Jump to content
Arquitectura.pt


Univ Lusiada -----> ESAP ?


Recommended Posts

Boas. Este ano fiquei colocado em Évora, arquitectura, mas optei por ir para Lisboa, para a Univ Lusiada, no entanto estava a pensar mudar de faculdade, no fim do ano lectivo. Regra geral, a Lusiada é uma boa faculdade, bons docentes, bom ensino, algumas falhas a nível de qualidade das estruturas e dos serviços da faculdade, mas até é tolerável, no entanto o ambiente não é grande coisa, talvez pela excessiva admissão de alunos, o que é certo é que está a tornar-se insuportável, começo a ficar farto da faculdade em si. :tired: Ouvi falar muito bem da licenciatura em arquitectura, na Escola Superior de Artes do Porto... Acham que irá valer a pena a mudança? Até porque implica mudar-me para o Porto, e provavelmente não vou obter equivalência a metade das cadeiras... Têm outra faculdade em mente? Já agora, acham que fiz mal em optar por uma privada a ficar em Évora? Não conseguia imaginar-me a viver por lá... :)

Link to post
Share on other sites
  • Replies 57
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Bem vindo galogon... Se o problema é o ambiente, certamente que na ESAP vais encontrar um bem diferente, para melhor, porque sendo todos da mesma área, acabam por existir mais pontos de interesse em comum, com os consequentes benefícios para o ambiente geral...

Não é incrível tudo o que pode caber dentro de um lápis?...

Link to post
Share on other sites

Até porque implica mudar-me para o Porto, e provavelmente não vou obter equivalência a metade das cadeiras...


A faculdade Lusíada não te atribui os ECTS respectivos a cada cadeira?

Se assim for, é uma questão de saberes se a ESAP deduz esses ECTS nos 60 ECTS necessários a realizar em cada ano.

Verifica a tabela de ECTS da Lusíada:
http://www.lis.ulusiada.pt/cursos/bolonha/ciclos_2006_2007/arquitectura/1_ciclo/default.htm

Notícias ESAP:

Inquéritos ECTS - Sistema Europeu de Transferência de Créditos
Solicitamos a colaboração dos docentes e alunos no preenchimento dos inquéritos até 03 de Março



A Esap, de acordo, com o processo de Bolonha encontra-se a desenvolver esforços no sentido de dar resposta à proposta de “ Lei de Bases do Sistema Educativo”, de 30 de Agosto de 2005, que contempla o sistema de créditos ECTS como estando associados aos Planos de Estudos dos cursos. Para além deste processo , a Esap candidatou-se à Agência Nacional Sócrates/ Eramus para apoio à implementação deste sistema. Assim, é recomendado por esta Agência e pela Conselheira - Prof. Estela Pereira a metodologia que a Esap está a procurar seguir: Inquéritos docentes e alunos, comissões de trabalho para implementação dos créditos aos Planos de estudo actuais e, por fim, a realização do Dossier Ects. Esta metodologia poderá servir de base de trabalho ao processo de Bolonha e permitirá incremetar a mobilidade ínternacional.

O ECTS (Sistema Europeu de Transferência de Créditos) assenta no pressuposto de que o reconhecimento dos estudos e dos diplomas é uma condição prévia à criação de um espaço europeu mais aberto em matéria de educação e de formação.
– O sistema de créditos ECTS foi criado para facilitar a mobilidade de alunos e como sistema de transferência;
– O trabalho anual de um estudante é, assim, comparável em diferentes países e sistemas de ensino;
– Essa quantidade de trabalho é medida por créditos;
– Estes créditos são distribuídos pelos diferentes módulos de ensino de forma proporcional ao trabalho total exigido ao aluno, incluindo a assistência às aulas, relatórios, entregas, estágios, etc. Ou seja, inclui o período curricular ( aulas) e o volume de trabalho complementar às aulas.
...
Daí que, solicitamos a colaboração dos docentes e alunos no preenchimento dos inquéritos no sentido de contribuir activamente para este processo:

- inquérito aos alunos - (agradece-se o preenchimento e envio por email para ects@esap.pt)
Arquitectura, Animação Sócio-cultural, Artes Plásticas, Arte e Comunicação, Cine-vídeo, Fotografia, Teatro

