Jump to content
Arquitectura.pt


Recommended Posts

Boas Estou a trabalhar sobre alminhas e após pesquisa surgiu-me uma dúvida: Existem referências de que algumas alminhas serviam para se parar enquanto se transportava o defunto para o cemitério e assim se rezar um reponso. Encontrei referências de que os locais onde se erguem são caminhos e encruzilhadas, estas últimas devido a ser encontro de bruxas e maus espíritos assim como locais de reunião de entes sobrenaturais daí o motivo da sua colocação nesses locais. Encontrei e ouvi dizer que serviam também de protecção à agricultura em contraste com pontos de oração pelas almas. Monumentos dos finais do século XVI, de origem popular. Encontrei um sítio onde diziam que eram variantes dos antigos altares romanos, uma evolução desses altares um milénio mais tarde. Alguém quer acrescentar algo relevante? Existem alminhas contemporâneas? Onde posso encontrá-las? :) Obrigado

Link to post
Share on other sites

Há, nas estradas onde algumas pessoas morrem, de acidente de viação ou similar, há pequenos altares de memoria, um pilar onde no aniversario da morte se vai colocar coroas de flores e similares, algumas zonas tem espaço próprio para inclusão de uma imagem de um santo. Mas isso não tem interesse nenhum em Arquitectura, pelo menos as actuais, porque são apenas apontamentos sem expressão arquitectónica. Mas quem sabe se há por ai um novo mercado a emergir ;)

Link to post
Share on other sites

Eheh... pois acho que há quem ache que tem interesse e por isso me propõe um exercício que é exactamente criar umas alminhas dedicadas a determinado santo. Entretanto já recolhi bastante informação sobre o tema e já foi gerada discussão ampla à volta do mesmo. Existe, então, a hierarquização dos elementos desses pontos de oração dedicada aos mais variados propósitos/evocações. Há, ainda, pormenores que me parecem ter alguma importância como o santo estar mais alto que a nossa cabeça; penso que as interpretações à volta disso possam ser distintas até por a posição/altura que estão colocadas algumas alminhas, talvez algumas sugiram que, para se cumprir esse pressuposto, o orador se tenha que ajoelhar. Não será exactamente arquitectura mas não deixa de o ser ao mesmo tempo, essencialmente num país maioritariamente cristão e onde estes elementos proliferam pelo país e têm um importante valor social na comunidade em que se inserem. Obrigado pela resposta Já agora pergunto se alguém tem conhecimento de algumas alminhas (re)construidas e de alguma forma mais contemporâneas.. penso que exista. Vi algo (talvez reconstruído, não conheço a zona) na zona da Areosa no Porto na direcção de Águas Santas, é recente mas não deixa de ser o "esteriótipo", talvez só em maior escala que a maioria das que cada um conhece.

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.