Jump to content
Arquitectura.pt


Beijing | Estadio Olimpico | Jacques Herzog e Pierre de Meuron


Recommended Posts

  • Replies 112
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Realmente temos aqui uma boa obra arquitectónica...

Se a arquitectura esta aqui a ser usada como meio publicitário não sei, mas caso seja essa a situação acho que estão a conseguir porque estas obras estão fantasticas. Cada uma à sua maneira mas simple

estamos falar de chineses....eles vendem tudo e mais alguma coisa!!

  • 1 month later...
"Only an Idiot Would Have Said No"

É com este título que o SPIEGEL online define a reportagem com Jacques Herzog.

No artigo pode-se saber um pouco mais sobre as motivações e preocupações por trás da equipa de arquitectos da peça que é já um símbolo da arquitectura mundial. Nas palavras de Herzog revelam-se as motivações pessoais, o lado político e a conversa estende-se até à sua perspectiva cada vez mais crescentes limitações dos arquitectos no estaleiro.

Vale a pena a leitura. Fica aqui um aperitivo:

"Only an Idiot Would Have Said No"

[...] We see the stadium as a type of Trojan horse. We fulfilled the spatial program we were given, but interpreted it in such a way that it can be used in different ways along it perimeters. As a result, we made everyday meeting places possible in locations that are not easily monitored, places with all kinds of niches and smaller segments. In other words, no public parade grounds.

[...]

But the stadium itself is more like a mountain with all kinds of different routes and paths where people can run into each other in unexpected ways. Although we have done similar things with museums in London and Barcelona, in a country like China these kinds of urban spaces acquire a different, almost political meaning. We think that many people in Beijing will understand it this way and use it for their pleasure, because the Chinese generally value public space -- more, at any rate, than we have observed elsewhere. [...]


Link:
http://www.spiegel.de/international/world/0,1518,569011,00.html

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites

Este estádio é muito interessante. Beijing(Pequim) tá correndo atrás de um prestígio global e vem utilizando a arquitetura para isso. Muitos críticos criticam esse uso como meio de divulgação de uma cidade(reduzindo a arquitetura a uma forma de publicidade/espetacularização visual), mas pessoalmente acho que o resultado tá ficando bem legal.

Link to post
Share on other sites

Este estádio é muito interessante. Beijing(Pequim) tá correndo atrás de um prestígio global e vem utilizando a arquitetura para isso. Muitos críticos criticam esse uso como meio de divulgação de uma cidade(reduzindo a arquitetura a uma forma de publicidade/espetacularização visual), mas pessoalmente acho que o resultado tá ficando bem legal.

Link to post
Share on other sites

Este estádio é muito interessante. Beijing(Pequim) tá correndo atrás de um prestígio global e vem utilizando a arquitetura para isso. Muitos críticos criticam esse uso como meio de divulgação de uma cidade(reduzindo a arquitetura a uma forma de publicidade/espetacularização visual), mas pessoalmente acho que o resultado tá ficando bem legal.

Link to post
Share on other sites

Já concluído, ou muito próximo disso, é possível ver-se a diferença entre os renders iniciais e a realidade. Não quero colocar aqui em causa o projecto em si, porque como já tive a oportunidade de dizer algumas vezes, acho-o extremamente interessante, apenas pretendo questionar a forma como estes projectos são "vendidos", principalmente nas imagens nocturnas, cheias de luz e de brilhos.

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites

Já concluído, ou muito próximo disso, é possível ver-se a diferença entre os renders iniciais e a realidade. [ATTACH]4954[/ATTACH]Vs.[ATTACH]4951[/ATTACH] [ATTACH]4952[/ATTACH]Vs.[ATTACH]4953[/ATTACH] Não quero colocar aqui em causa o projecto em si, porque como já tive a oportunidade de dizer algumas vezes, acho-o extremamente interessante, apenas pretendo questionar a forma como estes projectos são "vendidos", principalmente nas imagens nocturnas, cheias de luz e de brilhos.

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.