Jump to content
Arquitectura.pt


Casa construida por mim


Recommended Posts

na minha opiniao tem tudo a ver com a natureza do projecto

Modelos e renders 3D: sao optimos para promocao comercial, e podem ser muito uteis para testar materiais e compreender as sombras, e barato se nao se entrar no fotorealismo, nao ocupam espaco e sao "facilmente modificaveis".

Para testar materiais e compreender sombras existem outros programas em que não é necessariamente obrigatório fazer renders. (...) O problema deve ser mesmo esse. Vocês não conseguem estar actualizados, e depois criticam sem saber. Tampouco conseguem rentabilizar trabalho (...)
Link to post
Share on other sites
  • Replies 74
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

é curioso..mas tenho uma historia para contar a propósito da qualidade dos projectos, na faculdade: 5º ano - entrega do 1º semestre chego com a minha entrega. um grande caderno de esquissos, rigoro

Por acaso sei do que estou a falar. Aliás se não soubesse nem perdia tempo neste fórum (...) O que acho é que os renders devem ser, única e simplesmente, um elemento para vender o produto final.

Mas tu estás a perder tempo neste fórum, com uma discussão inútil... o mercado de trabalho não procura maquetistas hoje em dia... nem procura pessoas com grande capacidade de desenho à mão levantada (infelizmente!), mas sim essencialmente pessoas com a ambivalência do 3d e projecto de Arquitectura... fazer maquetes não é requisito para os gabinetes nem para a maioria dos concursos... talvez para alguns clientes!

As maquetes, servem essencialmente para queimar pestanas durante o curso, pela luta diária por dois algarismos na pauta, que é no fundo, inconsequente...

P.S.

Luis Lopes, deixa de colocar o pé na vala!
Link to post
Share on other sites

na minha opiniao tem tudo a ver com a natureza do projecto

Modelos e renders 3D: sao optimos para promocao comercial, e podem ser muito uteis para testar materiais e compreender as sombras, e barato se nao se entrar no fotorealismo, nao ocupam espaco e sao "facilmente modificaveis".




Para testar materiais e compreender sombras existem outros programas sem que seja necessariamente obrigatório fazer renders. (...) O problema deve ser mesmo esse. Vocês não conseguem estar actualizados, e depois criticam sem saber. Tampouco conseguem rentabilizar trabalho (...)
Link to post
Share on other sites

Mas tu estás a perder tempo neste fórum, com uma discussão inútil... o mercado de trabalho não procura maquetistas hoje em dia... nem procura pessoas com grande capacidade de desenho à mão levantada (infelizmente!), mas sim essencialmente pessoas com a ambivalência do 3d e projecto de Arquitectura... fazer maquetes não é requisito para os gabinetes nem para a maioria dos concursos... talvez para alguns clientes!

As maquetes, servem essencialmente para queimar pestanas durante o curso, pela luta diária por dois algarismos na pauta, que é no fundo, inconsequente...




Pois é!! (...) depois vê-se a qualidade dos projectos (...)
Link to post
Share on other sites
é curioso..mas tenho uma historia para contar a propósito da qualidade dos projectos, na faculdade:

5º ano - entrega do 1º semestre

chego com a minha entrega. um grande caderno de esquissos, rigorosos e duas maquetas. pouso na mesa. ao meu lado um colega com os rigorosos e uns 3D impecáveis capaz de envergonhar as minhas maquetes e fazer-me questionar sobre o meu projecto.

conclusão: ele teve nega, eu tive uma das melhores notas da turma. e no fim o professor ainda disse (sem apontar nomes) "escusam de me atirar areia para os olhos com 3d's excepcionais..eu sou arquitecto, avalio a qualidade do projecto".

no mundo profissional é diferente, claro. mas não pergunto se, a nossa atitude perante os renders, não terá a ver também, com as experiências que tivemos na faculdade...

margarida duarte

Link to post
Share on other sites

Há bons projectos feitos a partir de 3d, há bons projectos feitos a partir de maquetes, há bons projectos feitos a partir do autocad e por fim, há bons projectos feitos com um lápis/caneta na mão... a capacidade de prever/conjecturar o espaço está na cabeça e não no interface.



