Jump to content
Arquitectura.pt


serei a unica?


patricia_alcacer

Recommended Posts

Gostava de ser se sou a unica que á medida em que o tempo na universidade vai passando e vou aprendendo e a ter mais experiencia nesta area, enfim a medida que tenho vindo a evoluir (ou nao,lol), tenho me sentido um pouco desiludida com o que se passa na arquitectura, em portugal, em termos de ensino, e nao só... quero ver se me explico bem, quando entrei na universidade aconteceram uma serie de eventos muito maus que me levaram a perder um pouco o entusiasmo, e perdi um bocado a confiança em mim, as vezes acho que isto nao é para mim...nao sei..nao tenho duvidas que gosto bastante de arquitetura...mas sera que gostar é suficiente?! so queria saber se o pessoal aqui do forum nunca teve duvidas, ou se pensa assim..nao sei, eu sou relativamente nova aqui, e daquilo que leio todos me parecem determinados e seguros daquilo que defendem. espero que me tenha feito entender...:/

Link to comment
Share on other sites

olá patricia_alcacer :)
nao te posso responder pela maioria, mas posso responder-te por mim... de facto houve alturas, ao longo do curso que me senti mais ou menos como tu, penso que nao devemos ser as unicas! esse tipo de desalento, poderá ter haver com o teu desempenho, o dos professores, o dos colegas...que tudo junto poder fazer com que vaciles, sobre o verdadeiro motivo que te fez ir para este curso: ou sao as tuas expectativas que poderão ser muito altas e não consegues chegar até lá..ou até nem consegues ter expectativas..ou até tens professores que não puxam por ti..ou até tens colegas que te dao aquelas "facadinhas" nas costas (tão bom de levar!) ... ou entao nem é nada disto, e estou a divagar para algo que nem reconheces no teu dia a dia escolar!

todos nós vamos para arquitectura por algum motivo, para alem do gostar (embora tivesse sido esse, na altura o motivo mais forte, talvez...). no que me diz respeito, quando era miudita, dizia que queria ir para arquitectura para fazer "casas para as pessoas de cadeiras de rodas" .. :oops: e embora tenha sempre essa preocupação sempre que projecto, neste momento até estou a preparar-me para elaborar uma tese de final de curso que não tem nada haver com isso.... enfim! conhecemos outras coisas, interessamo-nos por outras e vamo-nos (querendo ou não) por vezes, afastando do "tal" motivo para o qual fomos inicialmente para arquitectura...
tudo o que te disse pode reflectir o que sentes, ou entao nem é nada disto :x não és a unica a sentires-te assim, nem é grave (na minha opiniao) ... grave será se essa duvida prevalecer até ao fim do curso.. por isso força ai! ;)

margarida duarte

Link to comment
Share on other sites

tens razao, as coisas vao mudando e no meio de maus professores, maus colegas e azares da vida temos que ir seguindo a razao pela qual viemos por este caminho! se calhar as minhas mas experiencias marcaram me para sempre so tenho é que ganhar a confiança que perdi...tambem ainda tou mais ou menos no inicio...espero que com o tempo estas duvidas passem...obrigada, acredita que força nao me falta:)

Link to comment
Share on other sites

Se com essas duvidas todas ainda não desististe, é porque gostas mesmo de Arquitectura!! O que ainda não encontraste foi uma forma de te 'relacionares' com ela e isso não se aprende em 'dois dias', mas numa vida :) Quanto ao ser seguro no que se diz, é a mandar 'bitáites' e a errar no que se diz/pensa que se aprende e aproveita o meio académico para isso, cá fora tens de ser mesmo segura no que dizes ao cliente, porque vais ter de 'vender o teu peixe' :x

Link to comment
Share on other sites

As duvidas surgem sejam em que situação for da nossa vida, sejam em que campo for...isso só mostra que não estás parada que pensas, que meditas, que obervas, etc etc... Acima de tudo que andas em busca de alguma coisa....Eu também tive algumas duvidas, mas essas mesmas duvidas existiram pela simples razão de me perguntar todos os dias, o que queria fazer com arquitectura...O que era para mim, ser Arquitecta. Enfim pode-se dizer k no meio de muita pergunta, de muita questão, com o tempo á medida que te vais afirmando em certas coisas e te relacionando com outras, começas a construir a tua propria defenição das tuas procuras..... Tudo para te dizer que quando souberes o que queres mesmo, e souberes que papel queres desempenhar neste meio, acharás a resposta para tantas questões e se calhar aí verás que faz sentido teres continuado, ou não! Mas há uma coisa que eu digo sempre a quem está recente neste "Archiworld", faz questão de todos os dias alargares o teu leque cultural, e então aí verás que esta área ramifica-se por muitas outras que te darão igualmente muito gozo.

Link to comment
Share on other sites

questionar se foi a opção mais correcta, ja me passou pela cabeça, principalmente na relação do que entregamos de nós a este curso e do que ganhamos depois com ele. Posso te dizer sem vergonha nenhuma que já chumbei na faculdade, não me tornou mais fraco, pelo contrario, mas aumenta o desapontamento, maus professores, lol, posso dizer que tive a minha dose, mas os resultados que tenho fora da faculdade a nivel nacional e internacional, não me deixam ir a baixo, tenho uma +paixão enorme pelo que faço, e acredito que fora da faculdade vou me afirmar como ja provei na mesma. A cima de tudo ha uma coisa que nunca podes perder, o confiança em ti, no teu valor e na evolução que vais tendo...o percurso academico é relativo, depende da faculdade, de externas que por vezes nao podemos controlar, dos professores, etc... O valor acaba por se revelar...outra coisa que aprendi é que não basta talento e paixão, é preciso muita organização e trabalho... Depois é acreditares em ti, e lutares pelos teus objectivos, por mais elevados ou simples que sejam...

Link to comment
Share on other sites

Isso é algo complicado de se lidar, eu acredito. Nunca aconteceu comigo, mas tenho alguns vários amigos que ja cairam nesse dilema. Alguns desistiram, outros continuaram sem saber o que querem ainda.. ja estou no meio da minha faculdade e posso dizer que tem coisas na arquitetura que me agradam e outras não, o unico inferno para mim é ter de lidar com as coisas que não me agradam, mas é a única maneira de conseguir chegar ao fim... Se você tem dúvidas, acho que deves continuar até ter certeza se é ou não é o que você quer para o seu futuro. O mais complicado da dúvida, é quando você está na sombra das espectativas dos seus familiares... isso para qualquer carreira. Agora.. existem várias fases em um curso de arquitetura, tomara que a melhor fase ainda esteja por vir para você.

Link to comment
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.