Jump to content
Arquitectura.pt


Casamento entre homosexuais


Recommended Posts

  • Replies 116
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Mas não deixa de ser curioso que essas tendências não se verificam nas crianças ... por que será?... pelo menos ainda não as observei, mas não me espanta que venha a ver, até porque as crianças involuntariamente estão sujeitas diariamente a ouvir falar destes hismos (...)
Há alguém que dizia:"O homosexualismo é um desvio comportamental que roça a sanidade, necessita de terapia e tem cura". Não será mesmo isso?


não se verifica em crianças? luis, estás redondamente enganado. presumo que não sejas professor da pré-primária/ primária/ ensino básico, pois não? a minha mãe é professora da pré primária e ficarias impressionado se te contasse os casos onde em miúdos de 4 anos, já é possível ver comportamentos e escolhas que indicam, que futuramente o serão. e aí até é mais fácil de observar, pois como são crianças, poucos lhes importa o carácter depreciativo que a sociedade lhes dará no futuro.

estas pessoas não "estão a aparecer mais" .. isso parece-me uma frase feita para a violencia doméstica... simplesmente cada vez mais as pessoas têm a coragem de sair do armário, é diferente. porque homossexuais sempre houve, basta ir até à grécia antiga :\

gostava de saber quem é que diz a frase que tu citaste.

margarida duarte

Link to post
Share on other sites

não se verifica em crianças? luis, estás redondamente enganado. presumo que não sejas professor da pré-primária/ primária/ ensino básico, pois não? a minha mãe é professora da pré primária e ficarias impressionado se te contasse os casos onde em miúdos de 4 anos, já é possível ver comportamentos e escolhas que indicam, que futuramente o serão. e aí até é mais fácil de observar, pois como são crianças, poucos lhes importa o carácter depreciativo que a sociedade lhes dará no futuro.

estas pessoas não "estão a aparecer mais" .. isso parece-me uma frase feita para a violencia doméstica... simplesmente cada vez mais as pessoas têm a coragem de sair do armário, é diferente. porque homossexuais sempre houve, basta ir até à grécia antiga


Embora tenha dito que ainda não tenha observado tais tendência nas crianças, não me espanta nem um pouco que existam, de facto, crianças até mesmo inacreditavelmente de apenas 4 anos de vida. No entanto, a que se deve esse comportamento em crianças tão novas? Não será porque lhes é "diariamente incutido"? Não será porque não têm, as míseras crianças, outro remédio senão estar expostas a tal ferocidade?

Não, não sou professor da pré-primária, primária, ensino básico, presumiste bem margarida (...)

E é claro que existem homossexuais desde tempos longínquos, até mesmo anterior a antiga Grécia (...) Mas isso quer dizer alguma coisa?... O facto de existir desde tempos remoto não é sinónimo de ser aceite.

estas pessoas não "estão a aparecer mais" .. isso parece-me uma frase feita para a violencia doméstica... simplesmente cada vez mais as pessoas têm a coragem de sair do armário, é diferente. porque homossexuais sempre houve, basta ir até à grécia antiga


Ora, a tua frase diz tudo. Quer dizer que existem pessoas que não assumem a sua homossexualidade porque a actual sociedade não os aceita como tal. Daí que vão ganhando coragem (“saem do armário”) (...) E o que dizer das crianças então? Também se pode dizer que "saem do armário"? Não me parece Margarida. As crianças aprendem aquilo que lhes ensinam. Absorvem tudo o que vêm. Também têm uma capacidade inata de percepcionarem o que os rodeiam. Mas alto lá, são apenas crianças (...)
Link to post
Share on other sites
mais uma vez falas sem saber. os casos que conheço são de crianças plenamente integradas no seio familiar e originárias de todo e qualquer tipo de família: pai e mãe, mãe e avó, só mãe.. (se é que me faço entender). e não, não estão "expostas a ferocidades" lol

o casamento é uma celebração de amor e deveria ser para toda a gente. já toda a gente está careca de saber a minha opinião. não vou desenvolver mais. começo a ficar cansada. não é nada contigo luis :) mas simplesmente não me apetece continuar a chover no molhado.

margarida duarte

Link to post
Share on other sites

Só a titulo de curiosidade...

