Jump to content
Arquitectura.pt


Recommended Posts

Olá pessoal precisava de ajuda...ando no 1ºano de Arquitectura mas venho do curso de cientifico-natural... precisava de exercícios do 1 ano de geometria ....quem me poder ajudar agradeço imenso :p



Em primeiro lugar queria comentar esse simples facto de teres vindo do cientifico-natural. Não é nada contra ti... simplesmente acho mal o estado permitir que pessoas que não tiveram no curso de artes poderem entrar na faculdade para cursos de arte. Pois isso poderá tirar lugar a outros que estiveram a trabalhar para entrar na faculdade. Mas isto são outras questões, na qual te peço desculpa por alguma coisa...

---

Em relação aquilo que pedes... experimenta ir a este site, tem vários exercícios: http://www.gd.elisiosilva.com/exercicios.html

Eu já sai do 12º a algum tempo... mas se quiseres mais exercícios, sempre posso fazer o scanner de alguns dos meus livros... ;)

Boa sorte para o curso... :) :)
(Desculpa... alguma coisa que disse no inicio...)

Josué Jacinto - Mais Fácil
My web: maisfacil.com | soimprimir.com | guialojasonline.maisfacil.com

Link to post
Share on other sites

Relativamente a mudança de cursos... eu inicialmente, quando entrei no 10º ano, queria ir para artes (curso esse que na minha cidade, não há), e na secretaria na época da matrícula quem era suposto informar-me disse: "vai para este curso que dá para tudo", e foi por isso que fui para Cientifico-natural... Penso que é justo os alunos de outros cursos poderem candidatar-se e entrar para os de artes, pois também lutam por alcançar as medias que os de artes tem de tirar para poder entrar. Só que com uma diferença os de ciências ainda tem a matemática, a física, e outras disciplinas do género que condicionam bastante poder alcançar as medias desejadas. E se conseguem entrar é porque se esforçaram para tal. Agora se vão ter dificuldades em geometria ou desenho posteriormente, isso sim, terão... sem dúvida! Em relação aos exercícios scaniados dos teus livros, se não fosse incomodo, gostaria muito... Toda a ajuda é necessária.. beijos e obrigado por tudo :p

Link to post
Share on other sites

Em primeiro lugar queria comentar esse simples facto de teres vindo do cientifico-natural. Não é nada contra ti... simplesmente acho mal o estado permitir que pessoas que não tiveram no curso de artes poderem entrar na faculdade para cursos de arte. Pois isso poderá tirar lugar a outros que estiveram a trabalhar para entrar na faculdade. Mas isto são outras questões, na qual te peço desculpa por alguma coisa...



Vais desculpar mas isso é que é mal, são ridículas essas tretas chamadas "áreas" do secundário. Sendo assim eu andei na escola secundária artística Soares dos Reis e não estou na faup. Foram os das outras escolas que me tiraram lugar? Segundo esse pensamento eu sou mais artista que os outros não? Cada vez mais há separação entre as áreas do saber, o que é grave e que faz com que muita gente no ensino superior não saiba sequer fazer contas de dividir ou operações básicas de geometria (falo por conviver com esses casos diariamente). A base para pensar a arquitectura é a inteligência e contra isso estão essas *****s de áreas e agrupamentos do secundário, e as ideias que os artistas não precisam de matemática e que os cientistas e engenheiros não precisam de desenho.

