e calar" assinando o que se lhes coloca à frente. Aliás, suspeito mesmo que o protocolo tenha sido negociado com as ditas. Além do mais, o que digo no outro post (por outras palavras) é que a Ordem já aceita que após cinco anos de inscrição (e não de prática) já é possivel a qualificação como perito. Abraço amigo a todos. Nota: Não pretendo levantar aqui alguma polémica, mas tão só dizer o que penso, como sempre o fiz, apesar de já ter sofrido represálias em algumas situações da minha vida.

Link to post
Share on other sites

Atenção, para ser perito não basta ter os ditos 5 anos e as referidas licenciaturas. Não conheço os pormenores com exatidão, mas sei que se tem de tirar um curso que dura alguns meses e este paga-se bem. As componentes teórica e prática do curso são exigentes e para quem trabalha requer algum esforço e tempo extra. São muitas as desistencias a meio e a avaliação final deixa muitos de fora.

Link to post
Share on other sites

A nossa Ordem só permite que um Arquitecto se qualifique como perito após cinco anos, mesmo que, após estar inscrito como membro (já arquitecto portanto) trabalhe única e exclusivamente como empregado de balcão, por exemplo. Quando eventualmente esses colegas que não têm trabalho de projecto (por variadas razões) poderiam ganhar algum e manterem-se no mercado a emitir certificados até "a coisa" melhorar.
Curso de cinco anos+estágios+exame da Ordem, não chega? É mesmo preciso gostar de Arquitectura.
Abraço



subscrevo totalmente!
muito bem frisado estes 5 anos de "experiência" impostos pelas ordens. é que na verdade o que se passa é que por "experiência" a OA compreende somente o pagamento das cotas! a OA não está a velar pelo bem de ninguém: n protege os arquitectos juniores nem acrescenta em qualidade o serviço pelos seus membros prestado.

outro ponto aqui tb q considero mto bem levantado é que os arquitectos q agora se estão a voltar para esta especialização, n o fazem, na sua grande maioria, p se encostar à arquitectura e fazer uns dinheiros, como aqui neste topico já foi maldosamente sugerido p alguém ...o q se passa é q o mercado está complicado e nem todos têm a sorte de poder estar a projectar
Link to post
Share on other sites
  • 4 months later...

Não vamos ser hipócritas de pensar ou afirmar que estes 5 anos de prática profissional é um absurdo...
Desde quando um arquitecto recém formado tem conhecimento de obra o suficiente para reconhecer certos problemas térmicos e mesmo detectar fugas do empreiteiro em certos materiais na obra para economizar mais uns trocos, para não falar de muitas outras situações!
Pelo que já pude apurar isto é um assunto muito sério e estão a ser bastante exigentes na ADENE, pessoas que já trabalhavam nesta área à uns anos estão a reprovar no exame da mesma.
E a informação que tenho é que a percentagem de reprovações na ADENE é de 90%.
Não sejam ingénuos de pensar que por terminarem um curso de arquitectura já sabem tudo, esse é o defeito de muita gente que por aí anda neste pais, pensarem que a teoria é tudo e já se acham uns doutores!

Sejam humildes e NÃO actuem para alem dos vossos reais conhecimentos...

Vão ter muitos anos pela frente para completarem o vosso curso de arquitectura, sim porque a faculdade só vos deu um "empurrãozinho" agora é cá fora que vão poder tirar o VERDADEIRO curso de arquitectura e esse vai ser até ao vosso ultimo dia de vida...

Eu ainda hoje continuo a aprender todos os dias... quando acabei de me formar posso dizer que era um leigo na matéria, ok sabia fazer uns desenhos e trabalhar com o autocad, já não era mau! lol

Arkiteto

Link to post
Share on other sites

caro arkiteto como ja foi aqui referido o problema não está na questão da experiencia porque existem certamente muitos arquitectos com anos de trabalho que se traduz em experiencia mas existirao concerteza outros que apesar dos anos de trabalho em gabinete pouca experiencia real têm. Alem do mais como é que é possivel difinir quando é que um arquitecto passa a ser experiente? ao fim de 1 ano? 5? 10 anos?

