Jump to content
Arquitectura.pt


O ArchiCAD 12 está aí


Guest Victor@ArchiCAD@Infor

Recommended Posts

Guest Victor@ArchiCAD@Infor
a qualidade, as opiniões, os gostos, as cores, as ideias, o juizo, o rigor, o bom, o mau, a diferença, a arquitectura, etc... tudo isso é subjectivo.


Continuo a dar-lhe razão... Mas está a tentar deturpar as coisas. Fazer um projecto como quero e como eu penso é de facto puder chegar ao mesmo resultado de várias formas. Mas será que os outros softwares não são assim também??? Ou é as limitações do archicad que se têm de transformar num potencial, porque assim cada qual faz como quer, e não dá jeito reconhecer que seria melhor se fosse como outro software já o faz??? O Miguel faz-me lembrar o típico fanboy, no seu caso de Archicad. Por muito que lhe demonstrem que há coisas que se fazem de forma mais simples de outra forma ou com outro software, o Miguel prefere ficar com o seu ego bem lá em cima, contornar a questão e desviar para canto, dizendo que assim dá-lhe mais liberdade... Mas como cada qual é livre de escolher o que quer e como quer, não leve isto como sendo uma crítica destrutiva. É uma característica sua (não é qualidade nem defeito).

Assim como há mais coisas na vida para além da arquitectura e dos softwares, também há muitas outras coisas na nossa profissão que são melhores que o Archicad. Reconheço aqui que também os outros têm coisas más, e até que não têm solução (sem recorrer ao 2d ou à modelação há unha), e que os outros também têm limitações. Todos têm potencial. Todos têm coisas boas que os outros também querem, e todos têm coisas más que os outros tentam evitar.

Não é isso que aqui está em questão. Simplesmente, e volto a insistir, o nosso objectivo é dar informação às pessoas, não tentar vender o quer que seja (eu não ganho nada com isto), não tentar provar o que quer que seja (aliás eu queria é que me demonstrassem a mim as coisas para também eu aprender algo que pudesse não saber - não é o caso). Cada utilizador é que deve escolher aquele que mais lhe convém, mas deve fazer uma escolha informada.

Dizer que o Revit é mau só porque pertence à Autodesk é um erro. Usar o Archicad só porque é em Português e pertence a uma empresa Europeia é igualmente um erro, na minha opinião. Devemos escolher um software pela sua qualidade e não pelo que o representa ou quem o representa. A BMW e a Mercedes têm bons e maus carros. É como não gostar dos Lexus só porque são Toyota. É apenas e só uma decisão tomada por uma razão mesquinha e inconsciente.

A qualidade quando bem analisada é superior a qualquer outra coisa... É como um projecto de arquitectura... A qualidade do projecto não está na qualidade do desenho técnico, mas na qualidade do projecto, do espaço, do objecto. A qualidade não está nos renders bonitinhos, nem nos desenhos coloridos, está no valor que o objecto tem enquanto objecto de arquitectura. A qualidade é algo que pode ser quantificado, qualificado, é rigorosa e absoluta; um juízo de gosto é apenas uma opinião, um juízo de valor depende do sujeito que o tece... A qualidade é transparente e absoluta....

Link to post
Share on other sites
  • Replies 267
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Esse, meu caro, é o âmago da questão...

Não podes depreender que dou mais importância á empresa que ao software. Dou importância a ambos, não escolho ignorar a empresa só porque esta goza de má imagem. Só mudaria no dia em que o Archicad

miguel é de louvar as tuas atitudes de partilha de conhecimentos com os mais novatos pois hoje em dia nem toda a gente está disposta a faze-lo, nem mesmo quase a pagar, quanto mais "à borlix". por iss

Afinal paredes inclinadas sempre são brincadeira de bebé! Pois!


Eu quando me referi a paredes inclinadas estava a referir-me a paredes inclinadas no comprimento, e expliquei que há um outro post aqui sobre esse assunto. Não me estava a referir na alteração da inclinação do pano de parede em si. Acho que fui suficientemente explicito. Acho que ir à tabela e escolher qual é a inclinação da parede é simples e até o utilizador menos experiente do archicad tropeça por essa opção. Agora inclinar a parte de cima da parede é como eu disse com recurso a elementos extra (cobertura ou operações de elementos sólidos). Aconselho a ler as coisas com cuidado para não deturpar informações.

Aquilo que eu disse é que quando tenho um componente, normalmente esse componente é o que me interessa para as medições. No caso em questão era da parede dupla que falávamos - esta pode ser facilmente medida através da listagem.


É facilmente medida mas não lhe dá as quantidades que quer e como quer. Experimente através da listagem a quantificar os metros quadrados de alvenaria de tijolo de uma parede composta? Experimente e veja os resultados.

Quanto á visibilidade das linhas de separação, lamento, mas já experimentei há muito tempo. Deve haver um problema com a sua versão do Archicad.


Se é um problema da versão então fica aqui em comunicado que a versão 10 tem esse problema, a 11 tem esse problema e a 12 ainda não testei... Ainda não há em português. Se é um erro resolvam e não o perdurem. É assim que a Graphisoft houve os clientes e os acompanha? Não é isso que aqui vendem. Chamei a atenção deste problema e a resposta é que estava a ser demasiado exigente. Que tinha a fasquia muito elevada na exigência de um software. Enfim... Bela resposta...

Quanto ao trabalho com linhas e tramas (consolidação). Penso que é uma ferramenta destinada precisamente a facilitar os casos em que é necessária edição de 2d. Por exemplo exportação para edição noutros programas 2d. De facto parece haver no Archicad a preocupação de trabalhar e interagir com outros programas externos...


Então significa que tenho de ter trabalho adicional sempre que quero exportar um trabalho para outros softwares, isto nas suas palavras... Não me parece que tenha sido com esse intuito que foi criada, mas se o senhor o diz, quem sou eu para contradizer. Mas ainda assim, e pegando no que diz, não acho que seja de louvar o facto de ter trabalho adicional sempre que tenho de enviar um desenho noutro formato ou para outro software.

Quando o Rui Venda diz "Quanto à sua nota à versão 12, ainda bem que assim é. Assim não tem de esperar 5 ou 10 minutos pela geração de um corte ou alçado" revela má vontade. Ou então está a tentar fazer o que os linguistas chamam uma hipérbole.


