Jump to content
Arquitectura.pt


Carnaxide | Vila Utopia Moradia Lote 13 | Olga Cristina Carvalho e Marcelo Dantas | 1º Prémio


lllARKlll

Recommended Posts

hehe... projecto sem planta... hehehe.... Por acaso até gostava de saber as vossas opiniões desta habitação. Acho... Estimulante o interior, é interessante a comunicação entre as divisões, com planos que não tocam o chão, ou o tecto... aparentemente agradável. Eu compro. O exterior, com um aspecto austero, quase como um sólido em bruto com vazios estratégicos, que, parece-me a mim, deverão agradar muito o ambiente interior. A profundidade patente nesses vazios faz-me imaginar que quando aquelas portadas se abrem, a atmosfera exterior é aspirada para o interior. E mais uma vez essa relação exterior/interior (exactamente nesta ordem) se sente no piso térreo. Talvez por isto tudo me agrade mais os renders do interior do que os do exterior.

Link to comment
Share on other sites

Com um bocadinho de atenção até se consegue esboçar uma planta através de renders...talvez estes não tenham a informação suficiente... Há quem diga que um esboço substitui uma maquete... porque não dizer também que uns renders substituem a planta para entendimento inicial de um projecto? Só não conseguiriam perceber nada do projecto se não existisse qualquer elemento... :p Uma questão surge...no meio de tanta plasticidade, em que ponto ficam os custos para estes pormenores que nos deliciam tanto? Presumo que neste tipo de projecto exista um limite imposto... Abraços

Link to comment
Share on other sites

O Marcelo Dantas apareceu no SIC Noticias as 19h30 no Sabado e no Domingo. Pessoalmente desconhecia o arquitecto e devo-vos dizer que e completamente diferente daquilo que pensava dele. Tem um ar muito pacifico e muito simpatico... a arquitecta... ja a vi na Faculdade mas nunca dei a devida atencao... eles sao so colegas de profissao ou sao mais qualquer coisinha:D .

Link to comment
Share on other sites

A nível de proposta gosto muito de se projectar uma casa que não é uma casa tipica, passada a papel quimico de tantos exemplos que encontramos por aí. Já em relação ao concurso e ao contexto da coisa, gostava muito que tal como o Marcelo e a Olga, TODOS OS OUTROS, tivessem passado também pelo processo do concurso...

Link to comment
Share on other sites

  • 4 months later...

Sinceramente, das casas que pude ver atraves do site da vila utopia...a casa que me mais chamou a atenção foi a projectada pelo byrne....adorei a simplicidade do bloco...e depois aquela relação de privacidade e corte com o exterior no 1º piso com aquela parede...mt boa...se bem que para quem esta nos quartos pode ser mais vantajoso ter uma vista mais aberta...mas o conceito ta bom...

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...

Pela análise do projecto (patente nos paineis expostos na ordem dos arquitectos), considero inteligente o tratamento formal, espacial e funcional proposto. Articulação entre espaços (divisões em torno de sala central), articulação exterior-interior, criação de "acontecimentos", "tensões" espaciais/ funcionais. Este projecto é mais do que o estrito tratamento de um programa habitacional (pede-se isso aos arquitectos). A apresentação exclusiva de imagens 3D dos projectos tem os seus perigos, desviam da leitura do projecto e apelam a uma avaliação imediatista. Julgo que este é um dos projectos em que o apelo da imagem tem correspondência com o tratamento do programa e de outros atributos que valorizam o todo.

Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...

Eu conheço o local, sinceramente gostaria de entender mais o projecto pois os dados são muito poucos, não se percebe a orientação, a envolvente, etc. Um problema que eu vejo é em relação á escala que os 3d transmitem é um pouco ilusória a dimensão do lote não é assim tão grande.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

a discussão das plantas creio que está mais que falada. lógico que todos sabemos que é impossível criar um projecto de arquitectura sem plantas, podemos ter uma ideia, ou boa ideia, do projecto através dos renders vendo uma imagem tridimensional do mesmo. podemos ver como os matariais se relacionam, relação de volumetrias e vãos, escala e por aí. agora, óbvio que coisas como dimensionamento, relação com o lote, localização, resolução e relação do programa apenas podemos ver através de plantas meus amigos. uma coisa é criticarem não terem sido apresentadas plantas publicamente, outra é dizerem que não foram realizadas plantas, é uma questão de bom senso creio eu. mas claro que também gostaria de as ver para perceber alguns aspectos da resolução do projecto. tenho contacto com o irmão do marcelo, posso tentar arranjar as plantas e outros elementos e postar aqui se estiverem interessados.

Link to comment
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.