Jump to content
Arquitectura.pt


Sesimbra | Sesimbra Hotel & Spa | Autor desconhecido


Recommended Posts

Trata-se dum edificio extravagante e com uma formalidade diferente e muito expressiva.
Nao sei quem eh o arquitecto mas espero saber dentro de dias.

O Sesimbra Hotel & Spa

Localizado na Vila de Sesimbra, a cerca de 30 quilómetros de Lisboa, esta unidade hoteleira de 4 estrelas, possui 84 quartos duplos, oito suites e oito apartamentos “Penthouse”, todos com vista mar.

O hotel complementa-se com o restaurante Aquarius, bar, Spa com sauna e banho turco, ginásio, piscina interior e exterior aquecidas, Kids Club, várias salas de reunião, Business Center e garagem privativa.


http-~~-//www.opcaoturismo.com/imagens/reportagens/SesimbraSpa-1.jpg

http-~~-//img174.imageshack.us/img174/962/37853786hn5.jpg

http-~~-//img455.imageshack.us/img455/5927/31146657ko3.jpg

http-~~-//i15.photobucket.com/albums/a393/reflex_ssc/Sesimbra25-07-2005017.jpg

Alguem sabe o nome do arquitecto?

http-~~-//img503.imageshack.us/img503/7967/10qj3.jpg

Sei que muitos de vos odeia este tipo de arquitectura. Faz lembrar Troufa Real. Eh um exemplar de arquitectura turistica fora do comum e diferente da arquitectura ortogonal. Eh expressiva e orientada para o mar.

http-~~-//i15.photobucket.com/albums/a393/reflex_ssc/Sesimbra25-07-2005018.jpg

Eh considerado horrivel e destabiliza a paisagem envolvente.

http-~~-//i15.photobucket.com/albums/a393/reflex_ssc/Sesimbra25-07-2005007.jpg

Esteve para ser embargado.

http-~~-//www.rightclub.co.uk/uploaded_Photos/h_sesimbra_hotel_spa_2.jpg

Vista para piscina.

Sesimbra Hotel & SPA
O Sesimbra Hotel e SPA, situado no Mar da Califórnia, é a mais recente unidade hoteleira do concelho. Possui 84 quartos duplos, 8 suites e 8 apartamentos.


Instalado na nova marginal de Sesimbra, no lado nascente da vila, apresenta um design moderno e uma vista fabulosa sobre o mar.


Está equipado com um moderno SPA, Ginásio, Piscina exterior e interior aquecidas, um clube para de crianças, e durante o Verão, uma área privativa na praia. Tem óptimas condições para Corporated Tourism.


Disponibiliza salas de reunião e um business center para encontros de negócios


Mais info no site do hotel.

Link to post
Share on other sites

Este projecto teve a participação do Arq. Antonio Barreiros Ferreira (meu prof.), não faço ideia qual a restante equipa, o hotel cola completamente à encosta talvez seja uma boa solução pois o resto da falésia (mais para nascente) esta em risco de derrocada, julgo que ali não estivesse em melhores condições. O estacionamento resultante do aproveitamento da parte entalada entre a encosta e o hotel propriamente dito resolve grande parte do problema de estacionamento que havia.

Link to post
Share on other sites

Posso dizer que me agradou o projecto e a implantação. Um hotel deve ser isso mesmo, um ponto de referencia, a meu ver. A implantação parece surgir mesmo de algumas condicionantes do terreno que influenciaram muito o edificio e as areas que este tipo de equipamento exige, ou que terão sido exigidas.. A imagem final, é subjectiva:p. Mas não conheço a zona e pelas fotos fico com essa impressao... Venha mais info:happy: Cumprs..

Link to post
Share on other sites

Nao ha mais info. Fontainhas: Nao ha maneira do teu prof emprestar info, memoria descritiva, plantas, cortes, fotografias, esquemas para serem colocados aqui no forum. Tu postas a info ou ele proprio pode colocar atraves dum nick por ele criado. Que tal?

Link to post
Share on other sites

Pois na minha opinião o "mamarracho" está tão mal integrado que essas fotos até parecem montagem... :icon13::icon13: Temos uma imagem da nossa costa a defender, algúem falou em "all grave" e com razão... já repararam que foram intervenções destas que arruinaram completamete aquele ambiente sereno e agradável das nossas praias, já para não falar nas construções da primeira metade do século passado que ficaram esmagadas, entaladas no meio destes "mamarrachos"... Pontos de referênca ?? Estão a confundir isto com Las Vegas ...

