Jump to content
Arquitectura.pt


Universidade Lusiada de Famalicao!


Recommended Posts

ora nem mais, agora falamos a mesma língua... concordo absolutamente que o sistema de entrevistas era ainda pior que o que está em vigor, mas uma "prova" adequada a cada curso ajudaria sem dúvida a uma melhor selecção dos alunos. o que numa visão muito utópica poderia ajudar a elevar o nível do ensino, mas isso são contas de outro rosário. no entanto, não deixo de achar que o problema vem ainda mais detrás, pois, na minha opinião, o secundário cria bases para o que vais fazer no ensino superior e assim sendo ou se assume a divisão por áreas (agrupamentos) ou se uniformiza o ensino secundário.

Link to post
Share on other sites
  • Replies 99
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

ui ui que post interessante ... estou sem tempo para ler o tópico todo ... ( afinal já o li ) :) Mas defender que só os super-dotados a matemática é que deviam ser arquitectos é das coisas mais estupidas que já ouvi. Há pessoas que vêm do secundário com altas notas pq ou tiveram bons profs. e se aplicaram , ou tinham maus profs e estudaram mt ou tiveram maus profs e tiveram umas explicaçõeszinhas ou então há aqueles casos dos colégios e não só a elevar as notinhas aos alunos. Depois já na faculdade , excelente aluno a matemática , péssimo a desenho , péssimo a cad etc etc ... E dizer que matemática é mais importante que História de Arte/Arquitectura ? LOL Conclusão, um péssimo sistema de ensino em portugal, que abandona uma enorme quantidade de alunos por burocracias do sec. passado. Eu se um dia vier a ser arquitecto não vai ser por causa do estado ! Nota final : Em Portugal com tantos arquitectos bons a matemática o resultado é o que está a vista !

Link to post
Share on other sites

CR_ como diz um 'grande' médico que conheço, os 'próximos' alunos a sair do curso de medicina irão ser bons estudantes de Medicina e não bons praticantes da Medicina! Por isso pensem bem, quando um dia necessitarem de ajuda médica, em que vão confiar o 'corpinho' :)

E o mesmo acontece com outros cursos!


:icon14:

E o mesmo se aplica no curso de arquitectura ! Mts alunos passam de ano pelo esforço ( técnicas apre(e)ndidas no ensino secundário ) e depois olhas para os projectos e notas uma clara falta de sensibilidade !

E uma coisa que noto neste tópico é um claro desconhecimento do que é a arquitectura e o seu curso ...

Já vi ai muita gente a gabar-se de ter tido 19 a isto e 20 aquilo ... quero ver essas notas no ensino superior , quero quero lol
Link to post
Share on other sites

ui ui que post interessante ... estou sem tempo para ler o tópico todo ... ( afinal já o li ) :p

Mas defender que só os super-dotados a matemática é que deviam ser arquitectos é das coisas mais estupidas que já ouvi.
Há pessoas que vêm do secundário com altas notas pq ou tiveram bons profs. e se aplicaram , ou tinham maus profs e estudaram mt ou tiveram maus profs e tiveram umas explicaçõeszinhas ou então há aqueles casos dos colégios e não só a elevar as notinhas aos alunos.

Depois já na faculdade , excelente aluno a matemática , péssimo a desenho , péssimo a cad etc etc ...

E dizer que matemática é mais importante que História de Arte/Arquitectura ? LOL

Conclusão, um péssimo sistema de ensino em portugal, que abandona uma enorme quantidade de alunos por burocracias do sec. passado.
Eu se um dia vier a ser arquitecto não vai ser por causa do estado !



Nota final : Em Portugal com tantos arquitectos bons a matemática o resultado é o que está a vista !


alguem que concorda comigo!!! :)
Link to post
Share on other sites

ui ui que post interessante ... estou sem tempo para ler o tópico todo ... ( afinal já o li ) :)

Mas defender que só os super-dotados a matemática é que deviam ser arquitectos é das coisas mais estupidas que já ouvi.
Há pessoas que vêm do secundário com altas notas pq ou tiveram bons profs. e se aplicaram , ou tinham maus profs e estudaram mt ou tiveram maus profs e tiveram umas explicaçõeszinhas ou então há aqueles casos dos colégios e não só a elevar as notinhas aos alunos.

Depois já na faculdade , excelente aluno a matemática , péssimo a desenho , péssimo a cad etc etc ...

E dizer que matemática é mais importante que História de Arte/Arquitectura ? LOL

Conclusão, um péssimo sistema de ensino em portugal, que abandona uma enorme quantidade de alunos por burocracias do sec. passado.
Eu se um dia vier a ser arquitecto não vai ser por causa do estado !

Nota final : Em Portugal com tantos arquitectos bons a matemática o resultado é o que está a vista !


Não percebi bem o teu post. Podes fazer uma citação de algum post mais atrás onde se diz que "matemática é mais importante que História de Arte/Arquitectura" e que só os "super-dotados a matemática é que deviam ser arquitectos" ?