Lamento mas não é má vontade. Se quiser demonstro-lhe a veracidade do que estou a afirmar (e não é com um pc de há 5 anos atrás). Se quiser demonstro-lhe como um simples pavilhão industrial (com todas as estruturas metálicas que a ele estão inerentes), que leva em média entre 8-12 minutos para calcular cada corte... Sim é mais rápido que desenhar o corte todo à mão. Mas esperar 8-12 minutos de cada vez que se tem de actualizar não me parece uma boa ideia. Se o archicad melhorou nesse aspecto óptimo. Ainda bem, porque sempre considerei estas esperas absurdas. Para audar a esclarecer estou a falar de um computador MAC intel quad-core 2,8ghz, com 8gb de ram e disco pra dar e vender. Acho que o problema não está na capacidade de processamento.

De qualquer forma acho importante que o Rui Venda faça as suas críticas porque algumas (aquelas que revelam inteligência) podem ajudar a melhorar o Archicad. Os maiores apreciadores são sempre os mais críticos e isto é verdade tanto para o vinho como para o Archicad.


Ainda bem que há quem reconheça virtude nas críticas. Muita gente pensa que eu quero destruir o Archicad. É pá, no dia em que o Archicad resolver os seus issues, tanto melhor, tornasse um produto melhor e mais apetecível e o mercado aplaude. E quem sabe se o não voltarei a usar. Há quem veja as críticas como algo negativo e não como uma oportunidade de pegar nas criticas e criar soluções para os problemas - não é senhor Victor Silva. É preferível continuar a cantar a canção do bandido, fugir com o rabinho aos problemas, e dizer "tás a pôr a fasquia alta demais".... "O que tu queres ainda não existe... Isso que pretendes não é BIM... etc"

E com isto ficamos na mesma... Com uma excepção... Tudo é subjectivo, mas a qualidade não é...
Link to post
Share on other sites
Guest Victor@ArchiCAD@Infor

Rui,

Eu tenho estado a acompanhar os ultimos posts e a não interferir, salvo se achar que o mesmo é relevante. Neste momento existem utilizadores a participar neste topico, com muita experiencia em ArchiCAD e inteligencia suficiente para falar da sua experiencia na utilização do software, porque agora e como era o meu objectivo desde o inicio, consegui despertar o interesse no tema e trazer os verdadeiros e positivos utilizadores do grande software BIM que é o ArchiCAD. Durante este periodo, sucederam alguns episodios, diria bastante interessantes (para mim) com alguns membros deste forum e para bem do debate decidi não interferir em assuntos tecnicos a não ser que os mesmos saissem do "tom". Decidi desse modo "respeitar" o debate e resistir o maximo possivel ás provocações.
Parece-me que não estás contente com o debate e estás a procurar confrontar-me pessoalmente que como sabes até gosto e não levo a mal.
Mas tambem me conheces e sabes que gosto responder na "mesma moeda". É aquela coisa do "contraditorio" que está na moda.

Posto isto e em sinal de respeito ao presente debate, solicito ao administrador Connecty, responsavel deste forum (que muitas me chamou a atenção pelo meu "comportamento") autorização para responder em publico e no mesmo tom, ao membro Rui Venda, que conforme podem verificar e sem qualquer razão aparente (a não ser que pensa que me provoca!) lança-me no meio do debate, perfeitamente desenquadrado do tema e sem tão pouco o Victor Silva estar envolvido neste assunto, pelas razões que apontei anteriormente.

Administrador Connecty agradeço resposta com a sua decisão ao meu pedido?

Obg.

P.S. Para alem disto tudo à que dizer... estou de férias!


"Há quem veja as críticas como algo negativo e não como uma oportunidade de pegar nas criticas e criar soluções para os problemas - não é senhor Victor Silva. É preferível continuar a cantar a canção do bandido, fugir com o rabinho aos problemas, e dizer "tás a pôr a fasquia alta demais".... "O que tu queres ainda não existe... Isso que pretendes não é BIM... etc"

Link to post
Share on other sites

Penso que não ofendi ninguém e estava apenas a mostrar a minha posição. Tudo o que foi escrito é verdade. Ambos o sabemos. Se quiseres podes responder em privado que também não me importo. Assumo o meus erros e as minhas culpas. O facto de te ter mencionado vem do facto de todos os utilizadores Archicad "sofrerem" do mesmo sindrome (brincadeira). Tudo é bonito e tudo se faz, mas quando se trata de debater coisas concretas e reconhecer faltas/falhas ou coisas que são melhores noutras soluções, não o fazem. O meu intuito não foi provocar ninguém, mas explicitar o que tu como vendedor/representante Archicad fizeste comigo quando te levantei problemas. Claro que poderás ter tido essa atitude de forma isolada, e com os restantes clientes não usas os mesmos argumentos e a mesma agressividade, mas isso já não é problema meu.... Acho que cliente mal servido não volta à mesma casa... E já lá vão duas vezes e sempre pela mesma razão de fundo - Archicad. Afinal... Sou eu que sou exigente demais ou é o software que responde de menos? Ou são ambas? Também se pode dar o caso.... Lamento se ofendi alguém, mas tentei que as minhas palavras não ferissem susceptibilidades......