- inquérito aos docentes (agradece-se o preenchimento e envio por email para ects@esap.pt)


:) Abraços
Link to post
Share on other sites

eu acho que o facto de serem todos da mesma area nao é motivo de bom ambiente, nem do contrario. nao tenho nenhuma razao de queixa da u.lusiada aqui no porto e estou satisfeito com todos os serviços e as condiçoes de trabalho sao boas. sinceramente nao te posso ajudar pq só conheço a minha, conheço tb a faup mas é dificil conseguires transferencia e se procuras bom ambiente nao é la q o vais entrar de certeza. tenho muito boa impressao da fac. de guimaraes

Link to post
Share on other sites

Sou da Lusíada, e não sei que mal ambiente falas. As pessoas? Há pessoas e pessoas. Há que saber encontrar e trabalhar com as certas. E mau ambiente há em todo o lado. É uma questão de opiniões. Se a Lusiada tem bom ensino, bons docentes, que mais precisas?! É isso que te vai ajudar a fazer o curso. Já agora, também entrei em Évora, mas tal como tu, optei por ficar por Lisboa, na Lusíada. Não me arrependo nada, como tu dizes, bons docentes e ensino... E o ambiente, bom... Já comentei. Se te transferires, boa sorte... As vagas são poucas. :)

Link to post
Share on other sites

a esap é uma ***** vim para aqui porque é das melhores fac de arquitectura de PT e em termos de privadas é seguramente a que tem o melhor método de ensino, mas em termos de funcionamento e organização é a pior coisa que existe. Reflecte bem a mediocridade do espírito portugues e a falta de visão futura. Por isso te digo, se pretendes mudar para o porto através de transferencia vai mas é para a faup nem vás pra esap!

Link to post
Share on other sites

a esap é uma *****

vim para aqui porque é das melhores fac de arquitectura de PT e em termos de privadas é seguramente a que tem o melhor método de ensino, mas em termos de funcionamento e organização é a pior coisa que existe. Reflecte bem a mediocridade do espírito portugues e a falta de visão futura.

Por isso te digo, se pretendes mudar para o porto através de transferencia vai mas é para a faup nem vás pra esap!


o arquitecto e professor joão rapagão tem outra opinião :)
Link to post
Share on other sites
  • 3 weeks later...
  • 4 weeks later...

concordo!!!! eu tenho este ano o prof. joão rapagão a arquitectura teórica, bem eu axo-o um óptimo professor! a comparar com o prof e arquitecto fernando mariz k foi o k tive no ano passado. o rapagão te uma visão diferente das coisas e da própria arquitectura e transmite isso para os alunos... o gosto, a técnica, os pequenos pormenores... eu por acaso fikei colocada na ESAP, mas preferi a lusiada, ker por kestões de proximidade de casa, ker por kestoes de acreditação à ordem dos arquitectos. na altura fui mesmo informar-me à ordem (ao pé da sé do porto) e depois disseram-me que apesar de ambas serem acreditadas pela ordem, a lusiada neste momento seria a melhor escolha. no entanto conheço pessoas k mudaram da ESAP para a Lusiada e vice-versa e têm as suas versões dos factos.... eu propria n sei kual terá melhor ambiente, mas n me keixo da minha univ, mt pelo contrario!!! e a nivel de ensino, a comparar com a malta k cnheço na esap, penso que por muito k s marre na lusiada, é um esforço k vale a pena!

Link to post
Share on other sites

ele foi meu prof no ano passado a arquitectura teorica, era regente da cadeira. entao logo na 1ª aula do ano, contou-nos uma história para nos alertar, ups... enganei-m... assustar é a palavra correcta, sobre o k é ser estudante de arquitectura. entao contou-nos que esteve a estudar em lx e a dada altura teve uma noitada com amigos nas vesperas de uma entrega. la se divertiu e no dia seguinte estavam os amigos todos a dormir, e o "menino fernandinho" foi beber uma garrafinha d agua das pedras para s aguentar bem enkuanto acabava o tal trabalho enkuanto os outros estavam a xonar. resultado?! é obvio k ele diss k teve melhor nota do k os outros!!! e volta e meia durante o ano repetia a mesma história. no entanto, ja me xegou aos ouvidos que esse grande nome da lusiada n teve um percurso academiko assim tao linear (já parece o socrates :) ) mas como o próprio primeiro ministro diz, devem ser "insinuações maldosas" looooool ainda bem que este ano tenho o prof joao rapagão, é k nao tem comparação possivel!!! podia ser smp o meu prof d arquitectura e d projecto teoriko até eu acabar o curso k eu n m importava mesmo nada!!!