E já agora qual a relação entre: é bom a matemática logo é "péssimo a desenho , péssimo a cad ".
Link to post
Share on other sites

tambem nao concordo que se possa andar tres anos em ciencias e em 2 horas e meia de exame de geometria provar que "se tem mais capacidaes" que os outros.


Pelo menos no que se refere Geometria pode muito bem mostrar que tem tantas ou mais.

Aliás Geometria até é de todos os exames um dos mais objectivos.
Link to post
Share on other sites

Pelo menos no que se refere Geometria pode muito bem mostrar que tem tantas ou mais.

Aliás Geometria até é de todos os exames um dos mais objectivos.


Nao concordo. Para mim, os exames nao sao 100% esclarecedores quanto ás capacidades do aluno. :)
Eu própria dexi 5 valores de um ano para o outro em geometria (de 19 para 14) por motivos de doença... Por isso acho que a nota que tive nao reflecte de forma NENHUMA as minhas capacidades.
Link to post
Share on other sites

Nao concordo. Para mim, os exames nao sao 100% esclarecedores quanto ás capacidades do aluno. :)
Eu própria dexi 5 valores de um ano para o outro em geometria (de 19 para 14) por motivos de doença... Por isso acho que a nota que tive nao reflecte de forma NENHUMA as minhas capacidades.


Há sempre esse risco. Mas uma coisa é as pessoas provarem o que valem, outra é nem sempre conseguirem mostrar o que valem. Como é óbvio nem sempre as notas reflectem o nosso valor (tive no exame de português, nem sei bem como, -6 valores que a média da disciplina...) mas tendo em conta que são iguais para todos temos de nos sujeitar.

PS: não podias fazer o exame noutra fase?
Link to post
Share on other sites

mas é essa atitude de submissão que faz o nosso país estar onde está..."o sistema é mau, mas é o que está em vigor..." se está mal há que fazer por mudá-lo. estamos a falar especificamente do curso de arquitectura, mas muitos outros cursos sofrem do mesmo mal...

Link to post
Share on other sites

Meus amigos ... em engenharia o último que entrou na FEUP a nota foi por volta de 12 virgula tal ! Já na Faup para entrar lá o ultimo aluno teve 18,1 se não me engano ! Isto referente à 1ª fase de 2006 ... E pronto , os engenheiros podem ser médios a matemática ... já os arquitectos têm que ser génios ! ( peço desculpa se não sei com exatidão os valores ... é que eu sou péssimo no que diz respeito com numeros ! ) :)

Link to post
Share on other sites

Meus amigos ... em engenharia o último que entrou na FEUP a nota foi por volta de 12 virgula tal !
Já na Faup para entrar lá o ultimo aluno teve 18,1 se não me engano !

Isto referente à 1ª fase de 2006 ...

E pronto , os engenheiros podem ser médios a matemática ... já os arquitectos têm que ser génios !


Na FAUP pede-te apenas uma disciplina como específica para entrar. Um delas é Geometria Descritiva onde é extremamente comum haver notas de 19 e 20's nos exames. Na FEUP pedem 07 Física e Química (F) 16 Matemática, onde as notas são sempre baixas e não é tão comum haver 19's e 20's como há a GD-A.

Matematicamente falando é fácil perceber que um 20 ou 19 sobe vertiginosamente a média.
Isto sem falar nas vagas, que na FAUP são 108 e na FEUP, 175.

http://www.acessoensinosuperior.pt/detcurso.asp?codc=0022&code=1102
http://www.acessoensinosuperior.pt/detcurso.asp?codc=9360&code=1105

Existem mais Universidades sem ser a FAUP. http://www.acessoensinosuperior.pt/indest.asp Contei 8.

CR_ eu queria entrar na 1º fase! :p


Podes candidatar-te à 1º Fase com um exame feito na 2º fase desde que não tenhas feito outro na primeira.

mas é essa atitude de submissão que faz o nosso país estar onde está..."o sistema é mau, mas é o que está em vigor..."


No que diz respeito a avaliar os conhecimentos de Geometria não vejo outra forma mais justa mesmo que por vezes não mostre a qualidade do aluno. Quando à forma de avaliação das entradas em Arquitectura (e outros) já dei a minha opinião mais atrás.
Link to post
Share on other sites

Geometria é dada no 1º ano do curso de arquitectura ... Matemática em engenharia deve ser usada o curso inteiro ... Já H.A é uma disciplina que é dada nos 2 primeiros anos do curso ... para não falar que é mil vezes mais importante que geometria para a formação de um arquitecto, pq sem conheceres o passado não podes desenhar o futuro ! :p

Link to post
Share on other sites

O estranho é que sem geometria não se pode desenhar nada! Talvez por isso se tenha logo no 1º ano e História não ... Vai dai a Arquitectura ser a 'disciplina' que tem de ter um pé em tudo, por não tem propriamente uma discplina fulcral, mas sim, várias :p Quanto á matemática, pelo curso que fiz e em debate com professores, quanto aos outros não sei, é exigida unica e simplesmente porque não existe a mesma durante o curso, daí que considerarem que os alunos que entram já têm uma forte componente matemática desenvolvida anterior ao curso, dando assim a oportunidade para outras cadeiras!