Link to post
Share on other sites

Caro Rui Venda Quanto às paredes inclinadas no comprimento (lamento não ter percebido, mas a questão, a meu ver também não estava bem explícita, não quis deturpar nada). Não vejo que seja um problema fazer uma operação booleana. Com a frequência com que aparece esta situação... para mim pelo menos este problema nem se coloca. As quantidades que eu obtenho são as que me interessam para fazer um mapa de quantidades para orçamentação. Neste sentido, os metros quadrados que me interessam são os da parede composta. Ou seja, na prática a mim - arquitecto - o que interessa é medir a parede composta e não os componentes individualmente. Mas isso não retira virtude à sua crítica que eu próprio já fiz criticas desse teor ao Archicad: Há que desenvolver o potencial interno que existe através de um interface mais amigável para editar e customizar as listas (lists) que são muito mais complexas e completas do que as tabelas (schedules). Continue a criticar este ponto que eu agradeço. As linhas de separação dos elementos de vãos em corte eram um problema já resolvido na versão 11 que eu usava até há umas semanas atrás. O resto da questão não tem a ver comigo... Consolidação 2d: De facto nunca usei essa ferramenta, mas se existe é porque houve necessidade de responder a uma solicitação de alguém. A exportação dwg permite uma série de opções e até personalização do método de exportação do ficheiro 2d final, por isso não vale a pena exagerar. O que quis dizer é que suspeito que deve ter havido a expressão de uma necessidade por parte de alguns utilizadores no sentido de terem uma ferramenta que possibilitasse uma edição gráfica rápida e fácil uma vez que a exportação 2d leva consigo sempre muitos elementos "parasitas" como tramas e linhas sobrepostas. Lamento a má experiência em termos de tempo de regeneração dos cortes e alçados, mas essa não é a minha experiência. Tenho a certeza que essa também não é a (má) experiência do utilizador comum porque se assim fosse o trabalho tornava-se impossível e decerto não haveria utilizadores Archicad. Eu pelo menos já tinha desistido. Mas reafirmo a boa (excelente) experiência relativamente à velocidade da versão 12. Só uma nota final sobre a minha noção de qualidade (aprendida com os investigadores do LNEC): Qualidade= Adequação do produto ao utilizador!

Link to post
Share on other sites

... de facto os bits e os Bytes transmitem carga emocional. só pode. Tenho cá para mim essa teoria ... e às vezes tb acontece cmg. Penso q temos matéria mais do q suficiente para criar um verdadeiro fórum de discussão pt sobre BIM, aberto a todos os softwares e à partilha de experiência nas várias plataformas tecnológicas ... sem exclusão ... Acho q todos nós, independentemente das nossas preferências, devemos estar sempre preparados para toda e qualquer eventualidade a nível de softwar ... prontos a agarrar oportunidades ... se me surgir pela frente a oportunidade de um bom projecto e o cliente exigir Allplan ... só tenho de aceitar o desafio, dar cordas ao sapato e desenrascar ... e mesmo q o trabalho seja desenvolvido em outsourcing eu tenho de perceber minimamente do assunto. Por isso, como profissional tenho de mostrar alguma flexibilidade em relação à ferramenta de trabalho e sem qualquer comprometimento a um a outro fabricante, até porque a bem da verdade, como clientes teremos razões de queixa de todos eles, nenhum deles é santinho ... querem todos o mesmo €€€! nesse aspecto, hoje em dia até a Santa Casa quer a sua parte €€€ :D Eu fiz a minha escolha tecnológica pelo REVIT ... mas não sou propriamente cego, ao ponto de não reconhecer todos esses aspectos de preços e outras práticas ... e irei continuar a estar atento. Se eu conseguir descortinar um produto com as mesmas características q eu vi no revit a preços mais competitivos, não tenham a mínima dúvida q invisto noutro produto. Satisfação do cliente é das coisas mais importantes num negócio ... e nisso não há exclusividade q nos valham ... Como user, eu ganharia imenso se visse no AC 12 (ou em futuras versões) a simplicidade e as outras características q sinto no Revit ... e é isso q eu espero q venha a acontecer não só com o AC, mas tb com os outros softs (Allplan, Vector, Bentley, Gehry, etc ...)

Link to post
Share on other sites

Boa noite, bem, confesso que este é o primeiro tred que li deste forum desde que me registei... Fui à estatística e pensei: por onde começo! Caí neste... Demorei 2 dias a le-lo, li na diagonal e voltei atrás, ri-me, achei piada a algumas coisas que se foram dizendo e posso concluir, depois de ler o ultimo Post, que é fantástico ;) Sério... A todos peço que iniciem a leitura do tred e vejam como evoluiu ;) Tudo começa com a apresentação do ArchiCad, uns falam do que sabem, outros do que ouvem e outros do que pensam saber, passando pela chegada de um membro vindo de férias que ataca pessoalmente alguns dos membros de forma incrível, alguns deles que passaram de presas "fáceis" tornam-se grandes intervenientes na troca de experiencias de Revit, Archicad...e até de Allplan! (já agora, que sabem do Allplan? Sei que é dos melhores BIM do mercado mas que é dos mais caros; confirma-se? Onde e como consigo arranjar informação sobre ele?). O mais curioso é a forma subtil de como o membro vindo de férias consegue passar de besta a bestial e ainda aclamado por alguns... ;):D Continuam a discutir e a passar horas a fio a dizer que o meu é melhor que o teu e que isto e aquilo... enfim, chover no molhado. O meu Fiat 500 dá para tudo e leva-me a todo o lado XD Sim, são informações interessantes e consegui aprender muito mas com muita dificuldade. Essencialmente aprendi que não vale a pena os confrontos pessoais, que não vale a pena desviarmos os assuntos do tred em causa... Mas também tem partes muito positivas e no meio. Como dizia um de vocês, sempre se consegue falar de BIM. Mas por favor, deixem os ataques pessoais... Continuem que estão no bom caminho... mas não percam tempo com isso! Aceitem o meu desafio e leiam o tópico todo ;) É interessante e não dá insónias ;) Percebi logo o que gerou muita atenção pelos membros do forum; vêm muitos ver mas só participam os mesmos ;) Abraço a todos PS: trabalho com o zwcad :)

Link to post
Share on other sites
Guest Victor@ArchiCAD@Infor

Não resisto.... lá vai.

Tu não tens credibilidade nenhuma, nem tem valor nenhum o que dizes sobre o ArchiCAD, AutoCAD Revit, Allplan, etc.
Foste tu que aconselhaste a comprar o ArchiCAD, mesmo depois segundo dizes conheceres e achares o AutoCAD Revit melhor.
Eu proprio em conversas pessoais com alguns dos gestores (de quem sou amigo pessoal) do forum revitpt, comentavam que já não aguentavam o Rui Venda mais as suas malvadas criticas ao AutoCAD Revit e enormes elogios ás capacidades e qualidades do ArchiCAD, software que na altura ele defendia com unhas e dentes.
Um ex. membro deste forum o DEF (Arquitecto Décio Ferreira) pode confirmar isto que afirmo.

