Jump to content
Arquitectura.pt


Qual a opinião?  

22 members have voted

  1. 1. Qual a opinião?

    • Opá, até nem está muito mal mas...
      8
    • Deves ter a mania...
      3
    • Casas sem telhado, jasus meu deus...
      2
    • quando ganhar o Euromilhoes fazes a minha casa...
      9


Recommended Posts

Este é o meu primeiro trabalho aqui publicado...o qual deixo a vossa apreciação..
Trata-se de um estudo prévio para uma moradia situada na encosta do monte galeão em Darque, Viana do Castelo.
O terreno caracteriza-se por socalcos e a existência de uma ruína, a qual se encontra em avançado estado de degradação.
O programa da moradia é composto por T3 tendo depois na zona de lazer uma cozinha e sala de estar. A zona de entrada é composta por dois moveis de obra um que faz a separação com a zona de cozinha o outro uma pequena biblioteca.
A torção efectuada na moradia na parte da sala é para a absorver paisagem de poente, tendo a Foz do rio Lima como enquadramento.:rambo:

http://www.hi5.com/friend/photos/displayPhotoUser.do?photoId=1920346537&ownerId=8017114&albumId=194711971http://www.hi5.com/friend/photos/displayMyPhoto.do?photoId=1920322843&albumId=194711971&ownerId=8017114http://www.hi5.com/friend/photos/displayPhotoUser.do?photoId=1920284946&ownerId=8017114&albumId=194711971http://www.hi5.com/friend/photos/displayPhotoUser.do?photoId=1920270671&ownerId=8017114&albumId=194711971

Link to post
Share on other sites

Insight, na minha modesta opinião acho que estás no bom caminho, talvez, utilizando uma palavra que já ouvi por aqui, ainda com um pouco de ruido, nos elementos construtivos e revestimentos, mas como disse quase tudo muito positivo. Bom trabalho.

Link to post
Share on other sites

Obrigado, ainda estou na fase de experimentação, e é bem provável que no final o resultado se apresente um pouco diferente, por exemplo para o apoio da consola tenho 3 soluções optei pela mais minimalista... So espero é que o cliente pense o mesmo, acho que respondi as solicitações pretendidas, mas existem elementos que precisam de ser trabalhados, por exemplo aquela chaminé revestida a deck de madeira, penso que irei transportar para o interior.

Link to post
Share on other sites

No essêncial , gosto da solução formal... Quanto ao programa interior, tenho da informação disponível duas considerações... assim à 1ª vista: - A localização da TV não é a mais adequada (de frente para a janela), pois os utilizadores para verem alguma coisa terão que ter o vão sempre obscurecido... - As instalações sanitárias não cumprem o RGEU, e muito menos uma delas cumpre o DL 163/2007 (acessibilidades) Interessante Estudo prévio, cá espero novidades...

Quem cria renasce todos os dias...
Agua-Mestra, Lda
Não sou perfeito, mas sou muito critico...

Link to post
Share on other sites

Pedro obrigado, pela critica, eu quando coloquei era mesmo isso que esperava, criticas que me ajudem a complementar o projecto, tens toda a razão qnd referes o dec-lei 163, isto é apenas um estudo meramente formal contudo penso que nas IS comuns aos quarto tenho margem de manobra para efectuar aplicação do dec lei. outra coisa, se alguem me puder informar, a minha ideia seria a garagem ser um espaço aberto por baixo da moradia aproveitando o desnivel existente, (assim que possa colocarei informação grafica) também neste espaço tenho de ter percurso acessivél? outro apontamento, a moradia encontra-se num terreno com alguma pendente pelo que ideia inicial seria criar um degra, cota de soleira mais alto cerca de 0.175m em relação ao passeio exterior, quer dizer que tenho que optar por uma rampa, ou prever uma rampa?