Link to post
Share on other sites

Na FAUP pede-te apenas uma disciplina como específica para entrar. Um delas é Geometria Descritiva onde é extremamente comum haver notas de 19 e 20's nos exames. Na FEUP pedem 07 Física e Química (F) 16 Matemática, onde as notas são sempre baixas e não é tão comum haver 19's e 20's como há a GD-A.

Matematicamente falando é fácil perceber que um 20 ou 19 sobe vertiginosamente a média.
Isto sem falar nas vagas, que na FAUP são 108 e na FEUP, 175.

http://www.acessoensinosuperior.pt/detcurso.asp?codc=0022&code=1102
http://www.acessoensinosuperior.pt/detcurso.asp?codc=9360&code=1105

Existem mais Universidades sem ser a FAUP. http://www.acessoensinosuperior.pt/indest.asp Contei 8.



Podes candidatar-te à 1º Fase com um exame feito na 2º fase desde que não tenhas feito outro na primeira.



No que diz respeito a avaliar os conhecimentos de Geometria não vejo outra forma mais justa mesmo que por vezes não mostre a qualidade do aluno. Quando à forma de avaliação das entradas em Arquitectura (e outros) já dei a minha opinião mais atrás.

Exactamente o que eu quero dizer... A média na FAUP é tão alta porque há muitas candidaturas para lá... Se houvesse mais universidades com o curso (e com o curso tão conceituado, ou quase, como na FAUP sem querer entrar em rivalidades) a média baixava em todo o lado... Mas voltando á questão das provas de ingresso, penso que geometria é sempre a disciplina mais fulcral no curso de arquitectura.. no entando até poderia ser aceitável o uso de História da arte, porque como já se disse por aí é necessário conhecer o passado para desenhar o futuro... Agora português? Tenham dó...
Link to post
Share on other sites

Ponho agora outra questão aqui para não estar a estragar outro tópico :p é certo, como já se disse muitas vezes aqui no fórum, que a faculdade em que se estuda não reflecte se se é bom ou mau arquitecto... Mas para entrar no mundo de trabalho, como primeiro emprego, deve ter algum peso a faculdade não?

Link to post
Share on other sites

Mas para entrar no mundo de trabalho, como primeiro emprego, deve ter algum peso a faculdade não?


A mim parece-me que numa pessoa com 40 anos ninguém quer saber a univ. onde andou, mas num jovem à procura do primeiro emprego é bastante provável ter alguma influência na escolha do empregador. [modo baixinho=on]Se eu tirar um curso por exemplo na Universidade de Lisboa dão-me mais crédito que se eu tirasse na UnI mesmo com notas iguais ou ligeiramente superiores na UnI[modo baixinho=off]
Link to post
Share on other sites

só uma correcção. história (pelo menos na faup) só não é dada no 1º ano.


Eu tb faço uma pequena correcção , na Lúsiada há H.Arte I ( no 1º ano ) e H.Arte II (no 2º ano) depois H.Arquitectura I (no 3º ano) e H.Arquitectura II (no 4º) ...

Estive a comparar o plano do curso de arquitectura (claro :p ) na lusiada e faup e deixou-me bastante confuso ! :p
Link to post
Share on other sites

Ponho agora outra questão aqui para não estar a estragar outro tópico :p é certo, como já se disse muitas vezes aqui no fórum, que a faculdade em que se estuda não reflecte se se é bom ou mau arquitecto... Mas para entrar no mundo de trabalho, como primeiro emprego, deve ter algum peso a faculdade não?




é verdade!...mas hoje em dia, pesa mais o nome e/ou a cunha...:tired:

margarida duarte

Link to post
Share on other sites

Bem fui eu k iniciei o topico e nao diss mais nada!! é k ainda sou novo e tenho mt coisa pra apreender em relação a arquitectura!! tenh acompanhado o foram e ja vou aprendendo algumas coisas.. em relação ao k dixem de andar em ciencias ou em artes, eu estou mais do lado dos de dixem artes apesar de eu andar em ciencias.....:p

Link to post
Share on other sites
  • 1 year later...
  • 4 weeks later...

oi, acabei agora, em julho, o curso de arquitectura na universidade lusiada de famalicão, resta-me terminar a tese de mestrado, e posso dizer que o curso é muito bem lecionado, principalmente o quinto ano, que tem como regentes dois excelentes professores. O facto de ser uma universidade pequena facilita o acesso aos professores, criando assim uma relação muito mais proxima entre aluno e docente. Sem duvida que recomendo esta universidade.

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.