Para que todos possam ajuizar o que o o Rui Venda diz e verificarem a falta de valor e isenção nas opiniões dele dos softwares acima referidos vou citar alquem que ambos conhecemos e isso servirá para ajuizar o seu comportamento ao estilo que ele descreve nas opiniões e criticas destrutivas neste e noutros foruns, disse o seguinte em email para mim no mesmo dia em que assistiu á apresentação das novidades do ArchiCAD 12 na TB Store em Lisboa e da apresentação de um projecto do arquitecto Nuno Lagartinho da www.eao-portugal.com do Hotel a construir em Angola, todo ele feito em ArchiCAD BIM desde a concepção da ideia ao projecto de execução.:

" Assunto: Sessão de 11 de julho

Caro Vitor Silva

Foi com satisfação que assisti à vossa sessão de apresentação do ArchiCAD 12. Confesso-lhe que andava um pouco angustiado com a compra do produto . Depois desta sessão mudei de opinião. Como certamente se recordará, eu tenho duas licenças que comprei; com essa aquisição ainda tenho 9h de formação gratuita as quais quero aproveitar. Depois logo se verá, mas gostei da apresentação do Arqtº Nuno Colaço. Equaciono fazer formação com ele, uma vez que me pareceu bem preparado.

Cumprimentos"


Desculpem-me pessoal, participantes deste debate... mas não consegui resistir. Tinha esta aqui guardada e tinha que soltar....

Rui,

Quem semeia ventos, colhe tempestades.

Se não tens nada a acrescentar de util ao debate, é melhor que não participes nele.
O teu discurso está gasto e estás-te sempre a repetir.
Como referi anteriormente, já disseste mal do AutoCAD Revit, agora é do ArchiCAD, amanha será do Allplan ou o VectorWorks.
Como te disse muitas vezes, o problema não está nos softwares que dizes que utilizas, mas o problema está em ti.
Não tentes envenenar com as tuas "opiniões" aqueles que realmente procuram informação util sobre os softwares.


Penso que não ofendi ninguém e estava apenas a mostrar a minha posição. Tudo o que foi escrito é verdade. Ambos o sabemos. Se quiseres podes responder em privado que também não me importo.

Assumo o meus erros e as minhas culpas. O facto de te ter mencionado vem do facto de todos os utilizadores Archicad "sofrerem" do mesmo sindrome (brincadeira). Tudo é bonito e tudo se faz, mas quando se trata de debater coisas concretas e reconhecer faltas/falhas ou coisas que são melhores noutras soluções, não o fazem. O meu intuito não foi provocar ninguém, mas explicitar o que tu como vendedor/representante Archicad fizeste comigo quando te levantei problemas. Claro que poderás ter tido essa atitude de forma isolada, e com os restantes clientes não usas os mesmos argumentos e a mesma agressividade, mas isso já não é problema meu.... Acho que cliente mal servido não volta à mesma casa... E já lá vão duas vezes e sempre pela mesma razão de fundo - Archicad.

Afinal... Sou eu que sou exigente demais ou é o software que responde de menos? Ou são ambas? Também se pode dar o caso....

Lamento se ofendi alguém, mas tentei que as minhas palavras não ferissem susceptibilidades......

Link to post
Share on other sites
Guest Victor@ArchiCAD@Infor
Ainda a proposito desta resposta à "provocação" directa que o Rui Venda me fez pessoalmente e para tambem ajudar todos os que tem assistido a este Topico com bastante atenção, qual a opinião de quem utiliza "mesmo" o ArchiCAD "á séria" fica aqui o email enviado para mim do Arquitecto Nuno Lagartinho a proposito da sua participação na apresentação do ArchiCAD 12.
Como alguem aqui já referiu, " falem com quem utiliza o ArchiCAD e escutem as suas opiniões" "não vão nas conversas dos vendedores...". Muito menos deem atenção ás opiniões do Rui Venda. Espero que entendam agora melhor a atitude e personalidade do Rui Venda em relação aos softwares e a tudo na vida dele.

From: Nuno Lagartinho
Sent: sábado, 12 de Julho de 2008 10:49
To: vsilva@infor.pt
Subject: Re: ArchiCAD 12: apresentação novidades na TB Store

Caro Victor,

agradeço antes de mais o convite da Infor, pois foi com satisfação que pude contribuir através de um trabalho nosso,

para a divulgação desta ferramenta fantástica que é o ArchiCAD.

Como sabe, utilizo o ArchiCAD desde 1994, continuo a actualizar e visiono o futuro profissional, cada vez mais ligado a este software.

O "vestir da camisola" neste caso, é sincero.

Um abraço

Nuno Lagartinho
www.eao-portugal.com
Link to post
Share on other sites

Primeiro: O Autocad Revit não existe. para alguém que já foi revendedor Autodesk anda mal informado. Segundo: E felizmente os fóruns existem e as mensagens nem sempre são eliminadas, podem consultar o fórum do revitpt e constactar quais foram as minhas criticas ao Revit. Lá está como não tens argumentos para defenderes o que apregoas atacas os outros.... Aceito isso... Passem por lá e vejam as criticas que fiz ao Revit e as defesas que teci ao Archicad. Simplesmente fiz com que pessoas que desconheciam o Archicad e estavam a falar do que não sabiam, ficassem mais informadas. Nunca o defendi com unhas e dentes como apregoas... Terceiro: E já aqui foi referido, eu aconselhei o Archicad como ferramenta de trabalho ao meu ex-patrão (arquitecto) porque ele tinha condicionantes de custo e não conseguia suportar a compra de duas licenças de revit (software que ele próprio preferia inicialmente). Mas esse é um assunto privado que considero de péssimo sentido de oportunidade ser aqui referido. Mas como comercial tu é que sabes que terras pisas. Lavo as minhas mãos... Quarto: O facto de ser meu ex-patrão (o tal arquitecto) não significa nada. Não fales do que não sabes ou sem saberes pelo menos as razões que levaram a que tal acontecesse de ambas as partes. Tecer juizos dessa natureza pode custar-te caro noutras circunstâncias. Se queres saber porque razão dois colaboradores se despediram do atelier fala com ambas as partes e depois é que és livre de fazer comentários. Ainda que considere que isso é do foro privado da vida de uma empresa e dos teus clientes. Mais uma vez tu é que sabes em que terras te moves. Por último: Dizes que eu tento envenenar as pessoas. Eu pergunto-te porquê? Que é que eu ganho com isso? Que perdes tu com isso? Ah pois... estamos a chegar lá.... Já houve aqui utilizadores neste e noutros fóruns que concordam comigo e com as criticas que faço a este ou aquele software. Se não houver critica não há evolução. Tu não aceitas a critica, então mais vale darem o Archicad como um produto acabado. É tão bom, não se pode dizer que nada esteja mal, por isso deixem-no ficar como está. Victor, é fácil disparar em todas as direcções quando se começa a perder o fio à meada. Não és utilizador de archicad, não tens voto na matéria. Desculpa, mas se eu não percebo nada, o que se pode dizer de ti? Se não percebes como se usa o produto, como podes tu saber avaliar as criticas. Discurso gasto........... e mais um convite teu para que me cale. De facto nada tenho a acrescentar a este tópico. Como ficou provado atrás existem questões por resolver no archicad, e não sou só eu a afirmá-lo. A partir daqui cada qual faça como quiser... Ao contrário de si sr. Victor... Ainda não consegui difamar ninguém aqui. Já do senhor não se pode dizer o mesmo... E há que saber distinguir o que é dizer mal e fazer uma crítica. Eu tenho aqui estado a levantar questões e a criticar o produto e nunca disse mal do Archicad.

