Jump to content
Arquitectura.pt


Llers | Villa Bio | Enric Ruiz Geli


Koolhas

Recommended Posts

A Villa Bio, cuja implantação tira partido do desnível do lote, é uma casa contínua; as rampas determinam os pavimentos e suas diferentes funções, a cobertura verde cria uma nova paisagem e a estrutura um novo relevo, convertendo-se então, na extensão de seus arredores. As paredes laterais de concreto são vigas que permitem a estrutura linear tenha um sr. balanço: 15m. Não há aberturas laterais, a iluminação é feita pelos painéis de vidro das extremidades, por clarabóias e pequenos olhos de vidro na viga lateral. O arquiteto também desenhou as formas do concreto, foi criado um 3d com uma paisagem artificial e com uma fresadora de 3 eixos a imagem de 24×3m. foi modelada e aplicada aos moldes em baixo relevo; o concreto, material líquido, se solidifica e cria uma topografia “líquida” nas fachadas longitudinais.

Imagem colocadaImagem colocadaImagem colocadaImagem colocadaImagem colocada


Fonte: http://www.ruiz-geli.com/

Link to comment
Share on other sites

Já vi bastantes imagens e textos sobre esta casa. Tem o seu interesse obviamente, no entanto para mim falta uma coisa fundamental na arquitectura: Sensibilidade.

Em termos conceptuais é bastante interessante o desenvolvimento programático da casa, mas o resultado final fica muito àquem do que seria de esperar. É uma casa que se quer inserida num terreno, mas falta-lhe na verdade um diálogo com esse terreno. Apenas foi ajustada para caber no sítio certo. Depois a história da textura do betão na minha opinião não trás nada de novo à casa, é mera decoração.

Link to comment
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.