Link to post
Share on other sites

Olá insight Ainda bem que partilhas o teu trabalho pois assim sempre podes receber opiniões e críticas sobre aquilo que fazes. Eu tenho uma crítica/questão que te gostava de fazer e que tem a ver com o desenho da planta e consequente expressão formal do projecto. Quando olho para a planta tenho sempre dificuldade em saber se acho interessante a organização interior ou se não me agrada nada. Creio que o que acontece aqui é que tens dois tipos de abordagem à organização interior. Por um lado tens todo um espaço amplo que vai desde a porta de entrada à cozinha e à sala e por outro tens um corredor com quartos, como aparecem em casas do joao alvaro rocha ou de souto de moura. Referências à parte, aquilo que me parece estranho e que penso que poderias valorizar muito mais é a forma como trabalhas essa torção. Porque tu tens afirmadamente dois elementos distintos, um módulo de quartos e um módulo de sala cozinha etc, com expressões espaciais completamente distintas. Aquilo que pergunto é porque é que não foste igualmente ambicioso em propor uma espacialidade interior tão ou mais interessante que a exterior? Isto porque a meu ver acaba por haver uma mistura de linguagens no teu projecto que penso que poderiam estar melhor trabalhadas em conjunto. Se por um lado procuras elevar a casa com aquela consola no exterior, por outro, o espaço interior acaba por surgir de uma forma tão directa da abordagem exterior que fico com pena que não seja de outra forma. Penso que com o que tens aí, tens pano pra mangas para tornar essa ideia em algo bastante mais interessante espacialmente. Em jeito de graça até me apetece dizer que espero que o cliente não goste da proposta para que tu tenhas a oportunidade de voltar a trabalhar nela :) Outra crítica que tenho mas relativamente aos aspectos gráficos, penso que essas imagens interiores que apresentas são bastante "barrocas" no sentido em que inseres tantos objectos no espaço (até garrafa de champanhe e os copos!) que a percepção espacial é totalmente secundarizada para as peças de mobiliário que aí aparecem. Penso que no final acaba por não valorizar a tua ideia projectual porque acabas por não representar realmente o espaço nem as suas relações com o exterior. E depois aquele bloco das camas :p parece que sempre que olho para a planta me saltam os olhos para as almofadas e para o lençol!! ;) Não leves a mal as minhas críticas, são puramente no sentido de te pôr a pensar um pouco mais sobre o teu trabalho! Espero que continues a actualizar este tópico com as informações actualizadas do projecto e posteriormente com as fotos de obra ;)

Link to post
Share on other sites

O estudo prévio está interessante, mas como o Pedro salienteou, tens aí algumas falhas graves. Nenhuma das instalações sanitárias cumpre o disposto no 163/2007, nem tem espaço potencial para isso, desde logo porque precisas de uma instalação sanitária completa com lavatório, sanita, bidé e base de chuveiro ou banheira, com áreas de manobra geral e de acesso a cada uma das peças. Outra coisa é que a i.s. de serviço não pode abrir directamente para a zona social (neste caso a sala), ou seja, a zona da sanita não pode comunicar directamente com essa área, pelo que se quiseres manter essa localização tens de considerar uma separação física entre a zona da sanita e a zona do lavatório. Do ponto de vista regulamentar, creio que tens de garantir o acesso a pessoas com mobilidade condicionada entre o local de parqueamento e a entrada da habitação, diria mesmo que devias considerar isso, mas como as coisas andam o melhor mesmo é consultar a entidade camarária para esclarecer se estão ou não a exigir isso. Falta informação sobre o terreno e os afastamentos às extremas, até porque assim não se sabe onde podes mexer... Formalmente, não percebo o porquê da torção da parede lateral da i.s. de apoio aos quartos, que nem é o ângulo das paredes da sala, nem das dos quartos. Penso que esse hall de entrada funcionaria melhor se essa parede estivesse paralela às paredes laterais dos quartos, até porque poderia ajudar-te a separar mais a i.s. de serviço da zona da sala. A dimensão dos quartos também parecem exageradamente pequenas, pelo menos a avaliar pelo tamanho das camas... Atenção ao grande envidraçado da sala a poente, porque assim não tem qualquer protecção solar... Apesar de tudo volumetricamente funciona bem, ainda que não seja referida ainformação sobre a envolvente. No fundo todas estas questões podem ser resolvidas nas fases que se seguirão. Apenas me faz alguma confusão que num estudo prévio tenhas dado tanto peso aos pormenores e às renderizações e descurado outras questões que serão mais importantes nesta fase... talvez seja a vontade de cativar o cliente :)

