Jump to content
Arquitectura.pt


Exames de recurso na cadeira de projecto


Recommended Posts

Boas pessoal, estou a criar este post, devido a um acontecimento que esta a estremecer a mim e a alguns meus colegas do 3 ano de arquitectura da universidade de Évora, pois precisamos de realizar exame de recurso a disciplina de projecto, e o departamento esta a colocar entraves a essa realização do tal exame, por isso gostava a quem esteja a ler este post, indique a sua universidade e diga se realiza exames normais, ou exames de recurso a cadeira de projecto, assim coloca uma lista de universidade que possam ser a vossa. Aqui fica a lista: Publicas Faculdade de Arquitectura de Lisboa - FAUTL Faculdade de Arquitectura do Porto - FAUP Instituto Superior do Trabalho e da Empresa - Arquitectura - ISCTE Instituto Superior Técnico - Arquitectura - IST Universidade do Minho - Arquitectura Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Coimbra - Arquitectura Universidade da Beira Interior - Arquitectura Privadas Universidade Lusiada - (Lisboa) - Arquitectura Universidade Lusiada - (Porto) - Arquitectura Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (Arquitectura) Universidade Lusófona do Porto (Arquitectura) Universidade Autónoma - Lisboa

Link to post
Share on other sites

people,reformolo de outra maneira, que universidades realizam exame de recurso, perente a cadeira de projecto,esta semestral, nao anual, como muitas universidades, e que nao é o caso de Evora, pois no corriculo interno é obrigatorio a realizaçao de um exame de recurso, no caso de terem chumbado a cadeira, por avaliaçao continua. Agora que ja devem andar mais esclarecidos, e que possam nao ter o tal exame de recurso, tirem informaçoes com o vosso departamento. Continuaçao de uns bons projectos.

Link to post
Share on other sites

A Lusíada de Lisboa, não tem exame de recurso a projecto. Pelo menos enquanto lá cursei não existia isso. Ou passas ou chumbas. Havia sim a situação de achares que não foste bem avaliado pelo teu prof., deslocavas-te ao Regente com a finalidade de participar a situação e então era decidido se a situação ia em frente e fazias uma espécie de exame oral em que eras mais que espremido, ou que se chumbava pelos motivos que o Prof. posteriormente iria argumentar. Se existe de momento, cheira-me a termos técnicos do Bolonha mas que na prática não funcionam assim.

Link to post
Share on other sites

Bem pessoal, sim esse assunto do recurso, e só colocado também para quem esteja com o curso inserido no Bolonha, pois pensei que as universidades que tinha explicitado, teriam então esse aspecto, e que então segundo o regulamento interno do processo de Bolonha, é obrigatório, quer a cadeiras práticas quer as cadeiras teóricas, e não, não é absurdo de algumas universidades, por isso não estejam a mandar postas de bacalhau, pois a informação que eu tomei, vem de parte de um docente que esta a cerca de 25 anos dentro deste tipo de assuntos, por isso se vos falarem de exame de recurso, ou pedido de revisão do projecto, não se assustem, pois quem não tenha uma avaliação continua de dois semestres, terá de ter um outro elemento de avaliação, devido a um primeiro chumbo. Fundamentam que a cadeira de projecto não tem precedência, mas faz na mesma com que tenhamos, apesar de só reprovarmos um semestre, um ano inteiro já entravado. Tenham em atenção ao regulamento interno que é explicito na vossa universidade, pois o vosso curso, é só mais nem menos, que feito por vocês.

Link to post
Share on other sites

Dave_Jaxis :por isso não estejam a mandar postas de bacalhau, pois a informação que eu tomei, vem de parte de um docente que esta a cerca de 25 anos dentro deste tipo de assuntos..

