Jump to content
Arquitectura.pt


Geometria Descritiva


Recommended Posts

  • Replies 57
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

against eu não acho errado que se entre com uma prova de ingresso de, por exemplo, português, desde que se tenha tido geometria no secundário... assim como também não discordo com aqueles que entram para filosofia com a prova de ingresso de geografia (para mim também são coisas opostas) desde que tenham tido filosofia no secundário...


Mas o facto de ser prova de ingresso quer dizer que á partida já percebes daquilo! De que te vale entrar com filosofia ou outra coisa qualquer se vais ter geometria o curso todo? Já viste que quem fica lesado nestas situações é quem é bom a geomtria e teve a infelicidade de não se sair tão bem no exame, e depois vê pessoal a entrar com disciplinas que no fundo não têm nada a ver com o curso! É tramado... E injusto. Mas pronto. Depois queixam-se que não há bons profissionais. Qualquer dia os alunos de medicina também já não precisam de Biologia ou quimica para entrar, basta história, ou no estado em que o país vai, basta economia. Bah....:icon_no:
Link to post
Share on other sites

Temos tendencia a não gostar do que não percebemos ou do que não somos muito bons. Acho que te deves perguntar se gostas de arquitectura e de a "fazer" e não se gostas de geometria :) o resto habituas-te. Nenhum curso é constituido só por cadeiras que adoras :p Mas de facto concordo com o against... Usar português como prova de ingresso a arquitectura é ridiculo... A prova de ingresso deveria ser aquela/s que constitui/constituem as bases do curso.

Link to post
Share on other sites

joaopedrosilva apenas nos instituos privados se pode entrar com a disicplina de portuguÊs...


As universidades privadas também formam arquitectos...

Acredito que seja mais importante o português do que própriamente a geometria descritiva...
Há com cada erro nas memórias descritivas e textos que acompanham os projectos... :p

:)
Link to post
Share on other sites

kandinsky eu aprecio muito mais a disciplina de português do que de geometria... também porque tenho mais jeito para português.. no início gostava imenso de geometria mas começou a tornar-se bastante repetitiva e exaustiva... não sei até que ponto a geometria é importante para a arquitectura... mas o português é, certamente, também importante (na minha opinião é importante para qualquer curso).. em Portugal, claro...

Link to post
Share on other sites

Acredito que seja mais importante o português do que própriamente a geometria descritiva...
Há com cada erro nas memórias descritivas e textos que acompanham os projectos... :p

:)


LOLADA

... a parte do português também se devia aplicar às memorias descritivas que se escrevem por aí, que não têm nada haver com os projectos às quais se aplicam, falam falam e não dizem nada (já dizia o outro)...
Link to post
Share on other sites

O que vale é que o prof que tive obrigava á execução de maquetes dos exercicios! Algumas delas em transparencia e a indicar os pontos do desenho :) Fora os exames de 6horas com intervalo para o coffee break e para o almoço e onde o prof te deixava á vontade de resolveres os exercicios por desenho ou por relatório!! Belos tempos em que se puxava pela cabeça :p

Link to post
Share on other sites

marcar um ponto, mas em que medida isso se aplica na arquitectura?



Ana penso que não dá para ser tão directa ao ponto de te explicar um exemplo em que seguimos linearmente à risca o momento em que aplicamos " intersecção de uma recta com um plano"...

É importante na medida, em que te dá destreza ao longo de 2/3 anos para visualizares o que idealizas em termos espaciais, algo no qual terias mais dificuldade se "não fosses treinada" para isso.

São capacidades importantes de serem adquiridas, o raciocio de entenderes como os planos de topo se relacionam com outro plano, as espacialidades que daí resultam,...as sombras próprias e projectadas que se formam quando um luz x incide sobre o teu objecto...

...geometria é + que fundamental !

:)
Link to post
Share on other sites
AnaS serve para quando precisas de marcar um ponto! Por exemplo para definir um ponto do limite da sombra! Se bem que hoje em dia o software ja faz isto automaticamente, sombras, intersecções por ai fora...

Para além do que a Cinaminaminamina disse, geometria começa por ser a base da representação rigorosa da arquitectura! quando fazes um corte, um alçado, uma planta, intersecções das águas da cobertura, tudo isto é possivel graças á Geometria :)
Link to post
Share on other sites

txii.....águas da cobertura!...nem me falem nisso!!lol


ehehe :p tive um exercicio desses, intersectar 36 planos com 3 angulos diferentes e lá no meio daquilo intersectar com um cilindro e um icosaedro assentes em planos obliquos! E não esuqecer a maquete, onde se tinha de rebater isto tudo e depois monta.la direitinha :) E va lá que no nosso ano ele foi bonzinho e não mandou fazer os sólidos em acetato com os pontos de intersecção representados para ver se aquilo estava bem feito! Foram umas férias de Páscoa interessantes... :p
Link to post
Share on other sites

ehehe :p tive um exercicio desses, intersectar 36 planos com 3 angulos diferentes e lá no meio daquilo intersectar com um cilindro e um icosaedro assentes em planos obliquos! E não esuqecer a maquete, onde se tinha de rebater isto tudo e depois monta.la direitinha :) E va lá que no nosso ano ele foi bonzinho e não mandou fazer os sólidos em acetato com os pontos de intersecção representados para ver se aquilo estava bem feito! Foram umas férias de Páscoa interessantes... :p



omg eu enlouquecia!
Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.