Link to post
Share on other sites

Bem ... acho q vou ter de concluir a minha participação neste tópico, pq descambou de vez. Penso q não é assim q conseguimos debates sérios. P'ra quê q eu kero saber de troca de correspondências pessoais, com dados completamente irrelevantes? Qual o objectivo? Não consegui captar o alcance ... mas pronto, cada um sabe de si. Pensava q já tinha visto de tudo em fóruns em pt ... :D Ninguém fica bem nessa fotografia. Se eu fosse um dos autores do mail, certamente q não iria ficar mto contente com esse "diz q disse" q não interessa a ninguém ... Ainda dizem q só as mulheres é q são peixeiras? :) enfim! Até sempre camaradas!

Link to post
Share on other sites

Sim... De facto ninguém fica bem nesta fotografia.... Se for do interesse dos intervenientes e da administração do fórum e principalmente dos que têm lido os meus posts, se o que aqui tenho escrito não tem interesse, então peço que a minha conta seja eliminada.... Um bem haja a todos os que souberam interpretar as minhas palavras e as minhas criticas, sem as entender como ataques pessoais. E um até sempre a todos....

Link to post
Share on other sites

Olá pessoal, sou frequentadora deste fórum e do fórum do revit, mas nunca faço comentários salvo raríssimas excepções, como é o caso. Victor, daquilo que tenho acompanhado, o Rui ao contrário do Vitor não ganha nada monetariamente com qualquer software. Por isso, penso que o Rui não faz criticas de forma gratuita e destrutiva. Daquilo que percebo, tal como outros utilizadores o Rui critica, mas sobretudo questiona, de forma a tentar obter respostas às suas dúvidas. Penso que se houvesse um bocadinho de interesse pelo cliente as grandes empresas de softwares dariam ouvidos a pessoas destas para tentar melhorar os seus produtos e todos saímos a ganhar. Ganha o vendedor porque consegue provar por A+B que o seu produto é o melhor, logo vende mais, logo ganha mais, logo pode reinvestir mais para desenvolver o software, torna a vender mais... (uma verdadeira bola de neve). Ganha o utilizador porque trabalha mais, mais depressa e com melhores resultados. Consequentemente, ganha o cliente por motivos óbvios. Agora, há uma coisa que eu não entendo. O que me interessa a mim onde o Rui trabalha ou trabalhou?!... E por acaso o Victor ouviu a história de ambas as partes?! Penso que isto é de muito mau tom, uma verdadeira falta de educação, trazer para aqui a vida pessoal de qualquer utilizador. Mais, é uma falta de ética no seu trabalho facultar informações dos seus clientes. Pior é fazê-lo na NET quando qualquer pessoa tem acesso à mesma. Pior ainda, é a difamação, crime, no nosso país... (a INFOR tem livro de reclamações?!...) Victor, pode ter tido razão em alguns comentários feito, mas perdeu-a toda quando desceu a este nível e fez o tipo de comentários que fez. Quando as pessoas não aceitam criticas e perdem os argumentos rebaixam-se desta maneira... Rui, os meus parabéns para si e para todos os utilizadores que não se limitam a conhecer um software, mas conhecem de todos um pouco para não só escolher o melhor mas também ter argumentos para o fazer. É de pessoas com este espírito que precisamos para ver se as sua ideias vão mais além (ver se há alguém por aí que as ouve), para no futuro termos o melhor. Todos gostamos de criticar e opinar, mas para isso temos de ter conhecimento do que falamos para não errarmos e não nos envergonharmos a nós próprios. Temos de ter cuidado com o que se diz/escreve, porque nunca se sabe quem está a ler o que escrevemos. E quando erramos assumir os nossos erros, tal como já vi o Rui fazer. Como diz ali o REFS as mulheres são peixeiras, mas os homens aprendem depressa...

Link to post
Share on other sites
Guest Victor@ArchiCAD@Infor

Dora,

Até concordo em parte com o que dizes, mas como tambem afirmas, á que analisar as partes e se tens acompanhado a discussão neste topico, o comportamento do rui venda comigo e com outros membros deste forum tem sido desde sempre provocador, nunca contribuindo em nada de positivo, mas desinformando sempre sobre os assuntos discutidos. Dizendo desde sempre o que dantes achava bom agora não presta. O outro é que é bom. O Topico chama-se o ArchiCAD 12 está aí. E nunca se chamou o AutoCAD Revit está aí.
O que deu origem a este ultimo episodio, foi uma baixa prococação feito em um post do rui venda falando em algo que ele afirma que eu disse, citando-me fora do contexto e numa discussão em que eu não estava a participar.
Com a parte que chamas a atenção ser desnecessária, embora em nada ofenda, nem refira nomes empresas ou outros, serve apenas a titulo de exemplo para o que queria expor, mas concordo que possa ferir susceptibilidades. Por essa razão procedi á respectiva correcção.
O facto de o meu registo ser "Victor@ArchiCAD@Infor" isso não quer dizer que estou aqui em representação da infor ou da graphisoft, ou de outro software qualquer. O nick deve-se ao facto de como foi criado inicialmente, mas poderia estar anonimo com outro nome qualquer. Mas como eu não preciso de me esconder atras de nicks optei por divulgar o meu nome. Outros tambem optaram por isso como é o caso do rui venda.