Link to post
Share on other sites

humm... eu se fosse a ti...pah, ia para o porto... entre lisboa, évora e porto?.... a faculdade? o pessoal que anda nas universidades já te deu matéria para a tua escolha... mas eu, no teu lugar, ia para o porto... lá respira-se arquitectura em cada canto, a escala da cidade é excelente... lisboa....lisboa é lisboa e pah...tem uma magia incrivél...mas eu acredito que no porto tenhas o espirito

Link to post
Share on other sites

ah ah ah a!! Sanne, sabes que ele de vez enquando tambem vem com histórias desse tipo?ultimamente a versao é: "porque eu tinha sempre todos os trabalhos prontos 1 semana antes, e deixava-os em cima da mesa de trabalho, para os entragar na data pedida"..... comecei a achar que afinal, existem meninos prodigiosos, e que o resto é tudo uma cambada de incompetentes....mas depois!puf!!! veio a minha prof de projecto, que tem o dom de mudar as entregas nas vesperas de entregas, radicalmente.... de maneira que estar adiantado na minha turma nao compensa....e a teoria do prof mariz veio por agua abaixo... so falta saber a historia do Dreamer :):) eh eh eh

margarida duarte

Link to post
Share on other sites

Boas.
Este ano fiquei colocado em Évora, arquitectura, mas optei por ir para Lisboa, para a Univ Lusiada, no entanto estava a pensar mudar de faculdade, no fim do ano lectivo. Regra geral, a Lusiada é uma boa faculdade, bons docentes, bom ensino, algumas falhas a nível de qualidade das estruturas e dos serviços da faculdade, mas até é tolerável, no entanto o ambiente não é grande coisa, talvez pela excessiva admissão de alunos, o que é certo é que está a tornar-se insuportável, começo a ficar farto da faculdade em si. :tired: Ouvi falar muito bem da licenciatura em arquitectura, na Escola Superior de Artes do Porto... Acham que irá valer a pena a mudança? Até porque implica mudar-me para o Porto, e provavelmente não vou obter equivalência a metade das cadeiras... Têm outra faculdade em mente? Já agora, acham que fiz mal em optar por uma privada a ficar em Évora? Não conseguia imaginar-me a viver por lá... :)


Galogon , tb estou na Lusiada, e até agora, a única critica que faço, é toda a burocracia e a qualidade de "empresa" ..no lugar de "universidade".
Quanto ao ensino, não tenho nada contra, plo contrário. Vim para a Lusiada a pensar que era "fraca" no que toca a ensinar a arquitectura, nos seus ramos diversos, e até agora apercebi-me que está muito ao nível da FAUP ou da FAUL, pois investe bastante na fase conceptual, oue considero fundamental na elaboração de obras de arquitectura.
Temos algo que frequento muito e que, apesar das condições de trabalho não serem as melhores, o "espaço lusiada" é um abrigo para muitas noitadas (maioria d vespera de entrega :s ) .
Já agora, quem é o teu prof?
Link to post
Share on other sites

pois mondrian, ele a nós também dizia isso... mas como é que é possível alguem ter tudo completamente definido semanas antes da entrega, sem precisar de ajustes finais e tal e tal?! nem que ele fosse um génio!!! eu falo por mim, depois das entregas penso smp que poderia ter feito melhor do k akilo k fiz... como é possivel que ele conseguisse estagnar o trabalho tanto tempo antes de o entregar?! é MUITOO estranho! eu axo que nem sequer tem a ver com os tempos terem mudado... axo k o problema nasce mesmo no prof!!! loool (epá desculpem lá, mas ja se devem ter apetcebido que eu n gosto mesmo nada do homem!!! :) )

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.