Claro que há bons projectos feitos a partir de maquetes (...)
E aí é que reside o problema. Para um bom projecto diria que é quase obrigatório a execução de maquetes (de modelação) (...) Quase porque poderão existir, eventualmente, projectos em que não seja necessário a execução de maquetes, dependendo do tipo de projecto em causa (...) Aliás, diria que a maquete é consequente de um bom projecto (...)
Link to post
Share on other sites

é curioso..mas tenho uma historia para contar a propósito da qualidade dos projectos, na faculdade:

5º ano - entrega do 1º semestre

chego com a minha entrega. um grande caderno de esquissos, rigorosos e duas maquetas. pouso na mesa. ao meu lado um colega com os rigorosos e uns 3D impecáveis capaz de envergonhar as minhas maquetes e fazer-me questionar sobre o meu projecto.

conclusão: ele teve nega, eu tive uma das melhores notas da turma. e no fim o professor ainda disse (sem apontar nomes) "escusam de me atirar areia para os olhos com 3d's excepcionais..eu sou arquitecto, avalio a qualidade do projecto".

no mundo profissional é diferente, claro. mas não pergunto se, a nossa atitude perante os renders, não terá a ver também, com as experiências que tivemos na faculdade...


Obrigado pelo teu (bom) comentário Margarida. Era aí onde eu queria chegar.
Os renders valem, se, o projecto for um bom projecto (...)
Link to post
Share on other sites

Não existe correlação entre:

Utilizar render= Bom Projecto

Utilizar maquetes= Bom Projecto

Utilizar desenhos= Bom Projecto

Os renders, as maquetes e os desenhos por sí, não garantem nada, é a capacidade da pessoa que determina isso.

Tudo isto faz lembrar aquele idiota tipo, que grassa muito na sociedade Portuguesa, que por não compreender "os tempos que correm", passa o dia a bradar que "hoje em dia os computadores fazem tudo" e que "no meu tempo é que era".

P.S.

Ainda bem, que o seu tempo, já era!

Link to post
Share on other sites

Não existe correlação entre:

Utilizar render= Bom Projecto

Utilizar maquetes= Bom Projecto

Utilizar desenhos= Bom Projecto

Os renders, as maquetes e os desenhos por sí, não garantem nada, é a capacidade da pessoa que determina isso.


Agora já concordo mais contigo |||ARK|||, tipo eu posso ser muito bom em desenho 2D, mas se aparece um gajo igualmente bom em renders, e outro bom em maquetes. Todos temos hipótese de lutar por um "lugar ao sol" cada um com as suas ferramentas. :)
Link to post
Share on other sites

E' como tudo, acho que encontramos argumentos validos nos dois lados do assunto. A ultima coisa que fiz em portugal foi o concurso para a sede da EDP e os "3D's" eram todos com base photoshop. O grosso da embalagem era uma maqueta genial que servia como remate da proposta. Naturalmente que o gabinete se podia dar a esse luxo porque tinha um orcamento que lhe permitia ir por ai, a unica coisa que posso dizer e' que me deu muito mais prazer participar em algo feito com uma base artistica que nao se refugiava unica e exclusivamente na capacidade do computador em simular o real. Concordo quando dizes que muitas vezes o render foto-real nao e' mais do que um pouco de brio em cima do projecto ARK, e se fosse essa a base de tudo o que se ve pelas revistas, nao teria qualquer problema em lidar com o render, o problema e' quando a coisa se torna por demais subversiva. Trabalho com ACad 3d, Microstation 3d, Rhino e Cinema 4D, pessoalmente odeio todos os segundos em que tenho de lidar com isto...

Link to post
Share on other sites
  • 2 weeks later...

