Jump to content
Arquitectura.pt


Que livros aconselham?


Recommended Posts

dois deles para lazer porque é de uma extrema facilidade de leitura, do mesmo autor, Peter Zumthor

Pensar a Arquitectura
Atmosferas

Fundamentais para um primeiro encontro


sem duvida e acrescentaria um também de fácil leitura...

Imagem colocada

Imagem colocada
Imagem colocada
Autor:Alberto Campos Baeza »
Colecção:Pensar Arquitectura
Editora:
Caleidoscópio
Ano de Edição:
2004

Imagem colocada

foi das minhas primeiras leituras (no 1º ano) e aconselho vivamente!
Link to post
Share on other sites
  • 1 month later...

Cada um pode puxar a brasa à sua sardinha. O que me aconteceu a certa altura, depois de umas quantas decepções, foi pura e simplesmente deixar de ler livros de arquitectura escritos por historiadores ou outros artistas que não arquitectos praticantes. Teoricos puros nada - só servem para dar nós na cabeça. Mesmo pensadores de renome como Rudolf Arnheim dificilmente podem ajudar-me com as questões práticas da nossa profissão.

Link to post
Share on other sites

Cada um pode puxar a brasa à sua sardinha.
O que me aconteceu a certa altura, depois de umas quantas decepções, foi pura e simplesmente deixar de ler livros de arquitectura escritos por historiadores ou outros artistas que não arquitectos praticantes. Teoricos puros nada - só servem para dar nós na cabeça. Mesmo pensadores de renome como Rudolf Arnheim dificilmente podem ajudar-me com as questões práticas da nossa profissão.



Vou fazer de conta que não li este comentário (...)
Link to post
Share on other sites

Para um aluno de arquitectura do 2ºano, que livros acham essenciais para ler?

Agradeço desde ja pela ajuda, e se ja houver algum topic sobre este assunto peço desculpa, mas nao encontrei..


Tendo gasto o meu precioso tempo escrevendo o comentário anterior, vou agora responder ao josephm.

Suponho josephm, que uma vez que estás no 2º ano de arquitectura necessites livros que te ajudem a desenvolver a capacidade reflexiva e crítica construtiva autónoma.
De facto, supondo que tenhas uma cadeira teórica, que tem como objectivo ajudar-te a seres capaz de ter a tua própria interpretação crítica e escolha independente através da reflexão sobre o pensamento e discurso de diversos autores, arquitectos ou não, críticos de arquitectura ou de arte, obras ou projectos, reconhecendo neles a génese, o desenvolvimento da componente teórica da Arquitectura assim como a sua crítica.
Pretende-se, de igual modo, que este reconhecimento se consolide através da assimilação de conhecimentos que permitam interpretar e interiorizar o discurso crítico, adquirindo referências gramaticais que auxiliem a descodificar linguagens (do discurso escrito ou do desenho), assim como através da necessidade e do apelo a procurar respostas de um ponto de vista pessoal às questões tratadas nos seus projectos.

Assim sendo, recomendo-te os seguintes livros:

ZUMTHOR, Peter; Atmosferas; Ed. Gustavo Gili; Barcelona; 2006;

ZUMTHOR, Peter; Pensar la Arquitectura; Ed. Gustavo Gili; Barcelona; 2004;

Le Corbusier; Por uma Arquitectura; Ed. Perspectiva; São Paulo; 1989;

CAMPO BAEZA, Alberto; A ideia construida; Ed. Caleidoscópio; 2004;

BACHELARD, Gaston; A Poética do Espaço; Antonio Danesi (trd.) Ed. Martins Fontes; São Paulo; 1989;

AA.VV.; Textos de Critica de Arquitectura comentados; Departamento de Proyectos ETSAM; 2003;

AA.VV.; Teoria da Arquitectura – do Renascimento aos nossos dias; Ed. Tachen; 2003;

AALTO, Alvar; La Humanización de la Arquitectura; Xavier Sust (Ed.); Tusquets Editores, S.A.; Barcelona; 1982

AUGÉ, Marc; Não-lugares, introdução a uma antropologia da sobremodernidade; Ed.Bertrand; 1998;

BENEVOLO, Leonardo; As origens da Urbanística Moderna; Editorial Presença; Lisboa; 1987;

