Jump to content
Arquitectura.pt


Futuro Universitário


DiogoMartins

Recommended Posts

Gostaria de partilhar aqui a minha peqena e tão atribulada história enquanto aluno pré-universitário e, ao mesmo tempo, pedir as opiniões mais sinceras que me possam dar. Talvez este não seja o espaço mais indicado para isto, mas o que melhor do que falar directamente com 'especialistas'!? Ora aqui vai: sou um aluno do curso cientifico e vejo-me, neste preciso momento, obrigado a ter q escolher um curso para me candidatar ao Ensino Superior. Enverdei por esta área apesar de, desde pequeno, não a sentir como verdadeiramente minha. Contudo, a entrada num curso de Medicina não se encontra, no meu presente caso, totalmente garantida, pelo que surgiu a oportunidade de me voltar para um curso que sempre tanto me disse: Arquitectura! Desta maneira, penso que a média de Candidatura que consegui alcançar me poderá colocar na FAUP (Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto). Um dos problemas que enfrento agora é as imensas duvidas de quem não está muito a par deste curso, nomeadamente qualidade de ensino das diversas faculdades, cadeiras, e... empregabilidade! A verdade é que o facto de ter seguido um curso Cientifico incutiu em mim, qase q cmo inconscientemente esta "consciencia" das necessidades do mundo de hoje, e os requisitos tão ecigidos a um cidadao que se queira bem sucedido. Falam-me de fracas oportunidades de trabalho neste curso... será verdade? Não estarei a apostar em algo que secalhar já não se adequará a mim? Equacionarei a satisfação pessoal e profissional nesta área? Desde já, Obrigado e desculpem a dificuldade de sintetização! (Espero qualquer resposta franca e o mais imparcial possivel)

Link to comment
Share on other sites

Olá Diogo, quanto à empregabilidade, a arquitectura sofre o que qualquer outro trabalho sofre. Em alturas de prosperaçao economica há trabalho, quando ha recessao nao ha tanto trabalho... Agora nao foi a pensar nisso que eu entrei em arquitectura. Antes de mais cada um de nós deveria escolher uma formaçao naquilo que realmente gosta e se sente motivado em fazer na sua vida.

Link to comment
Share on other sites

Bem vindo Diogo, é estranha essa discrepância no teu possível futuro, medicina e arquitectura pouca relação têm... parece sinceramente aquelas imposições sociais de que quem tem uma média alta tem obrigatóriamente de entrar nos cursos com médias de acesso mais altas... o que a ser verdade (e tu poderás dizer melhor que ninguém) pode ser logo à partida um erro... Pensa por ti e naquilo que gostarias de fazer da tua vida. O dinheiro não é tudo, senão aconselhava-te a medicina, por isso decide por ti, és tu que vais viver os muitos anos que te restam...

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to comment
Share on other sites

Acabei por colocar numa das opções, para quase só meu grande orgulho, o curso de Arquitectura na FAUP. Agora, se me permitem, outras dúvidas se assistem, nomeadamente que dificuldades terei num primeiro ano deste curso, no qual tenho falta de formação básica (GD, Desenho, etc.). Apesar de "talento" dizerem-me não faltar, não gostaria de fazer logo mal figura.. O que fazer? Obrigado

Link to comment
Share on other sites

Acabei por colocar numa das opções, para quase só meu grande orgulho, o curso de Arquitectura na FAUP.
Agora, se me permitem, outras dúvidas se assistem, nomeadamente que dificuldades terei num primeiro ano deste curso, no qual tenho falta de formação básica (GD, Desenho, etc.). Apesar de "talento" dizerem-me não faltar, não gostaria de fazer logo mal figura.. O que fazer?

Obrigado


Talento esquece que não é para aqui chamado. O facto de pores a hipótese de ter média para entrar em medicina ( e não estou a fazer a apologia das médias nem a dizer que quem tem melhores notas é mais inteligente), leva a crer que não terás medo de trabalhar, que é o que é preciso. Outra coisa é que, vindo duma área científica seguramente tens um raciocínio mais desenvolvido (matemáticamente falando) que muitos artistas que para aí andam que não conseguem resolver equações (isto acontece na minha turma de 3ºano).
Dito isto só precisas de começar a desenhar/pensar, que é algo que toda a gente sabe (não confundir com ilustrar).
Link to comment
Share on other sites

Outra coisa é que, vindo duma área científica seguramente tens um raciocínio mais desenvolvido (matemáticamente falando) que muitos artistas que para aí andam que não conseguem resolver equações (isto acontece na minha turma de 3ºano).


Tens razão, e penso que, quanto a isso, a Lusíada fez uma boa opção ao introdozir uma cadeira de Matemática no curso. De qualquer maneira, eu vim de arte e sempre tive matemática... E a minha universidade pede matemática como uma das específicas, o que não acontece em quase nenhuma - que, apesar de não ter uma cadeira de matemática, tem outras cadeiras tipo física das construções que requerem conhecimentos nesse campo.