Por outro lado passo a esclarecer-te e a todos do forum que não estou mandatário nem sou patrocinado, nem de empresa, marca ou software.
Os posts aqui expostos, são apenas e tão só, opiniões minhas, pessoais, voluntárias, da minha responsabilidade e experiencia e todas resultado de respostas a muitas questões levantadas, mas sempre com o intuito de esclarecer e a maioria delas repor a verdade dos factos. Concordo que algumas delas por vezes fogem ao tema, mas nunca encarei como disse varias vezes como ataques pessoais, ou algo grave. Muitas são reacções feitas "a quente" e no seguimento imediato dos assuntos.
Sempre achei que ã este tipo de "discussão" em foruns deve ser dada importancia, mas uma importancia relativa e nunca levada "a peito", porque nem sempre conseguimos exprimir bem por escrito aquilo que verdadeiramente pretendemos dizer.
Tambem estou certo que todos nós, sabemos que estas dicussões tem uma importancia relativa e cada um faz as suas interpretações, consoante os seus interesses e conhecimentos. Basta olhar para o que se passa com a Biblia. O mesmo texto, milhares de interpretações.
Como sempre afirmei " O que se passa dentro do jogo, fica dentro do jogo" Este principio adquire-se com a idade e com a experiencia e dá-nos mais anos de vida.

Quanto ao resto que afirmas nomeadamente "das mulheres serem peixeiras..." isso não vou comentar, porque são opiniões e tu é que sabes o que pensas desses assuntos.
Tudo o resto são opinões tuas.


Olá pessoal, sou frequentadora deste fórum e do fórum do revit, mas nunca faço comentários salvo raríssimas excepções, como é o caso.
Victor, daquilo que tenho acompanhado, o Rui ao contrário do Vitor não ganha nada monetariamente com qualquer software. Por isso, penso que o Rui não faz criticas de forma gratuita e destrutiva. Daquilo que percebo, tal como outros utilizadores o Rui critica, mas sobretudo questiona, de forma a tentar obter respostas às suas dúvidas. Penso que se houvesse um bocadinho de interesse pelo cliente as grandes empresas de softwares dariam ouvidos a pessoas destas para tentar melhorar os seus produtos e todos saímos a ganhar. Ganha o vendedor porque consegue provar por A+B que o seu produto é o melhor, logo vende mais, logo ganha mais, logo pode reinvestir mais para desenvolver o software, torna a vender mais... (uma verdadeira bola de neve). Ganha o utilizador porque trabalha mais, mais depressa e com melhores resultados. Consequentemente, ganha o cliente por motivos óbvios.
Agora, há uma coisa que eu não entendo. O que me interessa a mim onde o Rui trabalha ou trabalhou?!... E por acaso o Victor ouviu a história de ambas as partes?!
Penso que isto é de muito mau tom, uma verdadeira falta de educação, trazer para aqui a vida pessoal de qualquer utilizador. Mais, é uma falta de ética no seu trabalho facultar informações dos seus clientes. Pior é fazê-lo na NET quando qualquer pessoa tem acesso à mesma. Pior ainda, é a difamação, crime, no nosso país... (a INFOR tem livro de reclamações?!...)
Victor, pode ter tido razão em alguns comentários feito, mas perdeu-a toda quando desceu a este nível e fez o tipo de comentários que fez. Quando as pessoas não aceitam criticas e perdem os argumentos rebaixam-se desta maneira...
Rui, os meus parabéns para si e para todos os utilizadores que não se limitam a conhecer um software, mas conhecem de todos um pouco para não só escolher o melhor mas também ter argumentos para o fazer. É de pessoas com este espírito que precisamos para ver se as sua ideias vão mais além (ver se há alguém por aí que as ouve), para no futuro termos o melhor.
Todos gostamos de criticar e opinar, mas para isso temos de ter conhecimento do que falamos para não errarmos e não nos envergonharmos a nós próprios. Temos de ter cuidado com o que se diz/escreve, porque nunca se sabe quem está a ler o que escrevemos. E quando erramos assumir os nossos erros, tal como já vi o Rui fazer.

Como diz ali o REFS as mulheres são peixeiras, mas os homens aprendem depressa...

Link to post
Share on other sites
Guest Victor@ArchiCAD@Infor

Para informar todos, que não vou dar continuidade mais a este assunto e respondi ao rui venda em mensagem privada, resumidamente a colocar um ponto final em qualquer tipo de dialogo aqui ou em qualquer outro local como o mesmo.
Para mim este é um assunto encerrado.


Primeiro:
O Autocad Revit não existe. para alguém que já foi revendedor Autodesk anda mal informado.

Segundo:
E felizmente os fóruns existem e as mensagens nem sempre são eliminadas, podem consultar o fórum do revitpt e constactar quais foram as minhas criticas ao Revit. Lá está como não tens argumentos para defenderes o que apregoas atacas os outros.... Aceito isso...
Passem por lá e vejam as criticas que fiz ao Revit e as defesas que teci ao Archicad. Simplesmente fiz com que pessoas que desconheciam o Archicad e estavam a falar do que não sabiam, ficassem mais informadas. Nunca o defendi com unhas e dentes como apregoas...

Terceiro:
E já aqui foi referido, eu aconselhei o Archicad como ferramenta de trabalho ao meu ex-patrão (arquitecto) porque ele tinha condicionantes de custo e não conseguia suportar a compra de duas licenças de revit (software que ele próprio preferia inicialmente). Mas esse é um assunto privado que considero de péssimo sentido de oportunidade ser aqui referido. Mas como comercial tu é que sabes que terras pisas. Lavo as minhas mãos...

Quarto:
O facto de ser meu ex-patrão (o tal arquitecto) não significa nada. Não fales do que não sabes ou sem saberes pelo menos as razões que levaram a que tal acontecesse de ambas as partes. Tecer juizos dessa natureza pode custar-te caro noutras circunstâncias. Se queres saber porque razão dois colaboradores se despediram do atelier fala com ambas as partes e depois é que és livre de fazer comentários. Ainda que considere que isso é do foro privado da vida de uma empresa e dos teus clientes. Mais uma vez tu é que sabes em que terras te moves.

