Jump to content
Arquitectura.pt


Koolhas

Luanda, Angola | Mercado do Kinaxixe | Vasco Vieira da Costa

Recommended Posts

"
Mercado Kinaxixe
Data de Construção: 1950/1952
Autor - Arquitecto Vasco Vieira da Costa
O mercado Kinaxixe é uma das obras mais emblemáticas deste arquitecto e da arquietctura com influências Corbusianas, que maior valor internacional, haverá no território angolano. Obra referida nas revistas da especialidade, como uma das mais importantes, efectuada pelos portugueses durante o século XX.
Este arquitecto trabalhou com Le Corbusier *, tal como Óscar Niemeyer, o que, no mundo inteiro não haverá mais de uma dúzia de arquitectos, que possam ostentar essa particularidade no seu currículo, e penso que foi um dos fundadores da faculdade de arquitectura de Luanda. Nome respeitado entre os arquitectos portugueses, que tive a oportunidade de conhecer no final da década de 70, numa das suas visitas à Escola de Belas Artes do Porto.(...)"
http://arkivao.blogspot.com/2006/07/mercado-kinaxixe-luanda.html
imagens:
Imagem colocada Imagem colocada Imagem colocada Imagem colocada Imagem colocada

Share this post


Link to post
Share on other sites
Geração africana

Uma geração de arquitectos portugueses deixou uma vasta obra em Angola e Moçambique. Realizada no terceiro quartel do século, esta foi uma produção de vanguarda extremamente inovadora e realizada no espaço colonial africano que importa agora salvaguardar .

Pouco ou nada conhecidos, nem na sua vida nem pela sua obra, foram no entanto aplicados construtores da África do século XX, no planeamento e no urbanismo, na arquitectura e nas artes. Falamos da «geração heróica» dos arquitectos portugueses que, nascidos sobretudo nos anos 10 e 20, formados no pós-guerra nas escolas de Lisboa e Porto, foram viver e trabalhar sobretudo para Angola e Moçambique ao longo das décadas de 40, 50 e 60.

Alguns já ali viviam, inseridos no meio colonial, e vieram à Metrópole de então completar os seus estudos. Foi o caso de Vasco Vieira da Costa (1911-1982), natural de Aveiro, que estudou-trabalhou com Le Corbusier e tem uma obra notável em Luanda, desde o inovador mercado Quinaxixe (de 1950-52, quando muitas obras homólogas do Portugal ibérico eram tradicionalistas e revivalistas), ao bloco da Mutamba (dois grandiosos prismas ao alto, de 68-69, hoje o Ministério do Urbanismo e Obras Públicas).

Texto de: José Manuel Fernandes
Ler mais

:)

Share this post


Link to post
Share on other sites

entao vao alterar a volumetria existente? o edificio em si e uma obra moderna, o que podem fazer e uma reabilitacao do mesmo. bem mas ja agora como e que vao acrescentar mais pisos? conheces o projecto novo?

Share this post


Link to post
Share on other sites

por acaso nao. O projecto faz parte do ministerio das obras publicas, mas visto que esta a gerar mt polemica por desalojar mts vendedores continua parado e alem disso eles nao divulgam as maquetes do projecto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ivandro58 estas em Angola???se estiveres consegues arranjar fotos do interior do edificio?????é que quando estive ai o edificio ja se encontrava fechado...era fixe postar aqui mais fotos do edificio...para se perceber melhor o seu interior...ja la estive quando ainda o mercado estava aberto mas na altura nao tinha tirado fotos...mas era um ambiente engraçado...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tentei uma vez fazer umas fotos do mercado mas 2 zelosos agentes da autoridade impediram essa minha vontade. Aquilo era só fumo e lixo. Mas existem excelentes fotos na Fac Arquitetura em Luanda e existe também muita gente que não quer deixar aquilo ir abaixo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Paulo Ferrão seria interessante arranjar as fotos do interior do edificio e publica-las aqui no forum...quanto a destruição do edificio...na minha opinião será um erro grave para a cidade de Luanda e também para a zona do Kinaxixe...um edificio notavel, de uma arquitectura moderna com uma historia interessante não se destroi mas sim reabilita-se pois ele traz as memorias do passado, e são essas memorias que fazem do edificio importante para a cidade...Agora se querem acabar com a funçao de mercado pois bem, ate pode ser, visto que a sua localização na cidade permite fazer ou criar outro tipo de espaço para o valorizar ainda mais e também para valorizar a envolvente...quanto ao tal centro comercial que querem lá fazer, acho um erro.(destruirem o edificio para fazerem o centro comercial?)...lol o que eu acho que deviam fazer é uma reabilitação do edificio e entao fazer dele um espaço cultural, com bibilioteca e outras coisas que podessem valorizar o edificio o o povo ganhava cultura...isto é que é importante e nada de centro comercial...mas enfim so foi um palpite.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Há uns meses chegou a estar marcada em Luanda uma marcha pelo Kinaxixe. Mas tanto quanto sei não chegou "à rua". É uma peça importante do património arquitectónico. Porém a sua localização e o valor do terreno leva a que seja muito apetecivel. Da forma que está é que não pode continuar. Paulo Ferrão