E quanto ao talento tmbém tens razão. Vi alguns com talento este ano que não se safaram lá muito bem por desleixo - o chamado ficar à sombra da bananeira, só porque tinham talento. É preciso muita dedicação, acima de tudo!
Link to comment
Share on other sites

era mesmo disto que queria "ouvir" e, sinceramente, não estava à espera q fosse esta a realidade! De facto, ter "abandonado" este sonho nao me permitiu evoluir em termos de técnica nem adquirir conhecimentos específicos neste campo. Mas já que dizem q o esforço e o empenho sao tao ou mais importantes, talvez entao me dê bem... disso tenho que chegue:)! espero conseguir aliar outros conhcimentos de outras áreas q tenho (Mat p.ex e cmo disseram), ir treinando e pedindo ajuda aos que sabem.. vamos la ver se fica pa trás! Ahm e ja agora, infelizmente pouco ouço falar de cursos de verão nesta área. Podem recomendar alguns? Obrigado

Link to comment
Share on other sites

boas Diogo! exitem varios cursos de verão, penso que existem na propria FAUP. (alguêm da Faup que confirme P.F.) também existem varias galerias de arte e lojas especializadas em arte que promovem cursos de desenho! não sei se estes são os mais apropriados, mas na tua fase, penso que qualquer abordagem ao desenho é bem-vindo para ti! já agora nas férias... leva um bloco e risca à vontade!!! ficamos à espera desses desenhos de verão!:D

Link to comment
Share on other sites

cuidado.
mais vale um canudo de médico na gaveta que um diploma de arquitectura na parede.
caro diogo, aqui por estas bandas só vais ouvir coisas bonitas sobre o nosso metier.
mas daqui a 5 anos é preferivel descobrires que o médico estagiario não se sente completo, do que estares a dar cliques no rato às 3 da manhã num atelier de vão de escada que te paga 300€ por mês.
um médico pode estar a tirar um curso de arquitectura, já o contrário ´NÃO é possivel.
dentro de outras áreas, falo por experiencia própria.
mas vai e segue o teu querer.
no fim estamos sempre sós, no momento de decidir.

http://dontfollowthewhiterabbit.blogspot.com/

nuno westa

Link to comment
Share on other sites


Olha, mais "um" que seguiu o "coelho branco" da Alice >:( Deu optimos resultados segui-lo hum ?

----

Quanto ao nosso colega pré-universitário, muito sucesso te desejo, e em setembro a equipa do arquitectura.pt está aqui para te praxar! :D

Bem vindo! Qualquer dúvida dispoe :)
Link to comment
Share on other sites

em relação a cursos de verão, que eu saiba não há nada na faup (a confirmar, não tenho certeza). o que há é cursos de desenho durante o ano, para quem não está na fac. Mas Diogo, eu se fosse a ti não procurava absolutamente nada para este Verão. Sonha um bocado que é o melhor nessa fase, e curte as férias, vai pa praia ou faz o que gostares mais, vais ter umas férias longas (talvez as mais longas da tua vida) e a altura é de relaxares um pouco. Depois tens mais que tempo para entrar na linha do que te pedirem. Foi assim que eu fiz, até hoje não me arrependo... mas é só a minha opinião.

Link to comment
Share on other sites

o meu antigo professor de desenho diz que é pior encontrar um aluno que saiba desenhar (ou pensa que sabe) e por isso cheio de tiques e de formas proprias de desenhar, incorrectas as vezes, porque depois é muito dificil tirar lhes esses vicios; ele diz que é muito mais facil ensinar um aluno com pouca experiencia no desenho porque nao tem maus vicios ainda! para teres ideia, na minha primeira aula de desenho ele disse-nos para esquecermos tudo o que tinhamos aprendido! espero ter sido clara:) olha muita força mesmo e vais ver que as duvidas vao desaparecer bem depressa!

Link to comment
Share on other sites

caro diogomartins.... como tu tive na mesma situação... só q a minha media não ultrapassava os 15 valores... poderia ter optado por enfermagem, ou farmacia, ou bioquimica.... mas optei por ARQUITECTURA na univercidade Lusiada... entrei com matemática como especifica... e posso te dizer que não senti grandes dificuldades.... acabei o 1º ano com 14 a arquitectura o que foi uma das melhores notas.... é claro q tive de marrar na geometria... mas quando se corre por gosto não cansa... sempre fui um adepto das artes e sempre me vi a trabalhar em qualquer actividade relacionada.... acredita q estou a adorar o curso.... acredita que dá muito trabalho.... mas para mim fui a melhor coisa que fiz.... apesar de ser bastante caro sinto q tomei a melhor opção.... segue os teus instintos... procura a tua alegria.... :icon14:

Link to comment
Share on other sites

Diogo. Se ainda les isto... le com muita atencao porque desta vez falo a serio. Se pretendes seguir arquitectura devo referir que neste pais mesmo que a crise acabe o pais ha-de ser sempre igual a si mesmo.... ha-de haver uma epoca das vacas gordas mas um dia elas voltarao a morrer ... e depois ficas tramado... portanto no momento em que escolheres arquitectura comeca a estudar ingles e pensa em trabalhar no estrangeiro... Londres, Nova Iorque, Paris, Hong Kong, Sidney,... porque o nosso querido pais eh muito pequenino... com ... quando saires da FAUP ... com 20 mil arquitectos. Mesmo que digam: Se fores bom, muito bom, sobrevives... ok... sobrevives mas o maximo que vais ganhar serah 1500 euros... enquanto no dia em que ganhares 1500 euros podes muito bem ganhar 7000 euros no Dubai... tao simples como isto.

Link to comment
Share on other sites

Ola Diogo! Relativamente a cursos de Verão podes consultar o site da ESAP já que em setembro vão ser desenvolvidos vários cursos de Verão nomeademente de Desenho, de Geometria Descritiva e outros. Devo ainda dizer que de facto o talento pouco pode interessar, contudo também não basta "trabalhar por trabalhar" sendo que a quantidade por si só pode não ser suficiente. O importante num curso de arquitectura é a meu ver a maturidade e uma grande sensibilidade que também se vai desenvolvendo. O trabalho é, sem dúvida necessário, contudo desde que seja entendido de forma consciente e não como uma soma de tarefas.... Desejo-te boa sorte e aconselho-te a não seguir arquitectura só por vaidade...não estou a dizer que esse é o teu caso mas é uma pena perceber que cada vez mais esse tipo de atitude prevalece...

Link to comment
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.