O jornal Tribune de Minneapolis, E. U. A., de 14 de maio de 1972, publicou um artigo muito solidário com o movimento homossexual. Note as observações do escritor:

“Atrás de tudo isso sente-se o temor não expresso de que na pesquisa se descubra algum fator que possa fazer parecer possível mudar o alegre [apelido do homossexual] num normal. Eles não desejariam isso. Sentem-se felizes na sua alegria. Não querem ser normais.

“Lena Hardin, que junto com Mike McConnell é coordenadora do departamento de conversação da Casa Alegre, expressa isso do seguinte modo: ‘A única vantagem em ser normal é que você não é mais diferente. Os conceitos e considerações que os outros formam sobre você ficariam alterados. E, para dizer a verdade, isso não tem tanto valor assim. Ainda quero ser o que sou.’”


The Little Blue Book (O Livrinho Azul), dado aos estudantes da Universidade de Oxford, Inglaterra, tem o seguinte a dizer: “Muitos gays ‘deixam de ser enrustidos’ (i. e., revelam-se gays) quando estão na faculdade ou na universidade. Saindo de casa talvez pela primeira vez, é amiúde uma escapatória de certas pressões e expectativas. Ademais, os estudantes tendem a ser mais tolerantes e abertos para com os homossexuais, pelo menos em nível superficial.”


O guia gratuito para o ‘sexo dos gays’, intitulado “Panorama Gay”, da Universidade de Glasgow, Escócia, oferece o seguinte conselho: “Se verificar que se sente sexualmente atraído por pessoas do mesmo sexo que o seu, a melhor coisa a fazer é aceitar isso.”


O livro Homosexual Behavior (Comportamento Homossexual) explica que entre muitos homossexuais “existe o receio do compromisso interpessoal, da intimidade ou da responsabilidade . . . O impulso do sexo impessoal às vezes é de natureza enormemente compulsiva. Alguns dos indivíduos talvez participem em doze ou mais relações sexuais no decorrer de um mesmo dia ou noite.”


O informe The Harvard Medical School Mental Health Letter argumenta: “É extremamente improvável que hormônios pré-natais exerçam uma influência direta sobre . . . a sexualidade humana do mesmo modo como determinam os reflexos relacionados com o comportamento de acasalamento de ratos.”


De acordo com um administrador de prisão federal, nos E.U.A., a causa principal de assassinatos nas prisões é a actividade homossexual. Peter L. Nacci, Doutor em Filosofia, informou que numa investigação de oito homicídios num período de 26 meses, na Penitenciária de Lewisburg, descobriu-se que cinco foram causados por actividade homossexual. Acrescentou-se que 25 por cento de 37 outras agressões nessa prisão estavam relacionadas à actividade homossexual.

Josué Jacinto - Mais Fácil
My web: maisfacil.com | soimprimir.com | guialojasonline.maisfacil.com

Link to post
Share on other sites
Não se torna óbvio que é contra a natureza, pelo formato e pelas funções naturais dos órgãos do corpo? Não é homem com mulher a norma óbvia, e homem com homem a óbvia perversão?

Parece “natural” que duas lésbicas se unam sexualmente? Não é verdade que uma das duas muitas vezes precisa usar dum substituto artificial do órgão masculino para satisfazer a outra? E quanto aos homossexuais masculinos. Ambos podem afirmar ser homens, mas não precisa um deles assumir em certo sentido o papel de mulher? No caso dos homossexuais masculinos e femininos, de um modo ou de outro, é preciso prover um substituto para o que o sexo oposto provê de modo “natural”. Conforme diz o livro Homosexuality (Homossexualismo), da autoria da Sociedade de Psicanalistas Médicos, Comissão de Pesquisa: “É irracional tentar encontrar qualidades femininas num companheiro do sexo masculino.” Isso mostra que as acções dos homossexuais são ‘anormais e desnaturais’.

Muito do sexo homossexual é horripilante, violento e decisivamente sádico. Essa violência revela a ira e a dor por trás do supostamente “alegre” estilo de vida gay. É verdade que alguns homossexuais alegam que não são promíscuos. Mas homossexuais “monógamos” são a minoria, e seus relacionamentos geralmente são de curta duração.