Quanto à geometria, dá uma vista de olhos nos livros do secundário do Santa-Rita. Chega perfeitamente. E não caias na armadilha que é andar a decorar passos para a resolução de exercícios. É tudo uma questão de raciocínio, não esperes saber nada de cor. è preciso é treinar a capacidade de imaginar um espaço e representá-lo a duas dimensões.
Link to post
Share on other sites
zero... isso foi a tua experiência. eu falo por mim e já aqui o disse, claramente e sem medos, eu decorei a geometria e acabei com 17 o que não é nada mau! portanto, não se trata de uma "armadilha" como chamas, mas sim uma constactação de um facto, que é tao válido como outro qualquer porque um 17 de decoranço, não é menos do que um 17 de raciocínio..LOL que parvoice!! também disse, e digo novamente: decorar nao é o melhor método porque é impossivel faze-lo para todas as formas de resolver um exercício e por isso é que não consegui melhor nota... mas é um método como outro qualquer, até porque (e arrisco-me a dize-lo, mesmo sabendo que a seguir me vao apedrejar até à "morte") a geometria depois, pouco ou nada serve para a arquitectura...ou pelo menos, nao serve assim tanto como querem fazer parecer.

margarida duarte

Link to post
Share on other sites

Margarida, não te querendo apedrejar, até pode não servir para o trabalho mais comum, mas há situações em que dá imenso geito ter esse pensamento de como resolver determinado problema de desenho, não necessariamente os rebatimentos, intercções, etc, mas o desenho em duas dimensões... Nesses casos é uma situação de raciocínio puro e duro... porque não há "decoranço" que resista a uns anos sem a prética...

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites

Vais desculpar mas isso é que é mal, são ridículas essas tretas chamadas "áreas" do secundário. Sendo assim eu andei na escola secundária artística Soares dos Reis e não estou na faup. Foram os das outras escolas que me tiraram lugar? Segundo esse pensamento eu sou mais artista que os outros não? Cada vez mais há separação entre as áreas do saber, o que é grave e que faz com que muita gente no ensino superior não saiba sequer fazer contas de dividir ou operações básicas de geometria (falo por conviver com esses casos diariamente). A base para pensar a arquitectura é a inteligência e contra isso estão essas *****s de áreas e agrupamentos do secundário, e as ideias que os artistas não precisam de matemática e que os cientistas e engenheiros não precisam de desenho.



Ok... mas como eu já disse aqui no forum... não tenho essa opnião.

Pois... por exemplo:

Eu posso ser muito bom a matematica, mas pesimo em desenho... mas quero ser arquitecto. Teoricamente teria de ir para o curso de artes, para seguir arquitectura. Mas, decido ir para as matematicas...

Tu estas na mesma situação, es bom a matematica e pesimo a desenho... mas queres arriscar, pois amas a arquitectura. Segues então para as artes...

No final dos 3 anos, tu acabas por conseguir, apos os exames uma media de 18.50. Eu por sua vez, visto estar na area a que me dou muito bem, depois dos exames tenho uma media de 19.10.

Tu tens entra na facul de arquitectura, eu tambem pois fiz exames para isso... So existe uma vaga... e quem acaba por entrar sou eu... pois tenho a media mais alta...

Tu lutas-te para entrar em arquitectura, apesar de não ser bom a desenho...
Eu fiz o 12º com uma "perna as costas" porque sou bom a matematica e depois consigo ter uma media que de para eu ir para o que eu quero, arquitectura.

Tu ficas-te a porta, apesar de teres estudado para entrar... eu entrei apesar de não ter estudado para arquitectura...


Achas isto justo? Eu não acho...

Josué Jacinto - Mais Fácil
My web: maisfacil.com | soimprimir.com | guialojasonline.maisfacil.com

Link to post
Share on other sites

margarida, tiraste 17 a decorar? Eu tirei 20 sem decorar e sem estudar. Foi só entender e desenhar. A questão é que se sabes geometria só podes tirar 20, não há como errar. JAG, a minha postura tem também a ver com o facto de eu não acreditar no 'jeito para alguma coisa'. Pode haver uma aptidão natural, talvez, não vou discutir, mas para se ser bom a matemática, fazem-se contas e estudam-se problemas. Para se ser bom a desenho, bem... não há como não ser bom a desenho, toda a gente sabe desenhar, é o mesmo que pensar. Nem toda a gente sabe é representar, nem fazer coisas bonitas de dar no olho, mas qualquer pessoa sabe pegar num guardanapo e explicar a um turista como se vai para a Sé, ou explicar como é a casa que vai comprar, ou o como é que lhe bateram no carro. Em suma, trabalho, gosto de acreditar que quem trabalha chega lá de uma maneira ou de outra, apesar das cunhas e dos espertos que ara aí andam...