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites

Dreamer foi mais a vontade de experimentar a maquina nova renderizar (v8 como eu lhe chamo), mas tambem para experimentar o vray pois foi a primeira vez que utilizei e desconhecia as potencialidades, ahhh tb porque gostaria de efectuar 3d para outros arquitectos(modelei e renderizei esta moradia numa semana/semana e meia... lol, eu sei que existem questões formais a resolver, mas agradeço desde já as criticas construtivas que recebi ajudam-me a melhorar, é óptimo pois por vezes embrenhamo-nos tanto no projecto que não temos a lucidez para nos afastarmos e vermos o contexto global... relativamente ao projecto a minha margem de manobra não é muita neste momento assim como a área a construir pois não gostaria de ultrapassar os 150m2 por uma questão legal mas também de orçamento. relativamente ao wc acessivél irei estudar uma solução. dreamer a parede da cozinha e ao angulo que efectua com a da IS, alias com o movel da IS prende-.se com a necessidade de criar um efeito de retardamento da perspectiva... aumentando assim a noção de espaço... em breve actualizarei os elementos para que tenham uma melhor percepção da proposta mas também para incentivar a discussão... um obrigado desde já aos que contribuiram com as suas opiniões...

Link to post
Share on other sites

Não vou dizer muito mais do que foi dito, pois penso que todas as opiniões foram válidas. Tem só atenção que se deixas para segundo plano questões tipo o wc acessivel, quando fores a ver já a tua intenção inicial de desenho ficou adulterado. Porque como já foi dito, não tens ali muito espaço para adaptar.... Mas de qualquer forma, no geral, creio estar um bom trabalho. Já agora uma questão. Que programa usaste para fazer os 3d?

Link to post
Share on other sites

Para alem do que foi dito, esclarece-me uma coisa: Repara que o espaço que aparece depois da porta de entrada, aquele hall que dá acesso a cozinha, a sala, a I.S. e a porta do corredor dos quartos, é quase do tamanho da cozinha. Tirando o espaço para a própria entrada, o suficiente para caber o habitante e duas visitas ou 3, o que sobra é muito grande, em comparação imediata com a cozinha. Falta ali resolver essa questão... Qual a ideia para aquele espaço ?

Link to post
Share on other sites

Ora bem freelander, o 3d foi feito em autocad e depois 3dmax com motor de render vray e um tratamentozinho de photoshop, Bruno a questão que levantas é legitima, eu tinha pensado em criar naquele hall de recepcão uma mini biblioteca com um pequeno movel de apoio e para leitura mas face ao ter que adaptar o as IS para cumprir o artº 163, terei obviamente que repensar esse espaço... Já agora uma questão no dec-lei 163 as instalações sanitárias referem-se a colocação de Uma sanita, um lavatório, uma banheira, ou base de chuveiro acessivéis e um bidé. A minha questão é caso eu não coloque o bidé a minha I.S deixa de cumprir o os requisitos minimos, é que de todos os projectos que tenho feito até hije não me recordo de ter colocado um bidé em nenhum que fosse as pessoas simplesmente recusam-se a colocar uma peça que depois não usam... pois normalmente o que fazem num bidé, fazem no duche.

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

não vou falar de interiores,
tenho apenas uma dúvida e é precisamente na consola e nas vigas de suporte,
parecem me sub-dimensionadas, acho que terão de ser mais altas na sua extremidade e ficarem abaixo da lage mais uns centimentros, o vão tem quanto? cerca de quatro/cinco metros?



Obrigado, ainda estou na fase de experimentação, e é bem provável que no final o resultado se apresente um pouco diferente, por exemplo para o apoio da consola tenho 3 soluções optei pela mais minimalista... So espero é que o cliente pense o mesmo, acho que respondi as solicitações pretendidas, mas existem elementos que precisam de ser trabalhados, por exemplo aquela chaminé revestida a deck de madeira, penso que irei transportar para o interior.

