Jump to content
Arquitectura.pt


Pittral

Arquitectura de Vanguarda

Recommended Posts

Boa noite! Estudo neste momento arquitectura no Porto e surgiu-me um trabalho com o tema Arquitectura de Vanguarda. Como é meu habito o primeiro que fiz foi fazer uma pesquisa rapida na net a ver o que surgia. Para meu espanto... nada! Pelos menos nada que possa mereçer o meu tempo. Daí surge a ideia: O que é afinal Arquitectura de Vanguarda? ainda existe? É uma corrente ultrapassada?

Share this post


Link to post
Share on other sites

No meu ponto de vista a arquitectura de vanguarda não representa um estilo ou sequer uma corrente. Esta arquitectura pode-se definir como uma arquitectura que está a frente do seu tempo pelas características inovadoras que possui, que podem passar pelo conceito conceptual, processos construtivos, funcionalidade, tecnologia integrada, etc... Ou seja arquitectura de vanguarda não tem um tempo definido. existe hoje, existia há 10 anos, há 50 anos e há 500 anos. As obras de vanguarda podem de facto ser pioneiras de uma nova corrente, ou não. Mas isto só o tempo o dirá Quando surgui a arquitectura modernista, era vista como moderna (um pouco no sentido de vanguardista) numa altura em que se viam ainda revivalismos a crescer. Neste caso o nome ficou e acabou por designar esta corrente. Poderá acontecer o mesmo com o "vanguardismo" ? talvéz, mas neste caso vamos ter que arranjar outro termo para a arquitectura vanguardista que virá...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Poderá ser também associada a protótipos. Não necessariamente de arquitectura permanente, mas talvez associado à arquitectura efémera que "aceita" melhor a evolução conceptual, técnica e material.


Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigada pelas respostas. Aquilo que cheguei a conclusão neste caso (projectar um centro de artes com alojamento temporário para artistas convidados) é que o que se pretende provavelmente é que a nossa proposta seja vanguardista, ou seja esteja a par das ultimas tecnologias, materiais, teorias, filosofias da forma de estar e habitar. Concordo porém que para levarmos à letra o termo Arquitectura de Vanguarda, este se adapta melhor a estruturas mais efémeras pois muitas vezes uma obra de Vanguarda pode já não estar assim tão a frente na data da conclusão da sua contrução. Não sei... continuo a achar que o termo vanguarda é um termo que não deveria ser aplicado na arquitectura.... De qualquer forma tenho de refletir sobre o que posso fazer com este tema. :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Vanguarda surgiu com a Arte Moderna e com a Arquitectura Moderna. Vanguarda vem de Avant-Garde, estar ah frente de ... Tanto pode ser o modernismo como pode ser aquilo que se esteja a fazer do mais moderno... porem jah tudo foi inventado... tens de ter cuidado com o tema... eh uma armadilha. O teu professor vai te por entre a espada e a parede se nao tiveres uma base teorica muito forte.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Pittral

no meu entender, a única coisa que o teu professor quer que tu faças é que faças o teu trabalho sem copiares descaradamente uma referencia qualquer que um gajo tenhas no momento. quer que o trabalho saia da tua cabecinha sem perceber que veio da obra tal do arquitecto tal.

se fizeres um projecto porreiro, tens boa nota e ele não te faz perguntas
se não conseguires criar uma coisa engraçada, faz o que te diz o JVS e faz um belo texto a volta do teu projecto baseando-te em teorias que estejam "á frente" no seu tempo, neste tempo, compreendendo este tempo e arranjando uma solução que se adapte a este e não a uma coisa de há 20 anos atrás

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Vanguarda surgiu com a Arte Moderna e com a Arquitectura Moderna. Vanguarda vem de Avant-Garde, estar ah frente de ... Tanto pode ser o modernismo como pode ser aquilo que se esteja a fazer do mais moderno... porem jah tudo foi inventado... tens de ter cuidado com o tema... eh uma armadilha. O teu professor vai te por entre a espada e a parede se nao tiveres uma base teorica muito forte.


JVS, "vanguarda" é um termo militar, também conhecida como "guarda avançada", não nasce com o Movimento Moderno, e era a denominação dada, num campo de batalha, às unidades que avançavam primeiro, seguindo à frente dos restantes batalhões.
As vanguardas artísticas sempre existiram, em qualquer época, o facto de serem assim chamadas na altura ou não pouco interessa (as coisas existem independetemente do um termo que as defina, ou não?).
A colagem de vanguardista ao Movimento Moderno está relacionada com a inovação filosófica, formal, social e construtiva da corrente, mas as vanguardas existiram para lá do modernismo clássico (vejam, já em plena constestação do modernismo internacional, as experiências dos Archigram, Superstudio, Buckminster Fuller ou os Situacionistas).
Para fazer um trabalho sobre arquitectura vanguardista tem de se estabelecer um âmbito temporal, porque as vanguardas só existem em relação a outra coisa que lhes esteja mais atrás.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hoje em dia já não se usam varinhas, só ponteiros laser, daqueles que também dão para passar slides no powerpoint....modernices! A UE proibiu as varinhas de madeira por não as considerar higiénicas. Já agora: selvajaria escreve-se com "j" e não com "g" (como está inserido numa citação não sei se o erro foi do ARK se de quem disse a frase). Admita lá que fez de propósito só para, por uma vez, haver alguém a corrigir um erro ortográfico seu.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hoje em dia já não se usam varinhas, só ponteiros laser, daqueles que também dão para passar slides no powerpoint....modernices!
A UE proibiu as varinhas de madeira por não as considerar higiénicas.