Bom, mas afinal não há casa construída por ninguém! Construíram uns renders? Até os profissionais de renders aqui como o ARK tem de reconhecer que a maior vantagem daquilo é iludir o cliente. Não digo ilustrar, digo mesmo iludir: fazer de conta que é uma coisa sendo outra. Quantas vezes a realidade é depois bem mais pobrezinha? E só depois de feito é que o cliente descobre que não gosta da casa, e que, na realidade, nunca gostou, e que foi iludido.

Link to post
Share on other sites

Um bom render, deve ser uma cópia fidedigna da realidade, eu não percebo como é que um mau projecto pode ser escamoteado por um bom render. Eu abarco a realidade através de uma perspectiva cónica, elaboro renders através de uma perspectiva cónica, faço perspectivas à mão através de uma perspectiva cónica... qual é a melhor alternativa, maquetes? Uma mera maquete? Há maquetes como cópias fidedignas da realidade? Eu não conheço nenhumas... Eu só quero que percebam uma coisa, há uma certo brio associado ao fazer de uma maquete e há outro certo brio associada ao fazer de um render, o primeiro acto é mais desprestigiante para um arquitecto. A maquete é física, é fácil de mais chagar lá, um desenho/render é conjecturar em abstracto, é usar essencialmente a cabeça.

Link to post
Share on other sites
  • 1 month later...
  • 1 month later...

és arquitecto ou alguma coisa parecida? aluno? No futuro pensa 2 vezes ( ou mais) antes de fazer um post!, se és arquitecto envergonhas esta classe! e eu até nao estou a falar da tecnica dos renders em si! mas sim da arquitectura e das opçoes tomadas, tanto á morfologia dos espaços como dos materiais empregues! até o meu primo de 6 anos faz algo com mais cabeça no SIM's. ( a preocupaçao em pôr seixo rolado como pavimento de uma varanda é espetacular! adorei!!!) Olha...escuta.......VAI MAS É TRABALHAR! FAZER ALGO DE ÚTIL PARA A SOCIEDADE)

Link to post
Share on other sites

claro... mas este tipo te post nem deviam ser permitidos...pelo menos deviam ser filtrados para nao gerar este tipo de discussões! sinceramente este post parece ter sido feito a gozar com os utilizadores deste forum! ao que o meu comentário em resposta ao dito post tb se inseriu na mesma onda de gozo! é so a minha opinião!

Link to post
Share on other sites

Ora nem mais, Gupyna, deixemo-nos de gozar... sinceramente... discutam mas com cabeça, não comecem a ofender as pessoas!:) Quanto ao Roni, deve haver alguma confusão com o ano em que está ou talvez nem esteja em arquitectura, e se calhar, por ser novo no Arquitectura.pt, não sabia onde colocar o seu trabalho (aliás isto não é Exposição Livre? Ñão vejo o problema...); o que tinham simplesmente que fazer era explicar-lhe de maneira não agressiva, perguntar-lhe quem realmente é e dizer-lhe quais os melhores programas de renderização... diziam de maneira educada e "soft" que o render não é, realmente, dos melhores, e explicavam porquê! Simples, iah?!? Enxutaram o rapaz com certeza!;) Vá lá Roni, não desanimes, eu estou no primeiro ano e nunca mexi num render, o passo tímido que deste é importante porque quer dizer que estás disposto a aprender: ninguém começa bem! Tens é que continuar a tentar, e tenho a certeza absoluta que se quiseres fazer melhor, consegues! B) Beijinho, DreamSpaces Girl:menina:

Link to post
Share on other sites
  • 4 months later...

Penso que é certo que todos nós não nascemos ensinados e que para ter alguma coisa temos que lutar por ela, é neste ponto de vista que te digo Roni, não desistas, pois com o tempo, com o trabalho e experiência adquirida irás de certeza chegar onde realmente pretendes. No que diz respeito aos programas de render, tenta ligar-te a um que te deixa mais a vontade e sobretudo que tenha compatibilização com a maior fatia de programas existentes no mercado (de desenho).

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.