Link to post
Share on other sites

O vão é de 4.5 e 5.0m respectivamente, também penso que os apoios terão que ser dimensionados, entretanto enviei a informação para um engenheiro que me irá fazer um pré-calculo e logo que posso responderei a esta questão com mais certezas... e não queria era que a estrutura se afirmasse muito, mas nessa parte os engenheiros é que mandam...(lol)

Link to post
Share on other sites

quase de certeza que aquelas vigas vão ficar mais altas,com mais impacto, atenção a isso no aspecto formal do projecto que me parece, uma das bases neste projecto.

O vão é de 4.5 e 5.0m respectivamente, também penso que os apoios terão que ser dimensionados, entretanto enviei a informação para um engenheiro que me irá fazer um pré-calculo e logo que posso responderei a esta questão com mais certezas... e não queria era que a estrutura se afirmasse muito, mas nessa parte os engenheiros é que mandam...(lol)

Link to post
Share on other sites

[attach]4364[/attach]
Casa Schnitzer-Bruch, Mühlgraben - Austria

A materialidade é completamente diferente, mas na estrutura do balanço podem-se encontrar algumas semelhanças.

No fundo acaba por ser uma forma inteligente para resolver visualmente a altura necessária da viga no seu ponto mais longíquo. Pode não ser solução para o teu caso, mas concerteza que servirá para te dar ideias para resolveres essa questão.

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Pois bem por esta hora estão os clientes a fazer contas a vida e eu pedi entretanto um orçamento provisório para a execução da moradia o qual deve rondar os 130 000€, o engenheiro qnd viu a consola ficou branco, ao qual eu respondi, se o Arq. Nuno Grande consegue um engenheiro que lhe calcula um balanço de 8 metros na casa de Carreço... a qual eu tive oportunidade de andar a saltar no topo da pala feito maluquinho na fase de construção (consequencia de o empreiteiro da fase de acabamentos ter sido um familiar) , não me digas que não consegues calcular uns simples 4.5 metritos. eheh.. ele disse que ia ver o que poderia fazer... Ah entretanto e acerca daquele balanço ele disse que a solução pode passar por uma casca de betão reforçada pela vigas existentes... Bem vamos lá ver o que isso dará... Já agora alguem me perdoe a ignrancia andei a consultar o 163 e ok lá existe relativamente as habitações a referencia de uma ISanitaria Acessivél. a minha questão e desculpem desde já qq coisa mas é que a lei infelizmente tem diversas interpretações: As habitação que referem lá é plurifamiliar(edificios com varios pisos e elevador), ou também abrangem moradias unifamiliares tipo R/Chão. Outra questão quer dizer que com a entrada do novo decreto lei sou obrigado a ter uma rampa na entrada, não posso ter degraus, tipo 1 ou 2... e o mesmo se aplica as zonas internas da casa? tipo não posso fazer um desfasamento entre por exemplo sala de estar e sala de jantar de um degrau... e outra questão maior parte dos meus clientes pedem-me para não colocar bidé nas ISanitárias, é uma obrigatoriedade? Pois eles dizem que o que fazem no bidé fazem perfeitamente numa banheira ou numa base de chuveiro. :nervos:

Link to post
Share on other sites

O 163 aplica-se igualmente às habitações uni-familiares, de 1 ou mais pisos. Quanto à questão dos degraus, é melhor consultares a edilidade dessa zona, porque nestes tempos ainda vão aparecendo várias interpretações. Digo-te que já aprovei projectos com degraus nos acessos, "apenas" precavendo a possibilidade de existência de meios mecânicos de auxílio caso seja necessário, mas já soube de casos em que dizem que nesses casos tem de se equipar logo a escadaria com esses meios mecânicos. Como deves compreender, no interior da habitação essa questão também se coloca. Quanto ao bidé, penso ser obrigatório.