Link to post
Share on other sites

Pois na minha opinião o "mamarracho" está tão mal integrado que essas fotos até parecem montagem... :icon13::icon13: Temos uma imagem da nossa costa a defender, algúem falou em "all grave" e com razão...

já repararam que foram intervenções destas que arruinaram completamete aquele ambiente sereno e agradável das nossas praias, já para não falar nas construções da primeira metade do século passado que ficaram esmagadas, entaladas no meio destes "mamarrachos"... Pontos de referênca ?? Estão a confundir isto com Las Vegas ...


eu acho é k voces estao a confundir este hotel com os do dubai ou qualquer coisa do genero, ate o que vai ser construido no estoril (que ja foi discutido noutro topico) cria muito mais impacto, pelas imagens da ideia que este esta bem inserido (dentro dos possiveis claro). se alguem conseguir arranjar mais informação fazia muito jeito para tirar ideias pa um projecto futuro! :p
Link to post
Share on other sites

Falam em All Garve... em defender a costa... etc... etc... Mas acho que ate deviam haver mais projectos semelhantes a estes. Portugal é um país que tem um pouco de tudo: praia, neve, florestas, campos, "desertos", historia, monumentos, gastronomia, grandes e magnificas paisagens e cultura. Se Portugal soube-se aproveitar tudo isto, seríamos uns dos país com mais turistas da Europa! Com as teorias de "defender uma costa", não se é capaz de fazer BONS pontos de turismo. Dou um exemplo, para quem conhece o Portinho da Arrábida, sabe as pequenas dificuldades que se tem de chegar a praia. Se aquele território tive-se noutro pais, já se tinha criado um passeio marítimo, condições dignas para se chegar a praia e ate mesmo um hotel, junto a encosta, de forma estética para não estragar a paisagem, e o Portinho da Arrábida, passaria a ser parte dos roteiros turísticos mundiais. Acho que se deve desenvolver a costa... aproveitar o que se tem, desde que não se faça perder a natureza. Deve de haver equilíbrio em tudo! Agora se me disserem que quando desenvolvem, o façam mal... isso já é outra coisa!

Josué Jacinto - Mais Fácil
My web: maisfacil.com | soimprimir.com | guialojasonline.maisfacil.com

Link to post
Share on other sites

JAG falas do portinho da arrábida e de n ter condições para turismo em massa... a partir do momento em que se criem essas condições, deixa de ser o portinho que conheces e no qual, suponho eu, gostas de estar. dou-t um exemplo bastante próximo, eu passava férias quase todos os anos em tróia ali a dois passos, a partir do momento em que surge o projecto de MEGA HOTEIS, CASINOS, MARINAS + LUXO + TURISMO EM MASSA duvido que alguma vez lá torne a por os pés... nunca mais volta a existir aquela calma e tranquilidade que me faziam lá ir

Link to post
Share on other sites

" Então o que é que propunham para aquele local? " Poderia ser muita coisa, menos aquilo, é de uma brutalidade extrema, o local é uma zona sensível em que os valores naturais teêm que se sobrepor a tudo o resto,... não percebo como se pode dizer que está bem integrado... no perfil morfológico existente ?? em termos de escala ??... já imaginaram aquele perfil visto do mar, não terá nenhum impacte visual ?? Lembra-me um pouco as torres de ofir mas na horizontal (provocação) Sou absolutamente contra este tipo de intervenções, cheira-me a especulação mobiliária + protagonismo excessivo, egoísta do projecto...há uma clara violação do espaço em todos os sentidos... na minha modesta opinião, o turismo de qualidade tem que ser genuíno, sincero... na nossa costa vicentina encontram-no, bem perto de sesimbra,... acho que os "camones" procuram isso autenticidade, cultura, tradição, ... ou não.. .:icon_blahblah: :icon_blahblah: :icon_blahblah:

Link to post
Share on other sites

Penso que a maioria das pessoas defende a sustentabilidade das soluções na arquitectura... mas depois na prática acha-se normal a inserção de um edificio ( bom ou mau ) em cima de uma zona sensível como é a costa. O colega JVG diz: "Acho que se deve desenvolver a costa... aproveitar o que se tem, desde que não se faça perder a natureza. Deve de haver equilíbrio em tudo! Agora se me disserem que quando desenvolvem, o façam mal... isso já é outra coisa! " Onde está o equilibrio? Construir em cima da praia? Ou a defesa costeira é para o resto do país e para ali é uma excepção? A teoria de ser uma solução para evitar derrocadas da encosta até dá vontade de rir.. E se conhecermos o desenvolvimento que este caso teve até ser aprovado..... seria motivo de muita mais controvérsia....