Give me a break...!
Falam pessoas que já cursaram e que falam de acordo com a experiência de cada estabelecimento leccionado.
Ao qual volto a reafirmar, a nivel técnico é chamado de recurso, mas em termos práticos a reavaliação não é feita do mesmo modo que as disciplinas teóricas.
A projecto ou se passa ou se chumba...tb pode-se chumbar quando a relação com o prof não é saudavel e aí recorre-se ao Regente é para isso que existem. E nesses casos a via de avaliação é outra.
Cada um veste a camisola do local em que se formou. Cada um fala de acordo com as regras da "casa" que frequentou. Se é aceitável ou não, já não nos compete.

Voltando ao tema inicial, afinal é isso que se trata o assunto fulcral...Uma boa conversa com o professor para se perceber onde foi a falha, por vezes resulta e até por vezes abrem portas a que surjam oportunidades dadas por ele, para se conseguir defender o trabalho de novo e levantar a nota.
Não se pode encarar projecto como cadeira teórica, mas nada como o user que iniciou este tópico para esclarecer melhor a situação em que se encontra.

Link to post
Share on other sites

Bem pessoal, sim esse assunto do recurso, e só colocado também para quem esteja com o curso inserido no Bolonha, pois pensei que as universidades que tinha explicitado, teriam então esse aspecto, e que então segundo o regulamento interno do processo de Bolonha, é obrigatório, quer a cadeiras práticas quer as cadeiras teóricas, e não, não é absurdo de algumas universidades, por isso não estejam a mandar postas de bacalhau, pois a informação que eu tomei, vem de parte de um docente que esta a cerca de 25 anos dentro deste tipo de assuntos, por isso se vos falarem de exame de recurso, ou pedido de revisão do projecto, não se assustem, pois quem não tenha uma avaliação continua de dois semestres, terá de ter um outro elemento de avaliação, devido a um primeiro chumbo. Fundamentam que a cadeira de projecto não tem precedência, mas faz na mesma com que tenhamos, apesar de só reprovarmos um semestre, um ano inteiro já entravado. Tenham em atenção ao regulamento interno que é explicito na vossa universidade, pois o vosso curso, é só mais nem menos, que feito por vocês.

Pá se usasses um ponto de vez em quando ajudava imenso... não querendo insultar a tua expressão escrita, acho que apenas o saramago consegue escrever assim e continuar a passar alguma mensagem.
Continuando... Não é posta de bacalhau alguma. o que eu disse é que é um absurdo abrirem essa possibilidade porque projecto é uma cadeira prática e impossível de avaliar se não pelo acompanhamento de um projecto(!). A FAUP não possibilita esse dito exame, mas pelo que ouvi a Lusíada do Porto já abre a excepção. Em todos os casos se bolonha dita que todas as cadeiras que não estão sujeitas a avaliação contínua são susceptíveis de avaliação por exame (foi o que percebi do teu comentário) o teu argumento acaba aí. não conheço nenhum plano de estudos em que projecto não seja avaliado continuamente (e ainda bem) portanto não há qualquer obrigação de qualquer universidade de realizar o tal exame.
Link to post
Share on other sites

Peço, desculpa pelo meu português, mas eu já passei a alguns anos pelo secundário, e foi ai que tinha os professores dessa disciplina. Não querendo fugir ao assunto que abordei desde o inicio, eu não pedi para me dizerem, se era um absurdo ou não o exame de recurso, perguntei e fique claro, pois já estamos a partir para outros caminhos, foi – QUAL É A VOSSA UNIVERSIDADE, E CASO FAÇA ALGUM EXAME DE RECURSO PERANTE UM CHUMBO, NA AVALIAÇAO CONTINUA, OU OUTRO TIPO DE MELHORIA – esta bem claro meus colegas. Perante os vários tópicos que vim referindo, eu não estou a querer saber se vocês sempre se deram bem a projecto ou não, pois cada universidade é diferente, e em umas existe organização, em outras o curso nem devia de existir, sim meus caros. Agora passem a palavra a outros conhecidos, para o post ficar mais rico em opiniões.

Link to post
Share on other sites

Please sign in to comment

You will be able to leave a comment after signing in



Sign In Now
×
×
  • Create New...

Important Information

We have placed cookies on your device to help make this website better. You can adjust your cookie settings, otherwise we'll assume you're okay to continue.