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites

Pois bem por esta hora estão os clientes a fazer contas a vida e eu pedi entretanto um orçamento provisório para a execução da moradia o qual deve rondar os 130 000€, o engenheiro qnd viu a consola ficou branco, ao qual eu respondi, se o Arq. Nuno Grande consegue um engenheiro que lhe calcula um balanço de 8 metros na casa de Carreço... a qual eu tive oportunidade de andar a saltar no topo da pala feito maluquinho na fase de construção (consequencia de o empreiteiro da fase de acabamentos ter sido um familiar) , não me digas que não consegues calcular uns simples 4.5 metritos. eheh.. ele disse que ia ver o que poderia fazer... Ah entretanto e acerca daquele balanço ele disse que a solução pode passar por uma casca de betão reforçada pela vigas existentes... Bem vamos lá ver o que isso dará...



os problemas que podes ter é o aumento no orçamento, e uma maior dimensão como disse nas vigas, de resto claro que se pode fazer facilmente.
mas atenção a casa de Carreço é diferente, a consola não é para habitar"", logo as forças a suportar são menores, logo as vigas menores, outra coisa esse projecto é do arq. Nuno Grande e do arq. Pedro Gadanho este último meu conhecido tinha de fazer referência a isso.
força com isso não vejo nenhum impedimento na consola.
cumprimentos
Link to post
Share on other sites
  • 4 weeks later...

Curiosamente eu moro em Carreço, e essa casa é a 100m da minha pelo que quando estava em construção tive o privilegio de saltar na consola.. ehehe.. foi a empresa do meu tipo que construiu, pelo menos a parte de acabamentos.. obtive já uma resposta por parte do engenheiro e ele disse-me que a partida não haveria problema apenas teriam que ser um pouco maiores os apoios, mas nada de especial... Por outro lado sugeriu-me a possiblidade de os apoios serem efectuados com perfis metálicos recobridos depois a betão... a pensasr em funcão do orçamento... ahhh outra coisa a partida a sala será efectuada com recurso a uma casca de betão recoberta com capoto diminuindo assim o peso e aumentado a sustentabilidade... Outra coisa se alguem estiver interressado em realizar a casa.. o dono vende o terreno que tem 928m2 por 75 000€ com vistas para Viana do Castelo. Ahh e o custo da moradia ronda os 125000/130000€!! tá baratinho :koolhas: Chegamos a conclusão que ele vai remodelar a que tem perto da praia e vende o terreno pra fazer face as obras... Se alguem estiver interessado em Morar em viana do castelo... pelo preço de um apartamento tem... uma moradia :):palmas::s

Link to post
Share on other sites
  • 3 weeks later...

Recebi finalmente o orçamento para a moradia, é óbvio que sofrerá ajustes aquando da elaboração dos projectos das especialidades, mas cifra-se na quantia de 136.000€ não muito longe da estimativa orçamental efectuada. Estão obviamente excluídos os arranjos exteriores e a piscina.. ma s penso que para a moradia em causa é um preço aceitável... Vou dentro em breve meter o estudo prévio a CMunicipal, só me resta cruzar os dedos e rezar.. :rolleyes:

Link to post
Share on other sites
  • 2 months later...

Gostei bastante das imagens Insight no entanto e na minha modesta opinião aqui vão o que julgo serem alguns conselhos.

Tenta tirar algum do brilho nas paredes, de facto, o reboco areado fino pintado a branco, não costuma ter brilho mas apenas algum relevo "bump"

Podes adicionar algum bump na água para simular algum movimento se não for essa a intenção tudo bem mas parece ainda muito "espelho".

Trabalha com um pouco mais de definição nas sombras e terás melhores resultados junto dos objectos.

Um pequeno truque é não deixares os objectos colados ao chão mas sim 0.5cm do chão forçando um sombra que resulta num maior realismo.

Gostei muito mesmo dos interiores só terás de ter maior cuidado para não deixar quaimar a luza junto dos brancos, se trabalhares melhor as sombras e o ambiente terás melhor qualidade na luz sem queimar os brancos.

De resto estás de parabéns.

Link to post
Share on other sites
  • 1 month later...

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.