Jump to content
Arquitectura.pt


Reunião de Obra - Hotel em Viana do Castelo


Peter

Recommended Posts

  • Replies 89
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

so agora vi a "discussão" à volta do edifício... acho k as vezes as cidades em crescimento pedem determinadas intervenções ou programas; para locais específicos. acho k à partida aquele local não é um bom sítio para implantar um hotel. Viana tem muitas potencialidades, desaproveitadas. Como peça arquitectónica, acho interessante e pacífica, com aspectos interessantes e outros menos interessantes, obviamente. Mas pacífica. A verdade é que a especulação acaba sempre por falar mais alto, como tem acontecido sucessivamente nesta cidade. Acho que não é um bom sítio para um hotel, acho que vai prejudicar o alojamento de estudantes e dificulta a relação com as azenhas d prior e rio; exceptuando as consequências para a escola Eb2, ao lado - fala-se que vai "desaparecer" e sobrelotar as outras existentes porque o hotel "precisa de mais espaço"!

Link to comment
Share on other sites

o menino de ermesinde sou eu :p cheguei bem a ermesinde mas a viagem foi dura :p mt sol e mt sono e ainda por cima com um almoço leve que foi e o grande passeio à tarde :p de nicks tb só sei de quem falei mais no dia :D só não sei o do teu namorado e o dos ladrões :icon_pistoles: venha a próxima :nervos:

Link to comment
Share on other sites

Eu infelizmente só vos pude fazer companhia no almoço... e mesmo assim fui o ultimo a chegar e o primeiro a sair....:p fiquei lá ao fundo perto do R|L da Angela Novo e do asimplemind.. de resto não conheço mais ninguem pelos usarname exepto o Peter... que é amigo de londa data... hehee.... já 'gora.. asimplemind já mudas.te de opinião em relação ao hotel depois da visita.. ou nem por isso? " e os ladõres??? .....pa cima de 10 bandidos!!! " :p quem era este senhor?

Link to comment
Share on other sites

já 'gora.. asimplemind já mudas.te de opinião em relação ao hotel depois da visita.. ou nem por isso?


Em relação à minha opinião sobre a obra, não mudou muito. Acho que o edifício do hotel é desadequado à escala da zona. Não falo em termos de macro-escala, mas sim das situações confluentes com o edifício do hotel. Na zona junto à escola, o edifício tem uma presença que até poderá ser adequada (se bem que a relação deste com a escola, na minha opinião nao foi trabalhada) à escala do local, no entanto quando a rua começa a descer até à rotunda, o edifício ganha quase a altura de mais um piso no R/C e para mim aí ele torna-se bastante frágil na sua relação com o lugar.

Gostei de ouvir os argumentos dos arquitectos, as suas justificações e o desenrolar do projecto. Esta é uma obra de muitas mãos e penso que em certo ponto se perdeu um pouco o controlo sobre escalas para responder a outras exigências (isso vê-se na relação entre as imagens 3d iniciais e as imagens finais, semelhantes ao que existe hoje). No entanto até acho que houve algo que resultou para bem nesta busca de uma "imagem forte". Pelo facto de criarem aqueles desfasamentos na volumetria, quando nos acercamos do edifício não conseguimos ter a leitura do último piso, que faz com que seja perceptível uma altura mais baixa que poderá ser favorável.

No entanto para mim o principal problema é a extrema rigidez da forma, ela não se quer conjugar ao local, não pretende estabelecer relações e isso é visível pois em cada lado temos escalas diferentes e o edifício comporta-se da mesma maneira. Depois outro aspecto é o tratamento Norte/Sul. É igual. Será bom?

A zona que achei mais interessante foi toda a parte baixa voltada para o parque da cidade, aqui sim os arquitectos vão buscar a escala da rua fazem um jogo volumétrico interessante. E a possibilidade de usufruir da cobertura desses espaços é bastante vantajoso já que se relacionará com o futuro parque da cidade.

Mas aprendi muito na visita, é sempre bom ver obras de perto e aprendi muito também a ouvir e a falar com os arquitectos!
Link to comment
Share on other sites

Estive agora a ver a foto reportagem e digo-vos, fiquei com muita melhor impressão sobre o edífício (principalmente em relação à escala e à forma) do que tinha quando vi os 3d. Não me posso alongar muito mais do que isto uma vez que não fui lá, mas fico com curiosidade de confirmar o que o asimplemind diz quando fala da fragilidade etc

Link to comment
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.