KRUFT, Hanno-Walter; Historia de la teoría de la arquitectura – desde el siglo XIX hasta nuestros días; Pablo Diener Ojeda (trd.); vol.2; Alianza Editorial; Madrid 1990;

GIEDION, Sigfrid; Espaço, Tempo e Arquitectura; Alvamar Lamparelli (trd.); Ed. Martins Fontes; São Paulo; 2004;

AGUILÓ, Miguel; El Paisaje Construido – una aproximación a la idea de lugar; col. Ciencias, Humanidades e Ingenieria nº56; Colegio de Ingenieros de Caminos, Canales e Puertos; Editorial Castalia, S. A.; Madrid; 1999;

FRAMPTON, Kenneth; Historia crítica de la Arquitectura Moderna; Ed. Gustavo Gili; Barcelona; 1997;

DIEZ DEL CORRAL, Juan; Manual de crítica de la arquitectura; Ed. Biblioteca Nueva; Madrid; 2005;
CONWAY, H. e R. Roenisch; Understanding Architecture; Routledge; 2005;

CONRADS, Ulrich; Programmes et Manifestes de l’Architecture du XXème Siecle; Les Editions de la Villette, 1981;
Link to post
Share on other sites

uma vez como que na ansia de cortar caminho, perguntei a um excelente professor que tive, o que me aconselhava a ler, e ele pura e simplesmente disse: tudo. Daí Jose sempre que "vida" lhe puser um livro á frente, não hesite e leia-o e o seu proprio sentido critico que se vai desenvolvendo, fará que leia uns mais na diagonal que outros, mas sempre enriquecendo a sua "bagagem. complexidade e contradição, é um excelente livro e não me lembro agora do autor.

Link to post
Share on other sites

para o 2º ano sugiro

para conheceres o mundo:

o admiravel mundo novo do huxley,
o sexus, do miller, (se os teus pais forem muito religiosos lê antes o plexus, ao verem a capa não precisas de responder a perguntas inconvenientes)
um ou dois poemas avulsos do àlvaro de campos
as cronicas do MEC no público
o MEIN KANPF

para o coração tremer com arquitectura bonita

um qualquer manual de contrução civil
o livro do Atget, em promoção dos 25 anos Tachen
uma boa monografia do Siza
uma boa monografia do Venturi
uma boa monografia do Corbu

o Mies at work
o novo da Graça Correia sobre o Athouguia, com um belíssimo prefácio do Souto

e nunca é cedo para começar a estudar gestão, economia, marketing, qualquer coisa que te ensine a procurar e cativar clientes, porque arquitectura é tudo o que não vais fazer quando quiseres ser arquitecto

um escritório de arquitectura deve ser formado, além de ti por apenas 4 personagens

um comercial (para te procurar e cativar clientes, investimentos, enganar meio mundo)
um desenhador (que pode perfeitamente nos dias de hoje de ser um estagiário, para desenhar aquilo que tu não tens paciência para fazer)
um construtor-chefe ( bem pago para executar e fiscalizar em obra todos os pormenores que tu achas que fazem a diferença, mas apenas na tua cabeça, uma vez que nunca ninguém irá perceber que o pladur não toca na cantoneira que agarra a chapa de cobre que cobre o caixilho.
e um fotógrafo, que nos tempos da Internet, transformará a tua arquitectura naquilo que ela é hoje, imagem

Link to post
Share on other sites
  • 1 month later...

Olá, acho que deves acima de tudo adequar os livros às tuas ambições e preocupações. Os livros aqui falados, já li grande parte deles, e parecem todos entrecruzados nas abordagens aos temas, não fazendo a apologia de qualquer ideologia distinta, bastante cerrados alguns deles a isso, como os do Zumthor.. De história da arquitectura, e porque o movimento moderno já vai e devia ir longe, um livro muito acessível de ler (mas extremamente caro) é o do Montaner, depois do Movimento Moderno. (parece manteiga comparado com Frampton, que tb aconselho). Dos livros mais interessantes que li foi da GG Lacaton & Vassal, mas pq me identifico, não sei se sofres do mesmo...Bem, o melhor de ler é mesmo à boleia pela Galáxia do Douglas Adams, que abre os horizontes nas suas sátiras...

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.