O livro Homosexual Behavior diz que “as mulheres homossexuais sofrem significativamente mais de uso excessivo e abuso do álcool do que as mulheres heterossexuais.” Alguns pesquisadores também afirmam que as tentativas de suicídio são extremamente comuns entre rapazes homossexuais.

Por outro lado, o que contribui para a propagação do homossexualismo é a tendência de ele ser legalizado e aceite.

Curioso era o ambiente da Grécia antiga. Estimulado pelas histórias eróticas de deuses mitológicos, pelos escritos de filósofos como Platão e pela cultura do ginásio, onde os jovens se apresentavam nus, o homossexualismo tornou-se moda entre a elite no mundo de língua grega. Segundo o livro Love in Ancient Greece (O Amor na Grécia Antiga), “considerava-se vergonhoso um rapaz de boa família, em Creta, não ter um amante”.
Nenhum misterioso gene ou hormona causou essa decadência. Ela floresceu porque a cultura grega permitia; isso mesmo, porque a incentivava! Isso ilustra bem a forte influência que o ambiente pode exercer.

De modo que, não há dúvida de que a enxurrada de propaganda pró-homossexual também tem muito a ver com a disseminação do homossexualismo, e cada vez mais, infelizmente, (ou não).
Link to post
Share on other sites

Há crianças com 4 anos que ainda nao definiram a sua sexualidade porque nem sequer sabem que isso existe!! lol Os quatro anos é a idade da imitação... imitam tudo o que vêm! É frequente existirem crianças do sexo masculino que dizem ter um namorado do sexo masculino porque simplesmente ainda nao perceberam o que significa a palavra "namorado". Conheço um caso em que uma criança dizia ter um namorado e isso preocupava os pais, mas o que se vio a saber é que a criança pensava que o termo "namorado" se referia ao melhor amigo, ou seja, a criança com quem tinha maior convivencia era chamado "namorado", seja ele rapaz ou rapariga!! Há semanas em que este menino tinha namorado e outras semanas tinha namorada ... depende de com quem brincava!! Eu nao me atreveria a falar de homossexualidade infantil! Just my opinion!:)

Link to post
Share on other sites

Há crianças com 4 anos que ainda nao definiram a sua sexualidade porque nem sequer sabem que isso existe!! lol
Os quatro anos é a idade da imitação... imitam tudo o que vêm! É frequente existirem crianças do sexo masculino que dizem ter um namorado do sexo masculino porque simplesmente ainda nao perceberam o que significa a palavra "namorado". Conheço um caso em que uma criança dizia ter um namorado e isso preocupava os pais, mas o que se vio a saber é que a criança pensava que o termo "namorado" se referia ao melhor amigo, ou seja, a criança com quem tinha maior convivencia era chamado "namorado", seja ele rapaz ou rapariga!! Há semanas em que este menino tinha namorado e outras semanas tinha namorada ... depende de com quem brincava!!
Eu nao me atreveria a falar de homossexualidade infantil!
Just my opinion!:)


Ana é verdade o que dizes, que muitas vezes as crianças de 4 anos imitam o que veem, mas tambem te digo que há sinais que demonstram aquilo que as crianças são ou virão a ser um dia mais tarde. não é a minha opinião.quem o diz é uma profissional com 30 anos de carreira.

Muito do sexo homossexual é horripilante, violento e decisivamente sádico. Essa violência revela a ira e a dor por trás do supostamente “alegre” estilo de vida gay. É verdade que alguns homossexuais alegam que não são promíscuos. Mas homossexuais “monógamos” são a minoria, e seus relacionamentos geralmente são de curta duração.


o que dizer então do sexo praticado com algemas, chicotes, onde heterossexuais dão vazão as suas fantasias e fazem de caezinhos, que levam porrada e o melhor de tudo é que adoram!! lolol por favor... não vamos cair no ridiculo...

