Jump to content
Arquitectura.pt


Qual o papel do arquitecto no meio desta crise?


Recommended Posts

Qual o papel do arquitecto no meio desta crise? É a pergunta que levanto depois de ouvir as noticias, que para variar, não são boas? Será que o arquitecto fica alheio a isto tudo, ou apenas observa, sem intervir, ou deve intervir? Pergunto isto, porque julgo que era interessante ouvir os arquitectos sobre o tema da actualidade.

Link to post
Share on other sites

Eh abrir uma empresa e produzir riqueza. Basta ter uma ideia lucrativa e iniciar. Estruturalmente facil e super dificil de concretizar. Um arquitecto em arquitectura torna-se dificil tentar salvar um pais de uma Crise. Mas o que se pode fazer eh conceber edificios que sejam de baixo custo e curto e a longo prazo. Que sejam sustentaveis economicamente. Hoje em dia fala-se muito na sustentabilidade ambiental e ecologica mas a tua duvida tambem requer na sustentabilidade economica. Alem de gastar o minimo de electricidade temos que ver como o edificio pode gastar o minimo de recursos. Como pode um edificio durar mais sem pedir grande manutencao de reabilitacao e de limpeza. Como podemos evitar que o edificio seja limpo diariamente e comece a ser limpo uma vez por mes. Que materiais devemos usar para permitir isso? Quais sao os materiais de construcao que duram mais? E depois existe o factor moda. Devemos seguir a moda ou devemos ser mais objectivos? Como podemos tambem fazer que um edificio de lucro e que produza dinheiro. Porque nao inverter a balanca. Ainda temos as catastrofes. Sai mais barato gastar mais num estrutura anti sismica do que depois deitar tudo abaixo e fazer tudo de novo. Eh um tema curioso.

Link to post
Share on other sites

Amigos, tudo isso faz sentido, tudo é difícil, mas ão é só a arquitectura que se enquadra como tal! Penso que para podermos ajuarmo-nos nisso que alguns (ou todos) apelidam de crise é preciso unir-nos, começando pela nossa classe. Enquanto não lutarmos TODOS pelos nossos direitos, mas também pelos nossos deveres, sozinhos não chegamos lá! É preciso primeiro uma união com a classe e só depois de unidos conseguiremos lutar pelo resto. É fácil apelidar tudo como crise. Algo desconhecido e sem rosto que supostamente não se consegue vencer! É um discurso do país em que vivemos mas que não podemos embarcar nela; foi uma ideia que a Ferreira Leite nos vendeu quando da sua passagem pelo ministério para nos assustar! Amigos arquitectos... para ultrapassarmos temos que nos unir!

Link to post
Share on other sites
DEF, a crise não é só portuguesa :s
A forma de a combater é no mínimo estranha, na Espanha aumentaram salários para as pessoas terem ainda mais poder de compra, aqui já nem de carro se pode andar! :) Vamos virar um país de chinocas qualquer dia!!!

Diz o Primeiro Ministro para o Bispo: Mantenha-os lerdos que eu mantenho-os pobres....


:)
Link to post
Share on other sites

Cah tambem fazem os mesmo. Aumentam os salarios dos quadros para eles comprarem lah fora. E congelam os salarios dos restantes para eles comprarem na loja dos chineses. Resumindo o dinheiro vai saindo de portugal... eh uma alegria. Discordo que este pais vire um bando de chinocas... antes pelo contrario ainda nos adaptamos as energias... ha-de haver uma alma caridosa que invente o etanol portugues... Jah reparam que vieram americanos ver a central solar?

Link to post
Share on other sites

Jah reparam que vieram americanos ver a central solar?


E à dias ouviu-se falar de uma parceria entre portugal e os EUA para o desenvolvimento da tecnologia que aproveitará a energia das ondas para a produção de energia.

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites

sim, eu percebi que provavelmente n era esta a problemática! Já agora, e respondendo ao meu amigo Tico... não, não acho que seja aumentando o poder de compra que resolverá os nossos problemas (do país). Continuo a dizer que o problema não é do que se ganha mas sim do que se gasta. Tenho conhecidos e amigos que ganham 400€, 100€, 2500€ e até mais e todos eles dizem que ganham pouco.

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.