Link to post
Share on other sites
ora ora....eu conheço quem tenha tirado 20 a decorar e quem tenha tirado 20 a perceber...portanto há de tudo, acredita! uma coisa é certa, com "decoranço" ou não, uma coisa não invalida a outra e é necessário trabalho. sem ele nada se consegue, quer seja a decorar, que seja a perceber e isso aplica-se a geometria, matemática e afins.

ricardo em relação ao que disseste: "mas há situações em que dá imenso jeito ter esse pensamento de como resolver determinado problema de desenho, não necessariamente os rebatimentos, intersecções, etc, mas o desenho em duas dimensões..." concordo plenamente contigo...só que esse tipo de "visão" ganhei-a a praticar e também nas aulas de MTEP e OA ...felizmente, não é algo exclusivo da geometria!
:p

margarida duarte

Link to post
Share on other sites

Epa toda a gente tem o seu método de estudo! Há os que vão lá a decorar e os outros que lá chegam a perceber! A verdade é que quem percebe, percebe em qualquer situação. Quem decora corre o risco de se o exercicio for exposto de uma forma diferente, ficar a ver navios! No primeiro ano é a cónica... Não é a matéria do 12º ano (de hoje)...:nerd:

Link to post
Share on other sites

zero... seguindo esse raciocínio, agora percebo que devia ter ido para informática, porque sempre gostei de arquitectura, para conseguir uma media mais elevada e tentar entrar na facul para o curso de arquitectura...

É lógico...


Não era mal visto. Mas o que eu digo é que não podemos ter a nossa vida e as nossas escolhas limitadas por um sistema de ensino que cada vez forma pior as pessoas. Cada um sabe o que quer estudar e como o quer fazer. Quem é que me garante que a maneira correcta de aprender arquitectura é ir para artes no secundário e depois para uma faculdade de arquitectura?
Link to post
Share on other sites

estas "conversas" vêm sempre á tona... primeiro faz-me imensa confusão as pessoas pensarem que a Matemática é obrigatoriamente mais difícil que outras disciplinas (neste caso as do agrupamento de Artes). Simplesmente há pessoa mais vocacionadas para uma coisa e outras mais vocacionadas para outras... Certamente que se colocarmos um engenheiro num curso de Direito (por exemplo) ele não vai achar fácil, assim como ao contrário o mesmo acontecia... o grau de dificuldade é o mesmo, embora sejam dificuldades diferentes... Mas OK... Há estudos que confirmam que as pessoas se sentem melhor pensando que passaram por maiores dificuldades que os outros.. Realmente um vinte tirado através de estudo decorado e um vinte tirado através de estudo compreendido é a mesma coisa. Em termos numéricos significa o mesmo... Mas aqueles que decoraram acredito que a informação permanece na memória cerca de 1 semana!! ;) lol mas é um bom metodo para obter eficacia em pouco tempo... cátia existem livros de exercicios com soluçoes bastante bons, para o secundario.. devias tentar adquirir algum/alguns... vao ajudar certamente.. boa sorte para os estudos... :p

Link to post
Share on other sites

Ana, tive um colega que no secundário, em teoria do design, decorou o livro e espetou o texto no teste. O prof óbviamente estranhou e deu-lhe zero, confrontando-o quando entregou os testes... e não é que ainda naquele dia ele foi capaz de relatar palavra por palavra, ponto por ponto, todos os textos?... Quanto às disciplinas, acho que em "todas" as disciplinas científicas acaba por ser mais fácil tirar um 20 do que nas não científicas, pelo simples facto de que nessas, ou está certo, ou não, e quando está certo, está 100% certo, enquanto nas outras será sempre mais complicado avaliar com esse 100%... mas isso é a minha opinião...

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.