Link to post
Share on other sites

caro arkiteto como ja foi aqui referido o problema não está na questão da experiencia porque existem certamente muitos arquitectos com anos de trabalho que se traduz em experiencia mas existirao concerteza outros que apesar dos anos de trabalho em gabinete pouca experiencia real têm. Alem do mais como é que é possivel difinir quando é que um arquitecto passa a ser experiente? ao fim de 1 ano? 5? 10 anos?

O problema está no facto de só se poder concorrer ao exame da ADENE com supostamente 5 anos de experiência, logo é de experiência que estamos a falar.
No meu entender o que move a O.A. a atribuir um mínimo de 5 anos de experiência para determinadas situações é que assim se tem uma garantia que o arquitecto muito provavelmente já teve contacto com algumas situações práticas, é obvio que em 5 anos uns ficam com mais prática que outros, nunca deixa de ser relativo, mas em 5 anos certamente tens mais experiência do que quando acabas de sair da faculdade!

Já agora para o/a "X-acto", uma vez que é a O.A. que se vai pronunciar se estás apto(a) ou não... em vez de protestares com os anos de experiência, porque não tentas provar perante a mesma que estás em condições e te sentes preparado(a) de poder realizar certificações energéticas e como resultado apta para a realização do exame da ADENE?!
A resposta da O.A. até pode ser favorável, porque não?
Se dizes ter pleno conhecimento da legislação e dominas bem a área do calculo térmico, não vejo porque não tentar perante a O.A.

Arkiteto
Link to post
Share on other sites

Arkiteto,
Se calhar já falei com a OA! E se calhar quando digo o que digo é com conhecimento de causa e se calhar fazia melhor em restringir a sua opinião ao limite da sua sabedoria e abster-se de mandar simplesmente umas bocas para o fórum.

Eu estava a sugerir algo sem qualquer tipo de maldade, tentei ajudar... mas já percebi que há pessoas por aqui que já se acham com toda a sabedoria para aceitar qualquer tipo de sugestão...
Não vi em nenhuma parte do fórum onde tenhas referido que já te tinhas dirigido à O.A. e como tal não posso adivinhar!
Depois de uma resposta dessas, o que posso dizer para ti em concreto é que ainda bem que existe O.A...
Para outra pessoa qualquer não me chocava em nada se a O.A. determinasse a mesma como apta!
Link to post
Share on other sites

Arkitecto, ok, não me acho proprietária de toda a sabedoria nem pouco mais ou menos, mas a sugestão que apontaste não faz o minimo sentido. já fui à OA, já me informei, e não há forma de sequer me inscrever para exame na adene antes de completar os 5 anos de pagamento de cotas. enfim, por mim dou a discussão como terminada.

Link to post
Share on other sites

Arkitecto,
ok, não me acho proprietária de toda a sabedoria nem pouco mais ou menos, mas a sugestão que apontaste não faz o minimo sentido. já fui à OA, já me informei, e não há forma de sequer me inscrever para exame na adene antes de completar os 5 anos de pagamento de cotas. enfim, por mim dou a discussão como terminada.


5 anos de pagamento de cotas... ou seja, se durante esses 5 anos pagas-te as cotas e não exerces-te arquitectura ja conta como apto certo?
nao teria mais nexo deixarem concorrer toda a gente e seleção natural da supostamente experiencia ser feita atravez do exame? quem passar está a altura de exercer quem nao passar não está... simples!
Link to post
Share on other sites

Arkitecto,
... mas a sugestão que apontaste não faz o minimo sentido. já fui à OA, já me informei, e não há forma de sequer me inscrever para exame na adene antes de completar os 5 anos de pagamento de cotas...

Não faz o mínimo sentido agora que já sabes a resposta da O.A. porque antes de teres conhecimento da resposta, fazia todo o sentido até para ti, por isso mesmo te dirigiste lá!
E tendo em conta que eu estava na mesma situação que tu... vindo de mim não faz sentido, mas vindo de ti já fazia todo o sentido.
É só para perceberes a contradição nos teus comentários.

:)
Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.