Já agora: selvajaria escreve-se com "j" e não com "g" (como está inserido numa citação não sei se o erro foi do ARK se de quem disse a frase).
Admita lá que fez de propósito só para, por uma vez, haver alguém a corrigir um erro ortográfico seu.


[ame="
"]YouTube - Forcados na Tourada Portuguesa[/ame]

Eh d'Homem!!!

:foto:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá! Jvs eu entretanto depois de reflectir sobre o tema também cheguei a mesma conclusão de ser uma armadilha. No primeiro semestre ele também nos fez algo do género. O trabalho era o mesmo mas o tema Arquitectura Sustentável. Chumbaram cerca e 75% dos meus colegas eu safei-me. Este professor gosta muito de ratoeiras. Foi por isso que coloquei aqui o tópico para ter uma opinião de pessoas com mais experiência. Nunca copiei um projecto. Faço sempre muita pesquisa para ver e ter noção daquilo que já foi feito mas cada caso é caso e se um projecto não for feito para o lugar em que vai ser implantado isso vê-se. Obrigada pela opinião e participação de todos. :foto:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Concordo com o Jvs e com o dreamer. A temática e o desenvolvimento do projecto poderá estar associada a uma arquitectura efémera, tipo Zaha hadid ..no entanto, se tiveres um texto que fundamente o teu projecto, com o qual defendes a tua proposta julgo que não terás problemas...

Share this post


Link to post
Share on other sites

"A temática e o desenvolvimento do projecto poderá estar associada a uma arquitectura efémera, tipo Zaha hadid" Isto lembra-me do Richard rogers a falar do centro ponpidou, e a recusar terminantemente o termo High Tech, segundo as suas palavras seria muito mais industrial do que High Tech. para mim a vanguarda e o que nao esta construido, o que nao significa que tudo o que esta para constuir seja vanguarda :foto:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Contrariamente a generalidade dos comentários aqui inseridos, não faço uma conexão tão obvia entre o vanguardimo com a arquitectura efémera. Poderá haver projectos que refletem essas duas realidades (efémera e vanguardista). No entanto, a Arquitectura efémera não contempla a "durabilidade" temporal e soluções construtivas permanentes, que podem ser amplamente exploradas na âmbito da arquitectura vanguardista. A arquitectura efémera pode colar-se a qualquer corrente arquitectónica, podendo ser até bastante convencional.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Referi zaha hadid pois é o que os seus projectos me transmitem..uma sensação de efemeridade ,..no entanto, na minha opinião, é a sua capacidade de interligar a funcionalidade, a materialidade com a estética exterior de um volume fora do seu tempo...vanguardista quem sabe?!!:foto:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Penso que deverias ver os Archigram e Parent e Verilio. Para mim são arquitectos de vanguarda. Também podes ver o Team 10 mas acho que não foram tão importantes na inovação. Um arquitecto que inova sempre em tudo o que faz é Peter Zumthor. Espero ter ajudado...

Share this post


Link to post
Share on other sites

É sem dúvida para mim uma enorme referência..Peter Zumthor destaca-se humildemente com a sua arquitectura, ou seja, os seus projctos parecem estar livres de quaisquer gestos de arrogância repressiva, mas o que mais me surpreende é o seu enorme respeito pela a envolvente e a preciosidade dos materiais...ex: Termas de Vals

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pittral,
a arquitectura de vanguarda vai dar muito que falar no próximo semestre!!!
parabéns pela tua aprovação neste trabalho


Eh professor ou eh colega?

Share this post


Link to post
Share on other sites

espera lá! Pittral e Sérgio Vilas Boas da lusiada porto 2º ano?! lol mais dois condenados das ideias do prof estima lol! bem vindos ao grupo se for esse o caso! tb tenho andado a pensar no tema do próximo semestre e devo dizer k fiquei com 9 de 1º semestre... :foto: tenho mesmo de subir isto no próximo, mas penso k com as ratoeiras do professor não será fácil. mas também já ouvi dizer k afinal era para continuar o projecto do 1º semestre... já não percebo nada!!! sérgio vilas boas, por acaso n és da turma C, da professora Cláudia?!?!?! boa sorte para os exames a todos!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

ohh yah eu keria dizer turma A... eu tb sou da turma da professora Cláudia! já sei kem és :s olha, apercebeste-t, ou sabes, se ela contabilizou as tão comentadas apresentações dos arquitectos, quando deu as notas?! é k eu n sei cm akilo funcionou, mas axo k akilo foi tudo para o tecto! :foto: andámos a perder tempo para nada! enfim... também estou para ver cm va ser o segundo semestre, e principalmente, kem será o professor k nos vai sair na rifa, visto k so temos mais uma semana com a prof Cláudia... só espero k n seja o Queirós! loool

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu tb sou da turma da professora Cláudia! já sei kem és :foto:


:rolleyes:Já eu não posso dizer o mesmo, pelo teu nome aqui não consigo identificar-te!!!

olha, apercebeste-t, ou sabes, se ela contabilizou as tão comentadas apresentações dos arquitectos, quando deu as notas?! é k eu n sei cm akilo funcionou, mas axo k akilo foi tudo para o tecto! :


Quanto a este assunto, não faço a menor ideia de como funcionam os critérios de avaliação da prof.ª, agora se foi para o tecto ou não, isso não faço ideia, mas se contabilizou isso já deveria pertencer à avaliação contínua que possuíamos.
cumps

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.