Jump to content
Arquitectura.pt


Pavilhão da Realidade Virtual - Antigo vs Novo


Recommended Posts

Pavilhão da Realidade Virtual - Antigo

http://www.climaespaco.pt/images/20702_P_Real_Virtual.jpg
http://k47.pbase.com/o4/21/4921/1/16647019.2Mty7mjX.Lisboa_Pq_Nacoes1505096.jpg

Parque Expo: Pavilhão da Realidade Virtual: Deverá ser demolido para dar lugar a um edifício para serviços, que era o que estava previsto no plano de pormenor daquela área.


Pavilhão da Realidade Virtual - Novo

http://dn.sapo.pt/2006/11/08/399656.jpg

DN: Um dos sucessos da Expo'98, o Pavilhão da Realidade Virtual, no Parque das Nações, em Lisboa, vai dar lugar a um centro de escritórios. Em causa está um investimento no valor de 15 milhões de euros. A obra deverá ficar concluída entre o final de 2008 e o início de 2009.

O edifício que está actualmente a ser demolido pela Parque Expo - um processo que, segundo a empresa gestora do recinto, deverá ficar concluído em Fevereiro próximo -, vai desaparecer, dando lugar a um outro, completamente distinto, com seis mil metros quadrados de escritórios, o que é "suficientemente flexível para albergar uma ou mais empresas". A explicação foi avançada ao DN por Nuno Malheiro, presidente do Focus group, empresa que, juntamente com a Engicraft, é responsável pelo projecto de arquitectura e de engenharia civil.

O futuro edifício, considerado "ultramoderno", vai ser implantado numa área de 2009 metros quadrados (m2), ocupando a totalidade do lote, com uma área de construção acima do solo de 6027 m2 (distribuído por quatro pisos). A obra, cujo projecto de licenciamento já foi aprovado pela Parque Expo e enviado para a Câmara Municipal de Lisboa, contempla ainda duas caves para armazéns e estacionamento, com uma capacidade prevista de 151 lugares.

Engenheiros, arquitectos e promotor (criado expressamente para este projecto) pretendem construir um edifício à base de lâminas verticais de madeira, funcionando estas como protecção contra a radiação solar e como reguladoras do ambiente interior. "O objectivo é obter um edifício bastante eficiente do ponto de vista energético que reduza os custos de utilização", explica o arquitecto Nuno Malheiro, considerando que este será um espaço "amigo do ambiente".

Já a maior preocupação da Parque Expo era que aquela estrutura provisória (o Pavilhão da Realidade Virtual) desse lugar "a um objecto sereno que não chocasse com a envolvente [os vizinhos Oceanário e Teatro Camões]", refere Bernardo Silva Pinto. O arquitecto da Parque Expo sublinha a importância destes requisitos, já que "o espaço público da ex-Expo obteve o prémio Valmor e este lote encontra-se nessa zona".

Josué Jacinto - Mais Fácil
My web: maisfacil.com | soimprimir.com | guialojasonline.maisfacil.com

Link to post
Share on other sites

Gostava de ver mais do novo projecto, especialmente a integração em termos paisagisticos.. A meu ver parece-me ser uma boa solução para a transição entre a zona do oceanário e a zona residencial até à torre galp! Isto em relação ao novo, o antigo achava giro aquele look de sci-fi, mas estava um pouco desenquadrado do que naquela zona surgiu dps da expo..

Link to post
Share on other sites

Pois... porque a zona tem um premio Valmor!


Nesta zona especifica só o Oceanário e o Pavilhão do Conhecimento e dos Mares ( actual Museu da Ciência )... Depois no corredor do Pavlihão Atlântico tens um prémio para esse e um para o Pavilhão de Portugal.... O da Realidade Virtual não foi premiado.

mais info --> http://ulisses.cm-lisboa.pt/data/002/008/index.php?ml=11&x=11.xml
Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.