Link to post
Share on other sites

Embora não domine os conceitos e técnicas próprias da arquitectura, confesso que considero esta obra imponente de alguma forma elegante...mas um pouco 'aterradora' face à dimensão da praia e da vila...essa foi a ideia com que fiquei este último fds. ps: notar tb ainda alguns acessos e recantos da praia não harmonizados com este lado mais sofisticado de Sesimbra.

Link to post
Share on other sites

Apesar de a forma que o edifício poder ser discutível (é bonito? é feio?), a forma como ele afectou o espaço público envolvente parece-me bastante positiva. Conheço bem Sesimbra, e recordo-me do que era aquele espaço antes desta intervenção, era um terreno vazio onde nada se passava, de terra batida cheio de pó, que a santa casa da misericórdia explorava como parque de estacionamento... Prefiro o estado como está hoje, agora aquele lado da vila está mais movimentado, as pessoas passeiam por lá, param para tomar um café, contemplam o mar das esplanadas, dantes isso não acontecia....

Link to post
Share on other sites
  • 9 months later...
RENDER

http-~~-//www.imageshotel.org/images/ImperioCostaAzul/spa%20visto%20do%20mar.jpg

IMAGENS

http-~~-//i18.photobucket.com/albums/b149/andremiguel/Margem%20Sul/Zimbra/IMG_4200.jpg

http-~~-//i18.photobucket.com/albums/b149/andremiguel/Margem%20Sul/Zimbra/IMG_4130.jpg

http-~~-//i18.photobucket.com/albums/b149/andremiguel/Margem%20Sul/Zimbra/IMG_4138.jpg

http-~~-//i18.photobucket.com/albums/b149/andremiguel/Margem%20Sul/Zimbra/IMG_4281.jpg

http-~~-//i18.photobucket.com/albums/b149/andremiguel/Margem%20Sul/Zimbra/IMG_4282.jpg

http-~~-//i18.photobucket.com/albums/b149/andremiguel/Margem%20Sul/Zimbra/IMG_4315.jpg

http-~~-//i18.photobucket.com/albums/b149/andremiguel/Margem%20Sul/Zimbra/IMG_4316.jpg

http-~~-//www.imageshotel.org/images/ImperioCostaAzul/hotel%20spa%20sesimbra%202.jpg

http-~~-//www.imageshotel.org/images/ImperioCostaAzul/detalhe%20spa%203.jpg

http-~~-//www.imageshotel.org/images/ImperioCostaAzul/praca%20da%20california.png
Link to post
Share on other sites
  • 4 months later...

parece que estas últimas fotografias deixaram toda a gente estupefacta e sem opinião. sejamos correctos e sinceros. não faz qualquer tipo de sentido este projecto. e utilizar o argumento de que a zona sofreu uma revitalização positiva, porque antes era um estacionamento, parece-me infeliz. isso justificaria então que se poderia construir qualquer coisa, com qualquer forma, material, etc. desde que no fim a zona se revitalizasse e se arranjassem uns cafezinhos para o pessoal ir apanhar sol ao fim de semana...? por favor, fazer arquitectura é um pouco mais que isso... este edifício é totalmente exagerado, todos estes angulos, estas arestas vincadas, as sobreposições de planos, torções, etc remetem para uma arquitectura demasiado confusa e algo aleatória. a fotografia do topo, em que surge o placard a dizer "sesimbra hotel & spa", é elucidativa e sintomática. o pilar que percorre toda aquela fachada e se situa em frente a todas as varandas e inclusivamente trespassa a do andar inferior é nada mais que um exemplo dessa "aleatoriedade" ou se quisermos falta de rigor. (sim, porque aquele pilar tem mesmo aspecto de exigência estrutural de última hora...) é um projecto mediocre, não há duvidas. a única forma de tentar disfarçar a mediocridade é com o bombardeamento de informação. exemplo crasso disso é a tão famigerada "palha" que alguns estudantes utilizam como manobra de diversão para tentar confundir os professores. pois muitos dos elementos neste edifício tratam-se tão somente de palha. penso que nem vale a pena comentar a multiplicidade de materiais, texturas, ritmos (a estereotomia dos materiais utilizados) e recortes utilizados no foyer que é simplesmente atroz... utilizar este tipo de projectos para justificar a revitalização da nossa costa parece-me de uma inocência perigosa.

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.