Share this post


Link to post
Share on other sites

KINAXIXE, EXEMPLO MAIOR DA ARQUITECTURA TROPICAL

O Kinaxixe, para além do valor patrimonial enquanto obra arquitectónica, é um dos últimos grandes exercícios de arquitectura tropical produzidos no País e que traduz, de forma indelével, o pensamento que deve estar subjacente à cultura construtiva em países tropicais. Se no caso do edifício do D. Ana Joaquina havia, fundamentalmente, a carga da sua história, no caso do Kinaxixe não! E um edifício com nobreza, referenciado nos livros de arquitectura universal como uma referência conceptual e construtiva. "Para além de ser o único edifício de Angola referenciado no livro "Arquitecturas do Mundo", ele representa sob o ponto de vista da arquitectura tropical, a essência do pensamento sobre a ventilação cruzada e a forma como o betão deve ser usado em regiões tropicais , sendo a sua estrutura formal e compósita , um ponto de partida para se analisar o que se pode ou se deve fazer, em regiões tropicais. O edifício reflecte os elementos base do pensamento sobre arquitectura tropical, ou seja a ventilação cruzada, o recurso ao grande pé direito, a luminosidade controlada, as protecções a poente no percurso da incidência solar, as relações espaço/ventilação, humidade/conforto térmico. Não é por acaso que vem referenciado no livro das arquitecturas do Mundo!

Por ANDRÉ MINGAS* arq.Angolano

fonte:http://www.casadeangola.org/LUANDA/salvarluanda.htm

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lol informa-te junto a embaixada de angola em lisboa, fica em Alcantara, e logo saberás o que é preciso ou entao inscreves-te numa agencia para ires pra angola...estao a precisar de mao de obra qualificada visto que o pais esta numa ascenção economica brutal...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas todos, sou estudante de arquitectura, sou angolano e vivo mesmo em frente a referida obra, devo dizer que é umas da obras que mais de me fasicna na minha cidade, a par de outra como o cinema atlantico ou mesmo o cinema miramar, autenticos palcos de espectaculos que reflectem a qualidade de vida que o modernismo preconizava para as urbes. Contudo devo dizer que é com grande pena que vejo esta peça de arquitectura a vir a ser alterada... contudo no meu pais é assim, alguns acordam com vontade de fazer e fazem... é pena, mas gostaria que todos os presentes tivessem o previlegio de conhecer este mercado, digo-vos é uma bela peça de arquitectura. uma lição do bem exercer. saudações

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boas todos, sou estudante de arquitectura, sou angola e vivo mesmo em frente a referida obra, devo dizer que é umas da obras que mais de me fasicna na minha cidade, a par de outra como o cinema atlantico ou mesmo o cinema miramar, autenticos palcos de espectaculos que reflectem a qualidade de vida que o modernismo preconizava para as urbes. Contudo devo dizer que é com grande pena que vejo esta peça de arquitectura a vir a ser alterada... contudo no meu pais é assim, alguns acordam com vontade de fazer e fazem... é pena, mas gostaria que todos os presentes tivessem o previlegio de conhecer este mercado, digo-vos é uma bela peça de arquitectura.
uma lição do bem exercer.

saudações


Podias tirar umas fotos desde o geral ate ao pormenor para partilhar connosco.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Posso tentar arranjar fotos daquilo, mas como agora esta fechado e vedado o acesso não vai ser facil, em principio estou em luanda em Outubro e nessa altura poderei conseguir fotos do mercado, mesmo do seu interior... veremos, até tenham paciencia. :p

Share this post


Link to post
Share on other sites

boas rapaziada, ainda não fui para luanda, sabem como é, ultimo trabalho de final de curso tem de ficar qql de jeito... por isso aqui ando, mas consegui arranjar UMA imagem do futuro projecto, ou do que se propoe para o lugar do mercado espero que elucide a todos quais a intenções que se quer para uma cidade como luanda...
se tiverem interessados tenho recolhido uma serie de imagens sobre empreendimentos a realizar ou a serem realizados na cidade de luanda, assim que arranjar bom humor prometo que posto aqui, até la vejam o shoppingkinaxixe...lolol
Imagem colocada

Share this post


Link to post
Share on other sites

eu vivo mesmo em frente as bombas de gasolina, a 100 metros do mercado (mais coisa menos coisa) e pelo que parece vou perder a vista que tinha sob toda a praça do kinaxixe, para alem dquela mega praça da cidade acabar por perder a sua configuração e claro como é possivel ver a volumetria porposta so pretende ser um meio lucrativo e nao qualitativo, é mais uma obra, como todas as outras que por la estao a nascer...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mais umas fotos... Como fiquei no hotel Trópico tinha o gozo de vê-lo todos os dias. Todo um luxo! Aliás a cidade, então saida da guerra era impressionante de visitar, como uma Havana moderna. Tipo Brasilia sobre o mar, mas bem degradada, embora intacta no desenho de 1974 por não ter evoluido. Agora deve estar rápidasmente a mudar, a ver o que se conserva. deixou-me saudades...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now

×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.