Por último:
Dizes que eu tento envenenar as pessoas. Eu pergunto-te porquê? Que é que eu ganho com isso? Que perdes tu com isso? Ah pois... estamos a chegar lá.... Já houve aqui utilizadores neste e noutros fóruns que concordam comigo e com as criticas que faço a este ou aquele software. Se não houver critica não há evolução. Tu não aceitas a critica, então mais vale darem o Archicad como um produto acabado. É tão bom, não se pode dizer que nada esteja mal, por isso deixem-no ficar como está.

Victor, é fácil disparar em todas as direcções quando se começa a perder o fio à meada. Não és utilizador de archicad, não tens voto na matéria. Desculpa, mas se eu não percebo nada, o que se pode dizer de ti? Se não percebes como se usa o produto, como podes tu saber avaliar as criticas.

Discurso gasto........... e mais um convite teu para que me cale. De facto nada tenho a acrescentar a este tópico. Como ficou provado atrás existem questões por resolver no archicad, e não sou só eu a afirmá-lo. A partir daqui cada qual faça como quiser...

Ao contrário de si sr. Victor... Ainda não consegui difamar ninguém aqui. Já do senhor não se pode dizer o mesmo... E há que saber distinguir o que é dizer mal e fazer uma crítica. Eu tenho aqui estado a levantar questões e a criticar o produto e nunca disse mal do Archicad.

Link to post
Share on other sites
Guest Victor@ArchiCAD@Infor

;)

Gostaria de deixar esta mensagem a todos os que foram assistindo ao longo destes 2 meses desde que abri este topico "O ArchiCAD 12 está aí":

1. Os objectivos foram largamente ultrapassados, porque o que pretendia era colocar todos a falar sobre o ArchiCAD 12 embora com muita polemica á mistura como se esperava.

1.1. Aproveito para frisar que não estou nem nunca estive mandatado ou patrocinado, por qualquer empresa, marca ou produto, embora admita que alguns pudessem pensar isso, dado a forma apaixonada com que defendo os assuntos.

2. Esta foi a minha primeira experiencia pratica de participação neste tipo de forum e discussão

3. Aprendi muito com todos os que deram a sua opinião incluindo o bom e o menos bom

4. Tambem aprendi muito comigo.

5. Inflelizmente não tenho mais tempo disponivel para me dedicar a participar em foruns deste tipo e por isso vou dar por terminada a minha participação. Por outro lado nestes 2 meses piorei da minha tendinite. ;)

6. Agradeço a todos e não guardo ressentimentos e provalvelmente até poderei encontrar alguns de voces em outras circunstancias com os quais terei muito gosto em conversar.

6.1 Quem já assistiu aos debates na assembleia da republica sabe do que falo.

7. Uma palavra de incentivo para o adminstrador Connecty e a sua equipa, que continuem, este forum é de 5 estrelas. Nota 20. A vossa função não é facil, mas acredito que seja gratificante e enriquecedor. :D

8. Considerem o contacto esporadico comigo, uma experiencia, e espero que tenha contruibuido para alguma coisa, nem que seja negativa. ;)

9. Talvez nos voltemos a encontrar no proximo ano no Topico: O ArchiCAD 13 está aí! ;)

10. Se alguem quiser contactar-me pessoalmente pode usar o meu email vsilva@infor.pt

11. Solicito agora de vez que o Administrador Connecty deste forum proceda á desactivação do meu registo.

Obrigado a todos, e continuem a participar.
Em principio voltamos a "ver-nos" para o Ano que vem.

Termino dizendo que: "afinal todos os softwares são bons e amigos":arquitectura:

:)

Victor

Link to post
Share on other sites

(...)
O mais curioso é a forma subtil de como o membro vindo de férias consegue passar de besta a bestial e ainda aclamado por alguns (...)

Essencialmente aprendi que não vale a pena os confrontos pessoais, que não vale a pena desviarmos os assuntos do tred em causa (...)

Mas por favor, deixem os ataques pessoais (...)


Boa iniciação!

Primeiro chama-me de besta, depois que não vale a pena usar ataques pessoais.

Onde é que eu já vi esta "estratégia"...
Link to post
Share on other sites

Lichado, o Revit exporta todo o projecto com Layers mas não tem Layers e nem precisa. Arruma-nos os elementos construtivos de acordo com a estrutura hierárquia q é inerente ao próprio programa. Ou seja, nunca nos preocupamos com Layers e nunca corremos o risco q indevidamente colocar guardas na mesma layer/categoria das paredes.

(...):D


Aqui até concordo com o refs. Quando comecei a usar o Archicad (versão 5) tb não tinha que me preocupar com os layers, ele quase automaticamente decidia por mim de uma forma mais lógica do que aquela que reencontrei na versão 10.
Contudo apercebi-me que estas mudanças brutais no AC10 se deveram aos sucessivos apelos de utilizadores e críticos alertando para o facto de o AC ser demasiado ditador pouco versátil e personalizavel. Ora a resposta da Graphisoft foi dotar o programa da tal versatilidade. Agora quase tudo é personalizável, o que cansa um perguiçoso como eu que agora tive que perder umas horitas a definir as minhas preferências.
como se diz por aí (e para que acredita)
"Quem muda, Deus ajuda!!!"

Por outro lado a manutenção ou intensificação do uso dos layers pode ter a ver como o período de transição em que nos encontramos, de CAD para BIM ou quase BIM se preferirem, assim será mais fácil a transição para os CADeiros mais distraidos.
Link to post
Share on other sites

Cheguei até este tópico quando soube das discussões que se passaram por aqui. E do que vi desde então só posso dizer que este tópico se tornou em algo absolutamente vergonhoso na forma como utilizadores do fórum, pessoas formadas, profissionais, gerem uma conversa entre si e se atacam mutuamente de forma inteiramente imatura e despropositada. Frequento o fórum desde o dia 16 de Junho de 2006 e nunca vi tamanha barbaridade acontecer por um pequeno grupo de utilizadores que atrás de um ecrã se acham com o direito de insultar e de levar avante críticas destrutivas sobre uns e outros. Acho vergonhosa a forma como as pessoas se rebaixaram a partir do momento em que surgiram as primeiras provocações. E a partir daí já não houve volta atrás. Nem com os anúncios da administração do fórum esta infantilidade parou (e isso vê-se nas últimas duas páginas). Estou estupefacto em ver como pessoas que aparentemente teriam credibilidade no seu discurso, se moldam por completo às provocações e então, revelam o pior de si. Será que com tudo isto tiraram algum prazer? Alguém se sentiu melhor depois de atirar toda a sua fúria desta forma contra outra pessoa que nem sequer conhece? Se os protagonistas desta discussão se distanciassem das mensagens, como qualquer pessoa que aqui chega pela primeira vez, e analisassem de forma objectiva aquilo que aqui ficou escrito, veriam como atingiram facilmente o ridículo e como a partir daí passaram horas e horas das suas vidas dedicados a desenvolver um discurso ofensivo direccionado aos actores da discussão, sem sequer terem como objectivo chegar a alguma conclusão construtiva (como é óbvio). É lamentável que isto aconteça, que pessoas adultas e educadas ajam desta forma inconsistente e imatura perante uma plateia plural que vai assistindo a este espectáculo decadente...