O livro Homosexual Behavior diz que “as mulheres homossexuais sofrem significativamente mais de uso excessivo e abuso do álcool do que as mulheres heterossexuais.” Alguns pesquisadores também afirmam que as tentativas de suicídio são extremamente comuns entre rapazes homossexuais.


as tentativas de suicídio são transversais a todos os adolescentes. ou é porque são homossexuais, ou é porque os pais se estao a divorciar, ou é porque o namorado acabou com a menina, ou é porque é gorda, ou é porque é feia, ou é porque é abusada em casa.... :\


Por outro lado, o que contribui para a propagação do homossexualismo é a tendência de ele ser legalizado e aceite.


isto não é uma droga, que assim que é legalizada toda a gente experimenta. aqui nao entra a historia do "fruto proibido é o mais apetecido" a não ser que alguém tenha duvidas sobre a sua sexualidade, e que queira experimentar... mas fá-lo sendo "legal" ou não... não é porque a partir de certa altura os homossexuais se podem casar.... (será que 80% dos espanhóis são agora homossexuais?) isto não é um virus......

margarida duarte

Link to post
Share on other sites

Mas como se pode dizer que uma criança de 4 anos tem escolhas sexuais? Se hoje elas dizem que gostam de uma coisa, e manha essa mesma coisa já dizem que não gostam? E falo isto por ter 2 irmãos mais novos... todos os dias, salvo seja, mudam de gostos. Agora expliquem-me como é que se pode saber quais as preferências sexuais de uma criança? Não serão os adultos que fazem essa catalogação? Não será, antes os adultos, que quando vem alguma criança a fazer algo, que para um adulto é indicativo de preferência sexual, diz logo o que a criança gosta? Ainda a tempos, mandaram-me um mail com um vídeo, de um bebe com 1 ano de idade se tanto, em cima de uma boneca a simular ter relações sexuais... Porque é que ele estava a ter essa atitude? Pela sua preferência sexual? Porque sentia o desejo de fazer sexo? Pergunto... como se pode catalogar uma criança que mal sabe o que significa "sexo", "amor", "namorar", etc?

Josué Jacinto - Mais Fácil
My web: maisfacil.com | soimprimir.com | guialojasonline.maisfacil.com

Link to post
Share on other sites
JAG exacto!há quem diga que as crianças têm desejos sexuais a nivel do inconsciente, para isso basta ler Freud... :) que diz ate um dos primeiros prazeres que têm é o de sucção (atraves da amamentação). Agora quase garanto que as crianças nao têm tendencias homossexuais nenhumas! Claro que as pessoas não nascem como se fossem uma tábua rasa e nos podemos fazer delas aquilo que queremos, mas a nivel de sexualidade elas nem sequer sabem o que isso significa e , se mais tarde começama a ter comportamentos homossexuais, duvido muito que seja genetico ou hormonal, é um produto do meio!!


deixo vos este texto
consciencia da identidade sexual
se perguntarmos a uma criança de 2 anos : es rapaz ou rapariga ? , serao muito poucas as crianças que não sabem a resposta, a maioria responde corrrectamente. aos 4 / 5 anos, a criança repara que o seu sexo se mantem constante pelo que as raparigas tomam a consciencia de que, mais tarde, serão mamãs, e começam as suas brincadeiras. aos 7 anos, a criança começa a ter consciencia de que existem diferenças no que toca a órgaos sexuais masculinos e femininos. as crianças nesta idade começam a reflectir se nos desenhhos animados que vê, livros infantis e até na profissão dos pais.
Independentemente do sexo biologico, a criança pode ser normalmente educada de acordo com o sexo que lhe foi inicialmente atribuido ou determinado sem dificuldades de maior, uma vez que os aspectos principais da identificação com determinado
papel sexual sao adquiridos atraves da aprendizagem.

PETER SMITH, HELEN COWIE E MARK BLADE - Compreender o desenvolvimento da criança
Link to post
Share on other sites
  • 2 years later...

O que!?
Essa agora é nova... é isto que eu mais critico!
E dizerem que já nascem assim ou dizerem que é uma doença!


Qualquer dia dizem que um ladrão, já nasceu ladrão... que um fumador já nasceu fumador... que um drogado já nasceu drogado... que uma prostituta já nasceu prostituta... etc...


Digam o que dizerem... o homossexualismo é uma opção!!!


Só se concordar que a heterossexualidade também é uma opção.

As pessoas homofóbicas são apenas ignorantes. Porque razão é que uma pessoa haveria de acordar um dia e decidir que vai passar a gostar de pessoas do mesmo sexo? É preciso ser-se muito ignorante para achar isso.

(Desenterro de tópicoO:))
Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.