Jump to content
Arquitectura.pt


Ordem dos Arquitectos procura desqualificar petição sobre os Ajustes Directos da Parque Escolar


Arkial

Recommended Posts

Imagem colocada


Na penúltima página do “Boletim dos Arquitectos” cuja edição é da responsabilidade da actual direcção da Ordem dos Arquitectos, publica-se um texto de Nuno Portas intitulado: “O Parque Escolar e os Concursos de Arquitectura – uma opinião“. Não procurarei, neste texto, rebater o apelo de Nuno Portas, profissional e académico que estimo, embora os factos em que se sustenta revelem, no mínimo, alguma desactualização sobre o que é comum entender-se como políticas de transparência e bom governo ou sobre os procedimentos administrativos sobre os quais escreve.
Contudo, não posso deixar de notar que, a publicação deste artigo, no qual se apela à não subscrição de uma petição que, curiosamente, a Ordem dos Arquitectos não subscreve, noticia ou divulga é extremamente relevante.
Não me choca a opinião de Nuno Portas, que compreendo, e até aprecio a frontalidade. O que me choca é que a actual direcção da Ordem dos Arquitectos (com excepção de um ou outro dirigente) não tenha a coragem política de assumir a sua tentativa de silenciar e desqualificar a petição e, consequentemente, não tenha a frontalidade de se colocar ao lado da Parque Escolar na subscrição dos seus procedimentos – será que a OA não concorda só com alguns ajustes?
A publicação do artigo de Nuno Portas contra a petição sem sequer se aventar a possibilidade de um contraditório, tem um significado político determinante que o comunicado rotundo do seu presidente não consegue esconder.
A actual direcção da Ordem dos Arquitectos há muito que fez a sua escolha de classe e, apesar de um ou outro sinal contrário desenvolvido às custas de uma minoria de dirigentes activos com boas intenções, revela, a cada passo e a cada silêncio, o seu lado da barricada.
Também por isso, a petição, subscrita por inúmeros cidadãos (muitos deles arquitectos), primeiro silenciada e agora desqualificada pela Ordem, assume-se como uma pedrada no charco, sendo entendida (e bem!) pela maioria dos dirigentes da Ordem dos Arquitectos como uma ameaça.
Porém, não nos esqueçamos que a gula é um pecado capital.

fonte:http://5dias.net/2010/03/15/ordem-dos-arquitectos-procura-desqualificar-peticao-sobre-os-ajustes-directos-da-parque-escolar/

Pessoal toca a assinar a petição: http://www.peticao.com.pt/parque-escolar
Link to comment
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.