Link to post
Share on other sites

Cheguei até este tópico quando soube das discussões que se passaram por aqui. E do que vi desde então só posso dizer que este tópico se tornou em algo absolutamente vergonhoso na forma como utilizadores do fórum, pessoas formadas, profissionais, gerem uma conversa entre si e se atacam mutuamente de forma inteiramente imatura e despropositada. Frequento o fórum desde o dia 16 de Junho de 2006 e nunca vi tamanha barbaridade acontecer por um pequeno grupo de utilizadores que atrás de um ecrã se acham com o direito de insultar e de levar avante críticas destrutivas sobre uns e outros. Acho vergonhosa a forma como as pessoas se rebaixaram a partir do momento em que surgiram as primeiras provocações. E a partir daí já não houve volta atrás. Nem com os anúncios da administração do fórum esta infantilidade parou (e isso vê-se nas últimas duas páginas). Estou estupefacto em ver como pessoas que aparentemente teriam credibilidade no seu discurso, se moldam por completo às provocações e então, revelam o pior de si.

Será que com tudo isto tiraram algum prazer? Alguém se sentiu melhor depois de atirar toda a sua fúria desta forma contra outra pessoa que nem sequer conhece? Se os protagonistas desta discussão se distanciassem das mensagens, como qualquer pessoa que aqui chega pela primeira vez, e analisassem de forma objectiva aquilo que aqui ficou escrito, veriam como atingiram facilmente o ridículo e como a partir daí passaram horas e horas das suas vidas dedicados a desenvolver um discurso ofensivo direccionado aos actores da discussão, sem sequer terem como objectivo chegar a alguma conclusão construtiva (como é óbvio).

É lamentável que isto aconteça, que pessoas adultas e educadas ajam desta forma inconsistente e imatura perante uma plateia plural que vai assistindo a este espectáculo decadente...


Bem,
foi exactamente isso que referi no meu primeiro e único post deste forum!

Cheguei aqui, comecei por este e como referi... deixando um desafio... que os intervenientes voltassem atrás e lessem o que escreveram :D

Quanto ao referido no meu primeiro post, visto ter sido comentado pelo Miguel K, não quis fazer ataques pessoais nem impessoais. Não foi com essa intensão. Referi apenas o que fui lendo, comentando o que achei. Peço desculpa a quem se sentiu atingido pois não foi com nenhuma intensão... Se o ofendi, retiro o que disse.

Subscrevo na íntegra o que disse o asimplemind...

Bruno
Link to post
Share on other sites

Contudo apercebi-me que estas mudanças brutais no AC10 se deveram aos sucessivos apelos de utilizadores e críticos alertando para o facto de o AC ser demasiado ditador pouco versátil e personalizavel. Ora a resposta da Graphisoft foi dotar o programa da tal versatilidade. Agora quase tudo é personalizável, o que cansa um perguiçoso como eu que agora tive que perder umas horitas a definir as minhas preferências.


A questão está exactamente na definição de preferências e templates.
Desde que se "percam" umas horas a preparar um ficheiro tipo, com um template adequado, todas as paredes com características de paredes interiores ficam no layer "paredes interiores" as exteriores no "exteriores", sanitas, bidets e lavatórios no layer "IS", e assim sucessivamente.

Qualquer que seja a norma interna de um gabinete, uma vez preparados estes templates, os operadores difícilmente colocarão os elementos constructivos fora dos layers correctos.

A vantagem desta metodologia é permitir que um mesmo gabinete de projecto tenha vários templates preparados, um para habitação multifamiliar, outro para escolas, outro para recuperações, outro para restauros, etc.

Quanto maior o gabinete, mais necessário se torna ter estes templates, para evitar que os estagiários metam água.

Eu, como trabalho sózinho, posso dar-me ao luxo de baralhar tudo, e fazer de cada projecto uma experiência em organização (ás vezes saem-me alguns monstros de Frankenstein...).

Mas a preparação de um projecto demora-me geralmente, from scratch, cerca de uma hora: layers, favoritos, pisos, canetas, layouts, etc.

Uma hora dilui-se nas 200 ou 300 que esse projecto me vai levar, por isso não considero esse trabalho uma perca de tempo, antes uma espécie de exercícios de aquecimento, de perliminares. Corresponde, se quisermos, ao ritual antigo de afiar as lapiseiras, cortar o rolo de papel vegetal em tiras, limpar o estirador, etc.
Link to post
Share on other sites

Obrigado. Já agora, um pedido de opinião ao forum: Até que ponto é que acham que a valha a pena fazer atualizações sempre que sai uma nova versão? Até que ponto não será económicamente mais prático actualizar de duas em duas versões, tendo em conta que actualmente o tempo entre cada nova versão é cerca de ano meio...

Link to post
Share on other sites

Boa pergunta.

Tudo depende das melhorias que introduzem em cada versão, e qual a relevância que tem para a prática de cada um.

Um exemplo:

O ArchiCad 12 vem com capacidade de utilizar os multiprocessadores.

No meu caso, com projectos muito detalhados com mais de 3000 m2 de área coberta, e com um Mac Pro com dois dual cores (4 cores ao todo), a melhoria na velocidade de geração dos cortes e alçados é de tal maneira significativa que só por si já me faz valer a pena a actualização.

Para outra pessoa, com projectos pequenos, e que trabalhe só até à escala do licenciamento, essa melhoria não será significativa.

Quanto ao preço, a poupança de saltar uma actualização não é por si só significativa.

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.